domingo, 9 de março de 2014

Você sabe o que é ISLAMOFOBIA? (inclue dois vídeos sobre o assunto)


Você sabe o que é ISLAMOFOBIA?

Islamofobia é uma palavra totalmente inventada e uma flagrante mentira.

Uma “fobia” é definida como um medo irracional de algo. E é verdade que muitas pessoas temem o crescimento do islão, mas não existe nada de irracional nisso, quando se olha para as evidências. Nos países onde o islão tem o controle, existe represão, tortura, muito poucos direitos humanos e não existe liberdade de expressão.

O islão não é um sistema de crença que deva ser estimulado, e não existe nada fóbico quanto a isso, isso é apenas uma questão de bom senso.

Quem criou esta palavra, e porque?

Islamofobia é uma palavra inventada pela Organização da Cooperação Islâmica dentro da sua campanha de criminalizar toda análise crítica sobre o islão. Até aí, isto é até compreensível. Mas o que é inadimissível é que esta palavra tem sido usada por pessoas e grupos (e até govenos) que vêm alguma vantagem na islamização, sejam alguns capitalistas que vêm nos muçulmanos um mercado a ser conquistado, seja por parte da esquerda que vê no islão um parceiro na sua luta contra os Estados Unidos. E é claro, os multiculturalistas cegos. 

Christopher Hitchens define islamofobia como sendo: "Uma palavra inventada por facistas e usada por covardes para manipular idiotas"

Dois vídeos abaixo.

1. O inglês Pat Condell discute um pouco sobre a islamofobia e sobre o que está acontecendo na Inglaterra. Este vídeo é de 2007, mas o assunto ainda é atual.

2. O jornalista Paul Joseph Watson discute sobre islamofobia à luz de acontecimentos recentes (em 2016).

https://youtu.be/Eq-PArCNoCc OK
Pat Condel fala sobre Islamofobia

https://youtu.be/Ibtb4wsf5GE OK
Paul Joseph Watson discute Islamofobia 

5 comentários:

Jorge disse...

Excelente!

(Muito boa a tradução também.)

Anônimo disse...

Completamente distorcido!!!!!
Tente mais uma vez.

Anônimo disse...

Moderação... Olha a merda,
Grande democracia haahahahahaah

José Atento disse...

Voce poderia indicar o que, na sua opinião, está distorcido?

Anônimo disse...

Boa!