quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Mulheres brasileiras enganadas por muçulmanos através de "namoro pela internet"


(Não deixe de ler as atualizações ao final deste artigo, bem como Direitos das Mulheres sob o Islão e os links associados)

Quem não gosta de um romance, não é mesmo? Principalmente as mulheres que, eu creio ainda em sua maioria, sonham com um relacionamento mais duradouro. Isso ainda é possível, mesmo com toda a propaganda que parece exigir que as mulheres assumam um papel mais liberal, onde o "ficar" (ou seja, o sexo livre) seja mais importante que o "relacionar." Os homens, é claro, também são afetados por isso. Mas, neste artigo eu vou me focar nas mulheres porque são elas os alvos dos homens muçulmanos (pois só eles podem se casar com não-muçulmanas, ao passo que as muçulmanas só podem se casar com muçulmanos).

Tem existido uma febre de redes sociais de namoro via internet. E muitas destas redes têm levado mulheres não-muçulmanas em geral, e as brasileiras em particular, a tomarem atitudes que as fazem se arrepender mais tarde.

As mulheres mais carentes afetivamente se deixam levar pelo impulso incial e acabam se lançando em uma aventura desconhecida, condenada a crises de relacionamento devido às tremendas diferenças culturais, diferenças estas que têm um fundo religioso por parte dos muçulmanos (veja aqui um resumo dos direitos das mulheres sob o islão).

Em 2004, Daniel Pipes, do Middle East Forum, escreveu um artigo no seu blog intitulado Advice to Non-Muslim Women against Marrying Muslim Men (Conselho para as mulheres não-muçulmanas não se casarem com homens muçulmanos link). Este artigo se mantém atualizando com mais de 11 mil comentários, a maioria vindo de mulheres não-muçulmanas expondo as suas experiências negativas como esposa de muçulmanos, notadamente quando vivendo em comunidades islâmicas (sejam em países muçulmanos ou sejam em guetos islâmicos no ocidente - os muçulmanos tendem a se agruparem ao redor de uma mesquita).

Muitos dos problemas relatados têm a ver com o fato de que o islamismo é impresso nos muçulmanos desde o berço como se ele se tornasse parte do DNA. Os preceitos básicos ficam arraigados e é muito difícil extirpá-los. De modo que um ou mais destes preceitos religiosos poderão aparecer no comportamento do marido muçulmano: a esposa é propriedade do marido; a palavra ou opinião da esposa vale menos; o marido tem o direito de ter relações sexuais com a esposa quando ele quiser; o marido pode punir a esposa rebelde, inclusive bater nela; a esposa pode se ver envolvida em um relacionamento poligâmico; os filhos são propriedades do homem, que detém o direito à guarda; os filhos são muçulmanos, e devem ser educados como tal.

Os problemas citados acima têm uma grande probabilidade de surgirem. Mas não apenas estes. Outros problemas são:
  • que o casamento arranjado pode ser um truque para que o homem muçulmano imigre para o Brasil, ou
  • para forçar a futura esposa e se tornar muçulmana, recitando a shahada (e, lembre-se, é proibido a um muçulmano(a) deixar de ser muçulmano - ler mais sobre isso em apostasia), deste modo aumentando a base islâmica no Brasil. 
Um teste para alguma mulher que por ventura esteja se envolvendo sentimentalmente com um muçulmano e pensando em se casar com ele. Fale sério com ele um dia e imponha uma dessas condições: (a) nossos filhos irão escolher a religião deles; ou, (b) nossos filhos serão cristãos. Veja a reação dele, como ele vai pular fora ou vai simplesmente "esfriar" rapidinho com essa idéia de casamento. E se ele quiser te convencer a se tornar muçulmana para você se casar com ele, exija que ele se torne cristão para se casar com você. Faça estes testes. 

Uma reportagem recente de Mária Martín, do El Pais, Edição Brasil, intitulada Casamentos com estrangeiros via internet tornam-se assunto de estado trata deste assunto.
Tatiane Fernandes, de 29 anos, acabou de chegar do Egito graças a uma passagem que a Embaixada brasileira no Cairo precisou pagar para tirá-la do país. Após sete meses tentando namorar “em paz” com um egípcio que conheceu na Internet, Tatiane acabou dormindo em um carro, recusada pela família dele e sem uma moeda no bolso. "Vendi tudo o que tinha em casa a preço de banana, abri mão de muitas coisas, deixei minhas duas filhas aqui por um relacionamento pela Internet, mas [a realidade] não é sempre o que parece. Fui roubada, ameaçada, dormi com ratos, cheguei a sofrer de depressão e tive um derrame que paralisou a metade do meu rosto. Amo meu marido, mas foi muito sofrimento".
Casos como o de Tatiane têm se multiplicado nos últimos anos por conta da popularização das redes sociais. O Itamaraty não tem dados sobre o fenômeno, mas alerta para o alto número de casos. Há países, como o Egito, onde sobram os relatos do tipo. "São tantos que nem se imagina. Só neste ano já ajudei 50 mulheres, ", relata Sandra Fadel, líder comunitária brasileira no Cairo. “Antes da revolução contra o presidente Morsi havia ainda mais”, completa.
O Ministério das Relações Exteriores e a Polícia Federal alertavam, conjuntamente, nos seus sites sobre a tendência após receberem “numerosas queixas de cidadãs brasileiras vítimas de roubos, fraudes e violência cometidos por cônjuges estrangeiros que conheceram pela internet e com os quais tiveram pouco ou nenhum convívio presencial antes do casamento". Mesmo assim, os grupos nas redes sociais onde brasileiras procuram marido do outro lado do mundo são atualizados diariamente.
Pelos relatos que chegaram ao Itamaraty, já foi identificado o caso mais comum. A vítima, na casa dos 40 anos, é de classe média e média-baixa, e já teve um casamento anterior. Elas iniciam relacionamentos com homens da Ásia, Oriente Médio e inclusive da África com os quais se casam, por procuração ou presencialmente.
A maioria das histórias de amor nasce do mesmo jeito: por meio do tradutor do Google. O que começa como um bate-papo rapidamente torna-se um romance, principalmente quando se refere aos homens da cultura islâmica. “Eles te pedem em casamento no segundo dia", conta Tatiane, que mora em Taubaté, no interior de São Paulo, uma cidade de 280.000 mil habitantes."Destes relacionamentos podem surgir dois problemas: um é o do estrangeiro pleiteando o visto para vir para o Brasil, e em alguns casos ele entra no país e nunca mais dá notícias à mulher, e o outro é quando ela vai para o país estrangeiro e acaba tendo graves problemas de adaptação, violência ou até fraude", explica Marcelo Ferraz, assessor da Divisão de Assistência Consular do Itamaraty.
Fadel, voluntária do Cairo, reconhece que essa proposta é sedutora para o público feminino. "Elas se encantam quando eles falam de compromisso, quando escutam essa promessa de proteção... É como um sonho de princesa. Só que, depois, se revela apenas como uma forma de controle", conta Fadel. "A última menina que ajudamos veio até aqui sem falar uma palavra de inglês –comunicava-se com o namorado pelo tradutor da internet e por gestos- e com 500 dólares, quando a diária em qualquer hotel vagabundo não é menos de 50 dólares. ", lembra. “ Ela pensou que a família dele daria hospedagem, mas na cultura islâmica isso é uma vergonha. É preciso ter um mínimo de noção para iniciar uma aventura assim”, recomenda.
Tatiane termina dizendo “Não sei o que eu farei, não sei se eu vou voltar, não me arrependo de ter ido, mas dou esta entrevista para que outras mulheres pensem antes de fazer o que eu fiz”.
Daniel Pipes, no seu blog citado anteriomente, cita um documento do Vaticano intitulado Erga migrantes caritas Christi ("O Amor de Cristo para os Imigrantes"). Este documento de 80 páginas diz o seguinte no tocante ao casamento de mulheres católicas (mas podemos generalizar o texto para todas as mulheres não-muçulmanas) com homens muçulmanos: 
Quando, por exemplo, uma mulher católica e um homem muçulmano desejam casar, ... amarga experiência nos ensina que uma preparação particularmente cuidadosa e profunda é necessária. Durante isso, os dois noivos devem ser ajudados a conhecer e conscientemente "assumir" as profundas diferenças culturais e religiosas que terão de enfrentar, tanto entre si quanto em relação a suas respectivas famílias e ao ambiente original do muçulmano, para o qual eles possam eventualmente retornar após um período passado no estrangeiro.
Se o casamento for registrado com um consulado do país de origem islâmica, o cônjuge católico deve tomar cuidado com recitar ou assinar documentos que contenham a shahada (a profissão de fé muçulmana).
Caso o casamento se celebre ... uma das tarefas mais importantes de associações católicas, trabalhadores voluntários e serviços de aconselhamento será ajudar essas famílias a educar seus filhos e, se necessário, apoiar o membro menos protegidos da família muçulmana, que é a mulher, a conhecer e insistir sobre seus direitos. 
Ressalto, apoiar o elemento menos protegido da família muçulmana: a mulher. 


Meninas, por favor, abram o olho, se cuidem, e se valorizem!


Atualização: achei um link interessante de uma brasileira que vivia no Egito e que complementa bem este meu artigo: As Leis do Amor para os Muçulmanos.


Atualização. O site do Ministério das Relações Exteriores tem este texto alertando para o assunto:
Relacionamentos com estrangeiros pela internet
O Ministério das Relações Exteriores vem recebendo numerosas queixas de cidadãs brasileiras vítimas de roubos, fraudes e violência cometidos por cônjuges estrangeiros que conheceram pela internet e com os quais tiveram pouco ou nenhum convívio presencial antes do casamento. De acordo com os relatos recebidos, que incluem denúncias de cárcere privado, é frequente, nesses casos, que os maridos estrangeiros mudem completamente de comportamento, logo após a formalização do matrimônio, tornando-se agressivos e manipuladores ou interrompendo repentinamente o contato com as vítimas, após obterem visto de permanência no Brasil. Nessas condições, recomenda-se às brasileiras e aos brasileiros especial cuidado com os relacionamentos virtuais mantidos com estrangeiros com o propósito de celebrar casamento, a fim de protegerem-se contra golpes e situações de risco. Sugere-se, entre outras precauções, buscar obter referências do cidadão estrangeiro por parte de terceiras pessoas de conhecimento comum, além de evitar manter o contato restrito aos meios de comunicação à distância, previamente ao matrimônio. 

Atualização: uma reportagem na revista Glamour intitulada "Larguei tudo pelo meu namorado turco até descobrir que ele era casado."
Poligamia faz parte do islamismo. 

Atualização: uma  reportagem do Fantástico que vale a pena ser revista. Leia o texto disponível on line.

Atualização: Estou reproduzindo um comentário de uma leitora anônima, que, na verdade, traduz bem o meu sentimento quanto a este fenômeno de mulheres brasileiras serem assediadas por muçulmanos na Internet.
Estou lendo esses depoimentos aqui e estou desacreditando. GENTE, COMO PODE HAVER MULHERES TÃO CARENTES ASSIM, quando tá na cara que vai entrar em roubada? Meu Deus, acorda mulherada! Vocês não são mais crianças não! Se liguem! Há bons homens aqui no Brasil, tem que saber procurar! Entrar numa situação assim, se meter numa cultura que é MUITO diferente, permeada por uma religião que tem traços medievais, e comportamentos sociais e legislativos regidos por uma religião é inconcebível! Gente, estou em choque com o tanto de absurdo que eu li aqui...o camarada fala que ama, que quer casar, elogia isso e aquilo e sente ciúmes que as outras já gamam, mandam foto pelada, cogitam mandar dinheiro e mudar de país...PAREM com isso! CRESÇAM! Meu Deus do céu. Desculpem se ofendi alguém, MAS É ISSO MESMO! Pronto, falei.
Atualização: Um canal do YouTube muito importante. Uma brasileira relata a sua experiência casada com um turco. Ela compartilha as suas experiências e comenta diversos assuntos muito importantes. Um lembrete. A Turquia é o país considerado como "moderno." Se o que ela discute acontece na Turquia, imagine nos demais países islâmicos, todos muito mais conservadores.

Canal Sobrevivendo na Turquia
Vídeos: Casamento com um Turco: quando dá errado --> Parte 1 de 3
Vídeos: O que perdemos e ganhamos casadas na Turquia --> Parte 1 de 2
Vale a pena assistir ao canal completo

Atualização: o jornal inglês The Independent traz a entrevista de meninas que foram seduzidas a se tornarem esposas de jihadistas do Estado Islâmico. Elas foram seduzidas através de namoro na Internet, no qual elas estiveram em contato com homens glamorosos e sedutores, em aparência e em modo de falar.


Atualização: Estou reproduzindo um comentário de uma leitora anônima extrangeira que vive no Brasil:
Não sou brasileira, mas vivo no Brasil há muitos anos e sou casada com um brasileiro. Li TODOS os depoimentos publicados e fiquei PASMA ao ver o quanto tem mulheres TONTAS e que se deixam enganar facilmente. São tão carentes que acreditam nas tolices desses homens árabes: amor a primeira vista! Sou filha de um francês que morou durante toda a sua juventude na Argélia, país do norte da Africa onde a população é muçulmana. Vivi na França até os meus 23 anos, depois me mudei para o Brasil. Que eu explico algo: os árabes estão atrás das mulheres brasileiras, porque estão atrás de SEXO e nada mais! A mulher brasileira é sensual, vive de shortinho, saia curta, fio dental, usa um cabelo comprido, bota silicone nos peitos. Os muçulmanos vivem em países repressivos, não se pode ter sexo fora do casamento. Eles estão atrás de papos eróticos, ou de fotos das brasileiras nuas. Para eles, TODAS as mulheres que não são muçulmanas, são mulheres IMPURAS, não valem nada. Segundo os valores deles, a mulher tem que ser coberta, não deve mostrar o seu cabelo, seu corpo etc. Para eles, mulheres liberadas como as brasileiras, são vistas como PUTAS. Não só as brasileiras: as italianas, as alemães, as francesas etc. Só que na Europa, ninguém se deixa iludir, já que muitos deles trabalham na Alemanha, na França etc. e sabemos como são. As mulheres de lá já sabem como eles agem com as esposas: maltratam, desprezam, dominam etc. Na população francesa é SUPER MAL VISTO um casamento com um muçulmano. Meu pai nunca teria aceitado eu me casar com um deles! Lembro de uma colega de trabalho que se casou com um argelino. Ela foi morar no país dele. Na França, ele a tratava bem, mas quando chegou na família dele, ele mudou completamente: a esposa francesa foi obrigada a se vestir toda coberta e só podia sair para a rua na companhia do marido ou de um algum parente dele, caso ele estiver viajando!!! Quem vigiava os gastos dela nas lojas era a sogra, que tinha um domínio sobre as noras. Ela vivia enclausurada, refém. Ela foi salva graças à ajuda de uma vizinha que repassou um bilhete para a embaixada francesa. A minha colega foi resgatada e levada até o aeroporto por funcionários da embaixada. CUIDADO COM VOCÊS MULHERES BRASILEIRAS!!!!
1) OS CARAS MUÇULMANOS SÓ QUEREM UMA RELAÇÃO SEXUAL VIRTUAL. NUNCA ENVIAR FOTOS DE VOCÊS NUAS!! ELES PODERÃO CHANTAGEAR VOCÊS COM SUAS FOTOS! ELES PODEM DIVIDIR SUAS FOTOS COM UM MONTE DE AMIGOS DELES OU PODEM DIVIDIR COM ESTRANHOS EM TROCA DE OUTRAS FOTOS E SUA FOTOS INTIMAS ESTARÃO ESPALHADAS PARA O MUNDO VER!
2) MULHERES MADURAS, CARENTES, SEPARADAS OU VIUVAS, CUIDADO PARA NÃO CAIR NAS REDES DA SEDUÇÃO BARATA. ELES TÊM ALGUM INTERESSO EM VOCÊS: SUA GRANA POR EXEMPLO. 
3) FIQUEI PASMA AO LER CERTOS COMENTÁRIOS. DÁ PARA VER O QUANTO CERTAS MULHERES FICAM CEGAS QUANDO ESTÃO APAIXONADAS. AO LER DÁ PARA VER CLARAMENTE QUE AS MULHERES SÃO ENGANADAS, MAS ELAS NÃO PARECEM TER ESSA PERCEPÇÃO. 
4) EU JÁ VISITEI PAÍSES MUÇULMANOS (TURQUIA, MARROCOS ETC.). SÃO PAÍSES BONITOS E INTERESSANTES PARA VISITAR, AGORA EU MORARIA JAMAIS NUM DELES! NA CULTURA DELES, A MULHER É INFERIOR AO HOMEM. SOU UMA MULHER LIVRE E FELIZ, NUNCA ACEITARIA SER PODADA. E VOCÊS PODEM TER UMA CERTEZA: MARIDO MUÇULMANO IRÁ LHE INTERDITAR UM MONTE DE COISAS. QUASE TUDO!
5) VEJO QUE MUITAS MULHERES COMENTAVAM QUE OS NAMORADOS VIRTUAIS ERAM CIUMENTOS. DA PARA NOTAR QUE ELAS ACHAM ISSO "FOFO". CIUME NÃO É SINÔNIMO DE AMOR. CIUME É POSSE, CIUME DEMAIS É DOENÇA! TEM QUE FUGIR DISSO TUDO! 
6) NÃO TROQUEM SEU BRASIL POR UM DESSES PAÍSES!!!






625 comentários:

1 – 200 de 625   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

As historias são todas muito parecidas. e a minha não é diferente. Ele é do Paquistão, formado em direito,porem nao esta atuando. tem me ensinado bastante sobre os muçulmanos. sou mais velha que ele , porem ele nao sabe. recentemente veio com uma conversa de vir morar no Brasil. Gosto dele sim, mas nao sei ate onde posso confiar. e analisando alguns pontos das conversas que ja tivemos vejo que devo ficar com os dois pés atrás .bem ,o que vc me diz sobre os paquistanes?? tem alguma tática que eu possa por em ação ??

José Atento disse...

Um erro que nós devemos evitar é o da generalização, porém existem traços comuns nos muçulmanos e é prudente saber até que nível estes traços são predominantes nas pessoas individualmente. Eu faria um teste que permitiria a voce avaliar a sinceridade dele, e que irá passar para a ele a ideia de que você é uma mulher ocidental e inteligente. O teste inclui um ou mais do seguinte. (a) Se recuse a se tornar muçulmana se ele pedir ou insinuar isso como condição para um casamento ou como algo que o agradaria (deixa claro que para você religião é algo pessoal) - voce pode perguntar se ele consideraria deixar de ser muçulmano para ficar com você. (b)Se recuse caso ele disser que os filhos devem ser educados como muçulmano, diga que eles devem ser criados seculares e escolherão a religião mais tarde - ou se voce quiser testa-lo mesmo, diga que os filhos devem ser criados como cristãos. (c) De novo não quero generalizar, mas cuidado se ele quiser te levar para o Paquistão, mesmo que por pouco tempo. Eu conheço casos de relacionamento onde ia tudo bem, mas quando a mulher não-muçulmana foi para a terra natal do muçulmano, a pressão familiar e da comunidade foi terrível.

Em resumo, teste a sinceridade dele antes. Namoro ao vivo é complicado. Namoro pela internet é 100 vezes mais complicado.

Lilith Feminista disse...

Um homem muçulmano já quis namorar comigo e eu caí fora rapidamente. Ele ficou furioso e saiu espalhando por aí que eu era uma puta e outras coisas do tipo, eu o processei só, que não deu muita coisa e ele acabou voltando para o país dele (ufa!!!). Como pode ver eles não são muito diferentes dos homens brasileiros, só são mais perigosos e psicopatas. Aconselho todas as mulheres (infelizmente não posso aconselhar as mulheres muçulmanas também) a ficarem longe desses doentes.

Anônimo disse...

Gente acontece em qualquer lugar do mundo , não importa religião classe social , nada disso.... acho meio preconceituoso falar que (mulçulmanos ) apenas fazem tais coisas, e devo ressaltar que por experiencia propria ,há sim a possibilidade de um amor de verdade existir entre pessoas tão diferentes com culturas tão opostas, eu sou brasileira meu marido é mulçulmano eu catolica , o segredo é cada um respeitar o estilo de vida e costumes do outro , é claro que existe o choque cultural as vezes temos que respirar fundo pra não ofender a outra pessoa , não considero certas praticas deles muito legais , mas desde que não interfira na minha vida isso não é problema pra mim .... somos muito felizes respeito ele e as tradiçoes , vivemos aqui no brasil portanto seguimos nossa cultura , nada de varias esposas ou poder sobre mim , ahh um detalhe tambem o conheci pela internet , graças a deus estamos muito felizes...

Anônimo disse...

conheço um argelino a 1 ano e 5 meses,"namoro" um ano. Ele é kabilie e se diz cristão e realmente não vejo nada de mulçumano nele já que sou curiosa nesses assuntos, fiz vários testes inclusives fakes, mas nada aconteceu,em vez ou outra retomo a questões antes comentada por nós e também sempre a mesma resposta, ele conhece quase toda minha familia e interage com ela sou mais velha que ele e cristã também,espero esse homem em junho, pra casar,e realmente estou meio que preocupada com tantas histórias tristes... não sei mais o que pensar ou fazer.

José Atento disse...

Bem, Anônima, é bom que você queira se certificar de como ele é. Se ele for mesmo cristão, como diz, o comportamento oriundo de ensinamento religioso já passa a ser secundário, restando apenas as diferenças, neste caso, eminentemente culturais, que podem se ajeitar com o tempo. Boa sorte.

José Atento disse...

Oi Anônima do comentário do dia 21 de fevereiro. Eu não ví os eu comentário. Desculpe.

Como eu disse anteriormente, generalizações são sempre perigosas.

Eu fico feliz em saber que vocês conseguem equacionar os problemas que surgem. Que bom que vocês vivem no Brasil.

Só de curiosidade, os seus filhos são muçulmanos, católicos, ou tem a liberdade de escolha de religião, ou até mesmo de não terem religião?

Anônimo disse...

Bom em meio a tanta coisa vou contar o meu relato , conheci um muçulmano pela net ..rs é claro ! 2 anos mais novo , eu viuva mae de 2 filhos , ele me aceita como eu sou , nunca tentou me converter a nada , disse que os filhos decidirão a religião e nunca disse em morar no Brasil,ele quer que eu decida , a familia dele é claro que nao aceitou , mas ele trabalha em Dubai e vai casar do mesmo jeito ....são 9 meses de relacionamento e eu confesso que eu tomei a iniciativa de conhece-lo melhor estudar a religiao dele ajudou muito , entender a cultura do pais dele, eles são ciumentos ( sim) mas pensa comigo QUEM VAI GOSTAR DE VER SEU ESPOSO OU ESPOSA COM AMIGUINHOS (AS) ??? gente fal serio não é tudo isso que o povo pinta . Meu casamento está marcado para o proximo mês e decidimos morar em Dubai - e se não der certo la moraremos no Brasil e se nao der certo? é a vida Porque nada é eterno e nem dura para sempre ! Outra dica é , mantenha su familia atualizada de tudo , ir para o pais deles ? é claro com tudo pago inclusive o hotel que voce vai ficar -passagens ida e volta compradas - outra coisa tenham os endereços dos consul brasileiros-celular com gps e rastreador-enfim hoje em dia confia-se desconfiando e levem uma graninha né porque se der tudo errado voce pode se saltar fora de cabeça erguida , quanto os casos dos maridos que entraram no Brasil e nao deram mais as caras ....acredito que é questao da mulher tb ir anular isso ....bom tb li relatos de mulheres brasileiras que detonaram os arabes - existem dois pesos e duas medidas ! Beijo

José Atento disse...

Anônima: vou desejar pra você o mesmo que o meu pai desejou para mim antes de eu me casar. Ele disse "boa sorte".

Eu estou casado a mais de 30 anos.

Boa sorte para você. Que Deus te abençõe.

Se você desejar, mais tarde, compatilhar a sua experiência conosco seria enriquecedor.

José

Anônimo disse...

Tenho amizade com um argelino casado,à 3 meses, diz eu te amo todos os dias, diz que o que sente é amor fraterno. Isso me irrita, pois vejo de outra forma. Estou errada?
Malin

Anônimo disse...

Por favor me ajude? Tenho amizade com um argelino casado mulçumanos, estou apaixonada, ele é muito romântico, mas me irrita quando diz que é amor fraterno! ! O que faço? ?

José Atento disse...

Anônima: Tome cuidado para não cair nas teias de um relacionamento polígamo indesejado. Relacionamento com um homem casado já é um problema, aumente para mil quando ela possivelmente pertence a uma linha de raciocínio que vê a poligamia como algo normal.

Anônimo disse...

E.stou numa situação muito dificil,me correspondo com um Mulcçumano em Dubai,eu casada ele diz ser viuvo.Eu no desespero pedi um dinheiro para ele,ele disse me enviar que me ajudaria,mas eu morta de medo,nao sei o que faço.ele diz saber tudo da minha vida e querer ver minhas filhas,eu 24 anos mais velha.estou completamente perdida nao sei o que faço

José Atento disse...

Anônima:

Eu não quero julgar os outros, mas este cara aparenta ser um vigarista querendo te passar a perna. Existem indícios para esta suspeita, pois aparentemente ele está tentando criar uma situação de dependencia de voce para com ele, te mandando dinheiro e dizendo saber tudo de você, e você ainda casada. E essa de querer ver as suas filhas. Muito estranho. Você pode dizer que não tem mais interesse no contato e cortar a comunicação. Se ele gosta de você (em geral, sentimentos gerados pela internet são ilusórios) ele vai entender. Se ele insistir é mais um motivo para cortar. PS. Como voce sabe que ele viúvo ... e você sabe que ele tem outras esposas?

Anônimo disse...

gostaria de uma opinião... conheci um argelino pela internet há 2 meses e diz que sou sua esposa, que me ama, já me pediu dinheiro e presente e eu não dei. eu disse a ele que procure uma mulher rica para ele, ele diz que não pois me quer....
detalhe eu tenho 35 anos ele 22 anos. ele não fala nada da vida dele, so sei que trabalha em cyber e ele foi sincero me dizendo que não terá dinheiro para vir ao brasil e que é dificl conseguir o visto. ele me propôs viajar para tunisia para encontra-la mas eu disse que não tenho dinheiro para viajar...
ora ele fala que me ama, mas sempre diz que falo mentira, cisma que to com outro homem...
o que pensar disso tudo??

José Atento disse...

Bem, além de tudo o que voce já leu, acrescente os particulares da sua situação. Como você mesmo diz "ele não fala nada da vida dele." Apenas isso já é o suficiente para colocar a pulga atrás da orelha. Conhecendo-se bem, e ao vivo, uma pessoa já é difícil dizer como o relacionamento vai avançar, imagina depois de 2 meses de papo virtual e sem voce saber nada dele? E ele quer que você vá para a Tunísia de olhos vendados (e para que parte da Tunísia)? E já está tentando te controlar com a desculpa de ciúmes? Estranho.

Sinceramente, desde que eu escrevi este artigo eu tenho sido bombardeado com casos dos mais diversos, e eu hoje estou muito mais cuidadoso, porque o problema é mais sério do que eu pensava. Os casos variam, porém existem alguns fatores que, além do aspecto cultural e religioso (sim, porque para eles religião é muito importante e norteadora da vida ... em geral nós nos desacostumamos com isso), sinalizam um perigo adicional com algumas coisas em comum. Eles visam mulheres mais velhas do que eles (eles apostam na estabilidade financeira da mulher e na sua carência afetiva). Eles buscam ganhar visto de entrada ou cidadania para o Brasil (e muitas vezes simplesmente desaparecem depois de conseguirem isso). Eles buscam conquistar uma mulher a mais (ocidental), controlando-a como se fosse uma muçulmana, principalmente se vivendo no seu país de origem.

Anônima. Não dê nenhum passo no escuro. Não se converta muçulmana. Não assine documento algum sem saber o que está assinando, e evite a shahada (a frase da conversão). Não dê carta de entrada para ele imigrar para o Brasil e nem se comprometa a sustentá-lo. Não viaje para a Tunísia (ou para qualquer outro país islâmico) sem saber muito bem onde você vai pisar e mantendo contato com a embaixada do Brasil no país sendo visitado). Viaje com a passagem de retorno comprada. E nunca dê o seu passaporte para ele.

Mande-me um correio se quiser conversar em mais detalhes.

Anônimo disse...

Já "namorei" pela internet com vários muçulmanos, um deles(do Irã) esse eu gostei e quase casei, mas por alguns problemas de passaporte que ele tinha, não aconteceu.


Depois conhecí um homem da Argélia, esse era muito respeitador e era muito sério com a religião dele.Ele me propôs casamento e exigiu a minha conversão ao Islã e mudança da minha roupas curtas....Esse eu pulei fora pq ele era muito fanático no islã, a ponto que tudo que conversávamos ele colocava a religião dele no meio e esquecia que eu sou de outra cultura e Brasil(onde temos uma mente democrática)
rsrs ...

Depois conheci outro homem da Argélia, esse é do perfil "falso muçulmano", falava pouco da vida, dizia o tempo todo que me amava,todos os dias ele falava que eu era a esposa dele e me amava muito, que sente saudade....,só coisas boas ele dizia e escrevia..por outro lado ele era "danadinho"... com o tempo percebí que ele buscava sexo na internet.. e se eu deixasse... ia pedir p ver meu útero... Pulei fora e mantenho contato com ele como um amigo virtual, agora.


Conclusão: O árabes são muuuuuito românticos e encantadores( o que um brasileiro não fala p nós,os árabes falam tudo em uma simples conversa) e isso encanta qualquer uma, falam palavras doces o tempo inteiro para a mulher, e eles costumam falar que quer casar com a mulher na primeira conversa pois na cultura deles e no Alcorão Sagrado, é proibido NAMORAR,e tem que casar para manter relações sexuais com a esposa...

Esses são os perfins típicos que não se pode confiar e pule fora rápido quando que enquadra no seu árabe:

Se falar de sexo e persistir nesse assunto, sai fooora, pois isso não é do ISLÃ e ele procura putaria virtual.

Se não falar da vida pessoal e só ficar no eu te amo,vc é minha esposa e blá, blá, blá... ele não quer nada sério...

Se vir com uns papos que precisa de dinheiro para vir para o Brasil ou algo parecido, esse vai te dar um golpe financeiro ou o golpe para conseguir o visto e depois morar no Brasil longe de vc.

Claro que acontece casos que dão certo, mas as mulheres brasileiras precisam ser muito espertas e flexiveis para se adaptar em outra cultura, principalmente a cultura árabe que causa um choque muito grande pq as brasileiras são feministas e no islã não existe isso..

Na minha opinião para dar certo o homem e a mulher de países diferentes devem continuar com seus costumes e valores próprios, ambos devem respeitar suas diferenças, e NUNCA impor mudança de religião, costume....etc....tudo deve ser compartilhado e respeitado...Tem que ter um acordo que os dois não percam suas raízes...Se o árabe impor como condição para a brasileira se converter ao islã para casar com ele, então ele deve casar com uma árabe...

Boa sorte!



Anônimo disse...

Achei interessante este assunto, pois estou pesquisando sobre a cultura muçulmana...
Tb estou me comunicando com um rapaz do Paquistão, ele está em uma universidade lá.
Mas não tem nada demais, e ele é muito respeitador. O estranho é que no facebook dele não tem fotos com mulheres da família, e nem da facul. Sei que é algo cultural.
Ele é muito querido, realmente, não é difícil se apaixonar por um desses.

Anônimo disse...

Estou conversando com um mulçulmano dede de 2010 ele me tratou com respeito,dai pra ca ele me disse que quer casar comigo ediz qvai vir para obrsiç prara nos casarmos mais primeiro q quer conversar com meus pais eu sou mais nova que ele e14 anos mais velho que eu.diz que me ama muito e tal,mais diante de tantos relatos fico com medo e eu sou cristã e ele esta tocando no assunto que ele quer qeu me converya para sua religião o que faço?

José Atento disse...

Depois de tanto tempo de contacto, você deve saber bastante da vida dele, não é? Onde ele mora, sobre a família dele, sobre o círculo de amigos dele, sobre o trabalho dele, se ele já teve ou ainda tem alguma esposa ... Depois de quatro anos de contacto você já deve ter conversado com a família dele e com amigos dele ... se isso não tiver acontecido pergunte-se por que.

Ele vem morar no Brasil? Vai trabalhar com o que? O que ele precisa de você para vir, documentos, dinheiro? Ou você vai morar no país dele? Você sabe como é o país dele? Você sabe como as mulheres são tratadas ou como a sociedade espera que as mulheres se comportem por lá?

E esta história dele querer que voce se converta, para mim isso nunca soa bem, porque, a rigor, um homem muçulmano pode se casar com uma cristã (as mulheres muçulmanas é que somente podem se casar com muçulmanos).

O mais importante são os eventuais filhos desta união ... eles vão ser livres de escolherem o que querem ser (a rigor, eles devem ser educados como muçulmanos).

Uma situação sempre delicada.

Anônimo disse...

Ola, faz um ano que eu namoro com um cara da Tunisia. Eu tenho 17 anos e ele 22, mas eu andei lendo muito sobre se casar com muçulmanos e estou muito preocupad. Eu aml ele maa eu tbm penso mt... ele morava em paris mas voltou pra tunisia no final de 2013, eu estou meia chateada, mas enfim ele e policial nao add mt mulheres e na vdd foi eu q add ele... mas depois de um tempo de amizade ele disse que me amava e por ai foi ate que ele me pediu o visto pra poder vir me ver e depois a gente iria ha tunisia pra see casar la, mas eu exclui e add ele varias vezes mas agora ele ta meio de pe atrz e disse que nao sabe se e sou verdadeira com ele e q eu posso ser umfake.... enfim oq eu faço????

José Atento disse...

É sempre uma incerteza.

Se você for se mudar para a Tunísia tenha em mente que você vai estar em uma posiçao de fraqueza. Se você for, mantenha o máximo de contato possível com a sua família e a Embaixada do Brasil (sabendo que a Embaixada apenas pode te ajudar naquilo que não contraria as leis da Tunísia. E guarde o seu passaporte com você.

Agora, ele está querendo te manipular de chamando de fake???

Anônimo disse...

Olá, conheci um menino muçulmano pela internet a uns 6 meses, ele tem 18 anos e eu 17, nos conhecemos por um site de chat com web... Conversamos e passamos skype, a partir dai passamos a conversar como amigos, mas ele é muito fofo e carinhoso, acabamos nos "gostando", agora ele diz que me ama e eu digo o mesmo por que sinto que gosto dele.. Somos amigos no facebook, ele tem fotos dele e com os amigos, já falamos no skype quando estava com um amigo. Tinhamos um relacionamento virtual, mas o problema é que eu tenho um namorado aqui no Brasil e nunca escondi isso dele, até por que está no meu status do facebook, mas acho que ele não tinha percebido, pois um dia ele me perguntou quem era o menino e eu falei que era meu namorado.. ele ficou muito bravo comigo, mas eu expliquei pra ele que sempre esteve lá e que nunca menti sobre isso.. então depois de uns dias voltamos a nos falar normalmente, adoro intercÂmbios e estou decidida a fazer um quando tiver dinheiro, e quero ir para o país dele a Turquia, tenho lido muito sobre lá e adorei, ele mora do lado asiático e sua família é bem conservadora, ele já me enviou fotos da casa da irmã dele e uma que ele estava com ela, sei algumas coisas da vida dele, sinto que ele não me esconde nada... e penso em se eu terminar o meu namoro começar algo com ele, mas gostaria de uma opinião sobre isso. Ah, já falamos sobre casamento kk falei que não aceitaria outra mulher e ele concordou, nunca me pediu para que eu me convertesse... sempre que tenho duvidas sobre o islã pergunto pra ele e ele me responde.. ao meu ver teriamos um bom relacionamento mas adorei as respostas do dono do blog e gostaria que analisa-se meu caso, :)

José Atento disse...

Você é jovem e espero que tenha tempo para refletir bem sobre o seu futuro. Informe-se. Converse. Se você tiver condição de viajar, viaje.

Existem duas Turquias, uma é secular e mais próxima do nosso comportamento, ao passo que a outra é islâmica e retrógrada. Em termos geográficos, quanto mais para Oeste, em torno de Ankara e Instanbul, mais secular. Quanto mais para a Ásia, mais islâmica.

A Turquia passa por um processo de re-islamização lenta e gradual, e há quem creia que ela, e em futuro próximo, ela vai estar mais parecida com o Irã de hoje do que com a Turquia que Ataturk sonhou.

Anônimo disse...

Tudo que já li aqui dá uma insegurança muito grande. Já fui enganada algumas vezes, por muçulmanos egípcios, que mais tarde eles confessaram ser casados, depois por um paquistanês que queria se casar comigo e tinha contatos e relacionamentos com várias mulheres, inclusive outras brasileiras.
Me pergunto se devemos generalizar as pessoas e achar que são todas iguais ou se vale a pena dar uma chance e tentar ser feliz.
Conheci um muçulmano egípcio há quase 3 meses e foi tudo rápido. Estamos fazendo muitos planos, eu iria pra lá e ele viria comigo após um tempo. Conheço sua mãe e sobrinha e confio que ele é um homem correto e honesto, porém é muito ciumento e radical em suas colocações. Sou uma mulher acostumada a dar opiniões em tudo, a discutir sobre todas as questões e não sei se me adaptaria a me calar, se necessário. Não seria eu...
Já conversamos sobre quase todos os temas conflitantes, ele me aceita como cristã e eu já li muito a respeito do Islã. Jamais seria muçulmana, apenas respeito sua religião.
O fato de ver tanta gente sendo enganada dá muito medo, a vida é breve, e devemos ser inteligentes, sábias e sabermos discernir entre ilusão e realidade.
Sempre pensei que nós somos únicos em nossas atitudes por isso resolvi tentar, mesmo com medo.
Posso estar sendo ingênua, por isso oro e coloco minha vida nas mãos de Deus...
Ser feliz não é fácil, aqui, no Egito ou em qualquer lugar do mundo se você não estiver disposta a lutar, a tentar. Posso me arrepender por tudo que fiz ou que farei mas talvez ele realmente seja aquele homem que fará de mim uma mulher amada e respeitada.
Acho que por ele, vale a tentativa, pelo menos isto é o que penso hoje!

Taize disse...

BOA Tarde,

Conheci um muçulmano pela internet,gosto muito de conversar com ele,dou muitas risadas,esqueço de tudo quando estamos conversando.
Ele Disse que me ama,eu disse que gostaria muito de acreditar!
e Realmente estou gostando dele,me Pergunto como posso gostar de um homem que nem vi pessoalmente e com tantos homens no brasil.
não generalizo muçulmanos de forma alguma acredito que existem casos e casos,apenas!

José Atento disse...

Não generalize, mas analise a sua situação dentro das peculiaridades do caso e das tremendas diferenças culturais. A internet ajuda a romantizar estas conversas, e, em muitas vezes, o fato delas se deram sob dificuldade (por exemplo, idiomas diferentes, tem que usar um tradutor on line, etc) adicionam um caráter meio místico. Na maioria, é mais sonho do que realidade.

Anônimo disse...

Oi pessoal, sou brasuleira de pernambuco. Gostei de ler seu blog, estou passando pelo mesmo acontecimento que ja mencionaram. Conheci um turco, ele é mulçumano sua familia é bem tradicional. Faz 5 meses que nos falamos pelo skype, falamos literalmente pois nós temos ingles intermediario. Pois bem, ja faz 3 meses que a nossa amizade se tornou mais que amizade, ele é muito respeitador, nunca falou sobre sexo, pois diz que só poderia falar isso se fosse casado comigo. Falamos sobre tudo exceto isso, ele fala dos estudos dele, um pouco sobre a religiao dele e da minha e pede sempre que eu pesquise sobre o islam. Tanto ele como eu nos amamos muito, mas ele diz que agora nao pode assumir o namoro, pois a familia dele nao entenderia e aceitaria. Ele só poderá fazer isso quando estiver trabalhando. Num momento ele esta terminando a faculdade de engenharia e sempre me diz que me ama, quer casar comigo... Eu tbm amo muito ele, mas nao sei se ele teria coragem depois de me assumir como sua namorada la no futuro quando ele tivesse condiçoes financeiras. Por outro lado, ele sempre diz que vai enfrentar a familia dele assim que ele se tornar independente financeiramente, mas eu nao sei se ele teria coragem. As vezes sinto que estou perdendo meu tempo com ele e ao mesmo tempo me dói quando penso em acabar tudo, pois nos amamos. É tudo complicado por varias coisas.

Anônimo disse...

Sou da chamada 3a.idade brazuca divorciada fiz uma viagem de turismo 2013 conheci alguns paises conheci capadocia andei de balao e no meio disso tudo conheci um homem ma duro mas ainda assim mais novo do que EU mesmo estando hospedada c/tudo pago ele foi no meu hotel e passou as maos nas minhas malas e me levou p/apto.dele bem localizado em Stambul porem s/nenhum conforto disse q.ja foi casado tem 2 filhos q.vivem c/ex-mulher(?) vive nesse apto.q.divide c/colega me levou em lojas de supostos parentes amigos fizemos alguns passeios inclusive o romantico jantar do bosforo galata tower derviches restaurantes boites...etc.resumo da opera: ta me aguardando agora p/agosto diz q.tem planos p/casar diz nao estar satisfeito c/vida e negocios em Stambul nao tenho certeza se ele e dono ou tem sociedade em loja ou e simplesmente vendedor(me deu a entender q.vive de comissoes) nao sei se isso e verdade ou seria apenas uma forma de me testar se eu nao sou uma mulher estrangeira(ainda +sendo Brasileira q.ja nao tem boa fama) q.quer dar golpemais q.pode o golpe ser da parte dele pois eu me enganei pensando q.ele tinha uma idade compativel c/a minha(ele tem 52a)eu sou + velha q.ele nao sou "coroa rica" como deixei bem claro p/ele sou divorciada tenho uma filha e nao quero prejudica-la em caso de uma uniao c/ele entao preciso ainda de muitos esclarecimentos atraves de um Orgao especializado alem dos comentarios q.sao muito bem vindos sobre esta situacao em que ja estou envolvida de uma certa forma...

Anônimo disse...

Olha...estou assustada ,..conheci um rapaz a 1 mês pelo Facebook ,ele começou curtindo minhas fotos.depois me chamou no chat,depois veio a can,.Ele é da Argélia e religião islâmica , na mesma semana me marcou em um relacionamento sério,na 2ªsenama me marcou em um noivado, eu achei fofo ,, postagens românticas , je t'aime pra e pra lá,me posta foto o tempo todo como se quisesse me da satisfação do que faz ,parece muito sincero e apaixonado , .ah e me liga 2 vezes por dia pra dizer que me ama... tem 22 anos e eu 41 e diz não se empostar com idade,pra variar agora me marcou que casamos ,e diz esta vendo o visto pra vir me ver ,, parece ser um bom rapaz mas depois de ler tudo isso confesso esta assustaderrima,,parece sentir minha falta, quer todo o tempo estar comigo na net ,e fica comigo até amanhecer o dia na Algéria ,pois lá é 4 horas mais tarde que aqui ,,ele esta perto de conseguir o visto ,, O QUE FAÇO?? ELE É TÃO FOFO,como posso confiar nele ?! ,.

José Atento disse...

Eu não conheço nenhum órgão especializado neste problema, mas sei que o Iramaraty está preocupado com o que está ocorrendo.

Agora, namorar via internet com um homem mais novo, até mesmo tendo a metada da idade da mulher. Com sinceridade, o homem está fazendo isso para obter alguma vantagem.

Anônimo disse...

Eu sou brasileira e cearense conheci um arabe marroquino de 38 anos .euvtenho 39,comecamos por amizade no face na segunda semana ele me jurou smor eterno .fiquei assustsda pois logo na semanas seguinte ele descobri isso dai entao vive me pedindo para postar no watssap videos da minha nudez ,faz juras de amor .falou que ano qur vdm vinra para o brasil .e pede para q eu me converta ao islam eu m assustei pois rle ja fala em casamento em pouco tempo
Ah e o face dele n tem fotos .a historia e mto parecidas com as que li nesse documentario .estou com medo pois nao sei onde estou pisando .ele quer q eu va morar com ele em marrocos .eu sou divorciada e tenho um filho de 4anos e temo por ele .o nome
que ele fala ser e hanol jamil.

José Atento disse...

É sempre perigoso dar passos no escuro. Cuidado.

Anônimo disse...

Bom é tanta coisa,mais vou contar o meu caso.esta com duas semanas que conheci um rapaz do libano,ele me trata bem é educado,ja vi fotos dele,da familia,no começo ele nao me disse que era mulçumano,eu nunca pensei em falar com uma pessoa de tao longe.
Eu sou cristã,ainda nao conversamos muito sobre nosso futuro,ele ja me perguntou se eu teria coragem de viajar pra onde ele esta trabalhando no momento eu disse que ainda era muito cedo.Ele nao insistiu. No começo ele me disse seu nome é claro,sendo que o nome que ele me deu nao era o verdadeiro,eu fiquei chateada,ele disse que nao tinha me dito antes por medo de mim nao falar mais com ele.Eu nao sei o que pensar vi tantas historias no blog que me deixaram assustadas
Ps;ele disse que ainda íamos falar sobre esse assunto que ainda íamos ter muito tempo pra se falar
disse tbm sobre a poligamia,que nao iria ter outras esposas,pois se colocaria no lugar.
O que faço acredito? ou nao falo mais com ele?

José Atento disse...

A melhor definição de muçulmano que eu conheço é a seguinte. Imagina um grupo de pessoas ao redor de uma fogueira, sentados a distâncias diferentes do fogo. Todos estão sob o efeito do calor das chamas. Mas quanto mais perto do fogo, mais envolvente é o calor. Assim também é o islão. Quanto mais ortodoxo, ou mais perto da fogueira, mais radical e fundamentalista (e isso é ruim). Quanto mais longe da fogueira, menos afetado a pessoa é. Mas, lembre-se, a pessoa continua sob o efeito da fogueira; ela cresceu sob este efeito.

Fica difícil responder a pergunta "o que fazer." Mas os riscos são maiores que as certezas, a não ser que a mulher se torne submissa (muçulmana), e neste caso, até mesmo poligamia (masculina) é sagrada.

Anônimo disse...

Adorei o blog, estava pesquisando sobre os costumes radicais contra as mulheres para me armar para viagens internacionais mesmo indo com o meu marido, morro de medo só pelo fato de ser mulher, mas acho que conhecer o berço da civilização já valeria a pena.

Li os comentários de algumas mulheres no blog, e achei simplesmente que são muito ingênuas, acho que somente por não serem brasileiros são sinceros. Eles querem te usar financeiramente e sexualmente. Não esqueçam que brasileiras são conhecidas como liberais no exterior. Se eles casarem mesmo com vocês, o que será da sua vida? Ou vocês acham que conseguirão viver como cristãs em países radicalmente anti cristãos e anti mulheres. Ele pode quem sabe talvez, ter uma mente mais liberal (que eu duvido), mas e a família, os vizinhos, o resto do país? é muita gente para lutar contra, para ser "feliz". O Brasil é um lixo no sentido de políticos, mas não esqueçam que no mundo há lugares bem piores e que parecem lindos nos encartes turísticos. Os homens brasileiros são safados sim, mas isso é em qq canto do mundo, mesmo no Japão, na China ou no Iraque. Melhor lidar com made in Brasil que você já conhece as artimanhas do que tentar algo fora daqui só pq o cara diz q te ama em Árabe.
Para ver que não estou viajando, se lá é tão bom assim pq eles querem visto brasileiro? Outra pergunta que é engraçado, pq eles precisam de visto brasileiro, aqui é uma bagunça, é só chorar, dizer que é perseguido no país de origem e já era, consegue o visto de emprego ou dizer que veio do Haiti.

Anônimo disse...

Oi, meu nome é Fernanda tenho 24 anos, estou conversando com um mulçumano de Marroquino e é verdade quando as mulheres falam que é fácil se apaixonar por eles. Sempre gentis e encantadores, conseguem despertar um carinho forte em poucos dias. Ele tem 19 anos é muito gentil, educado, carinhoso e tímido. Um encanto, estou vidrada nele.Não acredito que ele seja como alguns citados nos comentários, ele é muito reservado e tímido na maioria das vezes eu quem começo a falar em relacionamentos e procuro saber mais da vida e da cultura dele.Ele diz que não tem mulheres como eu em Marrocos e se tivesse dinheiro viria me ver. Perguntei se ele se casaria com uma brasileira ele respondeu que sim, claro e ficou perguntando porque a pergunta toda hora.. Falamos por audio do menssage do facebook e pelo facebook mesmo. Ele tentou me ligar mas não consegui ouvir nada. Não falo árabe e nem ele português, nos falamos por tradutor glooge. Quero muito encontrar com ele mas vou esperar para ver aonde isso vai parar.

Whicks disse...

Eu estou procurando uma mulher muçulmana prática, sincera e linda. Sem filhos e menor de 30 anos. amor de verdadeiro

Alex disse...

O HOMEM E A MULHER - VICTOR HUGO


O homem é a mais elevada das criaturas.
A mulher é o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono;
Para a mulher um altar.

O trono exalta; o altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher o coração, o amor.
A luz fecunda; o amor ressuscita.
O homem é o gênio; a mulher o anjo.

O gênio é imensurável; o anjo indefinível.
A aspiração do homem é a suprema glória;
A aspiração da mulher, a virtude extrema.
A glória traduz grandeza; a virtude traduz divindade.

O homem tem a supremacia; a mulher a preferência.
A supremacia representa força.
A preferência representa o direito.
O homem é forte pela razão; a mulher invencível pelas lágrimas.

A razão convence; a lágrima comove.
O homem é capaz de todos os heroísmos;
A mulher de todos os martírios.
O heroísmo enobrece; os martírios sublima.

O homem é o código; a mulher o evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
O homem é o templo; a mulher, um sacrário.
Ante o templo, nos descobrimos;

Ante o sacrário ajoelhamo-nos.
O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter cérebro;
Sonhar é ter na fronte uma auréola.

O homem é um oceano; a mulher um lago.
O oceano tem a pérola que embeleza;
O lago tem a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa; a mulher o rouxinol que canta.

Voar é dominar o espaço; cantar é conquistar a alma.
O homem tem um fanal; a consciência;
A mulher tem uma estrela: a esperança.
O fanal guia, a esperança salva.

Enfim...
O homem está colocado onde termina a terra;
A mulher onde começa o céu...

José Atento disse...

Muito legal!

Anônimo disse...

Anônimo! Como já fazem alguns meses que você fez esta pergunta, não sei se já obteves respota. Mas gostaria de deixar minha opinião e assim poder tentar ajudar outras mulheres com meu relato. Todos os estrangeiros que seguem o islamismo ou seja, são muçulmanos, são todos iguais. Também fui enganada com proposta de casamento por um muçulmano que mora na Tunísia, África do Norte! Espero ter contrubuido para alertar mais pessoas! Nosso Senhor Jesus Cristo te proteja sempre!

Anônimo disse...

Eu casei com um alemao. Conheci meu ex-marido pela internet. Histórias assim ouvem-se também aqui na Europa. Mas, para aqueles que acham que alguém aqui está generalizando, nao leve a mal, o índice de ocorrência desse tipo de histórias entre os muculmanos é muito alto. Eles prometem amor eterno e o diabo a quatro. Tunísios, Sírios, Argelinos, etc. adoram mulheres mais velhas, e aqui, volta e meia, tem uma alema procurando a imprensa pra mostrar o caso. Sao mulheres vítimas de estelionato, abuso, espancamento, cárcere privado. As histórias sao de arrepiar até cabelo da cabeca de ovo. Conheco uma mulher, afega, mora na Alemanha, tem filhos, 35 anos, separada e volta e meia ela está sendo bombardeada por algum muculmano. Quando eles procuram uma mulher na Europa, a intencao, geralmente, é de vir pra cá e aplicar um golpe. Quanto às brasileiras, eu nao sei... Bem, saber, eu sei, sim. Conversava, há mais de dez anos, com um rapaz que se dizia ser dos Emirados Árabes. Foi a mesma história: "querida, eu te amo, você é a mulher que Deus escolheu pra ser mae dos meus filhos, já falei de você pra minha família, quero te conhecer, vem pra cá... Allah aqui, Allah ali..." Quanto à religiao, sempre fui tolerante, até que um dia ele disse que eu era uma vagabunda porque eu gosto de Heavy Metal. Acabou. Nao tenho o mínimo de saco pra esse tipo de papo.

Quanto ao meu ex-marido, as medidas que tomei foram as seguintes, quando ele me convidou para vir para a Alemanha e ficar aqui três meses: "Querido, eu tenho família, eu nao sou mulher de rua, eu tenho profissao, responsabilidades e um ótimo juízo. Portanto, se você está realmente interessado em mim, venha você ao Brasil pra me conhecer e a minha família, depois disso, você tira suas próprias conclusoes." Dito e feito. Ele veio, nós casamos, nos separamos porque, infelizmente, há homens que nao utilizam o cérebro, e sim o seu órgao sexual. Mas tudo bem, eu estou feliz e em outra relacao, e grávida.

Portanto, meninas, pouco interessa o que eles dizem a vocês. Esse negócio de "Eu te amo,blablablablabla",eles podem dizer quando vierem ao Brasil conhecer vocês. E mesmo assim isso nao é garantia de que o cara é bom caráter. Mas de início é a maior seguranca que vocês têm. Eu JAMAIS iria na louca para um país atrás de um homem que eu nunca vi mais gordo na minha frente. Se ele quiser algo, ele que venha até mim e prove que ele merece a minha confianca. Se nao for assim, nada feito

Anônimo disse...

Bem, assim como os demais relatos, também estou conhecendo um Argelino, nos falamos há 3 meses, e combinamos de ser amigos, ele falava da vida cotidiana dele pra mim e eu da minha vida cotidiana pra ele. Com um mes e meio de conversas casuais percebemos que estávamos apaixonados.
Conversamos todos os dias, e nos finais de semana são horas e horas no skype. Ele tem 33 anos e eu 31, jamais me pediu dinheiro, não menciona que quer casar, mas, assim como os demais relatos de todo casal apaixonado, ele diz que me ama e eu o amo também, e o dia que nos declaramos um pro outro foi lindo.
Eles estão no Ramadam, então agora nossas conversas durante o dia são mais casuais, nada de "amor I love you". E uma de nossas conversas essa semana, ele sugeriu que eu tentasse dupla cidadania, pois, tenho descendência alemã e sugeriu que podemos ir nos conhecendo, e depois podemos tentar a vida na Alemanha.
Ele é uma pessoa que passa uma sinceridade e confiança muito grande, mas, é claro que devido a uma reportagem na TV sobre abusos e violência doméstica de homens islâmicos, a insegurança surgiu e eu comecei a pesquisar mais sobre o assunto.
Lendo as dicas que foram mencionadas aqui, eu conversei hoje cedo com ele sobre a questão de o homem ter o direito de bater na esposa, e ele me disse "que não há lei no mundo que permita um homem a cometer uma coisa dessas com uma mulher, e que eu sei que existem homens que fazem isso ao redor do mundo, porém, para mim são monstros, não homens, eu jamais faria isso com você". Então eu o testei, perguntei se ele me amaria e gostaria de tentar uma vida comigo mesmo eu preferindo continuar sendo cristã (sou evangélica protestante e ele nunca me pediu que eu me convertesse, e sim, que eu comprasse o alcorão, lesse-o e tirasse minhas proprias conclusões sobre a religião). Bem, ele me disse que poderia conviver com isso e perguntou se eu poderia viver com nossa diferença cultural. Eu disse que, se ele for um homem amoroso, fiel, paciente e leal ao seu amor por mim como ele demonstra ser, obviamente ele merece minha confiança e meu amor.
Vou continuar de orelha em pé, porém, creio que minha situação é um pouco diferente, eu tenho uma viagem de negocios para a Alemanha em janeiro, e terei dois dias de folga, combinamos de nos encontrar lá e conhecermos Munique juntos. Aliás, 3 casais irão me acompanhar e ele sabe bem disso, ele mencionou a idéia de vir ao Brasil a passeio para nos vermos e eu sugeri como teste de ir final de ano visitá-lo tambem, e ele nao cometeu nenhum deslize quanto a isso. O que voce acha do meu caso, corro o risco de ser alguma cilada?

José Atento disse...

É difícil analizar se é cilada ou não. Você está sendo prudente e isso é bom. E você vai viver na Alemanha, que é um país em processo de islamização, mas que ainda tem um sistema legal que protege a mulher.

Agora, veja bem, a lei islâmica (Sharia) permite ao marido disciplinar a esposa. E isso vem do Alcorão Alcorão, 4:34 "As boas esposas são devotamente obedientes, e que se guardam na ausência o que Alá teria guardado. Quanto àquelas, em cuja parte você teme rebelião, (primeiro) as admoeste, (depois) se recuse a compartilhar suas camas, (e por último) bata nelas; mas se elas retornam à obediência não busque nada mais contra elas."

(lei mais em http://infielatento.blogspot.ca/2009/09/o-manual-de-lei-islamica-reliance-of.html)

Isso não quer dizer que o todos os homens muçulmanos batam nas esposas. Não. Isso significa que se vivendo em um país onde a lei islâmica seja a lei vigente, o marido que bate na mulher não é criminalizado. E esse preceito, junto a outros, leva a mulher muçulmana a ser mais submissa.

Quer dizer que ele quer que você se torne alemã para ele poder migrar para a Alemanha?

Anônimo disse...

Bem José Atento, foi uma ideia que ele deu, eu creio que até pensando na questão de minha adaptação em um país com uma cultura tão diferente da minha. Mas são só conjecturas, é cedo pra se decidir algo, eu já conheci várias pessoas pela internet, fora e dentro do Brasil, então sei que há gente de todo tipo, e que há exceções para tudo, porém, pode ser que eu esteja conhecendo uma pessoa violenta e não quero correr riscos. Eu acredito em Deus e que a verdade sempre aparece, eu vi por pesquisas que isso é uma coisa que pode levar anos (a dupla cidadania), então os sinais vão aparecer antes disso, se ele não for a pessoa que demonstra ser, em algo ele vai errar e eu decido o que fazer.
No momento estamos indo passo a passo, porém, queria entender melhor aquela parte sobre "a Alemanha estar em processo de islamização", eu entendi errado ou quer dizer, que mesmo sendo um pais não-islâmico, se o marido fizer algo dentro dos ensinamentos do Alcorão, ele não é penalizado?

Quanto a ideia de ir pra Alemanha, ele tem uma irmã e um cunhado que vivem na Alemanha atualmente. Porém, ele expressou o desejo de viver fora do país dele, não só Alemanha - eu tive até medo de perguntar se o Brasil também seria um lugar do qual ele gostaria de viver.
Não quero ficar neurótica... e perder a oportunidade de conhecer alguém que possa me fazer feliz. Mesmo assim, vou ficar acompanhando suas postagens, e se você não se importar, quando eu tiver algo que ache relevante te contar, eu iria me identificar como Bela nos comentários, assim você sabe que sou eu.

Anônimo disse...

Eu tive uma experiencia terrivel, pois confiei nele e quando cheguei no país dele.. ele me deixou jogado e nao me deu nenhum suporte ai descobri que ele era casado. Cuidado gente todos sao um principe no comeco. E uma amiga minha foi pior ela chegou a casar com um mulcumano no afeganistao ele vio pro Brasil e agora eu descobri que ele é casado mas ela nao quer acreditar. Ela pagou passagem aerea e tudo mais para ele vir pra ca.

Wal Sancher disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

ADOREI SEU BLOG,TUDO HAVER COMIGO,POIS A MINHA HISTÓRIA,NÃO É DIFERENTE DE ALGUMAS QUE LI,POIS PIOR...NO MÊS DE AGOSTO DE 2013,UM TURCO LINDO,ROa^NTICO ME CONVIDOU PARA SER SUA AMIGA NO FACE E EU ACEITE,PARECE QUE ELE JÁ ME CONHECIA HÁ MUITO TEMPO,EU CASADA,UM CASAMENTO QUEBRADO POR MEU EXPOSO BEBER DEMAIS,ENFIM,UMA MULHER INDEPENDENTE E CARENTE DE AFETO,ENTÃO PASSEI A TER CONTATO COM O TURCO,ELE SEMPRE APAIXONADO,TINHA CIÚMES DO MEU ESPOSO,DAÍ COMEÇAMOS UM NAMORO PELA CAM,ELE SEMPRE ESTAVA ONLAINE TODOS OS DIAS NO MESMO HORÁRIO,E FOI CRESCENDO CADA VEZ MAIS...ATÉ QUE ME MEU ESPOSO DESCOBRIU,E COMEÇOU OS ATRITOS,ELE NÃO SUPORTOU MEU ROMANCE COM O TURCO E FOI EMBORA PARA SANTOS SÃO PAULO,A TERRA DELE,E EU FIQUEI SOZINHA COM MINHA FILHA DE 18 ANOS...CONTINUEI MINHA VIDA,COM ISO TUDO O TURCO JÁ NÃO ERA O MESMO...MUDOU MUITO,,,POUCO ENTRAVA NA NET PARA FALAR COMIGO...EU SENTIA MUITO SUA FALTA,POIS EU AMAVA LOUCAMENTE...NESSE TEMPO DE NAMORO VIRTUAL...ACONTECERAM MUITAS BRIGUINHAS...ELE ME EXCLUIU VÁRIAS VEZES,MAS SEMPRE VOLTAVA ATRÁS,SE ARREPENDIA NO OUTRO DIA...COM TUDO ISSO MEU ESPOSO COM 3 MESES QUE ESTAVA EM SANTOS VEIO A FALECER DE TANTO BEBER...O TURCO LOGO SOUBE POIS GOSTO DE POSTAR O QUE ACONTECE...ELE LOGO VEIO ME CONFORTAR,EU AGI FRIAMENTE COM ELE,MAS COM O TEMPO ME RENDI NOVAMENTE,JÁ TIVE ALGUNS NAMORADOS BRASILEIROS,MAS NENHUM ME INTERESSA...O TURCO NUNCA ME DEIXOU,SEMPRE FALANDO EM VIR AO BRASIL E ME FAZER FELIZ,JÁ POSTOU FOTOS DA FAMÍLIA DELE,ELE FALA QUE CONHECE TODA A MINHA FAMÍLIA,MUITO CIUMENTO...ELE FALA QUE VAI MUDAR A MINHA VIDA...ELE ESTÁ SERVINDO EXÉRCITO DA TURQUIA...EU POSSO ME CASAR COM ELE MAIS SABENDO QUE ELE É DURO,MUITO SEVERO,CHEIO DE REGRAS...ELE NÃO ENTRA MAIS COMO ANTES ,MAS TAMBÉM ELE ESTÁ NO MEIO FOGO CRUZADO...MAS EM VEZ EM QUANDO ELE ME DEIXA UMA MENSAGEM FALANDO QUE ME AMA,QUE EU SOU O SEU AMOR QUE EM 2015 ELE VAI VIR PARA O BRASIL MORAR COMIGO E EU VOU ESPERAR,POIS EU AMO ELE,SÃO 10 MESES DE NAMORO,EU NÃO VIVO SEM ELE...ELE NÃO VIVE SEM MIM...ME FALE ALGUMA COISA POR FAVOR...O QUE VC ACHA DISSO TUDO?????????/

Anônimo disse...

Enganadas... Uma ótima desculpa para mulheres completamente necessitadas de um conto de fadas. Quando que em sã consciência, não consegue perceber uma história fraudada, sim, os homens em geral ludibriam ou tentam as mulheres, mas ja passou da hora de a mulher deixar sua carência falar mais alto.

Anônimo disse...

Para começar....Muçulmanos não namoram. As mulheres brasileiras "enganadas", precisam saber que não adianta deixar sua carência e vontade de viver um amor interessante, com história para um filme, falar mais alto. Eles não estão errados ou certos, são homens vivendo sua cultura de uma maneira que a cultura pobre de ensino do Brasil, não permite a todos entender os seus motivos.

José Atento disse...

O melhor que eu posso te dizer é o seguinte.

A melhor coisa do namoro é de dar tempo para conhecer um pouco a outra pessoa, e se avaliar até que ponto as diferenças serão sustentáveis ao longo da vida.

Então, encare isso como um "namoro" e se projete vivendo com ele para daqui a 5, 10, 20 anos.

Anônimo disse...

Olá, há algum tempo tenho me comunicado via facebook e posteriormente pelo facebook coum rapaz argelino e muçulmano. As conversas ficaram acalorados e ele pegou ar... Mandei umas fotos foram bem intimas diga-se de passagem. Lendo esse blog fiquei intrigada com o fato dele dizer ser muçulmano e me pedir fotos intimas falar sobre sexo com muita liberação e ousadia. Inclusive ele retribui as fotos com imagens dele bem pessoais... No frigir das contas ele me propôs uma coisa: me encontrar com ele na Espanha, ate então eu aparentei concordar... Mas lendo isso aqui estou muito ressabiada, ele disse que manda os bilhetes, coisa e tal... O perfil dele não é fake, tem fotos marcações de amigos. Ele não aparenta ser pobre, mas diante da incoerência do que ele fala sobre sexo, namoro e o islamismo eu fico RESSABIADA... O sujeito é possuidor de um ciúme que beira a insanidade, mas fala se sexo demais... Muito estranho, não obstante ele é super amoroso, educado, culto, informado. Ostenta um estilo de vida confortável, viagens um luxo só. Agora se interessa por minha situação econômica, embora não me peça nada. Tô muito apreensiva, mandei fotos e ele sabe onde eu moro, cai na besteira de dar o meu endereço... Dei porque achei que aquilo seria só fogo de palha e ele não seria capaz de vir. Estou achando que ele quer me seduzir para que eu vá de encontro a ele na Espanha como ele me propôs, mas estou com mais medo que vontade de ir. Sou uma mulher muito bonita, me visto de forma exuberante, acho que isso chamou a atenção dele no facebook. Agora tem uma: Vai que eu vou e ele impregna??? Ou se abala de lá e vem fazer circo na minha cidade. Toda vez que pergunto sobre o islamismo ele retruca, diz que eu nao gosto e nao quer falar. Se ele ficar so de sacanagem virtual pra mim é o menos pior, agora se esse homem vir??? num entendo essa de falar sexo, pedir foto, mandar foto é uma comédia só, kkkkkkkkk... Eu só comecei a dar trela para ele para me distrair, confesso gostei do jeito amoroso dele, mas até eu bater na Espanaha para ver ele é outra historia. E tem mais, por que ele quer me ver na Europa e não na terra dele, ai tem viu... Me dê uma dica, como me livro desse sujeito, ele tem umas coisas minhas, sabe o meu endereço e muita coisa...

Anônimo disse...

se muçulmano não namora oque achar de um que propos namoro???
fala somente sobre sexo e diz oque deseja fazer na cama...

Anônimo disse...

estou conversando com um argelino pelo skype e facebook, ahei mt esquisito o ar que ele pegou comigo, o sujeito promete mundos e fundos somente me vendo pelo skype, atenção eu sou uma mulher muito bonita e ele adora, fica so me propondo de eu ir me encontrar com ele onde eu quiser que ele paga, agora se importa em saber se eu tenho "grana", diz que também pode vir se eu quiser. Estranho muçulmano falar tanto de sexo e até de menage a trois e o bicho é morto de ciume, se rasga de ciume toooooooooodo! Me ajude, de uma dica, oque eu faço???

José Atento disse...

Os três últimos comentários são bastante ilustrativos da percepção da mulher segundo o islão. A mulher é awrah, um órgão sexual. Esse é um dos motivos pelos quais o quanto mais ortodoxo o muçulmano é, mais coberta a esposa é obrigada a se vestir.

Existe uma tradição de Maomé que diz: "A mulher é awrah. Quando ela sai de casa o diabo a recebe."

De modo que não é surpresa ouvir que muçulmanos se foquem no sexo, e peçam imagens íntimas.

Eles não fariam isso com mulheres muçulmanas.

Anônimo disse...

Pois é, isso me intriga, fala mt sobre sexo, manda vídeos pornográficos... Então muçulmano nao namora? ele diz que sou a namorada dele... Como eles constituem união? Ficam noivos de cara? Não fazem sexo antes do casamento? Impressionante como ele pegou ar, parece muito animado, interessado demais, algo esquisito... Por que causa ele me propoe encontrar na Espanha?

Anônimo disse...

Sabe o que eu penso desses romances virtuais com muçulmanos? Eles são reprimidos demais, no pais dele nao tem essa liberação dos que professam outros credos e como as mulheres deles não dao cabo dos desejos sexuais deles ou/e eles gostam de variar o "cardápio" ele usam a internet como alivio para tanta opressão e repressão sexual!
o que vc pensa a respeito

Anônimo disse...

Muçulmana faz sexo de burca?? To abismada com as coisas que ouço falar sobre o islão!

José Atento disse...

Um outro comentário mais geral. Existem predadores sexuais na internet. Isso não é novidade. E isso não é prerogativa de grupo algum. De modo que é importante que a gente eduque e se eduque a tomar precauções. Se deixar levar em conversas pela internet é sempre temerário, porque o predador sabe o que dizer e como agir, e vai, gradativamente, ganhando conhecimento da presa, com o objetivo final de criar uma situação de controle.

De modo que, qualquer um de nós deve ter cuidado e ser bastante cuidadoso para manter a privacidade, sem compartilhar informações que possam se usadas para criar dependências.

Agora, falando sobre casos que eu conheço, especificamente com muçulmanos. Existem casos onde muçulmanos ameaçam se ferir, por exemplo, cortando os punhos. Isso é ação de psicopata. CAIAM FORA!

José Atento disse...

Pedir fotos íntimas é sinal de um predador sexual. CAIAM FORA.

Mas, como cair fora?

Em primeiro lugar, não tenha pena, e seja firme na decisão.

1. Escreva (escrever é melhor que falar) que não tem mais interesse e pronto.
2. Se o outro lado ficar insistindo isso é sinal de falta de respeito. De novo, não tenha pena. O melhor é ignorar.
3. Porque ignorar é o melhor remédio? Porque isso não dá chance no caso do outro lado ser um psicopata. Ela vai ficar sem audiência para, por exemplo dizer que vai se matar.
4. Uma alternativa mais radical é sair da internet por um tempo. Avise aos seus amigos, aqueles que você conhece de verdade, que voce está tirando umas "férias da internet." (Aliás, existem estudos que dizem que isso é saudável).
5. Na pior das hipóteses, crie um perfil novo.

Agora, se voce deu informações que não deveria, por exemplo, seu endereço, nome dos filhos, nome e endereço da escola onde eles estudam, e por aí vai. Se ele usar estas informações para tentar te manipular, aí mesmo é que está claro que o cara não presta. Isso é molestar, e isso é um crime, e a polícia já lida com isso.

Anônimo disse...

Pronto agora eu congelei, o sujeito tem informaçoes minhas
sabe onde eu moro
tem muitas informaçoes a meu respeito. Tentei sair a francesa dizendo que a religião é um impecilio, ele argumenta que temos muitas afinidades e tal... Gostos e afins... Estou temerária que ele se abale de lá e venha me perseguir...Parece um lunatico, doido, tem ciume demais. Acabo tendo que tomar cuidado com o que eu digo, pois qualquer escorregao e ele diz q isso nao é bem visto pelo islao! Que coisa é essa? eu disse em bom tom, quem nao fala em causa propria é que tem medo de desagradar e eu nao tenho medo! ele diz que se alegra em saber e tem orgulho disso. Quanta contradição... Agora se eu sumo da internet ele enlouquece de vez, sujeito apegado demais, será que nao tem nenhuma mulher la nao? rs... Eu sou mt bonita e ele parece tarado, louco e mt impressionado. Preciso de um jeito de safar desse doido, mas quero agir com diplomacia pois ele tem fotos minhas e informaçoes valiosas...

José Atento disse...

Escreva algo bem simples dizendo que você não tem mais interesse em se comunicar com ele, e que se ele realmente a estima ele vai compreender e respeitar a sua decisão.

Se ele ficar insistindo, dê um tempo na internet ou mude o seu perfil.

O ditado: cão que ladra não morde se aplica muito bem nestas situações. Em geral, eles falam muito e fazem pouco.

Mas o cara mora onde? Ele não vai poder fazer nada contra você.

Agora, se voce se sentir ameaçada voce pode conversar com um advogado e registrar uma queixa. A vantagem disto é que, na improvável eventualidade dele vir ao Brasil para te atazanar, voce chama a polícia. Voce tem um histórico. Ele como estrangeiro é da alçada da Polícia Federal, e ele vai acabar sendo expulso do Brasil.

José Atento disse...

"Sabe o que eu penso desses romances virtuais com muçulmanos? Eles são reprimidos demais, no pais dele nao tem essa liberação dos que professam outros credos e como as mulheres deles não dao cabo dos desejos sexuais deles ou/e eles gostam de variar o "cardápio" ele usam a internet como alivio para tanta opressão e repressão sexual!
o que vc pensa a respeito"

Eu concordo com você que a repressão acaba criando "demandas" que não existiriam em uma sociedade aberta. Por exemplo, a segregação entre os sexos é algo que impede que as crianças de ambos os sexos aprendam a conviver e crescerm juntos. Ao contrário, eles aprendem o papel que "escritos sagrados" definem para os sexos. E o problema é que estes "escritos sagrados" têm como padrão a arábia do século VII, sem direito a mudanças. Querer mudar é ser anti-islâmico.

José Atento disse...

"Muçulmana faz sexo de burca?? To abismada com as coisas que ouço falar sobre o islão!"

Hahahaha! Essa é boa. Eu nunca ouví dizer que a muçulmana faz sexo de burca! Isso é novidade para mim.

Mas eu acho que não. A burca, bem como o niqab ou o hijab, são para serem usadas fora de casa ou na presença de estranhos. Dentro de casa, com a família não é preciso vesti-los.

E dentro do quarto, com o marido, a boa muçulmana vai fazer aquilo que ELE quer.

Anônimo disse...

Visitei ums perfis de muçulmanos no facebook, as mulheres nao postam fotos suas, usam fotos de artistas, desenhos e coisas. Quanto aos homens postam sim, mas jamais na companhia de mulheres. Eu me comunico pelo facebook com um muçulmano, ele nao comenta nenhuma publicaçao minha e curtiu apenas uma foto. A tirar pelo li ate aqui no seu blog, nao me enquadro em nada no perfil islâmico, possuo fotos com roupas curtas e coladas, o que para mim é muito normal. Agora no bate papo ele fala que sou sexy, linda e por ai vai... Toda vez que eu puxo algum assunto que se refira a religião ele me pede para parar, então eu digo que nossa amizade é complicada porque até para uma simples conversa ele se aborrece, digo que costumo argumentar e que nao "engulo" nada que queiram me empurrar, e deixo de falar com ele. Entao ele se apavora, me pede por favor e tal... Ele chegou a falar que pretende trabalhar nos EUA, eu retruquei, "onde no pais que vcs odeiam?" ele respondeu: "nao odiamos a nação e nem a população e sim o presidente". Ora se o presidente representa uma nação entao odeia td a nação! Concorda cmg? resposta dele: "Vc é inteligente!" Eu acho que se o islão pegasse ele com esses papos incoerentes a punição era seria, nao sei, mas é mt incongruência. No decorrer das conversas ele demonstrava claramente que o seu interesse por mim vai para além de uma simples amizade e emendou os assuntos, aproveitou a deixa de ir morar nos estados unidos, a minha insatisfação por costumes tão arraigados e insinuou se eu moraria com ele na América... Fala o tempo todo que nao encontra jamais uma mulher como eu e não encontra mesmo, porque num pais sectário como o dele eu seria morta. Penso que ele esta de fato admirado; mulher bonita, exuberante, simpática; mas dai ele trocar de pais em nome disso; complicado. Deixar o islamismo, ele nao deixa nao o sujeito diz em alto em bom tom, "tenho ORGULHO". Então digo a ele: FIQUE COM O ISLAMISMO e ele endoidouuuuuuuuuuuuuuuu! Ficou correndo atrás de mim e eu não dei mais audiência. Agora o apavoramento dele é tão absurdo que o cara veio para a minha cidade, fica correndo atrás de mim e eu o evito, ele se prostra aos meus pés. Acho que o sujeito prospectou os meus passos pelas redes sociais; mais um problema...Num adianta cismou que me ama, "coisa e lousa". Feio ele não é e nem pobre, mas altamente impregnado e nao estou sabendo como lidar com a situação, estou evitando sair de casa, mas eu tenho compromissos, trabalho e preciso. Que situação, o que vc acha????

Anônimo disse...

Vou dar uma boa resumida na minha historia...
Eu conheci o árabe pela internet como todas por aqui. Ele é mais jovem e fiquei encantada... mal começamos a conversar ele dizia que me amava e começou a dizer que eu era esposa dele, mesmo pensando como ele podia me amar sem me conhecer dei corda a ele...
Ele chegou a me pedir dinheiro dizendo que era pra fazer nosso casamento, eu segui os conselhos da Andreia e disse que não tinha, então ele disse para eu pedir a minha família, eu disse não novamente... esta não foi a primeira vez vez que me pediu dinheiro mas nunca dei nada a ele.
Ele demonstrava muito ciúmes, não aceitava eu falar com outros homens em minha rede social...
Não sejam tolas como eu: não apareçam nuas, não façam sexo virtual nem tão pouco tirem foto nuas sem mostrar o rosto, eu cometi este erro grave... e agora estou aqui aflita desconfiando que ele não era o único que me via nua... não me julguem todas nós somos falhas em algo...
Não deem suas senhas de email, rede social a eles pra provar que não tem nada com outro homem... se eles quiserem confiar na mulher que confiam ou saiam fora...
Não envie foto nem mesmo de roupa, vai que ele faz montagem... e nem se ele falar que vai te enviar presente não deem seu endereço...
No começo eram palavras bonitas mas depois ele começou a me xingar de puta em português e árabe... também começou a dizer que sou feia...
Descobri que são 4 perfis de facebook e pelo menos uns 6 skype que ele tem... um dia tive sorte e descobri a senha do skype dele, ele fala com mulheres jovens de outro países e fala com outras brasileiras, inclusive uma da minha cidade...
Não corram para se converter para agradar o bofe, isso não fiz e nem recomendo, se o homem te amar mesmo que aceite você com sua Fe e religião.
Quando perceberem qualquer coisa de estranho no começo saiam fora e partam pra outra...
Ah! E eles adoram fingir que vão se matar, isso é so para manipular a mulher, para que ela faça tudo que ele quer... não caiam nessa.
E se ele entrar no perfil e não abrir a câmera dizendo que é amigo dele e que o bofe tentou suicídio, tudo mentira... é ele mesmo falando e curtindo com sua cara..
Fica a dica os árabes se sentem no direito de falar com quantas mulheres quiserem mas não acham que as mulheres tenham o mesmo direito...
Ele queria que eu viajasse a um país próximo ao dele para me encontrar com ele, não aceitei... antes de largarem tudo pro alto e ir atrás de alguém que vocês nem conhecem, reflitam se realmente vale a pena... não fiquem desesperadas pra arranjar homem e não é porque ele falou em casamento que realmente quer compromisso...
Desconfie muito se ele so fica o dia todo em cyber e se não te apresenta a família dele e principalmente se não conta nada da vida dele... e para ter certeza do endereço dele, diga que vai enviar um presente e envie mesmo que seja um barato...
E se de repente alguém adiciona-la no seu skype ou face ou é amigo dele ou ele mesmo curtindo com sua cara... enunca compartilhem tela com ele no skype, ele vera todo seu computador e se quiser coloca vírus nele.
No mais boa sorte a todas e não cometam erros que cometi, saiam fora de homem mais jovens...
Me impressiona como ele é tão jovem e tão ordinário...


José Atento disse...

LEMBREM-SE QUE ASSÉDIO SEXUAL É CRIME!!!!

Qualquer um que ficar atrás de vocês fisicamente, procure a delegacia de mulheres.

Não aceitem intimidação.

Anônimo disse...

É mas agora o homem se abalou de lá ate aqui, ele nao me pediu dinheiro, nao me pediu nada... Alias me pediu que eu fosse me encontrar com ele em um pais próximo, mas como eu nao aceitei ele veio... Cai na doidice de dar o meu endereço a ele, nao deu outra, como eu nao fui ele veio! Veio e esta me assediando, nao me ameaça em si, mas fica me seguindo, se joga na minha frente, faz o diabo! Tenho receio que ele faça alguma coisa contra mim, que vai para além de algo fisico, ele tem informações minhas... E agora???????????

Anônimo disse...

ANONIMA DO DEPOIMENTO DO DIA 13 de julho de 2014 18:01,
QUAL O NOME DO ARABE QUE FALAVA COM VC, DESCONFIO QUE SEJA O MESMO QUE ESTA FALANDO CMG, O COMPORTAMENTO É O MESMO...

Anônimo disse...

DESCOBRI UM ARGELINO COM 7 CONTAS NO SKYPE, 03 PERFIS NO FACEBOOK, PODE SER O QUE A ANONIMA DESCREVEU, O COMPARTAMENTO DELE É O MESMO, IDENTICO, ACREDITO SER A MESMA PESSOA!

Anônimo disse...

Muito encantador, o sujeito se reveste de muitas palavras amorosas, diz que é seu namorado...
Conquista a sua confiança e ai começa o festival de pedidos estapafúrdios: fotos, dinheiro e por ai vai. Quando nao se distrai com vc pela web cam, tb pudera, no pais dele elas estao cobertas dos pes a cbç, nao era de se estranhar, kkkkkkkkkk...
Pois bem fique alerta, eu mandei uma foto indiscreta pro tal, agr ele deve ter mostrado pra meio mundo e deve ficar horas seco em cima, kkkkkkkk. Que se lasque, pelo menos ele tira o atraso. A foto é bonita msm, nao acho q seja louvavel e nao aconselho ninguem a fz o mesmo, eu fiz, mas tirei isso do sentido. AGR MEU POVO FIQUEM ESPERTAS, CARENCIA AFETIVA FAZ ISSO...

Anônimo disse...

Misericórdia, nasce sem escolha, e fica impregnado com essa religiao MALUCA!!!!

Anônimo disse...

Eu nao vejo vantagem alguma nessas coisas desse povo fanatico, dz q eh pela paz, paz onde??? Sao tds ums HIPOCRITAS, a religiao manda nao fornicar e eles ficam horas em sites pornos, skype, facebook... Quanta balela! cuidado nao dê chance ao azar, nao abra a porta da sua casa pro HABIBI, ele pode ser um predador sexual, um ladrao, um canalha...

Anônimo disse...

Fiz um fake com uma foto de uma boneca, adc o arabe muçulmano, ele nao cantou pipoca, chamou logo pra ir pra europa ver ele, disse que pagava tds as despesas se ofereceu para mandar os bilhetes coisa e tal, so pra vcs verem, eles querem qualquer coisa. Nao digo aqui que quem recebe convite deles seja isso, mas para eles o sao! Cambada, eu nao vacilei, dei trela uma vez pela carencia afetiva, mas nao caiu mais, to espeta, agr quem tira sarro com a cara deles sou eu!

cris disse...

Olá,tive um imenso interesse em me aprofundar mais sobre os mulçumanos e resolvi pesquisar na internet sobre tal assunto,costumes e cultura.O que me levou a isso foi pq eu recentemente recebi uma solititação de amizade pelo facebok, de um lindo árabe,aceitei, e tem poucos dias que tenho conversado com ele,e o mais interessante é que fiquei muito surpresa com isso,nunca havia acontecido antes...Olhei o face dele é portanto tem pouquíssimas movimentações e postagens e o seu convívio social pelo face é muito pequeno.Ele puxou assunto no bate papo do face e logo me pediu o meu skype e o adicionei,começamos a conversar, ele mora em Roma e fala italiano fluente,no início da nossa conversa foi logo dizendo que eu era muito sexy e bonita e que eu despertava muito "tesão",tbm perguntou se eu era casada e que agora me tornaria noiva dele,estranhei esse comportamento,e sempre me pedi pra me ver pela web,não me pediu fotos sensuais,apenas sempre demonstra uma libido muito aflorada,e disse que é mulçumano e que ama a Deus e religião pra ele não é problema. Trabalha em um banco financeiro da itália e vai pra Istambul nesta semana,pq sua mãe mora lá e que não tem pai.Sempre me chama de amor e é mto carinhoso,sei que sou uma mulher muito bonita de descendência alemã,não sei se foi minha foto que chamou a atenção dele. Quando falo com ele, percebo que ele me parece ser uma pessoa de poucos recursos,pq o lugar me parece ser bem simples...Agora passei pouquíssimas informações da minha vida,confesso que é um lindo árabe,mas fiquei muito assustada com esses depoimentos.

Anônimo disse...

O sujeito diz que trabalha em um banco e mora num lugar simples... estranho nao acha? Mas eles sao assim mesmo vao logo dz q amam e cmg nao foi diferente. Ele me pediu amizade no facebook, depois começamos a conversar no skype e ele se encantou... Mas ao contrario de vc ele me pede fotos e td vez que esta na web me pede coisas... entendeu nao é? Mas ficamos assim de bate papo msm e a conversa dele nao é diferente da sua no que se refere a libido... ele demonstra um desejo absurdo por mim e nao era de se estranhar sou bem bonita, me visto de forma sensual... Portanto cuidado com o habibi...

Anônimo disse...

fique esperta, com a continuação do papo vc vai ver onde ele quer chegar, se pedir dinheiro, pule fora. É capaz dele ir devagar conquistar a sua confiança e pedir pra te ver nua no skype...tenta eles sao mt fogosos e se vc der corda, kkkkkk... cuidado

Rabbit disse...

Gostei de encontrar esse blog. Vou falar do meu caso, resumindo o máximo possível. Em 2007, conheci um egípcio, Mohamed Mettwali que mora no Cairo. Nos apaixonamos e em 2008 viajei ao Egito para conhecê-lo. Antes tive que mandar alguns documentos para que ele pudesse adiantar os papéis de nosso casamento. Ele foi maravilhoso comigo, alugou casa para o período que fiquei lá ( 1 mês), a família dele me aceita e me trata muito bem. Isso tem se repetido todos os anos. Viajo para lá, fico um mês, tudo maravilhoso. Nunca me pediu dinheiro para nada e faz questão de pagar por tudo que gasto por lá. Ele não é rico, é advogado, trabalha muito e nunca me deu motivos para desconfiar dele em nada. Meu problema são as brigas que ocorrem entre nós. Ele fica zangado com coisas que ele lê no meu facebook e simplesmente para de falar comigo e desaparece, não atende o telefone, não responde mensagem, enfim, fico extremamente triste e só. Desde março não nos falamos e eu nem ao menos sei o que o aborreceu. Geralmente, ele se aborrece com coisas bobas, como alguém terminar uma mensagem dizendo beijos, não importa quem seja, mesmo parente. Já cansei de explicar como a minha cultura é diferente, mas parece que não adianta e ele vê tudo como um desrespeito da minha parte. Sei que ele me ama e que se eu tiver paciência o suficiente e insistir e ligar várias vezes, ele acaba atendendo e se atender, só de ouvir minha voz, ele esquece as contrariedades. O problema é que já fiz isso muitas vezes e isso está me fazendo mal. Parece que só eu estou interessada em fazer as coisas funcionarem. Gostaria da opinião de vocês. Abraços!

José Atento disse...

Rabbit: esta sua situação é interessante, e diria complicada. Quer dizer que você fica com ele uma vez por ano?! E no resto do tempo o contato é virtual. Uma separação prolongada. E ele ainda quer te controlar no período desta ausência.

Que ele queira impor um controle sobre você não surpreende. Está no sangue. Mas acho interessante que ele queira te "dar um gelo" para mostrar descontentamento. Um pouco infantil.

Voce diz que não tem motivos para duvidar dele. Mas com 11 meses de ausência não seria de se estranhar que ele tivesse uma outra esposa, afinal, lá isso é legal.

É claro que voce quer que o seu relacionamento funcione.

Quanto a este "gelo." Pergunta: voce tem contato com a família dele, ou algum amigo comum? Isso pode facilitar o restabelecimento do contato.

Anônimo disse...

Achei muito proveitoso o blog, vou relatar brevemente a minha situação; conheci um muçulmano pelo facebook, começamos a conversar por skype, whatssap, telefone... Ele me chamou para conhece-lo na Europa, hesitei, mas fui... Chegando lá, fui muito bem tratada, ele pagou tds as despesas, inclusive as minhas passagens. Regressei e desde entao nos falamos como anteriormente. Mas brigamos muito por conta de rede social, ele se aborrece com tudo e sou meio tinhosa, provoco ele mesmo! Ainda assim ele sempre fala comigo, isso diariamente a despeito de qualquer coisa que eu demonstre fazer... Acontece que de uns tempo pra ca, ele o ciume dele esta mais exacerbado; ele pediu a uma amigo para me interpelar no facebook, mas eu nao cai. Ele me pede todos os dias que eu vá de vez morar com ele, me prometeu nao ser no pais de origem dele, uma vez que as leis sao mt rigorosas por força da religiao. Estou seriamente inclinada, mas lendo td o que vi aqui, ficou apreensiva. Vai que depois disso ele muda de ideia e retorna as suas origens. Percebo nele um grande esforço para trabalhar em outro pais e me levar para ficar com ele. Eu amo ele. Mas é um passo incerto, quando estivemos juntos ele nao me de motivos para duvidar dele por nem quase um segundo, mas com a convivencia mais prolongada eu nao sei... Estou mt encantada com o jeito como ele me trata, cuida de mim, dos meus interesses... Mas é isso. Se eu me casar com ele, posso recusar o regresso as origens dele, isso se eu me converter ao islamismo? Ele pode tolher minhas roupas, o modo como me visto? Quando estive com ele, ele aprecia, mas ficava com mt ciume..,

Anônimo disse...

O que me intriga é eles dz que amam no primeiro contato, e terem um ciume louco. Alguma razao para isso? Algum motivo para amar logo de cara e querer casar...

Anônimo disse...

estou me relacionando com um árabe de nome Tarek fatouch....disse que virá ao brasil no final de agosto para nos casarmos...acho importante colocar o nome usado por eles porque podem estar usando o mesmo nome com outras mulheres...o que ele falou q é ele é mesmo pois pesquisei e encontrei trabalhos dele quando ainda bem jovem na profissão citada....estou na maior duvida de como agir....já estou especulando sobre a família dele mas ate agora ele não deu resposta...quer casar e que eu va para o egito....o que vc acha?tenho 10 anos a mais que ele..

Anônimo disse...

Recebi um convite de amizade de um muçulmano no facebook, aceitei e começamos conversar... Ele bem respeitoso me perguntou se eu era "single"m eu disse que era sim. Ele me disse que era solteiro e que estava esperando por mim... e desatou a se declarar... Entao veio a fatidica pergunta dele: Qual a sua religiao? EU DISSE SOU JUDIA!Ah, mas o sujeito ficou furioso!!! Foi nesse momento que eu soube que era do islao, pq a principio a nossa conversa nao gravitou em cima disso! Bem, exclui e bloq o sujeito, dei um tempo nas redes sociais.

Anônimo disse...

Uma pergunta, o sujeito diz ser muçulmano, mas tb diz que tem uma irma cristã. Isso pode? EXISTE?

José Atento disse...

"Uma pergunta, o sujeito diz ser muçulmano, mas tb diz que tem uma irma cristã. Isso pode? EXISTE?"

A rigor, não, porque filho de muçulmano é muçulmano. Se o pai dele for muçulmano, ele e a irmã dele também.

A única opção que eu posso imaginar é se ele é de uma família de não-muçulmanos e ele se converteu. Neste caso, sim , é possível que os familiares deles não sejam muçulmanos.

José Atento disse...

"Entao veio a fatidica pergunta dele: Qual a sua religiao? EU DISSE SOU JUDIA!Ah, mas o sujeito ficou furioso!!!"

HAHAHAHAHA!! Sensacional!! Grande idéia.

cristina khlifi disse...

Sou casada com um tunisiano á três anos, nos conhecemos pela internet, fui para a Tunisia conhece-lo e diga se de passagem a Tunisia é maravilhosa, lugares lindos pessoas hospitaleiras. Bem a primeira vez conheci apenas meu marido e decidimos nos casar, quando voltei foi para casar e conheci sua família, fui em um época muito turbulenta, pois estava começando a revolução na Tunísia , mas assim mesmo meu casamento foi maravilhoso. Viemos para o Brasil, ele começou a trabalhar com o professor de francês, mas não deu certo, então começou a vender esfiras em uma praça, aqui na minha cidade e agora ele faz crepe francês e é muito querido por todos. O primeiro passo para viajar sózinha para Tunis foi conhecer quem já tinha viajado para lá, me lembro que um agente de viagem disse : entre Tunis e Rio , vou a Tunis de olhos vendados. E um casamento para dar certo aqui um qualquer lugar do mundo é ter respeito pela pessoa que vai casar, respeito pela sua cultura , etc. Mas fica um alerta tem muita gente ruim isso tem, principalmente quando vem pedindo dinheiro e dizendo que te ama, logo na primeira conversa, caia fora rapidinho.

José Atento disse...

"quer casar e que eu va para o egito....o que vc acha?tenho 10 anos a mais que ele.."

Sem generalizar, porque o seu caso pode ser algo real, mas eu conheço casos onde existia diferença de idade (mulher mais velha que o homem) no quais o noivo entrou no Brasil e sumiu (ou seja usou o casamento como uma forma de entrada no país) ou usou a esposa como financiadora do marido. Nas duas situações, o relacionamento foi curto.

José Atento disse...

"Se eu me casar com ele, posso recusar o regresso as origens dele, isso se eu me converter ao islamismo? Ele pode tolher minhas roupas, o modo como me visto? Quando estive com ele, ele aprecia, mas ficava com mt ciume..,"

Se voce se casar e morar no Brasil, voce tem o apoio da sociedade e da lei braseileira que a favorece. Nos países islâmicos acontece o oposto.

José Atento disse...

"O que me intriga é eles dz que amam no primeiro contato, e terem um ciume louco. Alguma razao para isso?"

Isso se chama "controle."

"Algum motivo para amar logo de cara e querer casar..."

Isso é ausência de valvulas de escape. Lembre-se que os países que mais acessam sites pornôs na internet são países islâmicos.

Anônimo disse...

Vc disse que nos paises islamicos nao tem site porno. Pois bem o cara me mandou um monte de links pornograficos que eu nem conhecia... Ele tc de um celular e estava escrito msg de Oran Argelia. Que é isso onde ele achou isso, como burlou, ou ele ta com algum aplicativo no celular que muda o IP! Estranho neh????
me fala pfv!

Anônimo disse...

Ah entendi, o cara diz que te ama e quer casar ctg, pq la o casamento é um negocio, tem que pagar dote e depois sexo so depois. Entao encontra liberação na internet e tenta msm pegar alguem pra sexo casual ou ate compromisso, coisa que la é mt complicado; mulheres puritanas, cheias de "noia"; lol...

Anônimo disse...

AH entendi uma coisa se o sujeito diz q a irma eh crista, eh q ele ta querendo me pegar na cocota, ver se caso com ele logo e depois me poe um bridao e mostra os 4 cantos da casa!!!! nem perigo!!!

Anônimo disse...

Nao se enganem, a maior parte dos contatos pelo facebook e skype fica so nisso mesmo dêem graças a deus! Os caras sao ciumentos demais, querem mandar em tudo, reclamam de suas fotos, amigos e comentarios... Tudo!!! Brigam msm, imagina la morando com eles, longe do seio da familia. QUE PRESSA TD EH ESSA DE CASAR?? PQ AMA LOGO DE CARA??? QUE CARENCIA DOIDA É ESSA???

Anônimo disse...

Ah pelo que eu li ate aqui o que entendí é o seguinte: os muçulmanos querem: 1) aventura sexual na internet
2)casar com brasileira pra ter dupla cidadania, deixar a burra e trazer a de casa...
3)chantagem emocional, moral e financeira; ou td junto...
4) casar levar a "tonta" pro pais dele e transformar ela em islamica, se possivel ortodoxa!
ALGUMA OUTRA ALTERNATIVA???
E nao é dificil deles convecerem, nunca vi uma pessoas mais sedutoras, amaveis, carinhosas ATE serem contrariadas. Tenta, posta uma foto mais ousada no facebook.
Deixa de abrir a web cam para ele.
Se for esperta vai dz é do meu jeito, se nao pode me excluir e blq. Ai o sujeito fica mando que nem um carneiro e depois vira LOBO!!!
PQ SERA Q ELES QUEREM TANTO CASAR E LEVAR PRA LA?
SERA QUE ELE ESTA ARREGIMENTANDO MULHER BOMBA???

Anônimo disse...

PQ SERA Q ELE NAO GOSTA QUE EU PUBLIQUE FOTOS NO FACEBOOK?
PQ SERA Q ELE NAO GOSTA DE COMENTARIOS E CURTIDAS LA?
PQ SERA Q ELE QUER CASAR LOGO??

Anônimo disse...

estou falando pelo facebook com um rapaz muçulmano, ele eh bem educado, mas me pediu que nao colocasse mais fts no facebook. Agr tem uma td vez que eu me recuso a abrir a web cam, ele fica "loko", pede implora... Em razao disso estou evitando falar com ele, me parece uma pessoa doida e descompensada! Eu acho que ele adr um site porno, mas la nao tem interação e ele acha q eu vou retribuir as sandices que ele faz... Nem perigo! abram do olho!

José Atento disse...

"SITES PORNÔS" ... uma observação. Estudos de trânsito na internet mostram que os paíes que mais acessam sites pornôs são Paquistão, os países do Golfo (Arábia Saudita, Qatar, ...), Irã, os países do Norte da África.

Mari Brasil disse...

Ql nome dele?

Anônimo disse...

vou contar a minha historia resumidamente aqui; conheci um muçulmano pelo facebook ele me pediu amizade e começamos a conversar... Ele me convidou para visitar ele, mas fq com medo, entao ele veio ao meu pais. Ele se comportou mt bem cmg. regressou e mantivemos contato via skype, decidimos e nos casamos, Fui morar no Tunia com ele e a familia dele, pois a casa dele estava em reformas... Passado o tempo me converti ao islao e meus momentos de terror começaram... Era mt pressao mas aceitei as condiçoes, largeu o meu emprego no brasil, pois achava que por amor tudo vali a pena, meus 2 filhos do casamento anterior e td mais... Com o passar do tempo me senti oprimida, nao podia cuidar da beleza, fazer unhas nem ao menos tirar as sobrancelhas... E que antes me cuidava, fui ficando feia e deprimida, ele conversava cmg, tentava me ajudar dentro dos padroes dele. Ele saia ia para a esquina conversar com os amigos e me deixava so, fazia td em casa, coisa que nao era de costume no meu pais, pois eu contava com uma empregada e um motorista eventual pra outros assuntos. Eu via ele entrando na internet como fazia no tempo que falava cmg e nao podia dz nada, se nao era repreendida. Os castigos era assim primeiro ele dormia fora de nosso leito, depois progrediam para alguns tapas e eu nao tinha para quem reclamas. AS vzs eu nao aguentava e dizia e ele falava volte para o seu pais, e vai sem nada pois vc quer o divorcio e eu fiz assim mesmo. Voltei ate pq nao suportava a saudade dos meus filhos, retomei o me emprego, isso so foi possivel pois era uma licença de 3 anos e sem proventos. Graças a deus me livrei dq situação. E o engraçado é que depois disso conheci outro estrangeiro, dessa vez um italiano, um amor de pessoa, sem preconceitos e paranoias, me casei com ele e vivo super bem, mas larguei o emprego de novo, kkkkkkkkkk... Mas desta feita me tornei socia de meu marido em um spa na Sardenha, vivemos felizes, viajamos muito. Ele filho unico sem irmaos e nem filhos, esta contente com minhas crianças. A vida da muitas voltas! posso ate imaginar que ele ande ainda pelas redes sociais da vida enganando outras mulheres... Fiquem atentas o islao é uma coisa mt seria e separatistas!

Anônimo disse...

mari brasil, vc tb esta tc com um argelino muçulmnano? me dz o nome

Anônimo disse...

diz o nome mary, pode ser o q esta tc cmg tb... a primeira letra ja serve

Anônimo disse...

Oi to de papo com um argelino,
perguntei ele me disse que ´virgem e isso aos 21 anos. Falou a mt contragosto nao queria dz, parecia com vergonha... Me disse que nunca beijou na vida
Parece viver em condiçoes precarias mas na me pediu nada. So me pede que nao use roupas coladas e curtas. Ele me disse que teve o seu primeiro beijo ha um mes atras e me mostrou, era uma foto que eu mandei para ele mandndo um beijo. Achei fofo um querido e confesso q estou meio q dando corda para ele. Mas ele me sabatina td dia, pergunta onde eu vou como ando o que faço, com quem falo... e por ai vai... Dai eu digo isso nao vai dar certo ele se apavora,
minha pergunta é: Nao tem como namorar la nao??? eh tao dificil assim namorar???
tem que casar logo de cara sem nem conhecer, conviver???
pra q essa pressa td?
ate entendo que eles sao msm carinhosos demais e isso me cativou, sai de um relacionamento ruim, marcado por brigas e maus tratos, sou mt desconfiada... to com tds os pes atras, ate os que eu nao tenho... O Q ME INTRIGA É: NAO TEM MULHER LA NAO????

Anônimo disse...

SE QUER CASAR COM MUÇULMANO, VAI FUNDO, MAS PODE ESQUECER A CERVEJINHA NO FINAL DE SEMANA, BIQUININHO NA PRAIA, FESTINHA, BALADA, CIGARRO (QUE ALIAS SO FAZ MAL MSM). NÃO TEM ESSSE NEGOCIO DE DR (DISCUTIR A RELAÇÃO) ELE QUE MANDA! NAO VAI PODER USAR AQUELES VESTIDINHOS CURTINHOS, DECOTES E VAI TER QUE USAR O VÉU. SALAO DE BELEZA NEM PENSAR... SILICONE TB NAO! VAI TER QUE REZAR 5 VEZES POR DIA, PASSAR 30 DIAS COMENDO SO DEPOIS DAS 18 HRS ATE O SOL NASCER NO HAMADAN. ENFIM, A COISA É SERIA!!!

Anônimo disse...

vou contar a minha historia d maneira resumida, conheci um rapaz de constatina, ele muçulmano, obvio. Sempre me respeito no chat, nunca me pediu pra tirar a roupa, foto ousada nada. E pelo skype me pedia para por uma roupa mais composta. Logo de cara me achou linda q me amava e bla bla... Falou que nao podia vir me ver pq nao tinha grana, e na loka eu fui me encontrar com ele na europa, achei fofo ele ser virgem e tal, quando cheguei la e o vi, detalhe paguei as passagens dele... Mas ao chegar la, ele foi mt educado cmg, mas nada de nada de sexo e nem beijo... ele me falava q fazia mal ao corpo antes de carar, enfim... ate q nao fui ruim pq tive a companhia dele, so meio fanatico, doido pelo islao... e logico que o relacionamento nao vingou ele me disse q so podia depois de casar, ficou meio doido impregnado, queria me levar pra la, eu nao fui nao! eram mts restriçoes...ele era um cavalheiro, mas eu nao sabia se isso ia ficar assim depois de casado, resolvi nao arriscar, acho que fiz bem. Teve uma coisa boa, ele nao me enganou, nao me tratou mal, nao abusou de mim... e ficamos amigos, acho q ele se divertiu um pouco, viajou e isso nao me fez falta, pq eu tenho ate q uma condiçao boa. mas nunca mais me meto numa vibe dessas... fica a dica!

Anônimo disse...

Apenas gostaria de dizer que algumas brasileiras vão ao Egito e envergonham nosso país fazendo sexo até dentro de carros..que fazem com um e outro e depois posam de vitimas. Acredito que alguém que tem filhos e sai numa aventura desse tipo não pode reclamar da sorte.

Anônimo disse...

Tenho estudado um pouco sobre a cultura árabe pois estou em um intercâmbio e tenho muitos amigos árabes.
Pude perceber alguns costumes e regras mudam um pouco em cada país e tenho procurado sobre como é pra um árabe da Arabia Saudita (que é o mais fechado de todos) poder casar com alguém de outro país. O que o governo deles exigem pra legalizar a união? é verdade que se o homem tem mais de 30 anos as coisas ficam um pouco mais simples? se alguém tiver informações precisas me respondam, por favor, é um pouco complicado achar sobre esse país na internet.
Obrigada

Deby gringolandia Calcinha disse...

gente todo cuidado é pouco pq existem muitos golpes por ai… nao caim nessa.

http://confissoes-casadas-com-gringo.blogspot.com/

Anônimo disse...

Nossaaa eu não tinha nem noção que essas coisas acontecem com tanta frequência...Pois vou contar algo, mas graças a Deus descobri logo que era um Fake...Eu criei uma conta na rede social Vk, e logo recebi convites de homens que informavam ser da Turquia, Líbano,Argélia etc...Pois bem, uma homem começou a conversar comigo...mto carinhoso, palavras bonitas e agradáveis...ele logo perguntou se eu possuía uma can, skype...e eu disse que não...E não paravam os elogios...Ele me adicionou no face, mas possuía um nome diferente do Vk. Perguntei p ele o porquê era diferente e pq na paginha do face dele não mostrava qtos e quais amigos ele tinha...ele log ficou irritado... Aí falei que tinha namorado e ele demonstrou desespero!!! Ele ficou dizendo que me queria, que tinha gostado de mim e não iria desistir...fiquei assustada e cortei a conversa passando dias sem falar com ele...certo dia percebi que le passava horas on-line...e inclusive reparei que o horário da turquia era 4 hras da madrugada...falei co ele perguntando-o se não dormia em um tom de brincadeira...ele logo falou comigo com brincadeira também!!De uma hora p outra ele me perguntou se eu gostava de sexo. Então eu respondi que não o conhecia e nem ele me conhecia p falar disso...aí ele disse que iria falar com meu namorado que queria ficar comigo e pronto!!Eu logo falei que não iria mais falar com ele. Então ele me respondeu que queria era encontrar uma rapariga para falar de sexo...eu falei para ele que tivesse boa sorte e tchau...kkkkkkkkk ri muito depois...Aí ele me excluiu do face ...Graças a Deus não passou de um susto...MENINAS, MUITO CUIDADO!!!EXISTEM MUITOS QUERENDO ENGANAR..ABRAM O OLHO!!!

Lília disse...

Vixi. Entrei no conto do vigário. Conheci um Jordaniano na internet. Papinho igual a isto que está aí em cima. Ele me pediu em casamento e eu disse que lá eles são da pratica da poligamia.
Ele disse que nem todos tem este direito. É verdade? Disse que quando um mulçumano casa com a segunda, por consequencia, não está com a primeira. É verdade?

Lara disse...

Sou brasileira, conheci um mulçumano pela internet há 1 ano. Ele veio para Brasil, passamos dias juntos, conheceu minha família e voltou para seu país. Ele nunca me prometeu nada, mas disse gostar de mim, diz que eu sou especial e importante e que deveríamos tentar algo. Assim, vamos manter o relacionamento e continuar nos visitando pra ver até onde isso vai. Ele quer solidificar nossa relação, uma vez que nossas culturas e religiões são diferentes e vive dizendo que a vida na prática é muito mais difícil do que a virtual. Me alerta muito para as dificuldade do nosso relacionamento, mas quer tentar. Não acha correto me tirar do meu país sem que possa me dar uma vida confortável e sem que eu seja aceita por lá. Acho a posição dele muito correta e concordo. Por isso minha dica é: não adianta se jogar de cabeça totalmente, o cara pode dizer que te ama agora, você pode dizer que o ama agora, mas na real a situação toda não ser tão fácil. Acreditamos que um relacionamento precisa de mais do que paixão/amor pra sobreviver. Vamos tentar solidificar o que temos para, ai sim, resolvermos ter uma vida a dois pra valer. Enfim, acho que comportamento dele está muito correto e, por isso, confio e acredito.

Anônimo disse...

Estou tendo uma relaçao assim e confesso q agora fiquei preocupada.Este mulçumano solicitou mminha amizade n face.Aceitei.No quinto dia ele ja m pediu em namoro.aceitei.Confesdo q as palavras dele sao todas amaveis.....no começo cnversavamos todos os dias agora ele disse q esta trab como segurança a noite e nao esta tendo tempo.Passei a gostar muito dele pq ate agora nao foi dedrespeitoso cmg...nao m pediu nenhuma foto indecente e nem disse bobagens.A cnversa dele se baseia como os outros comentarios q li.Amor te amo...vms viver n paraiso....so tem a mim e a mae dele.chegou a me contar sobre o pai dele q batia muito neles qndo criança.
Ate agora nao m pediu dinheiro disse q quando tivesse dinheiro viria aki n Brasil m ver ou q eu fosse la nas minhas ferias.Ele tem 28anos e eu 32.Perguntou se sou casada se tenho filhos.....mais disse q ter filhos naoatrapalha em nada em nosso relacionamento.Questionei a ele sobre a violencia e a poligamia da religiao dele e m disse q la respeitam as mulheres e q a poliggamia so é aceita se a esposa aceitar e se o homem ja foi casado.Ele sempre pergunta da minha vida...qndo pergunto algo a ele custa a m responder.Ele sempre jura e prometeDiz q nao é assim.Vive jejuando e o q m chamou a atençao é q ele tem os seus amigos bloqueados...nao tem cm eu ver....A maioria das vezes cnversa cmg no café cibernetico.Ainda nao cnseguimos nos ver atraves da cam ou skyper pq nossos horarios nao estao conciliando.Diz q quer se casar e ter 6 filhos.kkkkkk.....ai Deus....As fotos dele so tem homens nenhuma mulher.....Bom sinceramente preciso de um help.O que eu faço?deixo o pau cair a folha?

José Atento disse...

Eu acho muito interessante como muitos muçulmanos, não todos, tentam nos ludibriar no tocante às práticas que eles sabem nós achamos aborrecentes. Segundo a lei islâmica (Sharia) a poligamia é um direito do homem muçulmano e ele pode se casar com outra mulher quando quiser. Outras esposas devem ser informadas, mas elas não têm poder de impedir um novo casamento do marido!

Quanto à segregação que ele te impõe (voce não poder conversar com os seus amigos). Entenda, que também a Sharia comanda a segregação entre os sexos. De modo que você só pode ter contato com amigas dele, mas ele, pelo que aparenta, não tem amigas. Logo, o seu círculo será o círculo familiar, ou o círculo formado a partir das esposas dos amigos dele.

Esse seu "namorado" parece estar mais pro lado ortodoxo do islão.

E se ele estiver mesmo, como aparenta, alinhado mais com o lado ortodoxo do islão, você vai ter que pedir permissão para ele para se relacionar com os outros, mesmo outras mulheres.

Anônimo disse...

Conheci um Muçulmano/Libanês que diz ter se encantado por mim no facebook, já fala que me ama e quer marcar duas passagens para me ver e me conhecer em Beirute onde ele mora, ele disse que eu posso levar alguém de confiança, que ele pagará a ida e a volta minha e do meu acompanhante. Mas, eu tenho medo e ele é de uma religião diferente e eu me adiantei e acabei mandando uma foto mostrando os seios no Whattshap agora ele sempre quer ver minhas "fotos" acabei mandando mais algumas, mas nada muito pornográfico só mostrando o bumbum e tal. Eu sei que ele tem uma empresa lá, pois ele me contou e também que mora com os pais, mas eu tenho medo, pois não falo o idioma deles e nem inglês. Golpe ele não quer me dar, pois já dei a entender que não tenho dinheiro. Sou bonita e tenho 21 anos. Ele também é lindo e tem 26 anos e não fala português, mas fala inglês. Parece ser muito religioso pelo que posta no facebook de Deus e tudo mais. Gostaria de uma opinião embarco nessa loucura ou fico aqui e procuro um brasileiro. Eu também gosto muito dele e acho que poderia dar certo. O que será que ele quer comigo? Respondam por favor! Me ajudem, não tenho com quem conversar à respeito e preciso de ajuda para não me "dar mau"! Obrigada desde já.

José Atento disse...

Em primeiro lugar, se ele é religioso (ou tem uma mentalidade religiosa islâmica) mostrar os seio e o bumbum é pornográfico. Veja bem, no islamismo de fato (o que nós por conta do politicamente correto chamamos de radical) o corop da mulher é genitália, exceto os olhos e as mãos, e por causa disso deve ser coberto.

É um erro projetar a nossa cultura e o nosso modo de pensar neles. Para entendê-los é preciso fazermos um esforço para vermos o mundo como eles vêm.

Agora, quanto a sua pergunta sobre o que fazer ... o melhor que eu posso dizer é, procure entender como eles vêm o papel da mulher, e tente ver se voce se encaixa nele. E tente se ver daqui a um tempo, dois anos, cinco anos, cumprindo este papel. Voce estaria feliz?

Veja um resumo dos "direitos da mulher sob o islão" aqui http://infielatento.blogspot.ca/2009/09/o-manual-de-lei-islamica-reliance-of.html

Adriana Neres disse...

Bom estou conhecendo pelo Skype um muçulmano que mora na italia, a família eh da tunisia. Logo no primeiro dia diz que me ama e que já eh meu marido kkkk bom.. ele eh um fofo. Aymen o nome dele( segundo ele) Eu to com medo, mas vou observar no que dar. Sorte que já estou acostumada a namoros virtuais ( e que só ficam nisso mesmo).

Anônimo disse...

Como vc para se casar com ele eu conheci um pela net e nos quermos nos casar me ajude dizendo o que far por favor

Sasha Landim disse...

Estou na mesma situação como muitas pessoas aqui. Conheci um mulçumano em um site.de relacionamento, tá com duas ou três semanas hj ele diz que gosta de mim que quer ter um relacionamento sério comigo, ele mora em Portugal (é o que ele fala) e que mora.com os pais e seus irmãos. Ele fala que vem próximo ano para me conhecer e que logo em.seguida quer que eu vá para Portugal conhecer a família dele. Depois.fala que a família não acha certo namoro virtual. Estou indecisa não sei o que fazer ele fala que.gosta que quer casar que eu serei a mãe dos filhos dele. Já deixei vem claro que não abro mão da minha religião por nada. De vez enquando quer conversar sobre assuntos íntimos e isso me deixa.mais confusa. Me ajudem tenho muito medo. E diz que quer me dá isso é aquilo que quando eu for ele vai pagar tudo. Estou com medo não trabalho só estudo e mesmo que se eu trabalhasse nao teria nem dinheiro para ir. Tenho 22 anos e ele tem 30 um rapaz super romântico, mais não sei se é verdadeiro ou mentiroso. Me ajudem por favor!

Anônimo disse...

Conheci 2 rapazes muçulmanos, falei com um deles apenas uma vez, depois que vi o outro passei a ignorar o primeiro. Certo dia o rapaz com quem firmei o contato mandou um link com uma foto minha na web conversando com o o outro, nao era nada demais, td normal na foto, mas como minhas roupas sao mais ousadas, sempre os choca e o meu contato assíduo mostrou-se mt aborrecido, e disse q eu enganei ele, menti e nao o amava. Expliquei foi antes de falar com ele, percebi que ele armou uma cruzeta para me pegar no pulo, pois o sujeito era amigo dele no face e desde que comecei a falar com ele, o rapaz excluio o amigo, td isso hj percebo no afan de me pegar... Ele nao responde mais minhas msg, e dei o caso por encerrado... Confesso que me envolvi com ele e nao é de se estranhar, eles sao mt amorosos, educados por demais; nao sendo contrariados td fica bem. E isso eu acho que ele sinceramente esperava mais de mim... Mas diante de tudo oq aconteceu e pelo q vi aqui nos comentarios deixados essa "saudade" dele se tornou uma lembrança e a c ctz que eu nao perdi nada, me livrei. Deus esteja conosco...

Anônimo disse...

gente to passando por isso também estou conversando com um arabi também ele desse que que casa com migo e que vem pra brasil oque fasso amigos

Anônimo disse...

Estou namorando um rapaz da Turquia e ele diz que me ama e eu tb falo a ele que o amo .Eu acho muito cedo tem qpenas 1 mes e 15 dias ele fala que vem para o Brasil casar comigo todos os dias nos falamos desde que nos conhecemos pela net.Ele mostra muito interesse em me, chora muito e eu tambem a nossa diferença de idade e muita ele tem 26 e eu 46, ja me mostrou a irma 2 tios e alguns amigos , a casa dele , o trabalho a rua onde mora com a camara agora eu acho que ele que ter posse ele fala que tenho que fazer tudo que ele quizer
pois amulher tem que obedecer o marido quanto a religiao ele fala que cada hum tem a sua
olha ele e muçulmano e eu crista o que faço gostaria de um conselho amo muito ele,ele tambem diz que me ama diz que vem so ta esperando visto o que faco.....

José Atento disse...

Não se deixem envolver. Preservem a sua privacidade. Não forneçam detalhes pessoais, tipo telefone, endereço, fotos, foto de filhos, etc. Desde modo é mais fácil se desvencilhar do candidato a Don Juan.

Leiam http://infielatento.blogspot.ca/2009/09/o-manual-de-lei-islamica-reliance-of.html.

Perguntem-se: como eu pretendo estar no futuro, por exemplo, daqui a 2 anos ou 5 anos?

Anônimo disse...

nao entede a sua resposta gostaria que fosse mas claro queria que vc me desse uma posicao pois estou sem entende.

José Atento disse...

Vou ser direto.

Eu evitaria me envolver afetivamente com muçulmanos. Os riscos de fracasso associados a uma vida comum, com homens que são criados esperando que a mulher se sujeite e seja submissa, são muito grandes.

E ainda existe a possibilidade deles estarem apenas buscando uma possibilidade de sair do "paraíso islâmico" de onde vivem, ou seja, buscando uma mulher que seja apenas uma avenida para isso.

E quanto maior a diferença de idade, ou seja, um mulher madura recebendo cantada de um recém-adolescente, mais óbvio isto se torna.

José Atento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Atento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Atento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Atento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

08/08/2014
Conheci um egípcio a 8 meses, ele como todos os outros dizendo me amar e querer se casar Ele afirma vir para o Brasil agora em outubro e se casar comigo Eu não quero mais esse relacionamento Já tentei terminar, mas ele não permite.Ele não aceita término de relacionamento Nunca me pediu nada.
Cometi o grande erro de lhe dar fotos minhas(comprometedoras) e ele ameaça expor caso não me case com ele
O que faço? Por favor me ajudem Como posso me livrar dele sem que ele possa se vingar de mim?

Anônimo disse...


muito obrigado pela a ajuda pois eu ja esperava esta resposta mas como vc me alertou agora eu vou brinca com ele
vamos ver quem e mas forte e acara dele e mas velha de que a minha ele que parece te 40 anos se ele nao esteve mentindo a idade,eu sou linda e as pessoa me da 33 ,29 e 35 qn0s quem vai perde e ele muito obrigada por ter me ajudado

José Atento disse...

Se livrar de carrapato ou unha encravada só tem um jeito: arrancar fora. Esta de "ele não aceita término de relacionamento" seria cômico se não fosse ... ridículo. Como é que alguém pode impor relacionamento via internet?

Se for necessário, mude seu perfil, crie conta nova. Mas de qualquer modo, existem maneiras de se desvencilhar de amizades, simplemente eliminando-as.

E quanto a "fotos comprometedoras" ... dois comentários: (1) em primeiro lugar, se voce compartilhou em confiança algo e a outra pessoa não respeita esta confiança, o problema é do outro, não é seu. (2) e se uma foto sua aparecer na internet, sinceramente, será uma entre 1 bilhão. E se alguém te "reconhecer", negue, existem pessoas parecidas, negue. Você não vai se render a chantagem, não é mesmo?

ANA disse...

OI ,EU conheci um muçulmano oelo facebook eramos so amigos ele sempre respeito nunca falo besteira alguma ea gente sempre se ve pela webcam ele ve meu filhinho , agente ria muito ,depois de quase um ano como amigos começo a rola algo do tipo agente se gosta e passamos a nos ver todos os dias ate que ele pediu para namora e eu disse que sim eu amo muito ele ele adora muito meu filho que tem 4aninhos e nesse tempo todo ele nunca faltou com respeito eu disse nunca , ele me falo que esta fazendo faculdade de farmacia ja vi a mae dele pela webcam ele me fala que vai me fazer feliz e suprir minhas nesse cidades assim como a do meu filho ,ele nunca me pediu dinhero pelo contrario ele me oferece eu é claro nunca asseitei ele ja me deu o telefone dele o endereço dele ,e em janero ele que que eu vou para la passar umas cemanas com a familia dele e ele me alerto em eu nao ir sozinha leva um ente querido junto por ser perigoso na tunisia em eu acho que ele e de um bom carater !! voçe pode falar comigo ? e me ajuda .

Anônimo disse...

Meninas ...
Moro no oriente médio e vejo o desespero de algumas nacionalidades a quererem um outro passaporte para poderem ter mais acesso a melhores oportunidades, ou seja: casamento com uma brasileira.
Nosso passaporte é muito forte, poucos países exigem nosso visto.
Cuidado com abordagens de pessoas da Argélia, Iran, Afeganistao, India, Paquistão ... Acredito que não posso generalizar, mas é o que vejo toda hora aqui.

Anônimo disse...

Recebi uma proposta no minimo estranha, fui interpelada por um paquistanes no aeroporto de lisboa, na vdd ele se dirigiu a meu pai e oferceu camelos, cabras e afins para se casar cmg. Achei engraçado no hora, acabei por encontrá-lo depois no loby do hotel no qual estava hospedada e no meio de uma conversa aceitei me casar com ele. Passamos um mes em Portugal, td foi providenciado para o casamento, inclusive um atestado de virgindade que consegui com um medico amigo da minha familia. Ele era um amor de pessoa cmg, no entanto quando chegamos ao Paquistao a coisa mudou de figura; la ele nao pegava mais na minha mae, me tratava com indiferença. A lua d mel foi estranha, os parentes dele esperando na porta para ver o lençol manchado de sangue... Os primeiros anos foram dificeis, engravidei rapidamente pois ele queria mt. Com mt luta consegui q ele me deixasse trabalhar na embaixada brasileira e esses eram os meus unicos momentos de paz... No meu trabalho eu tomava contraceptivos pois nao queria engravidar e se nao fosse isso, era um filho td ano. No dia que ele descobriu levei uma surra e deixei de tomar, assim engravidei novamente. Vendo a minha situaçao acuada e sem liberdade, sem poder usar as roupas que havia comprado para o enxoval, alias que foram queimadas por ele! Planejei a minha fuga, agi com mt precisão, consegui um "coiote" para me levar até o egito onde fiquei escondida e apos isso voltei para o brasil. Tive que deixar as minhas duas filhas lá que ao final de algum tempo ele mesmo mandou para mim. O divorcio ele nunca me deu e a coisa ficou assim no ar... Na verdade nao me arrependo, pois tive duas filhas lindas, no que se refere ai resto, so decepção. Hj me refiz do susto e confesso agi de impulso e nao aconselho a ninguem fz o msm! abraço a tds!

Anônimo disse...

Conheci um muçulmano no facebook, ele me pediu amizade e foi de cara me perguntando se eu era solteira, a minha resposta foi positiva, entao ele foi logo se declarando apaixonado... Conversamos no skype e ele passou a querer mandar em mim, me proibia de postar fotos e por ai vai. Me convidou pra me encontrar com ele num pais da europa e tal... Depois passei a observar as curtidas nas fotos dele e demais comentarios, contactei uma dessas pessoas e era uma brasileira que como eu recebeu o mesm convite de encontro na europa. Ele queria msm era sexo casual, ja que no pais dele o islao impoe a castidade ate o casamento! E ele encontrava nesses contatos uma forma de se relacionar sexualmente sem vinculo marital, avisei a moça que foi convidada por ele, assim como eu. Mas ela me pareceu tragada e nao deu mt confiança nao. O fulano adr me ver pela web cam no skype, e quando eu nao abria ele ficava mt revoltado e dz THANKS!!! O nome dele é kamaledine, acho que se trata de um don juan virtual, pode ser que ele esteja mesmo disposto a viajar para os tais encontros e queira mesmo é uma conversinha mais acalorada no skype. Eu blq ele! O sujeito é psicotico, fala demasiadamente sobre sexo, é possessivo... Conta fabulas sobre dinheiro e depois se contradiz... Pude perceber a casa dele, dos pais bem modesta, o guarda roupas nao passa de 1.50 de altura, kkkkkk... Diz que é engenheiro, mas na vdd é segurança de uma empresa de gás natural! kkkk, mt mentira, no começo bem bonzinho e mt sedutor, mas depois se aborrece por td e quer cantar d galo!!!

Anônimo disse...

So pra reiterar ele tem varios de contatos de brasileiras, a lista de amigos esta no confidencial, alguma razao deve ter para isso!!! nao é msm? Mas podemos ver suas amiguinhas nas curtidas e comentarios das fts!!!

Alexandra disse...

No começo desse ano eu conheci um muçulmano, no começo era só amizade, mas foi se tornando algo a mais que só amizade, ele é uma pessoa muito respeitadora, e somente agora que firmamos algo de verdade, eu tenho meus pés bem centrado e não vivo um conto de fada como muitas relatam e muito menos desesperada, ele sempre me mostrou como é o islamismo, não é fácil, eu estou conhecendo melhor sobre sua cultura, pois eu acho o seguinte para dar certo você tem que ter um certo conhecimento do que está mergulhando, não digo que posso não estar enganada, cogitei de ir conhece-lo pessoalmente, ele ficou muito feliz, então eu perguntei se ele fosse para vir aqui comigo se ele viria, a resposta dele foi de imediato e aceitaria sim. Ele falou que seria muito fácil dele vir para cá do que eu ir para lá devido a burocracia.
Em momento algum ele me enganou, tudo que sempre perguntei a ele, ele me respondeu com sinceridade.
Agora quanto a mudar de religião isso é de cada um, se você está entrando em um mundo diferente do seu acredito que tem que se ter o respeito, agora se eu mudaria de religião, minha resposta é sim, respeito a todos que tem sua opinião, agora se minha resposta fosse não, eu nem continuaria com o relacionamento, pois são religiões distintas e acho que não daria certo, pode ser que de começo sim daria certo, mas com o passar do tempo não daria.
Ele nunca me pediu nada, dinheiro, presente, nada de nada, ao contrario ele só quer o certo e me explicou como funciona a religião dele, como é o casamento.
Agora devem estar me perguntando, como você sabe se ele não está me enganando, a resposta é bem simples, não sei.
Agora eu pergunto os brasileiros são diferentes, sim e não...pois conheço muitos casais que namoraram por 10 anos e no primeiro mês de casado já estavam separados ai eu pergunto será que essas pessoas conheciam mesmo seus companheiro eis a questão....
Se estou certo ou errada eu não sei, mas estou feliz em ter conhecido ele e vou tentar sim e fazer minha vida junto a dele, agora se vai dar certo ou não, já não sei, é claro que quero que de certo.
Antes de mais nada eu tenho 39 anos e ele tem 32 anos, já fui casada por 10 anos e meu casamento não deu certo, agora a vida está me dando uma nova chance e quero muito viver esse momento e não, eu não terminei meu casamento por causa dele, eu sou separada por 10 anos e sou muito centrada no que eu quero.

Espero ter contribuído, esse é meu parecer e ninguém tem que concordar comigo, mas para se ter uma vida a dois é mais que apenas amor e beijinhos é ter uma cumplicidade em ambas partes, então tem que pensar bem antes de embarcar em algo serio como um casamento e não se deixar elevar pelas emoções.

José Atento disse...

Alexandra

BOA SORTE.

Você tem um filho pequeno, não é? Você vai morar onde?

Depois nos conte mais sobre a sua experiência.

Alexandra disse...

Não eu não tenho filho pequeno, meu filho tem 19 anos, e respondendo a sua outra pergunta vou continuando a morar aqui no Brasil mesmo, ele virá para cá.

Mais para frente eu relato como está sendo.

Anônimo disse...

Passei por essa experiência tbm, sem mais transtornos, Graças a Deus! Tive amizades com muitos muçulmanos, a maioria argelinos, apenas amizade e fui sondando, o que um falava eu dava uma de desentendida e perguntava para o outro (sem ambos saberem da minha jogada, claro) e fui pegando as mentiras kkkkkk. As intenções são várias, mas casamento é que não!!! Até dei uma flertadinha apenas com um deles, que logo falou de casamento e o mesmo blá blá blá que li aqui, mas me converter a essa religião intolerante, sem chance, então agora ele está namorando uma argelina e me deixou em paz, mas após vários perfis fakes no facebook para me lotar de msgs implorando que eu não o deixasse, quando eu o bloqueava. Acho útil deixar alguns nomes de muçulmanos, maioria argelinos, que estão à caça por aí: Omar Pedros Omarus, Lhad Bouiziane, Tarik Amazighe, Sohaib Boss, Amine Anis, Hamza Karim, Abdessamed Skill, Abdessamed Hadji (é o mesmo), Youcef Hamza, Karimo Arca, Mehdi Aouissi, Ior Jsk, Karim Khalfa, Abdou Coldplay, Salah Eljazayri, Captian Seas (esse egípcio), Ibrahim Meki, Mounir Sanfour, Melouka Fellous, Karim Salim, Amine Torki....Se vocês reconhecerem um desses gentlemen, é furada, alguns até me confessaram as bravatas, quando perceberam que comigo era sem chance, então foram sumindo aos poucos...estão sempre online quando você ainda pode ser a presa. Enfim, eu me diverti muito enrolando esses trouxas!!! bjs meninas!

fabio torres disse...

Detalhe: todos perfis do facebook. Se reconheceram um dos nomes e quiserem me perguntar alguma coisa, chamem de Hannah!!!

Anônimo disse...

Acabei chegando ao blog por interesses acadêmicos, não podemos generalizar, mas o x da questão está em nós. A carência afetiva é clara, como alguém vai te amar em uma semana? Não estamos falando de objetos científicos, mas de mulheres que a cada dia são mais enganadas e entram de cabeça num relacionamento. A escolha é dr cada uma, mas vale a pena se arriscat tanto assim? Só amamos o que conhecemos, conheçam bem e deixem o tempo amadurecet a relação de vocês, algumas pessoas deram certo, mas observem a maioria, CILADA! Carência não deixa ninguém pensar!

Anônimo disse...

bem, um me pd amizade, ai começou a pedir foto de biquini... dei logo um freio no cara! Ai depois começou a falar d sexo, disse q era virgem, mas que transava com uma argelina nu "cu", pq ela era virgem e nao podia perder a virgindade! Tenha santa paciencia, os dois sao descarados! nao sao muçulmanos da gema! kkkkkkk, td hipocrita!!! Ai agr diz q me ama, kkk... sou sua namorada, como se muçulmano nao namora! kkkkkkkkk... Olha eu faço é rir e muito, lol, kkkkkkkkkkkkk... E ate q ele nao eh feio nao viu, bem parecido mas mente q é um maravilha, burro é quem acredita. Ama da onde??? e tem mais essa mulher que transa por tras como ele me disse me faz acreditar q essa pratica é recorrente la, uma vez as mulheres tem q ser virgem, ate ele pela lei doida de la! kkkkkkkkkk
ê, aceitei o convite de amizade, mas ja sabia era um homem bomba, atras de tudo, fto, video, papo d sexo... menos casar e ainda se fosse, como eu ia casar com uma pessoa q nunca vi pessoalmente??? se isso serve pra la, deixa la. Comigo nao!

Anônimo disse...

hannah, kamaledine lamari nao passou por vc nao, se passar cuidado é um tipico don juan, fei, metido a playboy, segurança de firma. Pensa q eh um shake arabe! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

José Atento disse...

Existem três coisas que são muito comuns nos "paraísos islâmicos":

- sexo anal entre um homem e suas parentes mais próximas (elas continuam virgens e fica tudo dentro da "honra da família")

- homosexualidade: a "primeira experiência" é entre homens

- assitir filmes/vídeos pornôs. Análise de tráfico da internet mostra que os países que mais acessa sites pornôs são os "paraísos islâmicos."

Anônimo disse...

Ooi eu concheci um argelino pelo facebook agente conversa ja tem uns 2 meses, ele fala muitas palavras romanticas , fala que quer casar comigo, diz que no fim do ano vai vim ao brasil, fala que mim ama, agente ja conversou sobre muitas coisas inclusive sobre familia, mas uma vez agente falou sobre uma ex namorada dele que eu add no face , e ele ficou irritado pediu pra que eu excluisse ela, mas maioria das vezes sinto que ele e verdadeiro comigo, agente se ver pelo skype tb, mas ele fala muito e sexo tb, e eu sou casada , ele sabe disso..to muito confusa..

Anônimo disse...

com relaçao ao ultimo ocmentario, em tese ele aceitar o seu estado civil e fz planos de casar contraria o islao... Eu acho q ele busca msm so sexo virtual uma vez q fala disso de maneira reiterada... Mas se vc topa e nao der nenhum transtorno, va fundo!kkkk... Eu fosse vc nao largava o seu marido pra se meter numa cruzeta dessas... msm se ele nao for casado. Se divirta com ele mas com td cuidado, num manda ft e tem cauttela no skype, mas se mandou ou pretende mandar, e se vazar na net, mente, diz q eh montagem... pior e mt perigoso ja q vc eh casada, eh o cara ver pelas curtidas e comenatarios quem sao seus amigos e parentes e fazer um print e mandar as suas conversas com ele e ate as fts. Nesse caso vc diz q a sua conta foi hakeada... tem jeito pra td, se ele vier e for uma bomba fica meio complicado de vc se livrar do entulho, mas msm assim ainda vejo jeito, some do mapa, nao passa endereço nem nada... Agr se ele impregnar, é dose. casando com ele pode ser q ele mude, as pessoas mudam msm e fora do seio de nossa patria, longe da familia é o fim de carreira, boa sorte com terrorista!

Anônimo disse...

Conheci em junho um mulcumano da Tanzania. Ha quase dez anos mora no Brasil e nesse periodo teve uma filha aqui. Ele ja me chamou pra ir a terra dele conhecer sua familia e nos casarmos la. Lendo tantas historias fico com receio de nao ser bem recebida na casa dele. Ate onde confiar nesses estrangeiros?


Anônimo disse...

Conheci um muçulmano egípcio tem cinco anos já, pela primeira vez conversamos oito horas seguidas sobre nossas vidas, assim ficamos durante dois meses sem nenhuma promessa, erotismo ou envolvimento romântico, nos tornamos amigos como irmãos, até que ele disse que iria casar, fiquei arrasada e percebi que estava apaixonada por ele, sumi da vida dele, ele também, comecei um relacionamento com outra pessoa, soube que teve um filho e eu também. Passados dois anos ele me mandou uma mensagem para saber como eu estava, relutei, mas respondi, até que descobri que ele tinha divorciado, o casamento durou 2 anos, reatamos a amizade e depois de alguns meses ele me pediu em casamento, estranhamente aceitei, com a condição que ele venha para a minha cidade primeiro. Assim, conheci toda a família dele, a mãe dele conheceu o meu filho pequeno, os irmãos conversam comigo, ele está ralando para ajeitar a documentação para vir, disse que quer casar aqui perante toda a família e no Egito com uma imensa festa, quer me dar um dote, está ajeitando o apartamento que tem, me mostrou as fotos, não me pediu para me converter ao islam, mas me perguntou se eu gostaria de pensar nesta idéia, é mais velho do que eu cinco anos, nunca me pediu nada de dinheiro e me dar satisfação de tudo o que faz. Lendo e relendo todas estas histórias confesso que fico assustada até, comentei com ele sobre isto e ele afirma que é verdade, a maioria dos egípcios querem dar golpes com as ocidentais, mas não consigo vê-lo como um golpista. Será que estou tão cega a ponto de cair em um golpe? Estou assustada.

Anônimo disse...

eu conheci um muçulmano pelo facebook, logo veio pra o skype, falava demais de sexo, e quando eu nao abria a web se irritava mt! deixou d falar cmg no face, pq so queria skype, parecia meio psicotico... prometia mundo e fundo, como deixei de abrir a cam parou. percebi q td q ele queria era so sexo virtual msm e para tanto usava palavras doces, mt romantico e mentiroso, o nome dele
KAMAL!

Anônimo disse...

oii, hannah respondendo: esse aí não!! rsrsrsrs

Anônimo disse...

Se o nome dele for mohamed mehana esquece nos estamos juntos desde 2012 ele fala isso para todas

Anônimo disse...

para o comentario de uma pessoa chamada mohaned ..., neh ele nao, mas estao juntos desde 2012 virtualmente?? kkkkkkkkkkk...
me poupe, kkkkkkkkkkkkk

RJCG disse...

Olá pessoal, eu também me comunico com um rapaz do Egito, me parece boa pessoa, nunca me pediu nada, mas como na maioria das histórias, extremamente romântico, carinho e sedutor, meio assim do nada. Sou desconfiada por natureza e começo a procurar detalhes sobre tudo em relação a isso e vim parar aqui. Vou ser prática, alguém aqui se comunica com algum Hossam, ou Hosam? Para nossa proteção, quem quiser compartilhar comigo, maiores detalhes, podemos prolongar a conversa...
Um grande abraço,

Anônimo disse...

Vixi estou me comunicando com um hossam, sempre esse msm papo, romantico e sedutor do nada... com o depoimento anterior acho q estou numa furada...

Anônimo disse...

eles sao msm encantadores, nos cativam de pronto, mas eu mesma tenho medo, ouvi falar d historias medonhas... o q eu me comunico é lindo demais, amoroso, educado e bem ciumento!!! mas eh somente uma coisa virtual, vms ver onde isso vai parar... eu sou casada, meu marido so vive viajando, casamento em crise e o egipicio nao sabe, abro a cam pois estou sempre sozinha em casa. Mas me sinto mt atraida por ele, um homem lindo e me parece que rico, evita falar no assunto, mas a casa é muito luxuosa, eu acho meio cafona, mt dourado, tapetes, espaços sem fim, teto rebaixado com gesso, muitos lustres... tapete q nao acaba mais e ele se impressionou por minha blz... eh isso estamos conversando... e sei que num vai dar em nada. Tb nao me pediu pra ficar pelada, quer dz ate pediu e como nao cedi me pediu desculpas e nunca mais tocou no assunto...

Anônimo disse...

ha mt tempo deixei de acreditar em relacionamento, acho q fq traumatizada e olha q foi por aqui msm, conheci uma pessoa da minha cidade via ORKUT era o tempo do ORKUT, no começo ate mais ou menos, mas com o tempo o sujeito tornou-se violento e chantagista, me deu uma boa noite cinderela e fez o diabo comigo, bateu foto fez video me estuprando e soltou no mundo... Fui ridicularizada e abandonada por minha familia, fq na rua sem ter nem o que comer!!! mas fui a luta, fui morar na casa de uma amiga e com a ajuda que ela me dava e nao era pouca, voltei a estudar, me formei e atuo na minha area, por uma questao de reserva de dominio nao posso dz o q faço, mas é um cargo importante e publico. Essa historia ainda me assombra, esse cara atanazou a minha vida por 5 anos dos quais 1 ano direto. Ele me batia, hostilizava, xingava e ate me roubava... e nao foi uma vez apenas, foram sucessivas vezes eu morri a de medo dele e tinha até pena do patife, a bem dizer da verdade o gigolô nem transava direito e eu estava cega e doida! Era um brasileiro msm, nada de estrangeiro e td começo virtualmente falando. Ele o fdp, hj esta como o encontrei desempregado, sem estudar, mais velho, mais feio, careca e como sempre só vive de farra, bebida e drogas... Quanto a mim, estou bem, e fui capaz de hj poder acolher quem um dia me jogou na rua: Minha "mae" doente e abandonada com alzaimer e serias complicaçoes renais, os filhos bons que ela sempre amou, pularam fora! E quem ficou eu, mas esta td bem. Foi bom para mim, sei que so vou melhorar e isso é presente de deus, poder ajudar. Mas o fdp eu nao perdou nao, quero que ferre!! minha mae é minha mae nao abandono, mas ele quero mais que colhe o que esta plantando!!!

Anônimo disse...

nós mulheres precisamos ficar atenta,é muito bom rede social,mas pode arruinar nossas vidas...

Anônimo disse...

Gostaria de uma opinião, conheci um Argelino, falamos sobre seu País,sobre religião, de tudo um pouco, menos sobre sexo. Ele tem um respeito muito grande por mim. Ele me disse que é um cabilía,o que é um cabilía? Ele fala que gostaria de sair do País dele,pra recomeçar a vida dele, pois lá é muito ruim. Falou se eu casaria com ele para ajuda-lo. Achei ele muito honesto, disse que se eu ajuda-lo, que o Grande Deus tbm me ajudará. E um dia ele poderá me retribuir. Mas não falou em dinheiro. Não sei como ajuda-lo, como posso fz isso, sem precisar casar?

Anônimo disse...

Conheci um Argelino no face, conversamos sobre tudo,menos sobre sexo, ele me trata com muito respeito. Ele se alto denomina cabilía, o q é o homem cabilía? Me disse outro dia se eu casaria com ele, para que ele pudesse sair daquele inferno, q é o País dele, essas são palavras dele. Não me pediu dinheiro, só me pediu ajuda, guarita. Não sei o que fz, gostaria de ajuda-lo, pois me parece ser uma boa pessoa. Como posso ajuda-lo sem precisar casar com ele, diferente das meninas, não estou apaixonada. Sou solidária a tudo que ele me falou. Bom, ele é advogado, formado recentemente. Ele pode fazer algum curso no Brasil de extensão e quem sabe conhecer alguém e ai sim, casar. Vou agradecer as informaçãoes. obrigado

Anônimo disse...

Conheci um egipcio via facebook, ao contrario do que que vi aqui, eu mandei a solicitação de amizade para ele que aceitou prontamente, passamos a nos falar diariamente via face e skype, ele logo se mostrou mt interessado e me pareceu bem apaixonado... Ele era mt lindo e fiquei bastante impressionada com a aparencia dele... Ele nao foi diferente me achava linda e demonstrava isso. Nossas conversas se tornaram acaloradas, acho que me fiz entender... Cada vez mais estavamos mais proximos, nao sei como esse estreitamento se deu, mas eu amava falar com ele. Ao termo de um longo periodo, contei a verdade para ele, disse que era casada, ele ficou mt triste e interrompeu a conversa cmg, mas nao me excluiu do facebook, apenas deixou de me responder e na falei mais... Com cerca de ums 6 meses ele voltou a falar comigo, disse que queria me conhecer pessoalmente e que se a minha resposta fosse positiva ele viria e veio msm! Me encontrei com ele e foi magico o nosso primeiro encontro, eu estava mt nervosa, anciosa e ele tb... Ficamos nos vendo por 30 dias, periodo que ele permaneceu na minha cidade, isso escondido devido a minha condiçao... quando estava aqui ele me perguntou se eu queria ir embora com ele, ele esperaria ate que eu resolvesse a minha situação... Mas eu tive medo, nao o conhecia bem, tive medo de largar a minha familia e a minha resposta foi nao, ele se aborreceu, brigou mas no final das contas aceitou e partiu. Resolvi me afastar das redes sociais e o fiz, sumi por ums 3 meses apos a partida dele, depois reativei a minha conta e ele estava por la entre meus amigos, mas nao falava mais comigo, fiquei na minha e um belo dia ele restabeleceu o contato, falou que sentia mt saudade e foi um choro so no skype... Mas fui categorica, nao podia fz aquilo... E ficou nisso, o mantenho la e ele tb nao me exclui, as vzs fala, as vzs some... ow situaçao, mas aconselho quem esta numa situaçao semelhante, isso é uma coisa mt dificil de lidar, em especial quando envolve tantas renuncias... ;(

Anônimo disse...

Bom dia, eu conheci um Indiano de 26 anos num jogo do gamezer a menos de um mes, trocamos facebook, logo no primeiro dia mesmo sabendo que eu era casada começou me cantar, tenho 21 anos e sou casada á três anos, meu casamento vem passando por uma crise e tenho um filho de dois anos.
Mesmo sabendo de tudo isso, ele me pediu em casamento quase que de cara, começou dizer que me amava, ja joguei logo que ninguem ama ninguem do dia pra noite, da pra perceber que ele é uma pessoa que presa muito a beleza da mulher, disse que se fosse pra se casar um dia, que seria com uma brasileira, pois as brasileiras sao muito bonitas.
Conversando por alguns dias com ele comecei a me envolver nessa conversa, ele disse que assumiria meu filho como dele, que meu filho nao teria ausencia paterna, pois ele daria toda essa atenção e amor necessario pra ele, pois ele me ama e tudo que vem de mim automaticamente ele amara. Ele quer que eu conte de nós pra meu marido, disse que quer falar com ele, pediu que eu nao tenha mais relaçoes com meu marido pois agora sou so dele.
Em uma de nossas conversas descobri que ele é muçulmano, ai pesquisei no google, confesso que fiquei mechida, e sempre sou muito desconfiada e curiosa com tudo estou sempre pesquisando sobre o pais, sobre a cidade onde ele vive em Bombaim, ele disse que ia falar de mim pra irmã mais velha dele,ia dizer que o coração dele foi roubado por uma brasileira, pois ela procura por uma boa esposa pra ele. Na minha opiniao eu acredito que a familia dele nao vá aceitar, ainda mais eu tendo um filho vindo de outro casamento, mas ele disse que quem tem que aceitar é ele, pois quem vai se casar comigo é ele e nao a famila dele, e disse tambem que sua familia é liberal que sendo pra ve-lo feliz que iriam aceitar sim mas até agora nao me disse nada sobre essa aceitação ele diz morar sozinho e que sua mae mora com os irmãos mais velho. eu disse que so iria pra India com ele se primeiro ele vinhesse para o Brasil pra nos conhecermos, ele topou. Mas quando ele vir e voltar ja quer que eu vá junto com ele. Ele diz que quer se casar em bombaim sua cidade natal.Descobri ontem que realmente ele era muçulmano, perguntei pra ele, ele afirmou sim, e me perguntou se eu nao teria problemas em ser esposa de um muçulmano, mas nao respondi e deixei essa questao em aberto, pois nao sabia com o que estava lhe dando, primeiro queria pesquisar e tirar minhas proprias conclusoes.
Vendo varios depoimentos vou seguir as dicas pra ver a reação dele, vou falar de futuros filhos e que esses filhos terao que ter a liberdade de livre escolha de sua religiao, e que nao quero me converter á muçulmana, que prefiro seguir minha religiao. Vou propor dele vim morar no Brasil, tambem vou emprenssar ele na parede e fazer umas ameaças entre linhas, para um bom entendedor, ee vai entender direitinho, quero so ver a reação dele, essa semana ainda mato essa charada vamos ver até onde vai todo esse subto amor dele por mim.
Ele diz que essa amor que ele sente por mim vem crescendo dia dia, mas e mais, entao vamos ver se isso realmente é verdade. Preciso de conselhos, e sujestoes.
Obrigado desde ja.

Anônimo disse...

Foi um prazer contar um pouco da minha historia, no comentario anterior, graças a minha curiosidade encontei esse maravilhoso blogger que relata varios fatos da vida real, acho que depois de tantas historias e tantas semelhanças vou pular fora dessa armadilha e tentar recuperar meu casamento de 3 anos que depende maid de mim do que do meu marido que é um grande homem, bom marido, bom pai, trabalhador me respeita.
Enão meninas se voces estao se relacionando com algum Sahil Khan, na facha de 26 anos que mora em Bombaim na India, esse é o rapaz muçulmano que esta me fazendo proposta de casamento, se alguem se identifar podemos trocar experiencias e acabar de vez com a farça desses muçulmanos, detalhe no facebook dele tem 19 fotos sendo 5 dele duas das fotos usa roupa do exercito e tres camisa branca calça beje com um dado de resolver as seis cores; Obrigado por dividirem essa experiecia.

José Atento disse...

Trocar um relacionamento concreto, com problemas reais, por um relacionamento cibernético baseado em ilusões e sonhos é apenas isso: ilusões e sonhos.

José Atento disse...

CABILIA ... até onde eu sei, Cabilia é uma região no Norte da África, acho que na Argélia. Ganhou notoriedade a uns anos atrás por querer autonomia. É um dos lugares de operação da Al Qaeda do Magreb Islâmico, geralmente mencionada em inglês com a "al-Qaeda in the Islamic Maghreb" (AQIM)

Anônimo disse...

Obrigado por me falar, isto, sobre a AL Qaeda, na verdade só queria ter certeza. Procurei outras informações em outras páginas, qd o questionei, sobre isso, ele disse que gostaria de sair de lá. Ele não se sente de lá. Perguntei o q a família dele acha, ele disse q não liga. Disse p ele q no Brasil somos cristão, e ele me disse q tbm é, pois acredita na passagem de cristo e no q deixou pra nós seguirmos e não morremos em nome dele. Se é mentira, fiquei muito mexida com os depoimentos vistos aqui. Porém, mesmo sempre contra as opiniões a religião deles, em nenhum momento deixou de se comunicar, nunca me pediu para usar a cam ou skype. Ele me passa ser um idealista, perdido no meio de um monte de ogros, possa está extremamente enganada. Bom pra terminar, passei para ele q minha família é muito estruturada, não financeiramente, mas na união, meu irmão é advogado e outro PF, e a família é toda criada na polícia. Nem assim ele deixou de falar comigo ou expressou qualquer medo, pediu para ver como posso ajuda´-lo,pois eles são limitados as leis. Só sabem que se casar pode ficar. Gostei muito deste site, e vou ficar muito mais atenta, do que já estava, até mesmo, por conta da família, pois é verdade qd falo de minha família. Meus irmãos estão sempre comigo e vendo e checando tudo. Valeu

Anônimo disse...

Que ilario desde ontem que descobri que o indiano é muçulmano e ele me perguntou se havia algum problema em eu ser esposa de um, e eu nao respondi nem que sim nem quen nao, ele nao deu mais as caras sumiu, nao disse mais um A, sendo que conversavamos todos os dias, varias vezes.
Acho que alguem pulou fora antes de recer uma resposta.Deus é mais e comigo ele nunca falta. Amém.

Anônimo disse...

eu estava conversando com um lindo, foi somente dz q era casada, ele sumiu... nao me exlcuiu do face, mas tb nao fala nada! e fica colocando postagens depressivas q fazem mençao a amores proibidos, ou esse bixo ta em um monte de "cruzeta" ou ele fica soltando piada pra mim... Eh mt coisa viu, em td caso é so laser pra mim, nao mandei ft indoscreta, nao menti e nem prometi nada. se pegou ar q se arrombe, kkkkkkkkkk
ow zuada, esse povo tira sarro de nos e nao vao mais tirar, nao somos doidas e nem burras! nao estamos cegas e nem lokas!

Marcos disse...

Todas as culturas são machistas, mas a muçulmana é a campeã, morei 2 anos no Irã, e vi meninas de 10 anos casando com homens de 30 ou mais...biologicamente uma menina só tem condições de ter relações sexuais com homens maduros depois dos 14 anos, os Iranianos podem ter várias mulheres, na Arábia Saudita é pior ainda, alguns países muçulmanos não são tão machistas como a Turquia e a Líbia (na época do Kadafi) infelizmente os muçulmanos estão agindo como os cristão de 400 anos atrás, só a educação para tirar este machismo.

Anônimo disse...

Queria agradecer José Atento,passei o dia lendo como foi importante para mim hoje,assim com todas acima minha história não é diferente,nos brasileiras muito carentes,acreditamos em tudo e confesso no primeiro minuto e perfeito,depois vem a realidade estava fazendo uma loucura de amor,deixar tudo e ir para o Cairo Egito,ufa.Que bom que conheci seu blogger.Obrigada !!!

Nadia disse...

Estou vivendo uma história parecida e confesso que me assustei com alguns depoimentos. A descrição é quase a mesma: é jovem e mulçumano e se relaciona com mulheres mais velhas. Você realmente fica envolvida, eles fazem declarações de amor logo no início. Sabemos que amar não é tão simples. Cada caso é um caso, eu acho que vale o bom senso e discernimento. Eu espero ter os dois.

Anônimo disse...

Bom, vou contar o meu caso e espero poder assim, dar a minha contribuição .
A 1 ano atrás eu me encontrava fazendo uma faculdade e dois empregos. Não tinha tempo para ficar em redes sociais e quando eu entrava, era apenas para participar de um grupo dos meus próprios amigos de turma da faculdade no Facebook . Um belo dia, recebi um convite de adição de um rapaz muito bonito e eu não tenho o hábito de adicionar quem eu não conheço mas ele era encantador ...
Adicionei e segui a minha vida em frente . Então, como disse, entrava pouco no Face mas sempre que eu entrava, havia uma mensagem dele e eu na época não tinha nenhuma noção de Inglês e apenas o respondia asim : " EU NÃO FALO INGLÊS !! "
Até que um domingo, ele me chamou no bate papo e conversou comigo em português . Ele me falou do Google tradutor e me perguntou se eu tinha uma conta no Skype por que queria me ver .
Eu achei super interessante o fato da gente poder se comunicar com qualquer pessoa em qualquer parte do mundo por um programa e a nossa conversa rendeu algumas horas .
Confesso que fiquei deslumbrada com ele .
Homem lindo, 26 anos, super educado ... Qual mulher não quer ??
Fiz a tal conta no Skype e quando dei por mim, já estava apaixonada com ele .
Terminado o segundo semestre do curso, resolvi sem remorços trancar a faculdade para poder conseguir meios mais rápidos de conseguir dinheiro para trazê-lo para o Brasil porque ele não tinha emprego e nem a menor condição financeira de vir ...
Ele me disse que o irmão dele ia dar a ele de presente o dinheiro para vir e se eu daria a ele o dinheiro para ele voltar, como eu o amava, concordei sem problemas algum mas eu falava sempre com ele para procurar arrumar um emprego, não ficar esperando apenas pela minha generosidade e a do seu irmão . O irmão dele me pediu para que eu o adicionasse no Facebook . Ele me apresentou o irmão pelo Skype e também adicionei a irmã dele em meu Facebook .
Mas com o tempo, fui analisando as coisas, sempre fui uma mulher muito observadora, graças a Deus .
Percebi que o perfil dele, os amigos dele ficavam ocultos, na linha do tempo dele, ele controla quem pode ver os comentários que ele recebe . Resolvi investigar por conta própria e descobri que ele tem amizades provavelmente virtuais também, com mulheres lindas, magras, corpos exuberantes de vários outros países ...
Observei calada sem falar nada com ele . Um dia então,o aniversário dele estava chegando e ele me perguntou o que eu mandaria para ele de presente de aniversário . Eu perguntei a ele o que ele gostaria de ganhar e ele não foi nada humilde em escolher o seu presente . Me pediu um celular Sansung Galax S5 .
NEM O MEU É DESSE MODELO !!! kkkkkkkkkkk
Sabem o que eu fiz ???
Simplesmente o chamei para uma conversa para colocármos os pingos nos " is " e disse a ele tudo o que eu pensava a respeito dele. Disse a ele que eu sou uma mulher que trabalho, dou duro, muito duro para dar a minhas filhas um certo conforto e uma vida com mais dignidade e que se ele realmente fosse um homem com propósitos bons na relação, a primeira coisa que ele faria seria correr atrás de algo , um emprego bom, uma forma de acelerar o nosso encontro e não ficar esperando por ajudas generosas da minha parte e da parte do irmão .
Hoje eu estou sozinha mas me sinto aliviada porque não estou generalizando, mas a grande maioria destes lindos homens àrabes, tem um grande poder de encantar, enfeitiçar, manobrar e até controlar a mulher brasileira . Hoje continuo trabalhando e voltando a fazer o que eu mais amo : ESTUDAR .
Não chegamos a nos conhecer pessoalmente e nunca cheguei a enviar dinheiro para ele . Só digo uma coisa para vocês, fiquem atentas a tudo e se pediu dinheiro, pulem fora que com certeza é uma grande furada !! Abraços

Anônimo disse...

Lendo os depoimentos aqui deixados, me coube fazer uma reflexão: não sou casada com muçulmano, também não me casei por amor, fui literalmente "vendida" por minha mãe! Desde criança tive uma severa educação, não convivia com meninos, nao podia ter amigos e nem amigas. Depois me casei da forma como me casei com um homem 2o anos mais velho que eu. Ele como minha mãe me proibi de tudo, nao posso dar o meu numero de telefone para ninguem, so serve mesmo para o marido ligar o dia todo para mim, conferir se eu estou em casa! E ratifica isso ligando para o fixo e é assim sempre! Não posso estudar, trabalhar, sair de casa e ate saio mas sempre na companhia de uma pessoa escolhida por "ele"! Não possuo roupas, nao me cuido, nao vou a salão de blz, nada! Se adoeço vou ao medico com ele ou alguem indicado por ele! Nao posso nada, a nao ser cuidar da casa. Apenas mexo no computador na ausência dele! E ele me sabatina o tempo todo se eu amo ele?? E digo que amo, mesmo morrendo de nojo... eca... Pedi a separação, ele nao aceita, diz que vai me deixar na miséria! que nao me dará nada, estou com ele desde os 14 anos de idade, epoca que a minha mae me vendeu, atualmente estou com 43 anos, sou deprimida, anciosa, sofro de sindromi do panico, tenteu suicidio uma vez, para me livrar desse flagelo, mas nao tive exito... vivo assim torcendo para morrer e tudo isso acabar, nao tenho força pra nada... nada... E podem perguntar, p q vc aceitou isso?? como se desde bebe so me recordo da minha mae me subjulgando, humilhando, xingando... Ai ela passou um "perrengue" financeiro me vendeu msm, trocou por a estadia em um apartamento desse Homem, ja q tinhamos sido despejados e estavamos indo morar na RUA!!! ficamos la mts anos, e ele abusava de mim... dai me casei com ele e vivo desde entao quase que em carcere privado! e ele td hora me pergunta me ama me ama... eca! eca mil vzes... Morro de repulsa, escarnio, ele fede!!! Acho q a minha vida nao é diferente das mulheres islamicas! num tenho força, num tenho coragem e acho q perco o juizo a qualquer momento, pq eh uma pressao sem precedentes!!! fica ai o desabafo...;(

Anônimo disse...

Até no namoro virtual os muculmanos seguem a risca o exemplo do profeta Maóme. Querem se casar com uma mulher mais rica e mais velha que nem o Maóme fez!!!

Vou te falar hein

Anônimo disse...

vdd, mais velha e rica pra ver se fica com a herança...
e pode sub julgar!!!
sugiro
as meninas que ponham aqui os nomes dos safados!

Anônimo disse...

Olá gostei muito do blog! Estou passando pelo mesmo problema conheci um turco ele vive na turquia ele me adicionou no Google + no dia 14 de janeiro de 2014 começamos a nós falar no outro dia no dia 17 ele já falava que me amava e se eu queria se casar com ele, é claro que eu aceitei más sempre com um pé atrás do outro. Quando eu vi ele eu realmente admito que me apaixonei ele tem muitas e muitas mulheres no círculo dele do Google+ no começo agente brigava bastante ele tinha também muito ciumes de alguns amigos meus vomentar em algum foto minha. Más depois tudo mudou muito ele começou a colocar fotos minha e dele no perfil do Google+ dele e do Facebook do whasapp viber etc... fiquei muito feliz ele todos os dias diz palavras maravilhosas para mim palavras agradável eu confesso que já não consigo mais viver sem ele .Quando agente discuti ficamos uma semana mais ou menos sem se falar mais acho que ele também não consegui viver sem mim ele sempre me procura e eu me desseto toda. Ele já chegou a me dá até a cenha do Google+ e do Facebook dele gente vocês acreditam kkk amei né. Ele quer muito que eu vá para turquia me casar com ele. Mas eu deixei bem claro que só vou se for acompanhada com uma amiga e ele concordou e vai enviar para mim as duas passagens. Me enviou dinheiro me diz o que eu estiver precisando é para falar com ele. Más antes de tudo isso acontecer ele me falou que tinha um problema com ele e que ele esperasse de mim que eu entendesse ele, e ai ele me falou que não pode sair do país dele por que foi preso e está cumprindo a pena foi preso de 2004 a 2010 por que ele estava com a arma de um amigo para esconder mais não sei muito bem como funcionam as leis de outros países fiquei bem confusa a respeito más mesmo assim eu continuo muito apaixonada por ele. Inclusive prometi a ele que até o final de 2015 eu e minha amiga estaremos lá. O que mais me chamou a atenção nele é que ele nunca falou com respeito comigo nunca me pediu fotos indecentes. Agora eu que pedi a ele claro né confirir o tamanho do documento antes que seja tarde kkk más tá de um bom tamanho da para enganar as vermes rs gente estou brincando sou assim bem divertida! Bom galera é isso e espero que alguém de vocês possam a estar me ajudando em alguma coisa sobre o caso dele não poder sair do país e etc... bjos e obrigada a todos. ......

Anônimo disse...

Gente, eu sugiro que a gente comece a colocar aqui o nome deles para servir de alerta caso outra esteja sendo enganada pela mesma pessoa.
Está acontecendo comigo também.
O nome dele é Amro, diz ter 27 anos, diz ser da Palestina, mora na Turquia e na primeira semana já me pediu em casamento. Igualzinho todos os relatos.
Eu agradeço pela existência desse site, porque eu havia caído direitinho na conversa dele, achei que poderia existir esse tipo de amor, enfim. A gente quer acreditar, ainda mais se eles falam que é só você que ele ama, nenhuma outra, quer casar e tudo mais.
Eu conversei com ele por skype também, com câmera e tudo. Mas fiquei na minha, nada de me mostrar. Foi só conversa.
Estava até considerando a mudança de religião, apesar de não concordar com metade, porque acreditava que ele me amava.
Mas hoje pensei em procurar no google sobre o que acontecia com mulheres que casam com muçulmanos e foi minha salvação.
Foi a melhor coisa que fizeram criar esse site. É um ótimo alerta.

Anônimo disse...

vc tem que dizer o sobrenome da pessoa existem varios registros de amr... Vou dz o nome do pilantra que esta me xavecando, kamaledine lamari.

Anônimo disse...

Amro Mahmit Omer. Pelo menso foi esse o nome que ele me deu. Agora saber se ele não mentiu o nome também... Onde a gente consegue esses registros?

Anônimo disse...

Amro Mahmit Omer, nao consta no facebook, deve ter excluido...
mas se fz mister dizer o nome dos muçulmanos que xavecam no facebook!
peço a tds que ponham aqui o nome desses sujeitos!

Anônimo disse...

Tem esse Andri Sevgilisi. É fake. Usam essa conta no facebook.

Anônimo disse...

Andri Sevgilisi cabra feio demais e xeio de lero... kkkkkk

Anônimo disse...

Estou passada, tenho conversado com muçulmano e estou horrorizada, ele so fala de sexo sem parar, nao sai mais de casa e fica me esperando direto. Ele nao é jovem e nem idoso, mas esta totalmente absorvido na ilusao de me ver sem parar. Eu questionei se ele era virgem. Sabe o que ele me disse??? Que "xupava buceta e fazia sexo anal" desse jeito msm!!! Claro que a tirar pela religiao dele, fq estarrecida, pois isso pra mim nao tem outro nome, HIPOCRISIA!!! Prega uma coisa e faz outra, fq sabendo que ele come o cu dos primos e primas e ate do pai!!! Que monstruosidade!!! E me fala isso com a maior cara lisa, e ainda me propoe de ir ver ele na Tunisia. Eu acho q ele quer é me sequestrar e me fz dele escarva sexual, VOU NUUUUUUUUUUNCA, deixa ele "cumer" o cu das prima dele la e fz as marmotas que ele faz, mas cmg nao. HOMEM suja, calhorda, mentiroso, safado!!!

José Atento disse...

O que voce descreve não me assusta. A iniciação sexual deles ocorre em família e desde que continue em família não existe problema algum. O problema é se alguém fora da família fica sabendo, pois isso passa a ser vergonhoso para a família.

Então, o que vale não é o que se faz, mas se os outros ficam sabendo.

A sociedade islâmica é baseada na dicotomia entre honra e vergonha, não entre o certo e o errado.

Anônimo disse...

honra e vergonha? mas nao é a msm coisa nao?
mas se o povo da rua sabe que a moça nao é mais virgem e que tem o agravante de ser possuida no seio da familia????
entao se ninguem sabe esta td bem???
e isso não eh uma HIPOCRISIA???
pq ele é "seco", parece uma pessoa doida!!! Chega a chorar, se treme todo, bate na mesa!!!
e agr ta me ameaçando, se continuar assim eu vou fz um print das conversas dele e vou mostrar para os amigos dele e parentes!!!!

Anônimo disse...

Este nome diz-vos algo?
Khaled Elmasry

Anônimo disse...

Khaled Elmasry
E
ahmed Nagah

é a mesma pessoa ..conhecem?

Anônimo disse...

Olá, escrevo em busca de ajuda... Agradeço se poderem me ajudar de qualquer forma. Bem, conheci um árabe no instagram ele mora em Abu Dhabi nos UAE tenho 19 anos e ele 22 já nos conhecemos há uns 6 meses, salve engano... Ele quer que eu vá para Abu Dhabi, se ofereceu pra comprar minhas passagens, hospedagem e despesas...a viagem está programada para dezembro, ele vem de uma família com condições financeira bem elevada, pois bem, os planos dele é que eu vá, passe uma semana com ele; e, nesse curto período o mesmo quer que eu engravide dele; volte para o Brasil; e, no período de ter a criança ele viria ao Brasil nos visitar... Não falou em casamento, será quais as intenções dele? Diz aí.

José Atento disse...

Quer dizer que você vai para um país estranho, passar uma semana fazendo sexo com um cara que nunca te viu, e ele ainda quer que você não use preservativo algum pois ele quer que você engravide !!!! Depois disso ele te chuta. E a única responsabilidade paternal que ele oferece é te visitar?

Independente do sujeito ser muçulmano ou não, sinceramente, este plano não parecer ser muito inteligente.

Você tem certeza que você quer mesmo arriscar o seu futuro deste jeito?

José Atento disse...

No islamismo existe o conceito do "casamento temporário" (mutah ou sigeh), que consiste em um homem (casado ou não) se "casar" (com as bençãos de um imã, que, claro, cobra uma taxa pelo serviço) com uma mulher solteira, por um período que pode ser de uma hora até algumas semanas. Este casamento é chamado de "casamento do prazer" e é praticado principalmente pelos homens muçulmanos quando eles viajam, notadamente pelos habitantes da península arábica (que incule os EAU).

Isso nada mais é do que prostuição religiosamente (islâmicamente) sancionada).

De modo que o que voce vai fazer é muito similar com este princípio. Talvez, antes de vocês irem para a cama, algum imã irá abençoá-los.

Anônimo disse...

Menina que em sã conciencia alguém iria para um País totalmente estranho, sem conhecer a pessoa pessoalmente ir para cama com ele e ainda engravidar por engravidar, acorda menina, mesmo a mais apaixonada das apaixonadas não faria uma loucura dessas.
Você não vai passar de uma prostituta, e quem é muçulmano que honre sua cultura jamais faria uma proposta indecente dessas, acorda que isso é uma cilada das grandes...isso ainda se você voltar se você....porque corre o risco querida de você NUNCA mais ver tua familia.......pensa bem...você é jovem ainda....para assumir tais consequencias, e quem garante que ele vira mesmo assumir esse filho.....reveja seus conceitos....e reflita para depois não se arrepender....

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkk
casamento da hora esse! kkkkkkkkkkk... ow loko!

Anônimo disse...

MENDI BEN AMARA POR FAVOR O NOME DO ARABE QUE CONVERSA COMIGO É ESSE

Anônimo disse...

Oi. Eu conheci um muçulmano aqui na minha cidade ele mora aqui a pouco tempo. Ele é da Síria veio pra cá por causa da guerra que esta acontecendo. Ele tem 21 anos e eu 18. Ele me chamou para jantar e eu aceitei. Dai então começamos a nos relacionar. Estou gostando muito dele acredito que ele também de mim. Apesar de não parecer ter perigo eu fico preocupada. Ele vai voltar a estudar econômica aqui. Eu não sei como me portar a está questão. Ja estamos namorando mas eu ainda não me sinto segura sabe. O que você acha?

Anônimo disse...

Gente, obrigada pelo conselho! sou a garota lá de cima que ia passar uma semana nos Emirados Árabes...Rsrs
Conversei com o gato, "descasquei", falei que se ele ainda gostasse da idéia de nos vermos que ele vinhesse para o Brasil, ele topou...vamos ver se isso realmente é verdade. Mas obrigada mesmo pelos conselhos bjs ��

José Atento disse...

Anônima de 18 anos. Voce é jovem.

Veja os meus comentários acima que contém muitas sugestões. A melhor que posso te oferecer é: seja uma mulher do século XXI, defenda os seus direitos, se imponha, não se converta (isso pode colocá-la numa posição inferior). Imponha a cultura brasileira, baseada na liberdade e livre escolha.

O mais importante de tudo. Se você for mesmo levar este relacionamento adiante, se esforçe para que ele seja o mais secular possível. Com sinceridade, se você puder ajudá-lo a deixar esta religião, vai ser o maior ato que você pode fazer por ele, independente da duração do relacionamento.

Anônimo disse...

Oláaaa, que bom ter informações sobre esse assunto por aqui. Bom, meu caso é um pouco diferente, conhecí um Argelino Kabylie, quando fui passar férias na França em 2009. Foi algo inusitado, o conhecí na rua ocasionalmente e foi muito difícil a comunicação pois meu francês era péssimo, nos apaixonamos, sou mais velha que ele 9 anos e divorciada. Bom, voltei para o Brasil e continuamos a nos falar, voltei duas vezes na França fiquei na casa dele essas duas vezes e ele também veio ao Brasil e conheceu toda minha família, que por sinal adorou ele. Terminei o namoro com 2 anos e meio pelo telefone, namorei um outro rapaz por um tempo, mas o Argelino nunca deixou de perguntar por mim ou parece que não havia me esquecido...Tanto que depois de uns três anos voltei novamente à França em férias, nos reencontramos e reatamos o namoro. Estamos namorando desde então novamente e ele quer se casar. Ele veio novamente ao Brasil recentemente. Conheço 2 irmãos dele que moram na França e 2 irmãs, não usam burca. Todos me tratam bem. Ele gosta de beber ocasionalmente, já comeu carne de porco e linguiça no Brasil, não faz os rituais mulçumanos de oração, mas faz o Hamadam, e disse que estamos namorando e tb temos relações, então acho que ele é um mulçumano relaxado, sei lá, ou moderno. Estou preocupada com o relatos que lí, mas estou indo passar um tempo maior com ele na França antes de me casar, quero fazer alguns testes para ver a reação dele e conhecê-lo melhor antes de me casar, mas até o momento está indo até bem e já faz um bom tempo que nos conhecemos.Já falei com a mãe dele pelo skype que é tb Kabylie Argelina, ela sabe que estamos namorando. Eu quero ir na Argélia conhecer os pais e a família, vai que ele tem outra mulher lá...Ele não costuma me dizer coisas românticas todo o tempo, nunca me pediu dinheiro e confesso que até deixei ele me dar algum para ver se era capaz disso, e ele deu. Vou seguir as sugestões de testes que você falou e também vou estreitar relações com a embaixada do Brasil na França e na Argélia quando eu visitar esses países, para o caso de precisar, inclusive vou me inteirar dos órgãos de proteção da mulher em Paris.Vamos ver os próximos capítulos...

Anônimo disse...

Salam José Atento li todos os comentários e gostei do seu blog,bom gente também tó passando pelo mesma situação.Conheci em um chat um africano de descendentes de árabes,conversamos e nos conhecemos e alguns dias depois ele me pediu em namoro,nos amamos muito e queremos muito nos casar,estamos planejando planos futuros,estamos juntos à 7meses.Conheço pouco sobre sua religião e a respeito muito,o mais difícil é que minha sogra perguntou se aceito a me converter muçulmana,sou cristã e pra mim tá sendo muito difícil tomar essa decisão,embora pelo o que eu pesquisei e pelos comentários fiquei apavorada e em dúvida...Me ajude

Anônimo disse...

Sim

José Atento disse...

Salam Anônima.

Vou ser franco para você: NÃO SE CONVERTA. Faz parte dos Direitos Humanos escolher a religião. Se isso é importante para você ele tem que aceitar e te encorajar. Caso contrário não é amor.

Além do mais, a Sharia não exige que a esposa de um muçulmano seja muçulmana. Eles gostam disso porque fica mais fácil o controle. (Mas o seu problema talvez seja apenas a sua sogra).

Isso é o máximo que posso comentar sem saber mais detalhes, por exemplo, em que país vocês pretendem morar.

O que eu costumo comentar é fazer um teste, de partir pro ataque. Quando o namorado muçulmano pedir para a namorada se converter, partam para o ataque, e digam que é o namorado que precisa se converter. Veja como ele vai pular (vai dizer que o islão é a última revelação, que Maomé é a chave dos profetas, tudo conversa para boi dormir).

(Lembre-se que uma mulher muçulmana só pode se casar com um muçulmano, logo, isso é mais do que justo).

Outro teste é o da edução dos filhos.
Diga que voce quer que eles sejam educados como cristãos. Vejamos o quanto de amor existe.

(Na verdade, voces não deve permitir que filho(a) algum(a) seja educado por um clérigo islâmico. Nunca.)

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 625   Recentes› Mais recentes»