sábado, 2 de janeiro de 2016

Atualizações em dezembro de 2015

Veja o que entrou de novo no blog em dezembro de 2015

Feliz Natal: Glória da Deus nas Alturas 
Leia e assista ao vídeo com a música de Handel.

Ex-Imã fala sobre a natureza do Alcorão
Leia e assista ao vídeo no link.

Mitos sobre Maomé
O que muçulmanos e apologistas inventam para justificar os crimes da Maomé.

Mitos do Islã
O que muçulmanos e apologistas inventam para higienizar um sistema político-religioso.

Mudança climática: fotos chocantes mostram que precisamos agir agora!
Um artigo cheio de ironia.



Ex-muçulmanos dizem porque eles deixaram o islão  
Depoimentos de ex-muçulmanos. Sim, mesmo sob ameaça de morte, muitos muçulmanos se dão conta do que é o islão, e caem fora. Aos montes. Leia o artigo neste link.


Estado Islâmico mata recém-nascidos com deficiência
Limpeza genética (fonte). Lembrem-se o que a Sharia diz sobre matar os filhos (e os não muçulmanos):
"o1.2 O que segue não é motivo de retaliação: 
(2) um muçulmano por matar um não muçulmano;
(4) um pai ou uma mãe (ou seus pais or mães) por matar o seu filho, ou neto; "
Fonte: 'Umdat as-Salik wa 'Uddat an-Nasik (Reliance of the Traveller and Tools of the Worshipper)

Finlândia: imigrante afegão estupra e ateia fogo em adolescente
A jovem de 17 anos morreu. O caso ocorreu no final de janeiro deste ano mas a mídia e as autoridades tudo fizeram para ocultá-lo e tentaram também esconder as fotos da vítima e do estuprador assassino. Este é mais um caso de estupro e assassinato por fundamentalista islâmico imigrante na Finlândia. (fonte)

Miss Iraque ameaçada: junte-se ao Estado Islâmico ou seja sequestrada
Shayma Qassim, a primeira Miss Iraque dos últimos 40 anos, recebou um telefonena do Estado Islâmico dando-lhe duas opções: se juntar ao grupo islâmico (e se tornar propriedade de um jihadista) ou ela seria sequestrada (deste modo, sendo forçada a se tornar propriedade de um jihadista). (Clarion)

Indonésia: mulher açoitada por ficar perto demais de um homem
Além disso, ela foi acusada de ter olhado para ele com afeto (fonte). Isso aconteceu na Província de Aceh, que segue a Sharia totalmente.

Polícia Feminina do EI mata e mutilada mãe por amamentar filho
Polícia da Moralidade é algo que também é mantido pelos governos do Irã e da Arábia Saudita, dentre outros paraísos islâmicos (fonte).

Estado Islâmico vende crianças e mulheres escravos... na Turquia
Bem, Maomé foi um escravocrata e estuprador. Logo, o que o Estado Islâmico faz não é novidade dentro da tradição e história islâmica. A novidade deste artigo é trazer à tona o fato de que existem mercados de escravos dentro da Turquia. E a Turquia é um país membro da OTAN, e pleiteia entra na União Européia. (Gatestone)

Bispo de Pádua, Itália, se curva para o Islão
"Eu estou pronto para voltar atrás tanto quanto puder em nossas tradições cristãs para termos paz". O bispo concordou a anular a montagem do presépio para ter em troca da paz e a amizade dos islâmicos. Ou seja, ele aceita o seu status de cidadão de terceira-classe e obedece a Sharia, que proíbe a exibição de símbolos religiosos de outras religiões. (fonte)

Doutrinação

Vídeos: crianças são incentivadas a praticarem terrorismo para chegarem ao paraíso
Doutrinação para fazer o mal ao káfir (todos os não muçulmanos). Leia aqui e veja a coletânea de vídeos.

Garotinha sendo treinada a esfaquear o káfir
Garotinha muçulmana é incitada a dizer para esfaquear os judeus em vídeo viral, incentivando a "jihad da faca", que é muito comum em Israel. Mas infelizmente ela está se espalhando, a ponto de termos casos nos EUA (Universidade da Califórnia), na China, Bangladesh (mais precisamente contra ativistas pró-liberdade e ateus), sem contar em outros países europeus e infelizmente, em um país que volta e meia vemos a propaganda nos convidar a visitá-lo: Marrocos! (fonte)

Imã: Quem come porco se comporta como porco
Pergunta para este imã: e quem bebe urina de camelo se comporta como o que?
https://youtu.be/HJxk08rOLdk saved


EUA: recrutador do Estado Islâmico condenado
A foto mostra Mufid Elgfeeh, condenado a 22 anos de prisão por doutrinar jovens para se tornarem psicopatas assassinos e lutarem na jihad pela causa de Alá. Audry Chowdry, o infame imã londrino, diz que todo o bom muçulmano está na prisão ou sendo preso. Ele tem razão: imitar Maomé, fundamentalmente, resulta em adotar uma vida criminosa. Você gostaria que um cara como esse influenciasse o seu filho? As políticas dos governos ocidentais, inclusive do Brasil, é de deixar mais figuras como essa entrarem e se criarem nos nossos países. Abra o olho. Seja pai do seu filho antes que um imã o adote.  (fonte)



Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.



No Jornal Nacional não há risco de terrorismo, só de "islamofobia"
A imprensa brasileira seguindo o rumo da imprensa internacional e a cobertando o islamismo. (fonte)

Senegaleses se reúnem para dia de agradecimento em Caxias do Sul
Enquanto que cristãos e ateus são perseguidos, presos e mortos nos países islâmicos, aqui nós abrimos as portas da islamização e celebramos o islão, mesmo dentro de igrejas. Esta foi a mesma abordagem seguida pela Europa, e veja no que deu: Sharia sendo implementada, bairros inteiros que viraram guetos islâmicos, estupro em massa de mulheres infiéis, a imprensa omitindo as notícias, e os patriotas que têm a coragem de reclamar são chamados de racistas, xenófobos e islamófobos ... alguns acabam sendo processados pelo próprio governo. Você acha que vai ser diferente no Brasil?
"90% dos senegaleses que imigraram para o Brasil são muçulmanos." Pergunta: por que estamos importando muçulmanos para dentro do Brasil? (Lembre-se, a maioria dos muçulmanos deseja que a Sharia seja a lei de onde eles vivem) (fonte)

Quadrilha que transformava sírios em cidadãos brasileiros é descoberta
As implicações disso são enormes. Para quem viaja, o passaporte brasileiro vai começar a ser mal-visto. Internamente, torna-se visível algo que já se desconfiava estar acontecendo. E fica a questão no ar ... esta quadrilha foi pega ... existem outras? (fonte)

video

Irã operando na América Latina ... e no Brasil?
Dois artigos sobre o assunto:
  1. O Irã está se apoderando da América Latina
  2. Chanceler argentino reconhece o Irã como responsável pelo atentado em Buenos Aires


Elin Krantz, apenas mais uma vítima, estuprada e morta no altar do multiculturalismo
Leia o artigo no link.

Gâmbia: mais um país a adotar a Sharia
O presidente da Gâmbia, Yahya Jammeh, declarou neste sábado que o seu país, anteriormente secular, é agora uma república islâmica (Sputinik News). O que acontece na Gâmbia é o que aconteceu recentemente nas Ilhas Maldivas, no Brunei e na Província de Aceh, na Indonésia: declararam-se islâmicos e adotaram a Sharia. O OPOSTO NÃO OCORRE. Aliás, ao longo dos 1400 anos de história do islão em apenas dois casos uma região governada pela Sharia deixou de sê-lo: a Península Ibérica e os Balcãs. E nestes casos, ao custo de muito sangue. Centenas de milhares de pessoas tiveram que morrer para se poder expulsar a submissão do islão e da Sharia. Trazer muçulmanos para o Brasil é ignorar a história e arrumar câncer para se tratar (não se trata de sarna para se coçar, não, é muito pior mesmo).

Dinamarca: polícia ocupada com "imigrantes" só investiga furtos de mais de 15 mil euros
A polícia está tão afogada com a ameaça da crise migratória e a ameaça do terrorismo, que está abandonando a população. Isto significa a erosão do "contrato social" entre os cidadãos e o estado, no qual os cidadãos pagam impostos e o estado garante a segurança. (fonte)

A Europa destrói a sua cultura para não ofender os muçulmanos. Ou seja, aceita o seu papel subserviente
(1) Escola na Itália proíbe comemorações natalícias, com o objetivo de não ofender alunos de outras culturas e religiões (advinha qual) (fonte)
(2) Escola italiana proíbe alunos de visitar mostra de arte sacra para não ofender os muçulmanos (fonte)

BBC evita termo "terrorista". Reino Unido reage com ira
A imprensa vai fazendo o seu papel de desinformação. Os dois maiores exemplos que eu conheço são a BBC, da Inglaterra, e a CBC, do Canadá. Ambas mantidas com dinheiro público, ambas tentando forjar a opinião pública como ovelhas mansas que se dirigem para o abate. (fonte)

A morte da Suécia: dois imigrantes (que rezam para Mecca) foram finalmente presos depois de estuprarem várias mulheres. Mas os ativistas de "justiça social" querem mais imigrantes
Os habitantes do local pediram as autoridades para não mandarem mais imigrantes. Aí, os grupos de ativistas de "justiça social" promoveram uma manifestação ... pedindo por mais imigrantes. (fonte)

EUA: Ex-detentos de Gantânamo voltam para a Jihad
Ibrahim al Qosi, tesoureiro de Bin Laden e ex-prisioneiro detido na prisão de Guantanamo, e que havia sido liberado pelo Obama, apareceu em um vídeo lançado pela Al-Qaida no Iêmen. O vídeo é intitulado "Guardiões da Sharia." Ibrahim al Qosi havia sido transferido para o Sudão em 2012.
Ouviu bem: guardiões da Sharia! (fonte)

Portugal: Exemplo de "Jihad Cultural"
"Os refugiados que forem acolhidos em Portugal terão direito a escolher serem atendidos por médicos de sexo diferente. A hipótese é apenas um dos cuidados explanados num guia de 112 páginas, de que o jornal i dá conta, elaborado pela Direcção-Geral de Saúde (DGS) para os profissionais de saúde.
O guia contempla a possibilidade de, por questões culturais e religiosas, mulheres refugiadas possam recusar serem atendidas por homens, mas também o inverso (homens evitarem o atendimento por parte de profissionais de saúde femininas). Mas este mesmo guia salienta vários cuidados a ter na hora de escolher, por exemplo, a dieta de um refugiado. O guia sugere que a carne de porco e seus derivados devem ser evitados." (fonte)

Portugal: jihadistas de Paris podem estar em Portugal
A Europa vai ter que rever esta sua política de fronteiras livres. Ela fazia sentido quando existiam poucos muçulmanos na Europa. (fonte)

Alemanha: Falta de qualificação dos refugiados os condena a viveram das "bolsas" do governo
(E este anos, foram "apenas" 1 milhão deles) Falando em uma entrevista à revista Zeit, professor Ludger Wößmann da Universidade de Munique disse que refugiados muçulmanos que vêm para a Alemanha tem uma fundamental falta de competências básicas. E experiências anteriores mostram que a maioria é incapaz de alcançar o mesmo nível que um alemão. (fonte, fonte)

Alemanha: 250 mil "refugiados" desapareceram
A conta é a seguinte. Entraram um pouco mais de 1 milhão. Agora, as autoridades dizem que cerca de 25% dos que entraram na Alemanha não se registraram nos centros de refugiados. Ou seja, sumiram. DUZENTOS E CINQUENTA MIL. Ninguém sabe onde estão, e mesmo se ainda estão na Alemanha. (fonte)

Alemanha: aumenta a procura de armas para defesa pessoal
A disparada de crimes violentos cometidos por migrantes foi corroborada por um relatório confidencial da polícia, vazado, que revela que um número recorde de 38.000 candidatos a asilo foram acusados de cometerem crimes no país em 2014. Analistas acreditam que esse número, que se traduz em mais de 100 crimes por dia, seja apenas uma fração do número verdadeiro: muitos crimes não são denunciados. (Gatestone Institute)

Fundador do Facebook oferece apoio aos muçulmanos
Pois é, Mark, algum apoio aos ex-muçulmanos presos pelo GOVERNO do Irã? Algum apoio aos ateus degolados pelo GOVERNO da Arábia Saudita? Algum apoio para os cristãos e indús presos pelo GOVERNO do Paquistão acusados de Blasfêmia contra o Islão ou contra Maomé? Algum apoio aos cristãos tendo suas igrejas destruídas pelo GOVERNO da Província de Aceh, na Indonésia?
O que estes governos têm em comum? Eles adotam a lei islâmica Sharia. (fonte)

Suécia: cartas do Estado Islâmico dão três dias para conversão ou degolamento
Dezenas de cidadãos suecos, moradores de várias cidades, tais como Estocolmo, Ronneba, Sigtuna e Vstroes, receberam cartas assinadas pelo Estado Islâmico oferecendo três escolhas: conversão ao islão, pagar o imposto da extorção jizia, ou morte por decapitação. O governo entrou em pânico sem saber como reagir a estas ameaças. A Suécia tem um problema sério com o islão. A cidade de Malmo se tornou um gueto islâmico, e a imigração desenfreada tornou Estocolmo a capital européia do estupro. O teor da carta (fonte):
Em nome de Alá, o misericordioso, cheio de graça. Você que não são crentes serão decapitados em três dias em sua própria casa; vamos bombardear seus cadáveres podres depois. Você deve escolher entre essas três opções: 1. converter ao islamismo. 2. Pagar as jizya [imposto religioso] para a proteção 3. Ou então, você será decapitado. A polícia não vai impedir ou salvá-lo de você ser assassinado. (A morte vem para todos vocês).
O fato é: se não existisse islamismo na Suécia isso não estaria acontecendo. Eles abriram as porteiras, e agora pagam pelo erro. E no Brasil, você acha que vai dar no que? Lembre-se que o objetivo final é a implementação da Sharia. Terrorismo é apenas uma tática. Se fazer de pacífico e se expalhar lentamente é outra.


Malásia: criada companhia aérea que impõem a Sharia sobre seus passageiros
Rayani Airlines diz que segue rigorosamente a lei islâmica. As regras incluem o hijab obrigatório para as aeromoças muçulmanas e um "uniforme decente" para as não muçulmanas. Orações vão ocorrer ao início de cada voo, álcool proibido e todas as refeições serão halal. (fonte)

Paris e Bruxelas: celebrações de Ano Novo reduzidas por medo do terror islâmico
Paris resolveu reduzir as celebrações drásticamente, ao passo que Bruxelas cancelou tudo.

Alemanha: estação de trem de Munique fechada por receio ao terror islâmico
Polícia evacuou estação central de Hauptbahnhof (folha).


Soldados de Alá ouvem um sermão antes de promovorem execução cruel
Interessante, não deveria ser o contrário, as pessoas saindo de um templo religioso pensando em fazer o bem aos outros? (fonte)

EUA: muçulmano corre atrás de vizinho empunhando uma espada, gritando "eu mataria e morreria por Alá"
Onde será que ele aprendeu isso? Será que este muçulmano está corrompendo o islão, ou teria sido o islão que o corrompeu? (fonte)

Figura mostra como o Estado Islâmico se expalhou pelo mundo em apenas dois anos
com vários outros grupos islâmicos tendo se juntado a ele, na África e no Sudeste Asiático. E isso sem falar nos adeptos espalhados no mundo, inclusive no Brasil. Tudo pelo Califado.
Mas lembre-se que terrorimo é apenas um dos modos de se atingir o objetivo final, que é o de ter a lei islâmica Sharia como a maior e indiscutível fonte de lei. O proselitismo islâmic (dawa) feito pacificamente tem o mesmo objetivo. Siga o dinheiro: os recusos vem primordialmente dos países do Golfo, notadamente da Arábia Saudita. (fonte)


Mais um vídeo mostrando uma execução covarde do Estado Islâmico
Execuções covardes, em praça pública, com citações do Alcorão antes e gritos de Allahu Akbar ao final. O objetivo é aterrorizar os inimigos de Alá (como feito por Maomé) e angariar simpatias junto aos psicopatas muçulmanos. O vídeo está no link (assista se você tem estômago).


Lyon, França: ataque terrorista descoberto à tempo!
Dois homens foram presos antes que pudessem levar à cabo ataque jihadista a alvos policiais e militares (fonte).

Nigéria: Boko Haram celebra Natal queimando vila e matando residentes
Este mais novo ato de louvor a Alá aconteceu na vila de Kimba, no Estado do Borno. Os jihadistas mataram 16 seres humanos, sequestrando outros 6, e queimando a vila inteira. (fonte)


Canadá: palavra de muçulmano vale mais que palavra de negro
Toronto, Canadá. Dois amigos negros, adolescentes, entram no metrô. Uma mulher, com hijab, entra e pisa no pé de um deles. Ele reclama. Ela diz que eles parecem macacos. Opa, não se chama negro de macaco. Eles começam a discutir. Ela chama o guarda do metrô que prende os dois negros, acusados de islamofobia. A imprensa caiu de pau em cima deles (mas escondendo o fato deles serem negros), para caracterizar mais um exemplo de islamofobia do Canadá (branco). Um deles recebe ameaças de morte. Agora, a versão, e a raça, das vítimas de verdade vem à tona. (fonte)
Taquia, vitimização, e a imprensa sempre promovendo a narrativa que muçulmanos são vítimas. Uma outra coisa que me chama a atenção neste caso é que muçulmanos têm a preferência, sempre, mesmo quando em oposição a negros.


Governo francês está para fechar de 100 a 160 mesquitas permanentemente nos próximos meses
Como parte de uma operação policial a nível nacional sob o estado de emergência, que permitirá o fechamento de lugares sob as seguintes razões:
- Pregação do radicalismo;
- Funcionamento sem a devida licença do governo francês; e
- Pregação do discurso takfiri (Os takfiris são muçulmanos que acusam os outros muçulmanos de serem apóstatas). (fonte)



Jihad contra o Natal
Leia o artigo todo no link.

Sultão do Brunei proíbe Natal
E quem o celebrar pode pegar 5 anos de cadeia. O Sultão Hassanal Bolkiah, disse que celebrar o Natal põe em risco a fé muçulmana (fonte). Ele apenas aplica as Condições de Umar, contidas na lei islâmica Sharia. 

Somália: Natal é banido por ser contrário à cultura islâmica
Esta é a tão afamada tolerância que o islão tem para com aquilo que não for considerado islâmico. Lembre-se disso. (fonte)

Tajiquistão: Celebrações natalinas banidas neste país "moderado"
A notícia diz que o governo baniu árvores de Natal, presentes, fogos de artifício, coleta de doações ... visando minimizar a influência ocidental no país. Interessante isso, pois o cristianismo é uma religião oriental. Pena de multa ou prisão. (fonte)

Egito: fatwa proíbe muçulmanos de desejar Feliz Natal ou Feliz Páscoa
Fazer isso é kufr. Muçulmanos podem felicitar cristãos na data do aniversário ou por casamentos (fonte).

Pessoas festejam o Natal, mesmo sob o risco de serem presas
Pessoas corajosas, cristãs e ou não, colocam fotos na mídia social ‪#‎MyTreedom‬ para desafiar a Sharia nos países islâmicos, que banem o Natal, sejam símbolos cristãos ou não. Se forem pegos, podem ir para o "xilindró de Alá." (Daily Mail)

Alemanha: cristãos atacados após celebração de Natal. Muçulmano grita "Eu sou muçulmano. O que são vocês?"
Isso aconteceu em Berlin após na madrugada do dia 25. Quatro homens foram atacados por outros quatro que se identificaram como muçulmanos. Os quatro sairam feridos, bem como um quinto que veio à ajuda deles. (Breibart)

Nigéria, 2011: Igreja atacada no Natal, 37 mortos, inclusive crianças
Este ato de louvor a Alá executado pelos jihadistas do Boko Haram ocorreu na Igreja de Santa Tereza, em Madalla, nos subúrbios da capital Abuja. Cinquenta e sete pessoas ficaram feridas.  (Mail)

Nigéria: mulher conta sobre seu cativeiro pelo Boko Haram
Mulher de 22 anos ficou 5 semanas em cativeiro, tendo sido resgatada pelo exército. Ela viu várias mulheres serem forçadas a se tornarem muçulmanas e a se casarem com o jihadistas. Ela também presenciou muitos cristãos se recusando a negar a sua fé e serem executados. Ela se recusou a se tornar muçulmana, tendo por isso apanhado muito. Mesmo assim, ela foi obrigada a se tornar esposa de um deles.  (Portas Abertas)

Uganda: pastor assassinado; membros de grupo de estudo bíblico envenenados
Vila de Nansolo, próximo a Mazuba. Um pastor foi morto quando ele e outros cristãos resistiram um esforço de um bando de muçulmanos de os expulsarem da sua propriedade de uma igreja pentecostal. O imã disse que ele não iria permitir que a igreja permanecesse no local pois estava atraindo muitos muçulmanos para ela. Na Vila de Kachomo, distrito de Budara, cinco cristãos, incluindo uma mulher grávida, todos ex-muçulmanos, se reuniam em segredo, na casa de Hajii Sajjabi, para estudarem a bíblia. Todos morreram ao comerem comida com pesticida. A polícia procura pelo filho de Hajii Sajjabi, que se opunha ao pai ter se tornado cristão. O imã da mesquita local já havia ameaçado Hajii Sajjabi  por estar distribuindo Bíblias aos muçulmanos. (Morning Star News)

Bangladesh: dois bispos recebem ameaças de morte
Mensagem de texto enviada por "islâmicos radicais" ameaçam Bejoy D'Cruze, bispo de Shylet, e Paul Panen Kubi, bispo de Mymenshing. Outros 6 membros da Associação Cristã de Bangladeh, incluindo o seu secretário-geral, Nirmal Rozario, também foram vítimas dos mesmos atos de intimidação. Desde outubro, 37 cristãos foram vítimas de ameaças (Asia News).


Autoridade Palestina põe na prisão jornalistas que a criticam
Um artigo escrito por Bassam Tawil discute o fato da Autoridade Palestina encarcerar jornalistas que a criticam, sem receber censura internacional.  "Os grupos de direitos humanos do Ocidente que costumeiramente condenam Israel pelas suas ações contra os palestinos, como de costume, não responderam a esse último ataque contra as liberdades públicas cometida pela AP. A repressão da AP contra a mídia não irá chamar a atenção da grande mídia no Ocidente: a história carece de um ângulo anti-Israel." (fonte)

Erdogan elogia onda de terror palestino como "luta nobre"
Maomé é o Apóstolo de Alá. Aqueles que o seguem são cruéis com os descrentes mas misericordiosos uns para com os outros (Alcorão 48:29) (fonte)

Autoridade Palestina constrói monumento celebrando terrorista que esfaqueou um casal com um bebê de 2 anos, matando duas pessoas; Monumento apaga Israel e mostra todo o país como a Palestina
No islão, quem mata infiél (káfir) é herói. A Autoridade Palestina construiu um monumento celebrando Muhannad Shafik Halabi, o homem que, armado com uma faca, atacou um casal de judeus religiosos com um bebê de colo na cidade de Jerusalém, no dia 3/10/2015. O terrorista feriu a criança de dois anos, a mulher e matou o marido, Aharon Banita Bennett (21) e o rabino Nehemia Lavi (41), que tentava ajudar a família. (fonte)

Celebrando um assassino como se fosse um herói

Matar pela causa de Alá e não por terra
Em carta póstuma, terrorista palestino deixa claro que ataques são motivados pelo islão e não por terras (fonte).


Bangladesh: muçulmanos detonam templo hindú, e atiram nas pessoas que fugiam
O soldados de Alá tem o sadismo de matar explodindo, e depois matar atirando. Allahu Akbar! (fonte)



Natal é algo que deixa os muçulmanos terrivelmente ultrajados
Leia mais na Jihad contra o Natal.

Turquia: Papai Noel malhado nas ruas, converte ao islão
Na já tradicional "malhação do Papai Noel" nas ruas, desta vez terminou com o bom velhinho se convertendo ao islão (Today's Zaman, 2015)

Ofender o islão e os muçulmanos provoca a Jihad
A esposa de um dos jihadistas que chacinaram pela causa de Alá, no Bataclan, em Paris, culpou as vítimas. Ela disse que os kufar (não muçulmanos) precisam parar de ofender o islão e os muçulmanos. Apenas assim haverá paz. A questão é definir o que constitui ofensa, pois segundo a ótima islâmica quem decide se algo é ofensivo ou não são os muçulmanos! PS. A esposa do jihadista está orgulhosa do trabalho do marido! (The Local) PS2. Na verdade, o que provoca a Jihad é a existência de não muçulmanos, como disse Maomé (através do seu alter-ego Alá): "Lute até que não exista mais "corrupção na terra" e toda a religião seja de Alá" (Alcorão, 8:39), bem como:
O Mensageiro de Alá disse: "Eu tenho sido ordenado para lutar contra as pessoas até que elas testemunhem  que não há deus senão Alá, que Maomé é o mensageiro de Alá, e eles rezem, e paguem o zakat." (Muslim,1:33) 
A primeira parte desta condição é a Shahada, ou profissão de fé no Islã. A violência é, assim, sancionada até que as vítimas abraçar a religião de Maomé.







2 comentários:

Fernando Lopes de Almeida Soares disse...

*

À pátria atraiçoa
quem facilita ou aceita
o Islã no Brasil?

- FLASh

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1690626237847043&id=100006990498330
http://infielatento.blogspot.com.br/2014/09/projeto-para-mega-mesquita-em-porto-alegre.html?m=1

.

Fernando Lopes de Almeida Soares disse...

*

Qual míticas cobras
fanático mundo islâmico
próprio rabo engole?

- FLASh

http://infielatento.blogspot.com.br/2016/01/arabia-saudita-executa-aiatola-xiita-e.html?m=1#comment-form

.