domingo, 20 de abril de 2014

Feliz Páscoa: Jesus ressucitou (ops, isto é blasfêmia contra o islão)


O Messias, de G. F. Handel, é uma das mais importantes e conhecidas obras da música. Ela foi composta por Handel, em 1741, em apenas 24 dias. Ao terminar, Handel escreveu as iniciais SDG, do latim Soli Deo Gloria, que significa "apenas à Deus a glória." Esta inscrição fomenta a lenda de que Handel estava divinamente inspirado durante a composição, tendo inclusive visto os céus ante ele ao compor o "Aleluia." Independente da lenda, o fato é que Handel estava mesmo muitíssimo inspirado ao compor esta sua magnífica obra.

Nesta Páscoa, vamos apreciar uma ária do Messias, cujo tema é a ressurreição de Jesus (ver letra abaixo). Ao fazer isso estamos quebrando a lei islâmica por dois motivos: 
(1) Apreciando música;
(2) Apreciando música que diz que Jesus ressucitou dos mortos. 
Veja bem que dizer que Jesus é Deus ou que Jesus ressucitou contradiz o Alcorão, sendo tais afirmações, deste modo, blasfêmia contra o islão, e isso é crime! Parece loucura mas é o que a sharia (lei islâmica) determina.

Quebrar a lei islâmica faz bem a saúde! Feliz Páscoa!

Jó 19:25-26
25 Eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.
26 E, embora vermes destruir este corpo, ainda em minha carne verei a Deus. 
1 Coríntios 15:20 
20 Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.

Job 19:25-26
I know that my Redeemer liveth, and that he shall stand at the latter day
upon the earth. And though worms destroy this body, yet in my flesh shall
I see God.
I Corinthians 15:20
For now is Christ risen from the dead, the first fruits of them that
sleep.

Lynne Dawson canta a ária "I know that my redeemer liveth" do Messias, the G. F. Handel. 
Stephen Cleobury conducts the Brandenburg Consort.





Nenhum comentário: