terça-feira, 14 de abril de 2015

Não, as religiões não são iguais


Para você resistir ao islão, notadamenta o seu aspecto político (a Sharia), você não precisa deixar de ser quem você é nem ter que passar a acreditar em algo que você ache que não existe, ou vice-versa. Contudo, você vai ter que alterar um pouco o seu ponto-de-vista para fugir da narrativa que tenta nos forçar goela à baixo o "relativismo cultural" de que "tudo é igual" quando na verdade, as coisas são diferentes.

Uma das coisas que tentam nos impor é que "todas as religiões são iguais." Poxa, não dá para comparar os fundamentos ensinados por Buda ou os ensinados por Jesus com os fundamentos do islão baseados em Maomé, um pirata, escravagista, degolador, pervertido sexual e senhor da guerra.

Do mesmo modo que não dá para se comparar o ateísmo dialético, que é radical, violento e supremacista, como um ateísmo / agnosticismo intelectual.

O que eu quero dizer é que: EXISTEM DIFERENÇAS!

Este vídeo discute este fato.





Nenhum comentário: