quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Agnus Dei: Uma obra prima de Mozart é uma blasfêmia contra o Islão.


José Atento

O vídeo mostra a ária e o coral "Agnus Dei", da Missa da Coroação de W. A. Mozart. Mozart, como vocês sabem, foi um dos maiores gênios da música de todos os tempos. O que poucos sabem é que por pouco não teria havido Mozart. Isso porque, a cidade de Viena foi sitiada pelas hordes islâmicas dos turcos-otomanos por duas vezes, em 1529 e em 1683. O fato é que se os turcos tivessem conquistado Viena, teriam imposto a lei islâmica Sharia, que, além de outras coisas, proíbe música. Ou seja, a música de Mozart não teria existido!

Além disso, a letra desta ária celebra o "Cordeiro de Deus", o que é uma afirmação da morte de Jesus Cristo na cruz, e sua consequente ressureição, como crêm os cristãos. Acontece que, do ponto de vista islâmico, isso é uma blasfêmia pois o Alcorão oferece uma narrativa alternativa na qual Jesus Cristo nunca morreu. Este fato transforma a crença básica do cristianismo (a morte e ressurreição de Jesus Cristo) em blasfêmia contra o islão!  

A letra diz: 

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserere nobis.
Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserere nobis.
Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, dona nobis pacem.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz. 

Vamos então apreciar a música de Mozart!!!!

A ária e o coral "Agnus Dei" da Missa em Do Maior K317 "Coroação" de W. A. Mozart. Soprano Kathleen Battle, mezzo-soprano Trude Liese Schmidt, tenor Gosta Winberg e baixo Ferrucio Furlanetto. Orquestra Filarmonica de Viena e coral Viena Singverein sob a regência de Herbert von Karajan.

Esta gravação foi feira em 29 de junho de 1985, quando a Missa da Coroação de W. A. Mozart, foi executada na Basílica de São Pedro, em Roma, durante missa celebrada pelo Papa João Paulo II. Este foi um evento de grande importância, espiritual e artística. 





Nenhum comentário: