sábado, 5 de março de 2016

Atualizações em fevereiro de 2016

Veja o que entrou de novo no blog em fevereiro de 2016

Descrição gráfica do inferno: uma contribuição do islão para o mundo
A descrição gráfica do inferno é uma contribuição islâmica para o mundo.

Adunis Asbar, o maior poeta árabe, diz que islão não pode ser modernizado 
Ele disse sobre o Islã: “É um sistema totalitário. A religião dita tudo: como correr, como ir ao banheiro, quem se deve amar, etc...” Leia o artigo todo aqui.

Interessante, o próprio Alcorão infere que Jesus é Deus
O mais interessante é que o próprio Alcorão indica que Jesus é Deus ao definir sinônimos para Alá que Jesus havia usado para sí mesmo. Leia o artigo todo aqui.

O Tormento do Túmulo (al-barzakh)
O tormento do Túmulo é uma crença que leva os muçulmanos à loucura. Não existe certeza de salvação com Alá, exceto se o homem morrer durante uma jihad (matando os outros) ou se a mulher tiver feito o seu marido feliz (se submeter ao marido). Leia o artigo todo aqui.

A urina de Maomé e a urina de camelos são medicinais
Pois é. A urina de Maomé é medicinal. A urina de camelo é medicinal. Isso faz parte da Tradição de Maomé. A lógica é que se Maomé receitou beber urina, ele estava certo, e não tem discussão. E ... Maomé urinava agachado. Leia o artigo todo aqui.



Tratamento de ex-muçulmanos no "tolerante" Marrocos
O vídeo discute o emprego da palavra islamofobia, mas também discorre sobre como ex-muçulmanos são tratados no Marrocos, um país que muitos consideram como tolerante e moderado. E fala também sobre as restrições a cristãos e ateus. OK.


Sociedades islâmicas têm maior índice de estupros do mundo
Nem mesmo se vestindo em sacos as mulheres estão à salvo no mundo islâmico. Leia o artigo todo aqui.

O que é "Crime de Honra" e como ele difere de violência doméstica
"Crime de honra", ou "violência pela honra", é um termo que tem sido empregado cada vez mais, notadamento com a imigração muçulmana. Leia o artigo todo aqui

Direitos da Mulher sob a Sharia: algumas notícias sobre o assunto
1. Grã-Bretanha: Presidente da Mesquita de Birmingham, e prefeito eleito, culpa cristãos por abuso doméstico e nega que existe casamentos forçados de menininhas. (Breibart)
2. Grã-Bretanha: ministra da igualdade, Louise Casey, admite que funcionários públicos se procupam mais em parecerem politcamente corretos do que se posicionarem contra o casamento forçado de menininhas (Telegraph).
3. Síria: Zahra al-Azzo, menina de 16 anos, foi presa por ter sido estuprada. Ao sair, o seu irmão a matou, por ter perdido a virgindade fora do casamento. Seus pais aprovaram a sua morte (Frontpage).

Paquistão: "Meninas Cristãs Servem Apenas para Satisfazer os Desejos Sexuais dos Homens Muçulmanos"
"Cerca de 700 mulheres cristãs são sequestradas, violentadas e forçadas a se casarem a cada ano no Paquistão, ou seja, praticamente duas por dia e o mundo nada faz". — Wilson Chowdhry, ativista dos direitos humanos, citando a organização não-governamental muçulmana "Movimento de Solidariedade e Paz".
"Meninas cristãs são consideradas mercadorias que podem ser arruinadas ao bel prazer. Abusar delas é um direito. Isso de acordo com a mentalidade da comunidade não é sequer um crime. Os muçulmanos consideram-nas espólios de guerra". — Paquistão, residentes locais. (Gatestone Institute)

Paquistão: clérigos dizem que lei que protege as mulheres é anti-islâmica
A lei da “Proteção das mulheres contra a violência 2015” aprovada pela assembleia da cidade de Punjab, contradiz a lei sharia e os ensinamentos do Alcorão e da Suna. A lei torna crime a violência doméstica, tanto a violência física como a psicológica, e os crimes cibernéticos. Quem disse isso foi o Mufti Muhammad Naeeem, chefe do Jamia Binoria (instituto educacional islâmico). Ele chamou a decisão de “tragédia” e disse que os governantes são escravos do Ocidente, tendo esquecido os seus valores sociais. A violência contra a mulher foi criminalizada no Código Penal Paquistanês, uma lei federal (Geo TV)

Paquistão: Conselho da Ideologia Islâmica determina ser "anti-islâmico" uma mulher buscar o divórcio sem a permissão do marido
"Khula" é o direito da mulher em pedir o divórcio ... apenas se o homem concordar. Lembre-se deste fato da próxima vez que você ouvir um apologista islâmico dizer sobre como o Islã protege os direitos das mulheres (Tribune).

Irã: apresentadora de TV forçada a fugir do país para denunciar assédio sexual
Essa é mais uma notícia na série: A Falácia do "o véu islâmico protege a mulher." No Irã, as mulheres são acusadas de "comportamento ilícito" quando acusam homems de assédio ou estupro. (O Globo)

Síria: criança torturada, estuprada e desfigurada por sauditas
“Criança da Síria, torturada, violada, com o rosto desfigurado nas mãos de sauditas e de outros psicopatas e criminosos da revolução.” (fonte)

Suécia: somaliano estupra, mata, e continua estuprando
Em um crime que chocou em 2013, um somaliano "refugidado" atacou uma jovem sueca, arrastando-a e a estuprando até a morte. Mesmo morta, ele continuou estuprando o seu corpo morto, até ser pego em flagrante pela polícia. Em 2013, o número de estupros cresceu 16% em comparação com 2012, sendo 30% deles cometidos por menores de 15 anos (NRP). Muçulmanos aprendem que a mulher infiél é animal de caça, e muitos agem com se fossem predadores selvagens. Lembre-se, Maomé foi um estuprador.


Dinamarca: Imã pede ao governo que aceite casamentos de crianças entre os refugiados
O Imã Oussama El-Saadi, da mesquita Aarhus, na Dinamarca instou o governo dinamarquês a aceitar noivas-crianças como uma prática faz parte da cultura de muitos refugiados que chegam no país. Ele reclama do anúncio pela Dinamarca que esses casais serão separados pelo direito dinamarquês. O imã disse que as noivas criança devem ser olhadas de uma "perspectiva diferente." (RT)


Italiana, estuprada e morta, ao pegar carona para provar que maometanos são pacíficos
Em 2008, Giuseppina Pasqualino di Marineo, também conhecida como Pippa Baca, resolveu pegar carona, vestida de noiva, de Milão até Jerusalém para promover a paz no mundo. Ela foi morta em Gebze, Turquia: estuprada em grupo e depois morta (Corriere Della Sera). É verdade que uma mulher sozinha na estrada pode ser estuprada em qualquer lugar do mundo, mas o que ela fez foi suicídio.

Turquia: pai pode desejar filha, mas apenas depois dela ter 9 anos
A maior autoridade religiosa da Turquia, a Diyanet, emitiu um fatwa que causou polêmica. Ela estabelece que o pai pode desejar sexualmente a filha, mas apenas após ela completer 9 anos de idade (Speiza).

Vídeo evidencia o descontrole sexual trazido pelos "refugiados" para a Europa
À exemplo do taharrush, práticas sexuals nocivas, que incluem estupro de crianças, estão sendo trazidas pelos regufugiados.  copiado




Guiné: doutrinando crianças pobres para serem pedintes
A reportagem mostra vários jovens que vivem em escolas islâmicas e que, sob o pretexto de estarem a ter uma educação religiosa, são forçados a pedir esmolas nas ruas. O dinheiro vai depois para os seus guardiões religiosos, conhecidos como Marabout, que os mantêm presos (Sabado).

Ex-detento da prisão de Guantânamo se torna líder jihadista em vídeos
O Obama liberou os jijadistas. Este, em particular, Ibrahim al Qosi, prometeu que iria viver uma vida pacífica no Sudão. Há! Eis que ele retorna para a Al-Qaeda e para a Jihad, aparecendo em vídeos e indoutrinando os muçulmanos e os não muçulmanos de QI baixo (Fox News).

Grã-Bretanha: converter-se ao islão como dever de casa
Escola Les Beaucamp High School passou, como parte do dever de casa, que os alunos se revertam ao islamismo (Express).



Este vídeo é um trecho de um documentário sobre a escravidão praticada por muçulmanos, seguindo o exemplo de Maomé que era um escravocrata. Maomé foi um profeta branco com escravos negros. Os africanos negros precisam saber que eles vêm sendo escravizados em nome de Alá desde que o islão surgiu. Nunca existiu movimento abolicionaista no mundo islâmico, apenas a negação que a escravidão dos negros africanos tenha ocorrido. Esta negação permite que o comércio negreiro continue até os dias de hoje. Os negros ou se convertiam ou eram feitos escravos e eram levados sob grilhões para os mercados, enfrentando longas jornadas à pé, muitas vezes cruzando zonas desérticas. Os negros que resistiam (apenas um quinto daqueles que começavam a jornada) tinham como destino: mulheres eram escravas sexuais; os homens eram castrados. Isso explica a falta de negros no Oriente Médio: os negros não reproduziam.
done



Holanda: perseguição islâmica torna vida de refugiados gays em um inferno
No islamismo, homossexual bom é homossexual morto. Até mesmo na Europa (G1).

Berlim abre primeiro grande centro de refugiados gay da Alemanha
O abrigo tem espaço para mais de 120 pessoas, e foi feito para proteger requerentes de asilo homossexuais que vêm de países onde a sua orientação sexual "é considerada um crime." Mesmo na Alemanha ele tem sido vítimas de discriminação, com violência verbal e física. A associação de gays e lésbicas de Berlim e Brandenburg disse que recebeu 95 relatos de ataques contra imigrantes gays e lésbicas na capital e estado circundante de Brandeburgo entre agosto e dezembro de 2015 (The Local)

Halal - Boicote Halal 

Vídeo mostra sofrimento de ovelhas em abatedouro islâmico
Artigo do Olhar Animal.

Inglaterra: pizzaria agora só serve halal em área islamizada
Islamização representa a morte de todas as demais culturas, e apenas o que for de acordo com a lei islâmica é permitido (fonte).


Islamização do Brasil

BRF é condenada por terceirizar abate halal
Não sei ainda o que tirar desta informação, a não ser que a Brasil foods (BRF) está mesmo envolvida no abate halal. A BRF Foods terceirizou o abate halal (o que isso significa eu não sei) e foi multada por isso. BRF Foods foi formada pela união da Sadia e da Perdigão, e engloba a Sadia, Perdigão, Batavo, Elegê, Qualy, Claybon e Speedy Pollo. Abílio Diniz, (Chairman) e Claudio Galeazzi (CEO) (cntasul).

Primeiro empréstimo islâmico do Brasil irá engordar o gado
O Brasil Colônia ... portugueses ... ingleses ... americanos ... e agora os islâmicos ... mas estes últimos grupo não quer apenas dinheiro, quer a nossa submissão total à Sharia (Exame).

Representantes de países árabes visitam Sisfrom
Embaixadores de 17 países árabes e o ministro da Defesa, Aldo Rabelo, estiveram em Dourados, nesta sexta-feira (12), para visitarem o centro do Sistema de Monitoramento de Fronteira (Sisfron). O grupo foi conhecer a tecnologia e tentar acordos de cooperação (G1).

A ONU deseja mudanças no código penal brasileiro
Ela diz que ele "pune os imigrantes." Considerando que a ONU é hoje apenas um máscara da Organização da Cooperação Islâmica (OIC), torna-se claro a que tipo de imigrante ela se refere (Folha).

ONG britânica pressiona governo brasileiro para aceitar detentos de Guantanamo
Não queremos este lixo! (R7)
   

Alemanha: crise migratória, janeiro de 2016
Leia o resumo do que aconteceu no mês de janeiro neste artigo do Gatestone Institute.

Europol alerta: Estado Islâmico opera campos de treinamento dentro da Europa
(Sputinik) Imagine a situação:
1. Em torno de 75% dos refugiados muçulmanos são homens em idade militar (RefugeeWatch).
2. Estima-se que 600 mil refugiados muçulmanos desapareceram desde que eles entraram na Europa (Daily Mail).
3. Apenas 1 em cada 5 refugiados são sírios (Daily Mail).
4. Cristãos assírios refugiados reconhecem terroristas islâmicos vivendo em Frankfurt. Outros refugiados dizem que isso não é incomum (Sputnik).
E agora, Europa?

Alemanha: marroquinos se fazem passar por refugiados sírios 
A notícia diz que centenas deles fazem isso (fonte).

Alemanha: prefeito diz para meninas de 10 anos se cobrirem
Ao ser idagado pelo avô de uma menina de 10 anos que estava sendo assediada por "refugiados", o prefeito disse que as alunas tinham que aprender a se comportar.
done

Suécia: refugiados adultos se dizem serem adolescentes ou crianças
Na Europa, existe preferência para acolher refugiados que sejam menores de idade. Com isso, muitos adultos jogam fora os seus documentos e se dizem menores, mesmo com cara de adulto. A foto abaixo mostra um exemplo disso, Saad Alsaud, que diz ter 14 anos. Enquanto isso, a epidemia de estupros continua, sob a censura da imprensa. A que nível de insanidade a Europa chegou? (Examiner).

Saad Alsaud, que diz ter 14 anos, na Suécia
Suécia: "Imigrantes muçulmanos vão custar 14 vezes mais do que o orçamento de defesa do país"
A análise foi feita pela professora associado da Universidade de Estocolmo, professor Jan Tullberg (Breibart).

Noruega: "soldados de Alá" prometem vigiar ruas de Oslo, Drammen e Tønsberg
Muçulmanos, com a ajuda de mesquitas, estão formando grupos chamados de "Jundullaah", ou "soldados de Alá", para vigiar as ruas. Este grupo está sendo formado para combater um outro grupo chamado de "soldados de Odin", formado por noruegueses com o intuito de proteger as mulheres contra o assédio sexual e estupro por parte dos muçulmanos. Batalhas de rua à vista. A Noruega vai sentir os benefícios de ter uma população muçulmana crescente (Speiza). "Soldados de Odin Eskilstuna" juntaram-se aos "Soldados de Odin" na capital sueca Estocolmo para patrulhar a noite (Speiza).

Enquanto isso, os Soldados de Odin fazem a sua parte, protegendo as mulheres da Noruega (foto)


Grã-Bretanha: Lei islâmica governa prédio do governo 
Uma polêmica em Londres. Devido a uma obra no prédio do parlamento, os deputados britânicos iriam usar um salão no prédio do Ministério da Saúde para se reunirem. Mas lá, eles  não poderia beber pois, foi revelado, o prédio foi transferido para um investimento islâmico e a lei islâmica é aplicada nele. Ou seja, é proibido beber! (Daily Mail)

Grã-Bretanha: homem preso por postagem ofensiva aos refugiados
Imagina. Você mora em uma ilha com 6 mil habitantes. Naturalmente todos se conhecem. De repente, o seu governo decide que 7 mil famílias irão se mudar para lá, e que todos eles tem um padrão cultural, político, religioso, em resumo, tudo diferente! Agora, Cada família tem em média 4 pessoas, ou seja, são 7 mil vezes 4 ... 28 mil pessoas. Você, e todos os seus conhecidos, de uma hora para outra, se tornam minoria na sua própria terra. Isso é insanidade total! E você ainda é preso por reclamar disso! (Diário da Insurgência)

Brigitte Gabriel e o plano da Irmandade Muçulmana 
OK.

Canadá: refugiados sírios rejeitam casas
Famílias de refugiados estão recusando as casas que o governo canadense lhes oferece. Eles dizem que querem viver juntos e em torno de uma mesquita (CBC). Ou seja, eles querem criar "guetos islâmicos."

Canadá: refugiados oram "Destruam os inimigos do Islã, fortaleçam o mujahideen"
Na celebração do "Dia de Boas Vindas aos refugiados Sírios" (5 de fevereiro de 2016), a oração do Imã Shaban Sherif Mady, da Mesquita de Edmonton,  disse tudo. Leia o artigo e veja o vídeo.


Canadá: governo pune Sociedade Islâmica da América do Norte por ligações com o terrorismo internacional    
Em 2013, o governo canadense revogou o registro como"organização de caridade" da Sociedade Islâmica da América do Norte (ISNA) devido a sua ligação com a Jamaat e-Islami, um braço da Hizbul Mujahadeen, que luta pela substituição do governo da Índia por um governo que siga a Sharia. Com isso ela deixou de receber recursos oriundos da certificação Halal no Canadá. Agora, com o novo governo, sob a liderança do Primeiro Ministro Justin Trudeau, um islamista, espera-se que a ISNA retome a sua liberdade de operação. Na foto, mostra-se Justin Trudeau, então pré-candidato a líder do Partido Liberal, fazendo um discurso durante uma conferência da ISNA. (Toronto Sun)


Escócia: homem preso por reclamar da insanidade do governo
Uma ilha com 6 mil habitantes irá receber mil famílias. Considerando cada família tendo em média 4 pessoas, serão 28 mil "refugiados". Este homem, e todos os seus conhecidos, de uma hora para outra, se tornarão minoria na sua própria casa. Você não reclamaria disso? (fonte, fonte)

EUA: ex-detento de Guantanamo se torna líder jihadista após solto
Ser bomzinho com jihadistas achando que eles irão retibuir é a maior burrice da história. O Obama liberou os jijadistas da prisão de Guantanamo. Este, em particular, Ibrahim al Qosi, prometeu que iria viver uma vida pacífica no Sudão. Há! Eis que ele retorna para a Al-Qaeda e para a Jihad (Fox).

EUA: muçulmana diz "está claro que nós seremos a maioria"
Escolas em Nova Jérsei rejeitaram o pedido feito por muçulmanos para terem o dia do Eid al-Adha como feriado. O pedido foi rejeitado por não se ter tempo hábil para ser implantado (se aceito). Durante os debates uma muçulmana usou o microfone para dizer toda feliz "Alá seja louvado. Está claro esta noite que nós seremos a maioria muito em breve" ... como quem diz "aguarde, infiél, os seus dias estão contados." (fonte)

Portugal se diz disponível para receber mais 10 mil refugiados
A insanidade também se apoderou do governo português (Sapo).

Portugal: escritor diz que “O islão sente a nossa fraqueza”
O mundo islâmico adquiriu a consciência do declínio do Ocidente e está a tentar impor a sua lei, considerou o ensaísta Eduardo Lourenço num debate sobre o projeto europeu (Observador).

França: nova lei dificulta controle migratório
O parlamento francês aprovou uma lei que transforma o sistema de imigração francês. Ela pavimenta e facilita a entrada de imigrantes, e, sabe-se, a maioria deles deseja a implementação da Sharia na França (MídiaSemMáscara)

França deseja expulsar da UE países com liderança de Direita
O presidente Hollande quer que partidos com legitimidade deixem de existir só porque eles se opõem à sua politica anti-europeia e ainda sugere a expulsão de países da U.E. que são contra as suas politicas de abertura de fronteiras sem controle, e imigração muçulmana em massa sustentada por subsídios sociais. O que ele deseja tem um nome: autoritarismo (Sputnik).

Muçulmanos transformam as Nações Unidas em uma mesquita
Eles tentam transformar tudo em mesquita, tomando conta de tudo e não dando espaço algum para as outras religiões e para os ateus. A ONU é governada pela Organização da Cooperação Islâmica (OIC), um grupo de 57 países islâmicos que desejam a implementação da lei islâmica a nível mundial (Breibart).


Polônia: revista ilustra o estupro da Europa na sua capa
wSieci, uma revista da Polônia, mostra na capa o estupro da Europa Ocidental. Isso no mesmo dia em que foi desvendado um plano da Alemanha de receber mais 500 mil refugiados este ano, e forçar que eles sejam espalhados por toda a Europa.


Geert Wilders: "parar a migração islâmica imigração é uma questão de sobrevivência" 
"Em abril de 2015, o renomado centro de pesquisa e apartidário Pew Research Center publicou um relatório sobre o crescimento futuro das religiões do mundo. O conteúdo foi chocante. O relatório afirma que, se as tendências atuais continuarem, o Islã será quase igual ao Cristianismo em 2050. Enquanto a população mundial deverá aumentar em 35% até meados deste século, o Islã vai crescer com um escalonamento de 73%. O mundo vai se tornar um lugar mais perigoso. (Breibart)

Holanda: homem é preso por usar chapéu em forma de porco
A Holanda é um outro país "regressista" ... um homem foi preso por usar um chapéu com o formato de um porco durante uma manifestação pacífica em uma praça. Não havia nenhum muçulmano por perto. Mas a polícia prendeu o homem acusando-o de provocação (DI). Agora, imagina em breve as mulheres sendo presas por usarem uma cruz em um colar como bijuteria. A cruz é extremamente ofensiva aos muçulmanos.

Holanda: ouça a cultura promovida pelo centro cultural turco 
A cultura do centro cultural turco é a chamada à oração islâmica. Para os muçulmanos o islão é tudo, inclusive cultura! Este é o "enriquecimento cultural" que os políticos europeus estão empurrando goela abaixo do seu povo. Ouça neste vídeo no Live Leak.

França: padre que denunciou o islamismo foi preso pela polícia
Quem critica a barbárie do islamismo vai preso nos países islâmicos bem como na França (fonte).

Europa: serviços de segurança temem distúrbios (ou mesmo guerra civil)
Quem está dizendo isso:
  • Chefe do Serviço de Segurança da polícia da Noruega, Benedicte Bjørnland (Speisa)
  • Chefe das forças armadas da Noruega, Odin Johannessen (Speisa)
  • chefe das forças armadas da Suíça, Tenente General André Blattmann (Speisa)


EUA: assassinatos jihad na Carolina do Sul e no Michigan
Duas açõs quase simultâneas de jihadistas individuais. Em Coumbiana, Carolina do Sul, dois jihadistas mataram um policial antes de serem mortos em um Shopping Center (fonte). Em Kalamazoo, Michigan, um jihadista conseguiu assassinar 6 pessoas e ferir mortalmente uma sétima. O jihadista ainda está à solta (fonte).



Irã condena ativista Zeynab Jalalian por "lutar contra Alá"
Zeynab Jalalian, representa 2 coisas que a Ideologia Islâmica odeia:
1) é mulher e
2) é uma defensora dos direitos humanos.
"Um tribunal islâmico fez um breve julgamento, sem a devida diligência e representação legal adequada, durando apenas alguns minutos. Com base nisso, o Tribunal Islâmico alegou que Zeynab Jalalian pertencia a um partido político do Curdistão que era oposição ao governo, o PJAK, e acusou Zenayb de " lutar contra Alá" (mohareb) e deu-lhe a pena de morte. Quando foi condenada Zenayb não tinha qualquer advogado para defendê-la e mesmo assim foi acusada pelo Tribunal Islâmico que lhe disse: "Você é uma inimiga de Alá e você tem que ser enforcada muito em breve". Ela está na prisão a 8 anos esperando por sua execução. (fonte, fonte, fonte, fonte, fonte)


Perseguição aos Ateus

Suécia: ateu egípcio teme extradição
Ele chegou a queimao o Alcorão para provar o seu ateísmo


Nova lei saudita transforma ateismo em terrorismo
No islamismo, homossexual bom é homossexual morto (O Globo).


Parlamento Europeu chama crimes do Estado Islâmico contra os cristãos de genocídio
Este é um gesto simbólico, e irrelevante pois os principais países da Europa Ocidental, o Canadá de Justin Trudeau e os Estados Unidos de Obama não estão nem aí (Radio Vaticana).

Egito: túmulo dos cristãos coptas são usados como depósito de lixo
Padre Ayoub Yousef, da igreja copta de São Jorge na vila de Dalga, em Minya, denunciou que os cemitérios cristãos estão sendo usados como depósito de lixo, a tal ponto que as sepulturas não podem ser mais vistas. Profanar cemitérios de não-muçulmanos é algo comum no mundo islâmico (Raymond Ibrahim).

Paquistão: "Meninas Cristãs Servem Apenas para Satisfazer os Desejos Sexuais dos Homens Muçulmanos"
"Cerca de 700 mulheres cristãs são sequestradas, violentadas e forçadas a se casarem a cada ano no Paquistão, ou seja, praticamente duas por dia e o mundo nada faz". — Wilson Chowdhry, ativista dos direitos humanos, citando a organização não-governamental muçulmana "Movimento de Solidariedade e Paz".
"Meninas cristãs são consideradas mercadorias que podem ser arruinadas ao bel prazer. Abusar delas é um direito. Isso de acordo com a mentalidade da comunidade não é sequer um crime. Os muçulmanos consideram-nas espólios de guerra". — Paquistão, residentes locais. (Gatestone Institute)

Turquia: refugiados cristãos escondem identidade para sobreviverem
"O Gatestone Institute denunciou em um recente relatório que aproximadamente 45.000 refugiados cristãos que fugiram da Síria e do Iraque se sentem obrigados a esconder sua identidade religiosa na Turquia para que não sejam discriminados, enquanto esperam respostas aos seus pedidos de asilo. Cristãos armênios, siríacos e caldeus, que estão esperando respostas às solicitações de asilo nos Estados Unidos, Canadá e Áustria. Caso não sejam recebidos, poderiam permanecer na Turquia até 2023. O Gatestone Institute revelou o caso de Anonis Alis Salciyan, uma armênia que fugiu do Iraque em 2014 e atualmente mora na cidade de Yozgat. “Publicamente, fingimos que somos muçulmanos. Graças a ajuda de nossos familiares na Europa é que podemos seguir em frente."

Egito: Al Azhar promove discriminação dos cristãos
Advogado Ahmed 'Abdo Maher denunciou Al Azhar University. Ele disse: "Há um livro em Al Azhar que defende cortar o cabelo dos cristãos coptas, colocando uma placa em suas casas [de modo a que muçulmanos saibam onde os "infiéis" residem], e recusando-se a apertar as mãos com eles." (Raymond Ibrahim).

CRISTIANOFOBIA - ÁSIA
" Na Ásia Central, boa parte da perseguição religiosa gira em torno de ritos funerários. Os cemitérios são geralmente controlados por líderes religiosos locais, que se recusam a enterrar cristãos que se convertem do islamismo. As famílias dos convertidos fazem grande pressão para que eles retornem ao contexto muçulmano, para assim garantirem a sepultura de seus pais, irmãos e filhos.
Na zona rural do Egito, muitos tribunais locais dispensam muçulmanos e prendem cristãos pelo mesmo crime cometido por ambos. Além disso, quem segue o cristianismo perde seus direitos básicos como educação, saúde, emprego e até mesmo a documentação. No Turcomenistão, que é considerado um dos locais mais restritivos do mundo, não há liberdade de informação ou imprensa e os cristãos são altamente vigiados.
Isto acontece com a maioria dos países da Ásia Central que ainda contam com a desvantagem geográfica de se localizarem nas linhas de ataque. O Afeganistão, por exemplo, teve províncias tomadas por forças do Talibã que pretendem impor a lei sharia a todos os cidadãos. Não é fácil manter a fé nestes países e os cristãos não se sentem seguros nas igrejas, que normalmente são os focos dos ataques, preferindo assim viver um cristianismo secreto e marcando encontros clandestinos para conseguirem um tempo de comunhão com os irmãos. Interceda por eles." (Fonte: Portas Abertas | 27/01/2016)

Cristãos são mortos no Campo de Refugiados da França
"Cristãos são mortos no Campo de Refugiados da França, e até mesmo o pastor que enviou o email contando a situação dos cristãos dentro dos campos de refugiados foi assassinado pelos muçulmanos que também eram refugiados no campo Grande-Synthe da França.
A situação é preocupante, e segundo o pastor, todos os dias os cristãos são violados, mortos, roubados, estuprados e abusados pelos muçulmanos dentro dos campos de refugiados na Europa.
Segundo o pastor, um jovem cristão teve seu nariz quebrado, vários receberam facadas e se encontram feridos, outra depois de ser abusada foi assassinada e outro foi roubado ficando sem nada, somente com as roupas que usava....
Devido a isso, a Igreja alojou 12 deles em um hotel às custas da Igreja.
A situação dos cristãos no Campo de Refugiados Grande Synthe, na França, está se tornando crítica a cada dia, pois a máfia islâmica atua neste campo de refugiados recebendo vultosas quantias por tudo que o cristão precisa fazer no campo de refugiados, até mesmo para ir ao chuveiro tomar banho é cobrado uma "taxa de acesso" dos cristãos que se encontram no Campo de Refugiados de Grande Synthe." (christianophobie)

Alemanha, centros de asilo: imigrantes muçulmanos rasgam bíblias, assaltam cristãos, abusam sexualmente de mulheres e crianças, batem em gays
Um artigo sobre o abuso que cristãos, ateus, homossexuais sofrem dos muçulmanos nos alojamentos de refugiados (Tião Cazeiro).

Árabes cristãos estão sendo perseguidos por maioria islâmica, nos campos de refugiados
Mais informações sobre esta tendência da perseguição aos cristãos ocorrendo também na Europa (Diário da Insurgência).

Grã-Bretanha: mostrar cruz para muçulmanos agora dá cadeia
Os líderes desta passeata pelas ruas de Luton, na Inglaterra, um reduto islâmico, estão sendo processados pela polícia. Mostrar a cruz para muçulmanos dá cadeia no mundo islâmico ... e também na Inglaterra (IBTimesGospel Prime).


Paquistão: Conselho Islâmico (Ulema) deseja fortalecer lei da blasfêmia
Cristãos temem que um fortalecimento das leis que já levaram à violência. Entre 1987 e 2014, 166 cristãos foram condenados à morte acusados por insultar Maomé; outros 25 casos, em 2015 (AsiaNews).

Turquia bombardeia aldeia cristã no Iraque
Isso foi feito sob o pretexto de atacar terroristas curdos (fonte).

Egito: governo fecha 50 igrejas por "ameaça à segurança nacional"
Este número inclui 43 igrejas que haviam sido danificadas durante o governo da Irmandade Muçulmana, e que o novo havia prometido consertar. Agora, elas estão permanentemente fechadas (DI).

Egito: Estudantes cristãos serão julgados por insultar a religião muçulmana, por fazerem vídeo criticando o Estado Islâmico
"O vídeo, filmado por um professor, mostrava o rapaz 'que seria executado' recitando versos do Alcorão, enquanto os colegas faziam gestos com os braços como se fossem cortar sua cabeça. O trecho foi claramente uma piada sobre os frequentes vídeos de decapitações publicados pelo Estado Islâmico." De acordo com o editorial do veículo de comunicação, "somos constantemente informados de que o Estado Islâmico não tem nada a ver com o Islam - se esse fosse o caso, esses estudantes colegiais não seriam levados a julgamento". (DI)

Egito: Igreja de São Sérgio sob ameaças
A Igreja de São Sérgio foi construída sobre uma casa, cujo subsolo diz-se ter acomodado a Sagrada Família durante a sua fuga para o Egito.   



Sudão: dois pastores mantidos sob prisão 
Autoridades sudanesas têm vindo a manter presos dois líderes cristãos em um local desconhecido desde meados de Dezembro. Eles foram presos sem apresentação de qualquer queixa sobre eles. Os dois presos são pastores de duas igrejas evangélicas (World Watch Monitor).

Conflito sobre Hagia Sofia
Por um lado, o governo islamista de Erdogan está cada vez mais inclinado a reabrir a magnífica ex-catedral cristã como mesquita. Por outro lado, um parlamentar russo espera que o governo turco faça um gesto de boa-vontade e retorne a ex-catedral para o Patriarca Grego Ortodoxo (fonte).




Imã palestino conclama a "religião da paz" a esfaquear israelenses
Este foi um dentre os muitos sermões que motivaram a série de esfaqueamentos em Israel.
https://youtu.be/zJTFP0-XK4Y copiado


Cristiano Ronaldo faz propaganda para israelenses ... e muçulmanos ficaram danados
Ele fez um comercial para a empresa de telecomunicações HOT, chegando mesmo a falar hebreu. Muçulmanos e ativistas pró-palestinos estão agora criticando-o. Isso destrói o mito urbano da Internet de que Cristiano Ronaldo tinha se tornado muçulmano, pois se ele fosse muçulmano, ele nunca se misturaria com israelenses, principalmente em uma época na qual o maior prêmio para um muçulmano é esfaquear algum israelense. (fonte)

EUA: muçulmanas levantam suspeita ao fazerem perguntas à porta de sinagogas
Comunidades judáicas da Flórida estão em alerta após mulheres muçulmanas terem feito perguntas específicas sobre dia e horário das orações em frente à várias sinagogas (fonte). Isso pode ser apenas para "criar terror no coração do não muçulmano",  ou mesmo planejamento para atentados.


Punições Islâmicas (sob a lei islâmica)

Líbia: Estado Islâmico crucifica aqueles que rejeitam "reeducação"
Um grupo de pessoas que conseguiu fugir da cidade de Sirte (Líbia) – a qual foi invadida em fevereiro de 2015 pelo Estado Islâmico (ISIS) – denunciou que os jihadistas impuseram a sharia (lei muçulmana) e fazem crucificações e chicotadas publicamente às pessoas que não aceitam as suas leis ou cursos de “reeducação”. (acidigital)

Estado Islâmico vende na internet cabeças de vítimas decapitadas
“Coleccionadores” estão dispostos a pagar mais de 500 dólares por cada cabeça. O preço varia dependendo da cabeça ter pertencido a um ex-muçulmano ou cristão (Nosso Portugal).



Neymar banido da Arábia Saudita por ser cristão
Os Clérigos sauditas não gostaram de vê-lo fazendo propaganda para o McDonald's por ele ter se declarado cristão. Leia o artigo todo aqui.

Adolescente executado por ouvir música
O Estado Islâmico matou rapaz de 15 anos pelo crime de ouvir ouvir "música ocidental." Isso ocorreu em Mosul, cidade da província de Nínive, no noroeste do Iraque. Segundo a lei islâmica (Sharia), música é proibida (ARA).




Nenhum comentário: