sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Este dia na História: a Batalha de Tours, Carlos “Martelo”, como a Europa foi salva (e a esperança que a Europa possa resistir à invasão atual)



Neste dia, no ano de 732, Carlos “Martelo” parou o avanço do islamismo no Ocidente. O  islão havia conquistado a maior parte do Oriente Médio e Norte da África e, em seguida, veio, através do Estreito de Gibraltar, e conquistou a Espanha, subjugando as pessoas sob domínio islâmico, dando ao povo europeu (principalmente cristãos e judeus) a opção de conversão ao islão ou o status de subalterno perpétuo, sobrecarregados com um imposto sobre os não-muçulmanos (fundos vitais utilizados para financiar novas conquistas muçulmanas).

(assista a vídeo ao final deste artigo)

Os exércitos islâmicos se moveram para o norte, no que hoje é a França (conhecida na época como Gália). Esse foi o ponto alto da primeira grande invasão islâmica da Europa, porque foi lá que eles foram parados.

Depois de vários grandes batalhas, as hordas islâmicas foram derrotadas por um exército liderado por Carlos, que veio a ser conhecido como o “Martelo”. A batalha final e decisiva ocorreu no dia 11 de outubro de 732, cem anos após a morte de Maomé.

A Europa da atualidade está sendo invadida novamente pelas hordas islâmicas. Desta vez, eles estão sendo recebidos por europeus ignorantes da história e ignorantes da doutrina islâmica.

As pessoas que estão comprometidas com a meta política do islão, de dominação mundial, estão vindo para a Europa aos milhões, como um enxame, ganhando cada vez mais influência política, e ganhando mais e mais batalhas, à medida que os europeus abrem mão das suas liberdades, sua terra, e seu dinheiro, para essa ideologia agressiva e implacável.

Vamos torcer para que isso seja interrompido. Os europeus não são pessoas covardes. Nem todos os políticos da Europa são covardes. O islão foi detido antes – apesar do fato de que muitos reis europeus terem aceitado ofertas e se terem se aliado aos muçulmanos para ganharem vantagem política temporária. Isso aconteceu naquela época. Isso está acontecendo agora.

Mas, segmentos da Europa estão acordando, bem como nos Estados Unidos, na Austrália, na Índia, ... . Quanto mais pessoas tiverem um conhecimento básico sobre a doutrina islâmica, mais elas se tornam imunes às manipulações políticas dos muçulmanos ortodoxos. Concessões serão revogadas. O Ocidente vai se re-erger novamente e parar o islão, pela terceira vez!

Para fortalecer o nosso compromisso, e nossa esperança, com a nossa futura vitória, e pela manutenção da nossa liberdade, hoje, nós honramos o espírito de luta de Carlos “Martelo.”


Bataille de Poitiers, Charles Steuben (Palácio de Versailles, 1837)

(Texto adaptado de Citizen Warrior)


Carlos Martelo e a Batalha de Tours
https://youtu.be/MCsiD0LdqJ4 OK

Nenhum comentário: