sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Direitos das Mulheres sob o islão


Leia o artigo abaixo e depois confira alguns exemplos dos "direitos das mulhers" sob o islão: Parte 1 e Parte 2.
O manual de Lei Islâmica, The Reliance of the Traveller, documento da "moderada" Universidade Al-Ahzar, no Egito (a mesma onde o presidente dos EUA Obama fez um discurso em 2009), define como Direito das Mulheres o seguinte:

1. Mulheres devem ser circuncizadas (ter o clítoris cortado fora) -- leia mais aqui.
2. Não podem deixar a casa sem autorização do pai, marido ou guardião. Ao sair, precisam da companhia de um homem (parente).
3. Só podem se casar com um muçulmano (homens podem se casar com infiéis).
4. Precisam da permissão do pai ou guardião legal para se casar.
5. Só podem se casar uma vez (homens, até 4 ... além das escravas sexuais [Alcorão 4:3] ... e pode se casar com quantas esposas temporárias quiserem).
6. Podem ser divorciadas por qualquer motivo, bastando ao homem dizer 3 vezes: “eu me divorcio.” (elas não tem o mesmo direito.)
7. Esposas podem apanhar [Alcorão 4:34] -- leia o porque aqui.
8. Direito de Herança: A parte do homem deve ser duas vezes a parte da mulher [Alcorão 4:11; 4:176].
9. Em casos de adultério ou estupro, a mulher precisa do testemunho de quatro homens [Alcorão 24:11-20]. Se ela não provar sua inocência (mesmo do estupro), ela é apedrejada. -- leia o porque aqui.
10. O testemunho da mulher vale a metade do testemunho do homem [Alcorão 2:282] .
11. Esposas podem ser estupradas.
12. Exceto quando na frente de parentes próximos, devem se cobrir mostrando apenas os olhos e as mãos [Alcorão 33:59].
13. As filhas podem ser mortas pelos seus pais, nos chamados "crime de honra" -- leia mais aqui e aqui.
14. Guarda dos filhos pertence ao pai, ou a família do pai se a esposa (viúva) não for uma boa muçulmana.

Esses direitos são aplicados diferentemente nos países islâmicos dependendo de quanto secular ou radical eles são. Mas todas as escolas de jurisprudência islâmica concordam com esses direitos (em outras palavras, é isso que os muçulmanos aprendem como sendo a Lei de Alá no tocante às mulheres).

De onde vem estes "direitos"?

1. Circuncizão Feminina (mutilação da genitália) -- leia mais aqui

2. Permissão para sair de casa:
m10.4 O marido pode proibir sua esposa de sair de casa (O: por causa do hadith relatado por Bayhaqi que o Profeta (Alá o abençoe e lhe dê paz) disse. "Não é admissível que uma mulher que acredita em Alá e no último dia permita que alguém entre na casa do seu marido se ele se opõe, ou de sair dela, se ele for avesso''). Mas, se um dos seus parentes morrer, é preferível deixá-la sair para visitá-los.
3. Não podem se casar com quem desejarem:
Não despose homens idólatras [com suas mulheres] até que eles se tenham convertido. (Alcorão 2: 221)
4. Permissão para se casar vem do guardião:
m3.13 (1) O único guardião que pode impor a sua guarda a se casar é o pai de uma noiva virgem, ou pai do seu pai, impor significa a casá-la com um partido apropriado (def. m4) sem o seu consentimento.
5. Poligamia e escravidão sexual (veja observação sobre "o que é sexo lícito" no final de tudo):
Case-se com as mulheres, que parecem boas para você, duas ou três ou quatro; e se você tiver receio de não poder fazer justiça (para tantas) então uma (apenas) ou (as cativas) que sua mão direita possui (Alcorão 4:3).
6. Divórcio
n2.1 Um homem livre tem 3 pronunciamentos de divórcio (O: por causa da palavra de Alá Altíssimo, "O divórcio é duas vezes, em seguida, mantenha com bondade ou libere graciosamente" (Alcorão 2: 229), e quando o Profeta (Alá o abençoe e lhe dê paz) foi questionado sobre a terceira vez, ele disse, "é o dito de Alá, 'ou libere graciosamente' "). 
7. Esposas podem apanhar:
As boas esposas são devotamente obedientes, e que se guardam na ausência o que Alá teria guardado. Quanto àquelas, em cuja parte você teme rebelião, (primeiro) as admoeste, (depoisse recuse a compartilhar suas camas, (e por último) bata nelas; mas se elas retornam à obediência não busque nada mais contra elas. (Alcorão4:34)
8. Herança:
Alá cobra respeito (provisão para) seus filhos: ao homem o equivalente da parte de duas mulheres, ... (Alcorão 4:11).
... para o homem o equivalente da parte de duas mulheres (Alcorão 4:176).
9 e 10. O testemunho do homem vale mais:
Chame duas testemunhas do sexo masculino dentre vós, mas se dois homens não podem ser encontrados, então um homem e duas mulheres julgadas capazes de a agir como testemunhas ... " (Alcorao 2:282)
o24.7 testemunho do que se segue é juridicamente aceitável quando se trata de casos envolvendo propriedade, ou operações relacionados com a propriedade, tais como vendas:
(1) dois homens;
(2) duas mulheres e um homem;
o24.9 Se testemunho for relativo a fornicação ou sodomia, então ele requer quatro testemunhas do sexo masculino (O: quem depor, em caso de fornicação, testemunha que viu o infrator inserir a cabeça de seu pênis na vagina).
o24.10 Se testemunho for relacionado com coisas que os homens normalmente não vêem (o: mas as mulheres vêem), como parto, então é suficiente ter duas testemunhas do sexo masculino, ou um homem e duas mulheres, ou quatro mulheres.
E porque o testemunho do homem vale mais?
"O Profeta disse: "Não é o testemunho de uma mulher igual a metade da de um homem?" As mulheres disseram: "Sim". Ele disse: "Isso é por causa da deficiência da mente da mulher." Sahih Bukhari 3:48:826 
E, é claro, Alá disse:
... E chame para testemunhar, de entre os seus homens, dois deles como testemunhas. E se não existirem dois homens à disposição, então um homem e duas mulheres, de modo como você aprovar como testemunhas, de modo que se a que falar errado (por esquecimento) a outra vai se lembrar. ...  Alcorão 2:282
11. "Esposas podem ser estupradas." Esta afirmação não faz sentido quando olhada pelo ponto-de-vista da lei islâmica Sharia, pois segundo ela estupro é adultério violento. Se um marido se força sobre a sua esposa, ela deve entender que sexo faz parte do casamento e o ato não pode ser chamado de estupro, apesar de ser repreensivo. Logo, segundo a Sharia, uma esposa nunca é estuprada, mesmo quando isso acontecer de verdade.

12. Devem se cobrir todas, deixando apenas os olhos e as mãos visíveis:
Profeta! Diga a suas esposas e filhas, e todas as mulheres muçulmanas, para usarem capas e véus cobrindo todo o seu corpo (cobrindo-se totalmente exceto para um ou dois olhos para ver o caminho). Isso vai ser melhor. Elas não vão se aborrecer e nem serem molestadas. (Alcorão 33:59)
13. Os pais podem matar as filhas (manual de lei islâmica Umdat al-Salik):
o1.1 Retaliação é obrigatória contra qualquer um que mate um ser humano intencionalmente e sem direito.
o1.2 As ações abaixo não estão sujeitas a retaliação:
...
(2) um muçulmano por matar um não-muçulmano;
...
(4) um pai ou uma mãe (ou seus pais ou suas mães) por matarem seus filhos ou netos."
14.  O manual de lei islâmica Umdat al-Salik, lei k13.2, diz que o pai é o guardião. A lei m13.o diz que se a esposa se torna viuva, isso cria uma "disputa" mas ela mantém a guarda, sob a condição de que os filhos sejam criados como muçulmanos. Se os aós das crianças acharem que a mãe não está fazendo o seu dever (de prover educação no islamismo para os filhos) eles podem argumentar que ela não tem condições de guarda, acusando-a de ser uma pessoa (moralmente) corrupta e levando o caso para um tribunal da Sharia.

Parêntesis: o que seria "sexo lícito" segundo a lei islâmica?

Para o homem:
  • Sexo com uma das suas 4 esposas.
  • Sexo com uma mulher “que a sua mão direita possuir” (escrava sexual = mulher não-muçulmana … e existem regras para isso também que inclusive justificam o estupro de mulheres não-muçulmanas - é por isso que Mohammed é o nome mais comum dentre os estupradores na Inglaterra).
  • Independente do seu estado civil, o homem pode ter sexo com uma esposa temporária. O homem pode ter várias esposas temporárias simultaneamente. 
Para mulher:
  • Sexo com o seu marido.
  • Sexo com um "marido" dentro de um contrato de casamento temporário (apenas se ela for solteira, divorciada ou viúva - uma mulher casada não pode arranjar um casamento provisório: isso seria adultério). 
O islão favorece a luxúria masculina.



52 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho que quando as pessoas não têm nada a fazer não podem estar por aí tentando desviar os outros.deixem as pessoas acreditarem no que acreditam

Fraan Caroline disse...

Que coisa horrorosa,isso é inaceitável,graças a Deus o Brasil não é assim! AS mulheres lá não tem direito de nada? Porque?? O outro disse que duas mulheres valem por um homem,pois mulher tem deficiência na mente ¬¬ DEFICIENTE É ELE! Uma mulher é mais esperta que quatro homens juntos.
Coisa idiota,leis idiotas,vou orar por essas mulheres.

Anônimo disse...

É um absurdo, eles q têm a mente limitada, um bando d estupradores e monstros, eles devem se juntar no inferno com o alá deles

Anônimo disse...

Eu fico redondamente triste quando leio postagens assim, e como mulher me sinto atingida por essa avalanche de machismo, discrimanação e monstruosidade!
Essas pessoas deveriam acordar e ver o quanto essas leis são ridiculas e nojentas.
Eu sinto pena! Pena por essas mulheres não terem direitos de igualdade. Pena por essas mulheres sofrerem tanto e mesmo assim serem obrigadas a afundar nesse mar de injustiça em um profundo silêncio. Mas sinto pena principalmente para quem determinou essas leis, pois mostra o quanto esse homem é ou foi infeliz, e precisa urgentemente se sentir superior para demonstrar poder. Um poder que não existe, mas que para ele (s) é importante para impor limites e autoridades.

Anônimo disse...

Quanta incoerência se livrar de uma possivel traição mutilando a esposa. E o marido sente-se satisfeito em nao satisfazer a esposa, a luz a psicologia mais banal que seja, é um motivo mais realização, desejo o homem proporcional o prazer na esposa. Eu acho isso que eles praticam lá um absurdo e uma auto enganação: Eu finjo que gosto e vc finge que nao vê. Ai o sujeito corre para as redes sociais, arranja uma parceira virtual e faz uma "masturbação terceirizada, tudo o que é condenado segundo a religiao deles é feito virtualmente... Olha só o tamanho da hipocrisia!

Anônimo disse...

Seu blog é anti Democrático, mentiroso, parcial e tendencioso, e você é um idiota que escreve e posta sobre assuntos que desconhece.
É expressamente proibido a mutilação no Islam.

Anônimo disse...

A Religião Islamica é a que mais cresce no mundo, nada nos detêm, Deus quer assim, mesmo que o diabo vos use pra difundir aq mentira, a verdade do Islam sempre prevalecerá.

José Atento disse...

Os dois últimos comentários, certamente da mesma pessoa, são representativos daquilo que pior o islamismo representa: o supremacismo e a mentira.

O supremacismo ao dizer esta história mal contada de que "o islão é a religião que mais cresce no mundo" (enquanto os não-muçulmanos e os ex-muçulmanos são perseguidos e mortos), como se isso fosse uma prova da "autenticidade do islão." O que existe na verdade é uma maior visilbilidade do Islão no mundo ocidental devido a imigração e devido ao fato do mundo ocidental ser tolerante, algo que o islão não é.

A outra coisa é a mentira. Ora, se a lei islâmica é citada, e certificada pela Universidade Al Azhar, o que um anômimo pode querer ao dizer que isto está errado? Você que a sua taquia anônima seja aceita? TODAS AS ESCOLAS DE JURISPRUDÊNCIA ISLÂMICA DIZEM QUE A MULHER DEVE TER O CLÍTORIS CORTADO FORA.

Se voce não concorda com isso, sugiro que voce vá conversar com os Xeiques Hanif, Shafi, Hanbali e Maliki e veja o que eles dizem. Se algum deles, ou seus seguidores membros da ulema, mudar de idéia, você volta aqui para nos dizer.

Anônimo disse...

Vai se fuder caralho quero ver vc no lugar de milharea de meninas que sofrem mutilação so uma dica assiste flor do deserto e depois me diz se eles repeitam as essa lei de merda que vc sitou fodasse Maomé

Anônimo disse...

Essa tal de religião islâmica foi criada por um homem com desvio de sentimento ao próximo, ou seja não conhece e não respeita o direito das pessoas. Criou-se uma norma(lei) que só alimenta o ódio, a vingança, o machismo, a fraqueza de sentimento, buscam situações que só vai ao encontro dos interesses do homem. E mais, se é uma religião que mais cresce no mundo, ela não cresce por amor por eles praticados, mas sim por opressão, e Deus não obriga ninguém a servi-lo. Com toda certeza essa não é uma religião de Deus, e sim Deus sendo usado para os interesses egoísta e machista dessas mentes limitadas e doentes, pois preferem o ódio ao próximo do que o amor.

Anônimo disse...

Essa religião e do camera além de cortar o clitóris ds mulher, a mulher pra eles e uma escrava.. São um bando de filhas da puta. Vão pro inferno eles e o ala deles ..bando de idiotas.. concordo com vc amigo mas cada acredita no que quer. ..

Anônimo disse...

Cada um acredita no que quer ver.. Se cada pessoa sabe sobre a religião e quer se casar com alguém assim, é um problemas dela. Pois aceita a condição de ser assim cabe a cada um respeitar o próximo.

Anônimo disse...

Concordo com voce

Anônimo disse...

E graças a este site..me livrei de entrar em uma grande enrascada. ..pois estava me relacionando há 6meses com uma pessoa do Paquistão. ..comecei achar estranho muitas das atividades dele..Então comecei a pesquisar sobre a vida amorosa deste povo perante uma cultura radicalmente estranha..e achei aqui tudo que precisava como alerta total...agradeço aos autores desta contribuição imensurável

Anônimo disse...

Concordo plenamente com você. ..me relacinei por seis meses com uma pessoa do Paquistão e pude ver a veracidade dos fatos aqui mensonados.
porém cabe -me, lembrar , que parte da minha conclusão sobre o islan se deu aqui .todas as características da cultura islan aqui citada, parecia recitar o que eu vivi. ..deixo aqui o meu agradecimento a este site. ..

Anônimo disse...

Prevalecerá semeando a desgraça no mundo? ?
TÁ AMARRADOOOO!!!

Anônimo disse...

Que a verdadeira face do islamismo seja sempre difundida! Parabéns ao site! Desculpe-me os mulçumanos, mas vivi com um mulçumano 2 anos, e posso dar meu testemunho que o site enfatiza exatamente o correto sobre tal religiao. Uma pena que precisei passar por tanto sofrimento para descobrir a realidade sobre homens mulçumanos. Acreditava que o amor fosse maior, fosse prevalecer, porem não prevaleceu. São submissos à religião, à familia e não valorizam sua amada, por mais que a amem e por mais dolorido que seja o término; eles terminam sem dó com sua amada para se casarem com outra da sua própria religião, sem conhecer, sem conviver, apenas por terem dado sua palavra à outra familia mulçumana. Hoje superei tamanha decepção! Mas fica aqui o registro para alertar aquelas não mulçumanas que se envolverem ou se envolvem amorosamente com mulçumanos.

Anônimo disse...

ha diferenças de onde foram tiradas essas suratas,existem os sunitas e os xiitas de onde tiraram esses versiculos e com qual destes mulçumanos uma anonima foi casada

José Atento disse...

Anônimo. Que negócio é esse de dizer que existem suratas diferentes para sunitas e xiítas? Claro que não. A não ser que você admita que existem mais de um versão do Alcorão.

Anônimo disse...

Jesus Cristo a leis e muitos estranhas.
Obrigado Senhor por morar no Brasil, onde aqui mulher que apanha tem a lei Maria da Penha. ....

Anônimo disse...

Deus quer assim? O meu deus não aceita apedrejamento, os filhos de meu deus não está matando cristãos inocentes, os filhos de meu deus não matam crianças cristã, hipócritas, o islam de Maomé é o anti Cristo, a ira de deus caíra sobre vocês....

Anônimo disse...

Deus quer assim? O meu deus não aceita apedrejamento, os filhos de meu deus não está matando cristãos inocentes, os filhos de meu deus não matam crianças cristã, hipócritas, o islam de Maomé é o anti Cristo, a ira de deus caíra sobre vocês....

Anônimo disse...

Me desculpe por comentar tanto aqui no seu excelente blog. Mas nós, os mais evoluídos e liberais, temos que ficar de olho aberto. É assustador o número de brasileiras que ignoram esse horror e, só porque o homem tem um discurso diferente, acreditam que ele seja diferente. Não tem como com essa lavagem cerebral feita desde pequenos. Essa é nossa vulnerabilidade maior para a entrada desses dementes no país. E tem gente que, por dinheiro, acharia que eles são boa gente. Tem boa gente também, acredito, mas a religião os oprime. Ou melhor, o poder, disfarçado de religião, os oprime. Uma pena que documentários como Para Neda (For Neda) não sejam amplamente divulgados. E ela tinha um pai amoroso, uma família amorosa. O pai nunca foi contrário à ideologia da filha, apenas temia por sua vida, e ela acabou covardemente assassinada.

Anônimo disse...

Eu sinceramente. ...agradeço muito a esse site. ...pois faz um mês que conheci um muçulmano. ...e me encantei com as palavras lindas..as declarações de amor intensas..
o modo carinhoso como me tratou....mas isso agora sei....É pra tentar seduzir e trazer você a sua religião. ...mas e depois. ...qQuando estivesse eu em suas mãos. ..oo que seria de mim....e de minha família. ...ssou brasileira. ...ee graças a Deus livrepara viver como bem entender. ...ee ser feliz. ...e Então porque me submeter a esse tipo de vida....se sou feliz onde nasci. ..
se posso ser livre....pesava em mim ainda mais minha decisão pois sou filha de cristãos. ...e Então coloquei um fim nisso tudo a tempo .....ser uma mulher muçulmana definitivamente não é pra mim....e sinto muito por elas...por serem condenadas a viver dessa maneira tão humilhante e sofrida...

Talis Silva disse...

Quero agradecer imensamente à quem se dedica a informar de forma séria, sobre os crimes cometidos por Maomé e seus seguidores. São verdadeiros psicopatas e sociopatas apoiados por este governo PoneroPTista que também os são. Infelizmente a histeria de uma LImitância juvenil ligadas a pseudo-partidos, como o PSTU, PSOL, PCO e o Próprio PT acabam com o que nos diferencia de porcos, que é a capacidade de raciocínio lógico e é desta lama que aqueles preferem se nutrir.

Prof Adaiton disse...

1-Você cita Deus (com maiúsculo é nome próprio referente ao Deus do cristianismo) e em seguida se mostra um seguidor do islamismo;

2-Se aqui todos nós temos liberdade de escolha, agradeça a sua constituição, pois, aqui o Estado é laico e a religião aqui não pode interferir de modo algum na politica e leis do país;

3-Não trate sua religião como se nada de errado acontecesse, ela não é superior, saiba que todas tem um passado obscuro e intolerante perante seguidores de outras seitas e seus próprios seguidores. Se você diz que não vê esse tipo de barbárie na sua religião é só pesquisar bem que você logo acha.

Carol disse...

Olá! Gostaria de saber se existe algum texto que disponibilize a xaria ou a sunna para consulta.

José Atento disse...

Carol: A Sharia você tem um bom resumo em http://infielatento.blogspot.ca/2011/06/lei-islamica-sharia-para-os-nao.html. Você pode encontrar o manual de sagrada lei islâmica completo e em inglês em: http://www.islamicbulletin.org/free_downloads/resources/reliance2_complete.pdf.

Quanto a Sunna, eu gosto de usar as referências disponíveis em: http://www.usc.edu/org/cmje/religious-texts/hadith/, estando disponíveis as coleções de Bukhari, Mulsim, Dawud (uma parte apenas) e Muwata.

Anônimo disse...

ainda vem com proposta de casamento agoraa que eu nao
quero msm

Anônimo disse...

triste elas serem obrigadas a usar um veu ........ e muita opressao
mulher la nao tem direito a nada.....triste

Anônimo disse...

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>KKKKKKK quem é Alá kkkkk bando de burros que seguem a religião muçulmana, morrem por Alá, Alá está cagando e andando pra eles amaldiçoe seu Alá e seja Feliz, Deus é mais e que perdoei esses monstros antes de irem para o inferno de onde nunca deveriam ter saído....
Bando de escrotos sem Deus, vai ler a Bíblia Sagrada que ganham mais do que ler Alcorão... Nem sabem quem escreveu essa bosta.

Anônimo disse...

Caracaaaaa !!!! E eu que pensava que na bíblia as coisas eram difíceis para as mulheres, kkkk nesse alcorão aí o negócio é estreito hein minhas filhas !!!!!!


Anônimo disse...

Você é burro ou idiota? sim, vamos deixar o islamismo se espalhar e se tornar uma epidemia. Você deve ser totalmente desatualizado das notícias. A Europa abriu as portas pra esses monstros fugirem dos conflitos, aí o que eles fazem? Saem estuprando as mulheres e agredindo os infiéis. Eu acreditava no muçulmano bonzinho mas é mito e não existe. Se essa praga se espalhar seu destino é ter a cabeça cortada por não seguir Alá.

Anônimo disse...

DÊ UMA BOA OLHADA NA MENTIRA. Milhares de garotas são mutiladas em países que seguem a lei islâmica, é só dar um Google. Bem vindo a magia do ocidente.

Anônimo disse...


A mulher muçulmana foi privilegiada por Deus em relação aos pais, pois a posição da mãe é três vezes superior a do pai. O profeta disse: " O paraíso jaz aos pés das mães ". Portanto, a obediência aos pais é uma obrigação do muçulmano, principalmente ą mãe, pois ela é a base da família e ela sofreu as dores do nosso parto, de nos educar e sofrer para o nosso bem. Assim também, o Islam respeita a mulher como filha e ordena que pai e mãe zelem pela educação das meninas e prometeu o paraíso para o muçulmano que educar uma filha e a ensinar os bons modos islâmicos após terem difundido na Arábia pré-islâmica que ter uma filha era motivo de vergonha e desonra. Diz o Alcorão Sagrado: *E atribuem filhas a Deus! Glorificado seja! E anseiam, para si, somente o que desejam. Quando a algum deles é anunciado o nascimento de uma filha, o seu semblante se entristece e fica angustiado. Oculta-se do seu povo, pela má notícia que lhe foi anunciada: deixa-la-á viver, envergonhado, ou a enterrará viva? Quem péssimo é o que julgam!* (16:57-59)


8. O uso do véu não é uma invenção do Islam, como muitos podem imaginar. Faz parte da religião cristã que a mulher traje o véu, de acordo com a própria bíblia. Já no Islam a muçulmana cobre todo o corpo com exceção das mãos, vestindo uma roupa não apertada e não transparente. Deus, ao estabelecer o uso do véu, conscientizou a mulher de que este véu é um sinal de libertação para ela, tem o seu corpo e sua honra protegidos, e não será molestada pelos olhares pecaminosos dos homens: *Ó profeta, dize a tuas esposas, a tuas filhas e as mulheres dos crentes que (quando saírem) se cubram com suas mantas; isso é mais conveniente para que sejam reconhecidas e não sejam molestadas; Allah é Indulgente, Misericordioso* (33:59)


9. A mulher muçulmana também pode votar. Enquanto ela teve este direito há 1400 anos, nos Estados Unidos, a mulher só conseguiu esse direito em 1916, e no Brasil, em 1932.


10. A mulher pode exercer qualquer função que não vá contra os princípios do Islam, que não agrida a sua natureza feminina e que não a ocupe totalmente, fazendo com que descuide da família, pois isso causa sérios prejuízos ą sociedade, pois acarreta na não educação materna, no abandono dos filhos que serão entregues as "mães artificiais". No Islam, a mulher tem o direito de ser sustentada pelo pai, irmão ou marido, visto ser uma injustiça querer que ela trabalhe dentro e fora de casa.


A mulher tem grande importância dentro do Islam, pois Deus é justo e distribui os direitos e deveres de acordo com sua plena justiça

Anônimo disse...

Sou muçulmana e isso é uma mentira. Nunca cortaram meu clitóris. Isso é uma prática que só é válido para homens.

Anônimo disse...


O Islam libertou a mulher e dignificou-a, devolveu a mulher todos os direitos que lhe haviam sido usurpados pelos homens. O Alcorão eleva a condição da mulher e a valoriza, devolvendo a mulher o lugar que lhe é de direito no seio da sociedade:


1. No decorrer da história, a mulher sempre foi considerada a culpada pelas desgraças que assolavam o mundo. Já no Islam, a mulher não é responsável pelo pecado original de Adão, porém ambos erraram e ambos se arrependeram e foram perdoados e a descendência de Adão e Eva nada têm a expiar senão pelos próprios erros, e também afirmamos que, se um dos dois tem uma parcela maior de culpa, esse é Adão.


2. Ainda chegaram a ponto de especular se a mulher tinha ou não uma alma. A taxaram de demônio e lhe foi negado o direito de pensar, de herdar, de ser responsável pelos próprios bens e de sentir prazer sexual. Deus confirmou que a mulher é um ser humano completo, dotada de corpo e alma, e a igualou ao homem na prática religiosa e na recompensa da outra vida... *A quem praticar o bem, seja homem ou mulher, e for fiel, conceder-lhe-emos uma vida agradável e o premiaremos com uma recompensa superior ao que houver feito* (16: 97)


3. A mulher muçulmana não só tem o direito, mas também o dever de estudar e procurar o conhecimento, porque essa é a melhor forma de se aproximar de Deus. Ela passa a ter os seus horizontes abertos, e a sua fé passa a ser uma fé consciente, enraizada na mente e no coração. A mulher é a base da sociedade, pois ela é a mãe e a "é a melhor das escolas"; é com ela que aprendemos tudo o que se refere aos princípios morais e boas maneiras. Logo, se a mãe é sábia e virtuosa, seus filhos assim crescerão, e a sociedade será consolidada na verdade e na virtude.


4. A mulher no Islam têm direito a herança e de dispor dos seus bens como quiser. Diz Allah, o Altíssimo: *Não ambicioneis aquilo com que Deus agraciou uns, mais do que aquilo com que (agraciou) outros, porque aos homens lhes corresponderá aquilo que ganharem assim, também as mulheres terão aquilo que ganharem. Rogai a Deus que vos conceda a Sua graça, porque Deus é Onisciente.* (4: 32). Este direito dado a mulher no estatuto muçulmano a 1400 anos atrás, só foi conquistado pela mulher no Brasil em 1962, quando teve os direitos de assinar contratos e receber herança se a autorização do marido. Na Inglaterra, só em 1882 lhe foi assegurado o direito de dispor do seu dinheiro.

José Atento disse...

Minha querida. O islão apenas sedimentou as práticas da Arábia do século VII. Estas práticas já eram consideradas bárbáricas pelos impérios da época: bizantino, persa, hindú, chinês. De modo que o que o islão representa é um retrocesso. Não adianta vir com historinha de Adão e Eva: e dái? Quem está aí para Adão e Eva? Vir com inveções de que outas religiões consideravam a mulher sem alma ... quais? Até onde eu saiba, religiões mais antigas consideravam a mulher com alma (cristianismo, judaísmo, hinduísmo e budismo). Não adianta vir dizer que a mulher muçulmana tem o dever de estudar ... mas faltou você dizer que apenas se o varão permitir!!!! E a herança, a lei islâmica diz que a mulher tem a metade do marido, e um quarto com respeito aos irmãos. Isso é justiça?

Conforme eu disse, engessou-se tudo na mentalidade da Arábia do seculo VII. E tem que ser assim por causa da lavagem cerebral à qual vocês passam. Acorde!

Você concorda que o testemunho da mulher vale a metade do testemunho do homem [Alcorão 2:282]?

Você concorda com a restrições impostas a mulher para escolher o marido (enquanto o marido pode se casar com quem quiser, e várias vezes!).
Não despose homens idólatras [com suas mulheres] até que eles se tenham convertido. (Alcorão 2: 221)

Voc6e concorda com poligamia e escravidão sexual? Isso afeta todas as mulheres, mesmo as infiéis (ou você acha que as infiéis merecem serem estupradas): Case-se com as mulheres, que parecem boas para você, duas ou três ou quatro; e se você tiver receio de não poder fazer justiça (para tantas) então uma (apenas) ou (as cativas) que sua mão direita possui (Alcorão 4:3).

Você concorda que maridos possam bater nas esposas para educá-las?
As boas esposas são devotamente obedientes, e que se guardam na ausência o que Alá teria guardado. Quanto àquelas, em cuja parte você teme rebelião, (primeiro) as admoeste, (depois) se recuse a compartilhar suas camas, (e por último) bata nelas; mas se elas retornam à obediência não busque nada mais contra elas. (Alcorão, 4:34)

Vco6e concorda que o testemunho de duas mulheres seja equivalente ao de um único homem?
Chame duas testemunhas do sexo masculino dentre vós, mas se dois homens não podem ser encontrados, então um homem e duas mulheres julgadas capazes de a agir como testemunhas ... " (Alcorao 2:282)

E tem mais. Você é impira aos olhos de Alá. Quando você menstrua, a sua oração não vale nada!!!

Você concorda mesmo com isso tudo????

José Atento disse...

"Sou muçulmana e isso é uma mentira. Nunca cortaram meu clitóris. Isso é uma prática que só é válido para homens."

Que sorte a sua. Você nasceu onde? Se você tivesse nascido no Egito, na Indonésia, na Somália, as chances de você nao ser cortada são pequenas!

PS> Só para esclerecer, homens não cortam o clítoris.

Leia sobre o crime que é cometido contras mulheres aqui: http://infielatento.blogspot.ca/2011/10/circuncisao-feminina-ou-mutilacao-da.html.

Junte-se às centenas de milhões de mulheres muçulmans que são contra práticas barbáricas como a mutilização da genitália feminina!!

José Atento disse...

"A mulher muçulmana foi privilegiada por Deus" ... isso é verdade ... mas amaldiçoada por Alá.

"O uso do véu não é uma invenção do Islam" ... mas apenas o islão o impõe, chegando-se a mutilar ou matar as mulheres que não o usam.

"A mulher muçulmana também pode votar. Enquanto ela teve este direito há 1400 anos" Não existe democracia no islão! O islão é contra a democracia por serem leis feitas pelo homem e não por Alá. Deste modo, nem as mulheres e nem os homens votam.

" A mulher pode exercer qualquer função que não vá contra os princípios do Islam"... exatamente ... ficar em casa!

Eu escreví um artigo inteiro sobre estes argumentos que você está usando. Eles são velhos e errados ... http://infielatento.blogspot.ca/2015/01/propaganda-islamica-mente-sobre-os-direitos-das-mulheres.html

Anônimo disse...

estou com amizade atravez do facebook com uma moca da indonesia, mas sou mulher casada, tenho filhos e essa moca tem idade de ser mh filha. Mas depois de td isso estou confusa e temendo pela vida dessa moca. Me ajuda sera que estou errada?

Anônimo disse...

Senhores, por favor, não ataquem aqueles que defendem essa população. A mídia também nos denigre para os estrangeiros. Eu admiro e respeito a população árabe e sua religião. Estejam seguros de que no Brasil nós estamos seguros, as leis deles não passam por cima das nossa. Agora se escolhermos viver nos países deles, as leis deles irão se sobrepor às nossas, porque este é o certo. Não apoio nenhum ato de violência por isso me mantenho no meu país e se eu me casar com um árabe será aqui. Lerei o que meus olhos puderem ler. No cristianismo ou catolicismo e não me casarei lá. Porque lá não sabemos onde estamos pisando, porém teremos que respeitar porque justiça seja feita: A visita deve sempre respeitar os donos da casa.
Por favor, respeitem-os. Se não gostam, não vão para lá.
Ainda mais cruel do que os mandamentos dele é ver brasileiros livres para ser bons o quanto quiserem atacando estrangeiros.

Um grande abraço a todos.

Natalia Camargo

Anônimo disse...

Concordo com vc..este e país de loco e o cúmulo do absurdo que eles faz com as mulher.e com as crianças...todos os homens tinha que esta em uma camisa de força e trancado ña cela...bando de locos...

Anônimo disse...

Alguem disse aí cadaum seguir o q quer. Mas perai vc tem direito de exercer tua religiao desde q respeite a minha e os direitos de vida dos seres humanos q nao tem a mesma ideologia q vc. Afinal de contas essa dai e do capeta. Lei idiota p imbecil. Como alguem vai adulterar diante de uma multidao p ter testemunhas. O da mulher so
vale a metade.o q e isto?

Anônimo disse...

Será que um dia vamos ver alguém realmente poderoso acabar com esses despalterios desses retardados filhos da puta assando todos esses medíocres num forno? Se acontecesse eu ficaria tão feliz... mulheres são a fina flor desse mundo não podem ser tratadas dessa maneira horrível alguém teria que dar um jeito nesses caras isso é inveja as vezes eles querem ser mulher e como não conseguem judiam delas.

mc eraldo ts disse...

Caramba desse jeito está difícil de mim casa com uma mulher do irá. Uma vez que admiro e muito as mulheres iranianas pela sua beleza.

Anônimo disse...

Esses homens tinham que estar no hospicio com camisa de força..psicopatas estupradores

Anônimo disse...

Um tal maome que só beneficia o homem ...ô gente safada..esse maome estrupava as mulheres de outros filhas de outros...caraca e ninguem matou essa peste?

Anônimo disse...

Vc falou td

Kamilly Menezes disse...

o plenamente com vc

Vlademir Henri disse...

José Atento muito obrigado por divulgar a verdade muçulmanos e seu Maomé.
Acorda Brasil,os europeus não se informaram sobre islã e seu Alcorão agora as suas crianças e suas mulheres estão a messe do estrupo coletivo e da lei da Sharia. Eu não aceito o islã radical ou não no Brasil.

Gisele Schonhorst disse...

que cabeça de bossais acharem certo mutilar mulheres por que a religião escreve, e os burros acreditam por que está escrito, não pensam o por que de cada orgão, Deus não dá orgão pra cortar ou mutilar, este Deus é um demônio, Maomé sofra no inferno e os seus seguidores fanáticos, e as mulheres muçulmanas de o paraíso por que sofrem demais aqui.