sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Imame, em vídeo, exemplifica o tormento de ser não-muçulmano em um Estado Islâmico


José Atento

O melhor modo de se aprender sobre o islamismo é ouvindo ou lendo o que especialistas muçulmanos dizem para platéias muçulmanas. Este vídeo mostra o trecho de um sermão do clérigo britânico Abu Waleed, em janeiro de 2014.

Neste vídeo é dito que:
(1) Sharia e Direitos Humanos Universais são como água e óleo;
(2) Na pirâmide social de um Estado Islâmico os muçulmanos estão acima e os não-muçulmanos estão abaixo, bem abaixo;
(3) Mostra-se aplicação do Pacto de Umar, que transforma a vida dos káfirs (não-muçulmanos) em algo tão humilhante e difícil, que muitos deles acabam, com o tempo, sendo obrigados a se tornarem muçulmanos como a única forma de sobrevivência.
(E ainda tem gente que diz que não existe coação no islão) 

Obs: Káfir é um termo em árabe que se usa para se referir aos não-muçulmanos, e é extremamente pejorativo e ofensivo.



7 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria de perguntar ao amigo do Blog até onde vai esses islamicos,,, oque vai acontecer no final, ou seja daqui quantos anos a sociedade ocidental vai dizer CHEGA.

Anônimo disse...

Até onde li no blog dele... os suiços já estão dando basta nisso... isso q não houve nenhum atentado lá. OS suiços ao q me parecem são os mais nacionalistas da europa.. pode ser apenas impressão minha.

Anônimo disse...

Káfir em português é cafre -e é ofensivo

Melquisedec Nascimento disse...

Muçulmano processa Cap Melquisedec Nascimento http://youtu.be/6vYJZoQ7vcE

José Atento disse...

Manda mais notícias sobre isso. Em que pé está isso?

Anônimo disse...

Infelizmente, pelo jeito que as coisas estão caminhando, pela inércia da classe política brasileira, brevemente deveremos estar lutando no corpo a corpo pelas nossas vidas. O Islá é um cãncer que sem o controle adequado irá espalhar-se, levando o portador a morte. O Islâ é só mentiras. Que profeta é esse que legitima o assasinato, o estupro. Esse é Maomé!

Anônimo disse...

Você já sofreu ameaças de seguidores de Maomé, muçulmanos? Infelizmente, a nossa sociedade continua alheia ao que acontece no mundo, com relação ao expansionismo Islâmico.