terça-feira, 16 de setembro de 2014

Opiniões de personalidades históricas sobre o islão - Teddy Roosevelt


"As seguintes passagens foram escritas em 1916 no livro de Teddy Roosevelt, "Temei a Deus e leve a sua própria parte", reproduzido em "O que cada americano precisa de saber sobre o Alcorão", de William Federer.

Estas palavras são relevantes hoje, porque o conflito histórico entre o islamismo e o cristianismo, que começou cerca de 1400 anos atrás, ainda está em curso. O resultado final dessa luta não é clara.
O cristianismo não é o credo da Ásia e da África, neste momento, apenas porque os cristãos da Ásia e da África do sétimo século, tinham-se treinado para não lutar, enquanto que os muçulmanos eram treinados para lutar. 
O cristianismo foi salvo na Europa apenas porque os povos da Europa lutaram. 
Se os povos da Europa nos séculos VII e VIII, até, e incluindo, o século XVII, não tivessem possuído uma igualdade militar, e gradualmente, uma superioridade crescente sobre os muçulmanos que invadiram a Europa, a Europa neste momento seria muçulmana e a religião cristã teria sido exterminada. 
Onde quer que os muçulmanos tiveram controle completo, onde quer que os cristãos tenham sido incapazes de resistir a eles pela espada, o cristianismo desapareceu.
Desde o martelo de Charles Martel até a espada de Sobieski, o cristianismo deve sua segurança na Europa pelo fato de que ele foi capaz de mostrar que poderia e iria lutar, tão bem como o agressor muçulmano.
..... 
A civilização da Europa, Américas e Austrália, existem hoje epor causa das vitórias do homem civilizado sobre os inimigos da civilização; por causa das vitórias ao longo dos séculos de Charles Martel, no século VIII, e as de João Sobieski, no século XVII. 
Durante os mil anos, que incluiu a carreira do soldado franco e a do rei polonês, os cristãos da Ásia e da África se mostraram incapazes de travar uma guerra bem-sucedida contra os conquistadores muçulmanos; e em conseqüência, o cristianismo praticamente desapareceu dos dois continentes; e, hoje, ninguém pode encontrá-los em qualquer "valores sociais" que seja, no sentido em que usamos as palavras, tanto quanto a esfera de influências maometanos estejam em curso. 
Existem "valores sociais" hoje na Europa, Américas e Austrália, só porque durante esses mil anos, os cristãos da Europa possuiam o poder bélico para fazer o que os cristãos da Ásia e da África não tinha conseguido fazer - ou seja, para rebater o invasor muçulmano. 
-- Teddy Roosevelt

Texto oriundo de Pamela Geller


Nenhum comentário: