quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Atualizações em setembro de 2014



Veja o que entrou de novo no blog em setembro de 2014.

Opinião de personalidades históricas sobre o islão: Teddy Roosevelt
Leia no link.

Ex-muçulmano explica ao Presidente Obama que o Estado Islâmico é mesmo Islâmico.
Leia no link.

Mensagem ao Papa Francisco: à perseguição dos cristãos ao redor do mundo e no Oriente Médio, e sobre o diálogo religioso com o islamismo
Leia no link.

Documentário: Islão, o que o Ocidente precisa saber
Veja os vídeos no link.


Ao longo da história islâmica, acusar os inimigos de apostasia tem sido algo bastante útil para os ditadores do islão
Estado Islâmico prende, tortura por 5 dias, e finalmente degola a advogada ativista dos direitos humanos Samira Salih al-Nuaimi, em Mosul, por ela te-los criticado no Facebook por terem destruído monumentos religiosos. Eles a acusaram de "apostasia." (Mail Online)


Canadá: desbaratada rede que traficava meninas de até 14 anos de idade
Na Columbia Britânica. Reza Moazami foi condenado em 30 das 36 acusações, incluindo a de tráfico de seres humanos e de viver dos ganhos da prostituição com coerção, abuso sexual e exploração sexual de menores (Vancover Sun). Este fenômeno não acontece apenas no Reino Unido.

Escravidão sexual das mulheres yazidis e cristãs
Repórter do The Telegraph conseguiu conversar, pelo telefone celular, com uma jovem yazidi de 17 anos, presa com outras 40 mulheres das mais variadas idades,  as mais novas com 13 anos, e algumas com bebês de colo. Elas estão presas em um prédio em um vilarejo ao sul de Mosul, que é guardado por jihadistas armados. Elas são violentadas 3 vezes por dia, por grupos de homens de diversas idades. "Nós pedimos aos nossos carcereiros para nos matar, mas nós somos muito valiosas para eles. Eles continuam a dizer-nos que somos incrédulas, porque somos não-muçulmanas, e que nós somos propriedade deles, como espólio de guerra. Eles dizem que somos como cabras compradas em um mercado." Ela ainda disse que ela "ouvira dizer que mulheres cristãs árabes também haviam sido capturadas e presas como escravas sexuais pelo Estado Islâmico.

Iraque: Escravidão sexual das mulheres yazidis
Enjauladas e vendidas como escravas.

Síria: Mulheres em cativeiro agrupadas e vendidas em mercado de escravos
Artigo de Raymond Ibrahim.

Grã-Bretanha: Mulher paquistanesa que fugiu do Paquistão em 1996 vê o mesmo acontecendo na Inglaterra
Nadira Naipul diz que as coisas que ela lutava contra no Paquistão, mais especificamente o casamento precoce, a perseguiram até a Inglaterra, onde ela vê o mesmo acontecendo hoje. Meninas semi-adolescentes sendo obrigadas a se casarem com os seus primos. Os pais destas meninas, diz ela, alguns semi-alfabetizados, insistem em se entrincheirar em guetos muçulmanos, erguendo barreiras culturais e recusando-se a integrar, rejeitando qualquer aparência de um modo de vida britânico. Ela cita como exemplo o caso recente, ocorrido em Warrington, no qual Iftikhar e Farzana Ahmed assassinaram sua filha ocidentalizada Shafilea, de 17 anos, porque ela se recusou a aceitar um casamento forçado (Daily Mail). 

Irã: mulher presa por asssitir a jogo de volei masculino
Ghoncheh Ghavami, uma iraniana, de 25 anos de idade, e com dupla-nacionalidade britânica,  está presa no Irão, há mais de dois meses, por ter tentado assistir a um jogo de voleibol masculino. Uma lei de 1979 proíbe as mulheres de assistirem a atividades físicas praticadas por homens (Notícias ao Minuto).

Afeganistão: meninas se fingem de menino para sobreviverem
No mundo muçulmano, onde as mulheres tem os direitos humanos básicos negados - desde o divórcio e de carteiras de motorista, até para proteção contra abusos ou crimes de honra - não há pior lugar do que o Afeganistão. Lá, é comum que meninas se façam passar por meninos, fato discutido no livro The Underground Girls of Kabul: In Search of a Hidden Resistance in Afghanistan, escrito por Jenny Nordberg.  (referência)


Mesquita em Toronto ensina as crianças muçulmanas os méritos do islamismo radical e o valor do degolamento
Inclusive glorificando o degolamento dos "inimigos do islão" com peças de teatro ...
Esse é o trabalho de mesquitas em promover a "cultura islâmica." ... (Sun News Network)

Brasileiro lutando na Síria com jihadista
Brian de Mur é belga filho de uma brasileira. Com 21 anos de idade ele fugiu para a Síria para lutar como jihadista, onde ele é conhecido como Abu Qassem Brazili (Folha).
Atualização: o Fantástico levou ao ar uma entrevista com a mãe deste brasileiro, entitulada Mãe brasileira contra como seu filho se tornou radical do Estado Islâmico.

Bélgica julga brasileiro e mais 45 por se juntar à jihad na Síria
A Justiça da Bélgica abre nesta segunda-feira o primeiro julgamento de um grupo acusado de doutrinar jovens e recruta-los para participar da guerra na Síria. A lista de acusados inclui 46 nomes, entre eles Brian de Mulder. O ponto comum entre os acusados é a organização extremista Sharia4Belgium, que prega a instauração da lei islâmica no país europeu e é considerada pelas autoridades locais como principal fileira de recrutamento de combatentes belgas para o Estado Islâmico. O número de belgas que integram grupos extremistas no exterior passou de 80 para 400. O número de europeus no conflito chegou a 3 mil, contra apenas 500 há um ano, segundo a União Europeia.(BBC Brasil).

EUA : FBI investiga recrutamento de jihadistas em mesquitas em Mineapolis
A investigação é uma consequência da morte de mais um americano da região ter morrido no Iraque lutando pelo Estado Islâmico (USA Today)

Portugal : Doze jihadistas de origem portuguesa combatem na Síria e no Iraque
Nem mesmo o nosso querido Portugal está imune (Fonte

Portugal: Vídeo sobre mais um português que se torna jihadista
Vídeo neste link: http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2014-09-16-fabio-tornou-se-combatente-com-o-nome-abdu-rahman-al-andalus

UK: Mais um jihadista
Eu vivo repetindo que o islão é capaz de tornar pessoas normais em assassinos psicopatas. Eis mais um exemplo. Abdel-Majed Abdel Bary era um rapper na Inglaterra. Agora, ele está degolando pessoas no Iraque, usando o codinome Jihadi John. (Daily Mail)

Austrália: Menina de 8 anos clama pela jihad
Durante uma manifestação de muçulmanos devotos a céu aberto, uma menina de 8 anos fez um apelo dramático para que a juventude se junte à jihad (matando e morrendo pelo amor de Alá). (Australian).

Canadá: mais jihadistas canadenses identificados na jihad global
Mohammed Ali, de 23 anos de idade, de Mississauga, Ontário. Deixou o Canadá em abril e mais tarde escreveu online sobre o jogo de futebol que usava cabeças decepadas como bola. Outros canadenses supostamente com o Estado Islâmico e grupos extremistas semelhantes na região incluem Hasibullah Yusifzai de Burnaby, BC, Farah Shirdon, de Calgary, que esta semana ameaçou ataques contra os Estados Unidos, antes do Twitter suspender sua conta, e John "Yahya" Maguire, um muçulmano convertido e ex-estudante da Universidade de Ottawa. Estima-se que 130 canadenses estejam fazendo jihad (National Post).


Um africano faz considerações sobre o escravismo islâmico infligido aos africanos


Projeto para uma mega mesquita em Porto Alegre e a estratégia para a islamização do Brasil

Em breve, mesquita e um centro de "cultura islâmica" em Canoas, Rio Grande do Sul
Leia o artigo no link.

Ameaça feita através de um vídeo caseiro
Este vídeo foi enviado para os administradores da página Islã sem Máscara. É um vídeo caseiro, pelo sotaque feito por um Boliviano. O cara parece retardado, mas vocês tirem as suas conclusões.
         O interessante é que bem recentemente eu compartilhei um artigo que discute sobre o risco da Bolívia se tornar um novo Afeganistão: "Bolívia, o próximo Afeganistão?" publicado em DefesaNet.

video



Nós, os Vermes
Vale a pena ler o que um europeu lusófono pensa sobre o desmoronamento da civilização européia que acontece hoje (Folha).

Alemanha: Polícia da Sharia
Primeiro foi a FRANÇA e a INGLATERRA a ficarem de joelhos. Agora, muçulmanos "moderados" preparam a implementação da lei islâmica na Alemanha (e depois no resto do mundo) (Avpixlat).


Estado Islâmico declara intenção de conquistar a Península Ibérica
(Fonte) Para os muçulmanos devotos, toda terra que tenha sido islâmica, deve permanecer islâmica. Os jihadistas inclusive circulam vídeos nos quais monumentos espanhóis aparecem com a bandeira do Estado Islâmico (Observador).

A Islamização do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, Gales e Irlanda do Norte)
Um artigo que resume bem o que está acontecendo por lá.

Será que um cardeal aposentado se converteu ao islão, ficou senil ou é apenas um idiota útil?
Leia este artigo no link.

Reino Unido, a rede de lanchonetes SUBWAY elimina porco do cardápio 
Toda rede decidiu retirar do seu cardápio o presunto e o bacon, e também a carne será toda Halal para satisfazer a sua clientela muçulmana. (os infiéis que se danem) (JN).

Em Minesota (EUA), os muçulmanos estão exigindo que os benefícios sociais que eles recebem sejam todos Halal 
Incluindo-se a comida que eles recebem de graça. (Dizem que não fazer isso é opressão) (Federalist).

Canadá mostra um caminho de resistência
O governo canadense começa a invalidar passaportes de cidadãos que deixaram o país para participarem de grupos extremistas. A ação significa que jihadistas canadenses na Síria e no Iraque podem efetivamente serem presos. Seus passaportes já não são válidos e, portanto, não podem ser usados para retornar ao Canadá. Também não podem ser usados em outros lugares para viajar. (National Post).

Londres: Os porquinhos cor-de-rosa
Nick Barnfield e Sarah Cleaves estavam viajando com sua filha Heidi em um ônibus de Sheffield para Doncaster, quando sua filha de15 meses de idade, começou a chorar e os pais procurando acalmar Heidi começaram a cantar uma canção de um desenho animado muito popular na Holanda, os Peppa Pig. O casal ao fazer ruídos para imitar os porquinhos, uma muçulmana virou para eles de forma agressiva e diz que eles estavam sendo racista pois deveria saber que muçulmanos não comem carne de porco.
Conclusão: a muçulmana reclamou do casal ao motorista. Nick e Sarah não tiverem oportunidade de explicarem e de forma humilhante eles foram jogados para fora do ônibus 2km de distância de sua casa.
fonte


Austrália:  polícia australiana impede atentados
Os jihadistas iriam raptar e decapitar civis junto à autarquia de Sidney. As imagens seriam captadas e divulgadas, posteriormente, pelos extremistas do Estado Islâmico. A Jihad é Global (Euronews). 

O terror islâmico em Londres!
Chegaram as decapitações ao mundo civilizado?
Um dia após o assassinato de um jornalista americano pelo Estado Islâmico, Palmira Silva, uma idosa de 82 anos teve a sua cabeça arrancada por Nicholas Salvatore, convertido ao Islã de 25 anos, em Londres. Palmira estava cuidando de seu jardim quando foi atacada covardemente em plena luz do dia. (Pamela Geller). Este é mais um exemplo da “Sindrome da Jihad Expontânea.” O mais triste nisto tudo é que o assassino é um recém-converso ao islamismo. Ou seja, ele se torna mais uma vítima do islão, esta ideologia capaz de transformar pessoas boas em psicopatas assassinos. 

Al Qaeda abre filial na Índia
Considere que existem 300 milhões de muçulmanos vivendo na Índia, não vai ser muito difícil achar "funcionários para trabalharem nesta franquia." (Folha)

Argélia: Grupo jihadista argelino sequestra francês e ameaça degolá-lo caso a França continue atacando o Estado Islâmico
Mais um grupo jihadista que se alia ao Estado Islâmico (ABC).
Atualização: ele foi degolado, aos gritos de "Alá é o maior." 

Califa ordena Jihad global; alguns muçulmanos obedecem e degolam infiéis nos EUA
Leia o artigo no link. 



Mesquita na floresta da Bélgica treina jovens para a jihad
A mãe do brasileiro belga que se juntou à jihad, matando pelo amor de Alá, deu uma entrevista no Fantástico, que eu acredito todos tenham assistido. O que me chamou a atenção foi quando ela disse "o meu filho foi levado para outra mesquita que fica no meio da floresta das Ardenas, a maior da Bélgica. Eles se escondem nessa mesquita para ficar aprendendo a pular, atirar, aprender a passar fome, como você conseguiria ficar dias sem comer. Eles fazem um total treinamento nos meninos." Ou seja, a mesquita é um CAMPO DE TREINAMENTO para os candidatos a jihadistas. (Fantástico)

Apenas 2 das 14 mesquitas da Dinamarca desejam se afastar do Estado Islâmico
Isso segundo reportagem do Canal 2 da TV dinamarquesa (fonte).



E ainda tem gente que tenta defender a idéia de que o Estado Islâmico não tem nada a ver com o islão

Lembre-se que o que o Estado Islâmico deseja, ou seja, um califado global regido pela Sharia (lei islâmica) é o desejo de todo o muçulmano devoto




Líbano: cristãos libaneses se preparam e dizem não terem medo
Cristãos libaneses começam a pegar em armas frente ao avanço do Estado Islâmico na direção do Líbano, e devido ao aumento de incidentes onde igrejas são pixadas com dizeres tais como "o Estado Islâmico está vindo",  ou o queimamento de cruzes nas ruas de Beirute e Trípoli (SBS). O que você faria?

Irã: Pastor Behnam acusado de 18 novos "crimes" 
Ele é acusado agora de "expalhar corrupção na terra",  o que, sob a Sharia, significa pregar o Evangelho para os muçulmanos. Se condenado a pena é a morte. (Causes)

Paquistão
55 cristãos foram presos acusados dentro de Lei da Blasfêmia do Paquistão. O crime deles foi terem preparado uma pequena porção de um cemitério muçulmano para uso cristão, com a permissão do proprietário. Muçulmanos deram queixa na polícia que os prendeu (Release Internacional).

Nigéria
Homens armados entraram a Vila de Manjakwa, no estado de Borneo, e ordenaram os residentes a aceitarem o islão ou serem mortos (Release Internacional).

Jihad na Austrália
Freqüentadores de igreja na região oeste de Sydney ficaram abalados após um estranho gritou ameaças de morte de um carro com a bandeira do Estado islâmico. O carro passou em frente a Igreja da Nossa Senhora do Líbano em Harris Park na terça-feira e testemunhas afirmam que ele tinha uma bandeira semelhante a usada pelos jihadistas do Estado Islâmico pendurada para fora da janela. Um padre da igreja disse AAP as pessoas no carro ameaçaram "matar os cristãos e abater os seus filhos."
(Skynews)

Dois vídeos sobre o extermínio dos cristãos do Iraque:
  1. Cristãos Iraquianos Perseguidos: http://youtu.be/qhSgpZOvtiU 
  2. Cristãos do Iraque - em extinção: http://youtu.be/wGecReA-6WI
Qaraqosh, a capital cristã, conquistada pelo Estado Islâmico
A queda de Qaraqosh, na Província de Nínive, "é uma catástrofe, uma situação trágica: dezenas de milhares de pessoas aterrorizadas estão sendo deslocadas enquanto falamos", disse Joseph Thomas, o arcebispo caldeu da cidade de Kirkuk. Testemunhas em Qaraqosh disseram que os militantes islâmicos do Estado estavam removendo as cruzes das igrejas (Catholic Herald).

Cristã iraquiana: "Terrorista da ISIS segurava uma espada na minha garganta, mas eu me recusei a converter '
Khiria Al-Kas Isaac, 54, de Qaraqosh, estava entre os milhares de cristãos presos pelos jihadistas. Eles separaram as mulheres dos homens, e disseram às mulheres que elas iriam ser decapitadas se não se convertessem ao islamismo. Ela estava entre um grupo de 46 mulheres que foram espancadas por 10 dias. Como elas se recusaram a converter, um jihadista a tomou como um exemplo e eles colocaram uma faca em sua garganta, mas ela disse  que preferiria morrer a renunciar à sua fé cristã. Nesse ponto os terroristas cederam, e a rouboram de todos os bens, incluindo dinheiro que ela tinha guardado para uma operação de rim. Ela disse que nenhuma das mulheres capitulou sob a flagelação e outras crueldades infligidas a eles. Eles foram libertados e ela fugiu (Catholic Herald).

Iraque: "Daqui a 10 anos não vai restar cristão algum"
A população cristã do Iraque, nativa da região, expulsa de suas casas pelo Estado Islâmico, tem medo de retornar caso a oportunidade apareça: eles estão cansados de serem perseguidos a vida toda (SBS).

Cristãos Iraquianos, Ghazala Elyas (esq.), partilhando um edifício semi-construído com 500 outros, e Tofee Alabdal (dir.), que vive em uma sala de aula da Escola 11 de Setembro, em Ankawa, o bairro cristão de Erbil, no Curdistão iraquiano.

Interessante colocar o problema dentro de um contexto mais amplo

Troféu islâmico na Síria: o corpo sem vida de uma criança cristã degolada 
Atenção: Vídeo GRÁFICO. http://youtu.be/a3Ah35Z5Jf8

Recém-Cristão degolado na Síria
Ele deixou de ser muçulmano, deste modo, merece a morte.
Atenção: Vídeo GRÁFICO. http://www.liveleak.com/view?i=413_1339017292


Para este clérigo islâmico, os judeus são piores que bactéria

ISIS igual ao Hamas
À esquerda, fotografia de terrorista do ISIS degolando o jornalista americano Foley. À direita, fotografia de terroristas do Hamas em pé, ao lado de "colaboradores dos judeus" que eles estavam prestes a matar (foram mortos ao todo 22 pessoas, incluindo duas mulheres - sem qualquer tipo de julgamento). Tanto o Hamas quanto o ISIS têm o mesmo objetivo: implantar a lei islâmica (sharia). Ambos são um culto da morte da idade da pedra, e são uma ameaça para o povo palestino, para os cristãos, para os ateus, para os muçulmanos que eles julguem diferentes (apóstatas), comm a mente voltada para a aniquilação do Estado de Israel, com intenções genocidas para com cristãos e judeus. 




Vídeo: Yazidis convertidos à força pelo Estado Islâmico
Se você conversar com algum muçulmano ele irá te dizer que não existe complusão no islão. Se voce perguntar para ele sobre as opções, conversão, morte ou subjugação, ele irá te dizer que pelo fato de que existem outras opções além da morte, é prova que o islão é tolerante.




Punições Islâmicas (sob a lei islâmica)
Punições Islâmicas (sob a lei islâmica Sharia) (para montar)

ISIS crucifica até mesmo crianças
(fonte)



Taquia = mentir é sagrado se a mentira ajuda a propagar o islão. E nada mais efetivo para a propagação do islão do que insistir neste reme-reme de islão "moderado."






Nenhum comentário: