sexta-feira, 3 de junho de 2016

Atualizações em abril de 2016


Veja o que entrou de novo no blog em abril de 2016

Para quem tem dificuldades em entender ou principalmente em aceitar o que é o Islã a "ex-muçulmana" Farrah Prudence explica quase sem insultar: https://youtu.be/VBfGZAapSOg



Ex-muçulmano é degolado e tem corpo crucificado
Fato de julho de 2015. Ihsan Ahmad As Saker, cometeu o crime de deixar o islão. Além disso, ele disse que o islamismo é uma religião falsa. Ele cometeu "rida" (desertar do islão)  e "blasfêmia contra Alá" e foi punido conforme o Alcorão 5:33. (Before it's News)


Marrocos: ex-muçulmano salafista conta a sua trajetória
Imad Iddine Habib, marroquino, foi perseguido pela sua própria familia. Ele "não conseguia entender por que ninguém debatia ou discutia a opinião dos especialistas e dos imames – de nós era esperado que seguisse cegamente. No Marrocos, o Islã é a religião do Estado, e o Estado considera a todos como muçulmanos"  (ex-muçulmanos).



Itália: Imã muçulmano ordena que uma italiana seja esquartejada por vestir biquini
Isso mesmo, na Itália! (fonte)

Canadá: Shafia, assassino de tres filhas e da primeira esposa, quer perdão pelo seu crime
Mohammad Shafia, empresário afegão no Canadá, fez um complô com sua segunda esposa Tooba Yahya e seu filho Hamed, para assassinar as suas 3 filhas, Zainab, 19; Sahar, 17; and Geeti, 13, porque elas eram "prostitutas" e "traidoras" e estavam desonhando a família. A sua primeira esposa, Rona Amir Mohammad, morreu por estar junto às filhas no momento do assassinato: o carro foi jogado em um lago e as 4 se afogaram. Eles foram condenados em 2012 a 25 anos de prisão. Agora, eles pedem redução da pena, alegando "preconceito cultural." Mas os advogados do governo estão revivando as gravações de conversas de Shafia com os seu cúmplices, no qual ele disse "Perdemos a nossa honra", "Não há valor da vida sem honra", "Mesmo que eles me enforquem, nada é mais querido para mim do que a minha honra", "Vou cortá-las em pedaços. Alá amaldiçoe a sua formatura. Que o diabo se sent em seus túmulos!", e "Mesmo que elas retornem à vida uma centena de vezes, se eu tiver um cutelo na minha mão eu vou cortá-las em pedaços." O advogado elega que "O derramamento de sangue é a maneira de purificar o nome da família na comunidade", ele disse ao tribunal. "É um ato esperado." O tribunal se reserva em rever o caso. (MacLeans)

EUA: dois ginecologistas sugerem "mutilação minimalista" do clítoris
"Segundo eles, intervenções que respeitem tradições culturais sem por em risco a saúde das mulheres deveriam ser permitidas." Tem muita gente que está disposto a sacrificar o direito dos outros para se sentir bonzinho e multiculturalista (ou, neste caso, talvez ganhar dinheiro pisando no direito das mulheres). (Marie Claire).

Índia: imã preso por molestar menina de 9 anos
Na região do Cachemir, região disputada entre a Índia e o Paquistão. (nyoooz

Irã amplia a polícia religiosa e endurece repressão contra mulheres 
O Irã lançou uma nova unidade da Polícia da Moral, composta por 7 mil guardas vestidos à paisana, para controlar ainda mais a maneira como as mulheres se vestem e se comportam pelas ruas. Ela irá reforçar a unidade policial dedicada a este fim, integrada por agentes do sexo feminino, que param e detêm iranianas cujo vestuário não esteja de acordo com os valores islâmicos (O Globo).

Irã: desenvolvido aplicativo para celular para avisar onde a Polícia Religiosa está atuando
A perseguição contras as mulheres nas ruas é tamanha, que elas são obrigadas a usar de tecnologia para evitar serem presas caso não se cubram islâmicamente (ilisp)

A questão do véu islâmico hijab
Ao "apresentar o véu como um ato anticolonialista, tal argumento leva a estigmatizar quem está lutando pelos direitos das mulheres ou leva a pensar que as pessoas de crenças diferentes nos países islâmicos são traidoras, e isso torna difícil para tais sociedades se desenvolverem como o ocidente se desenvolveu e ainda se desenvolve." Leia o artigo todo no blog Ex-Muçulmanos.

França: aeromoças se recusam a voar para o Irã
Elas não concordam em serem forçadas a usarem o véu, por ser um símbolo religioso e ser contrário a lei francesa. A Air France ameaça punir as aeromoças. Impondo a Sharia (Time).

Irão: polícia da moralidade em ação
prendendo as mulheres que não se vestem segundo a Sharia. Milhares são presas todas as semanas. Isso é a liberdade que o islamismo oference para as mulheres. (My Stealthy Freedom)

Doutrinação


De poeta a Jihad: A história de um americano Somali em Minnesota
Abdirizak Mohamed Warsame, 21, tinha tudo a seu favor - exceto a vontade de resistir a uma narrativa poderosa e raivosa. Warsame veio para os EUA quando tinha 10 meses de idade. Quando adolescente, ele estava expressando-se como poeta e desenvolvida talentos na arte e na música. Mas ele acabou sendo doutrinado através da Internet, e ele veio a concluir que, como um muçulmano devoto, ele deveria se juntar à jihad contra os infiéis. Ele se tornou o "emir", o líder de um grupo de recrutamento e incentivava outros jovens somalis para se juntarem a grupos terroristas islâmicos. Agora, ele está na cadeia. Outra vida destruída por causa do Islã. (Clarion, IBTimes)

Sermão em mesquita na Cisjordânia
Um "homem sagrado", um escolar muçulmano, realizando seu sermão, em uma mesquita na Cisjordânia (Palestina), mostra seu cinto-bomba-suicida e incita aos seus ouvintes, fiéis da mesquita, a fazerem o mesmo, chamando centenas para a morte e para matar o inimigo (=Israel, káfir) e libertar a Palestina. Isso é o que Israel enfrenta, e isso é o que o mundo enfrenta. Compartilhe, porque a mídia está dizendo uma história muito diferente.
https://youtu.be/M6FbcQA1Csc OK

Suécia: "exemplo de integração" se torna jihadista
Em 2005, Osama Krayem foi parte de um documentário que tentava mostrar o sucesso da integração dos muçulmanos na sociedade sueca. Agora, ele foi preso por seu involvimento nos atentados em Bruxelas (Act4America).

EUA: pais processam escola por tentar converter sua filha
Os pais estão processando uma escola no estado de Maryland, acusando-os de tentarem doutrinar a sua filha a se converter ao islão: o trabalho escolar mandava-a recitar a Shahada 3 vezes: "Não existe deus além de Alá, e Maomé é o seu profeta." Dizer a Shahada 3 vezes torna uma pessoa muçulmana (Infowars).


Vídeo de propaganda do Estado Islâmico mostra execuções de homossexuais
Jornalista denuncia ações do movimento gay contra críticos do jihadismo (Diário da Insurgência).

França: Comissários de bordo gays se recusam a trabalharem em vôos para o Irã
A Air France começou a voar para Teerã. (The Local). 
Islamização do Brasil

Liga Cristã Mundial denuncia conexão de Lula com CDIAL
A LIGA CRISTÃ MUNDIAL vem denunciar uma manobra escondida do Partido dos Trabalhadores (PT) em fomentar a islamização do Brasil. O ex-presidente Lula da Silva é amigo de Ahmad Ali Saifi, que é um dos chefões do CDIAL - CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO ISLÃ PARA A AMERICA LATINA. Esse senhor é a ponte entre a Arábia Saudita e os jihadistas que vem para o Brasil. Eles estão se espalhando pelo país e nada está sendo feito para impedir que os radicais islâmicos se difundam pelas terras brasileiras. isso está sendo feito sob os olhares complacentes das autoridades diplomáticas e policiais.
Diante disso convocamos a todos os cristãos brasileiros que participem das MANIFESTAÇÕES DO DIA 12 DE ABRIL como forma de denunciar essa proteção do LULA E DO PT contra a RELIGIÃO CRISTÃ. Temos que evitar isso e denunciar em todos os MEIOS DE COMUNICAÇÃO. Façamos isso antes que seja tarde. Vejam o seguinte perfil: https://www.facebook.com/pages/CDIAL-Centro-de-Divulgação-do-Islam-para-América-Latina/


A rivalidade Estado Islâmico x Hezbollah na América Latina (e no Brasil)
Artigo no J Post expõe a presença do Hezbollah na América Latina desde os anos 90, e sua presença na Venezuela e na Tríplice Fronteira (o que justifica o porquê de tantas mesquitas em Foz do Iguaçu, principalmente mesquitas xiitas). Em 2006, toda a tribo indígena Wayuu se converteu ao islamismo, adotando o nome de Hezbollah e consagrando o ato com uma tentativa fracassada de explodir a Embaixada dos EUA, em Caracas. Agora Dabiq, o site do ISIS, anunciou sua missão para converter os maias em Chiapas, no México e na fronteira com a Guatemala, mencionando também tribos na Amazônia. Na "Tríplice Fronteira", reina uma harmonia entre bandos ocupados com a lavagem de dinheiro, tráfico de pessoas e contrabando de drogas, armas e partes do corpo para transplantes de órgãos, além de tráfico de seres humanos. A chegada do ISIS, seria uma infiltração sunita no chamado "Hezbollahland" e isso poderia criar uma tempestade.


Mulher brasileira se junta a Jihad do Sexo na Síria
A Interpol investiga o desaparecimento da universitária paraense Karina Ailyn Raiol Barbosa, de 20 anos, estudante da Universidade Federal do Pará, em Belém. Ela saiu do Brasil por São Paulo, sem avisar a família. Segundo os parentes, ela teria sido aliciada para sair do país.  A jovem havia se convertido ao islamismo há cerca de dois anos, quando passou a freqüentar um curso de língua árabe na Universidade Federal do Pará (UFPA), onde estudava Jornalismo (Notícia ao Minuto).

'Fui andando para a escola e voltei de cadeira de rodas', diz vítima do Massacre (Jihad) de Realengo
Thayane Monteiro, uma das vítimas da jihad no Rio, narra o seu drama (Folha). O dia 4 de abril marca o aniversário do Massacre (Jihad) de Realengo.

Palestino preso com R$ 6,4 milhões
O palestino Ismael Mahmoud Solyman Abou Gazar, de 50 anos, foi preso nesta quarta-feira (30) com 17,5 milhões de bolívares, aproximadamente R$ 6,4 milhões, na BR-174, município de Pacaraima, região Norte de Roraima, segundo a Polícia Militar (PM). (G1)



Grã-Bretanha: Aliança Evangélica exorta os cristãos a se aproximar dos muçulmanos
Programa “Visite minha mesquita” ocorre neste final de semana. O “Visite Minha Mesquita” é promovido pelo Conselho Muçulmano da Grã-Bretanha. (Gospel Prime).

Aliança perigosa: ANAJURE faz parceria com grupos islâmicos
Em 30 de outubro de 2015, a ANAJURE (Associação Nacional de Juristas Evangélicos) estabeleceu parceria com FAMBRAS (Federação das Associações Muçulmanas no Brasil) em defesa da liberdade religiosa no Brasil, como se grupos muçulmanos conseguissem contribuir para a promoção da liberdade religiosa. (Julio Severo)


A lenta erosão da Grã-Bretanha
Foto de Bradford, cidade no norte da Inglaterra


Grã-Bretanha: promotor do termo "islamofobia" agora admite que "muçulmanos estão a criar nações dentro de nações"
Para Trevor Phillips, ex-comissário britânico para a igualdade e direitos humanos, não há qualquer dúvida: os seguidores do Islão têm valores muito diferentes do resto da sociedade e querem ter vidas separadas (Sapo, Breibart)

Grã-Bretanha: muçulmanos liberais pedem proibição do véu nos hospitais, NHS diz 'não'
O NHS é a sigla do INPS britânico. Enquanto que uma escritora muçulmana liberal advoga que não se deve aceitar o véu em hospitais, o NHS diz que suas regras permitem que as mulheres, sejam pacientes, médicas ou enfermeiras, se cubram. No Egito, o véu é proibido para médicas, enfermeiras e funcionárias (Daily Mail).

França: Partido Democrático Muçulmano
Em 2012, na França, surgiu o Partido Democrático Muçulmano, que, por exemplo, já obteve mais votos que o Partido Verde e vai apresentar um candidato à presidência da república francesa, segundo a mídia francesa, entre as bandeiras políticas dest partido encontra-se o ensino na língua árabe nas escolas, a defesa do sistema bancário islâmico, a obrigatoriedade da comida Halal nas escolas, a defesa do uso da burca em locais públicos e a defesa da poligamia (Ionline). Ter as palavras democrático e muçulmano juntas é a maior enganação do mundo.

Alemanha: gangues muçulmanas controlam o crime
O sub-mundo do crime em Berlin foi conquistado por gangues muçulmanas, que estão arregimentando imigrantes jovens e fortes (Breibart).

Alemanha: Merkel processa alemão por criticar Erdogan
A Chanceler da Alemanha, Merkel, a Louca, está aplicando a Sharia na Alemanha. Ela permitiu abrir processo contra um comediante alemão por ter criticado o líder turco (Califa) Erdogan (G1).

Alemanha: governo estuda aumentar gasolina para financiar refugiados 
Ministro das Finanças já teria conversado com a União Européia (Ansad).

Suécia: jornalista apedrejada em subúrbio de Estocolmo
A jornalista Valentina Xhaferi foi para o subúrbio de Estocolmo de Tensta para gravar um programa de televisão sobre o apedrejamento feito pelos muçulmanos. Mas uma vez lá, ela e o cinegrafista foram expulsos a pedradas pelos muçulmanos. Segundo eles nós cruzamos o limite e que estávamos em sua terra, diz Valentina Xhaferi, ao jornal sueco Expressen. A polícia sueca estima que há cerca de 55 " No Go Zones" como esta na Suécia (Speisa).

Suécia: crianças brincam de ISIS no jardim-de-infância
A ex-líder do partido social-democrata, Mona Sahlin, uma promotora da imigração maciça às custas do povo sueco, agora se diz preocupada. "Quando eu falo com um professor pré-escolar, que diz que as crianças no seu jardim de infância estão brincando de ISIS no recreio, ou quando ouço sobre jovens que se perguntam: "Você é sunita ou xiita", então isso muito mais longe do que eu pensava," (Speiza). No entanto, ela considera quem critica a política de imigração do governo de extremista (Expressen). A extremista, na verdade, é ela.


Dinamarca: cidadãos patrulham estreito com Suécia
Os integrantes da patrulha Nationell Framtid, são voluntários nacionalistas, que patrulham o estreito de Oresund entre a Dinamarca e a Suécia, em uma lancha e por iniciativa própria. Eles se autoproclamaram " os piratas caçadores de imigrante ilegais" e literalmente "caçam" barcos suspeitos contrabandeando imigrantes ilegais para a Suécia (Mail).

Como a Google comemorou o Ramadã e a Páscoa
Islamização. Comendo pelas beiradinhas lentamente, mas acelerando-se a queda com o passar do tempo.



Como os EUA encobriram o papel saudita no atentado terrorista de 11 de setembro
O jornalista investigativo Paul Sperry publicou um artigo no New York Post neste fim de semana doscutindo como os EUA encobriram o papel saudita no atentado terrorista de 11 de setembro de 2001. No artigo, Sperry menciona as diversas entrevistas com agnetes do serviço de inteligência dos EUA que afirmaram que "virtualmente todas as trilhas" relacionadas aos ataques de 11 de setembro convergem na embaixada da Arábia saudita em Washington, bem como o consulado da Arábia Saudita em Los Angeles. Mas os investigadores foram constantemente alertados, tando pela administração de George W. Bush como pela administração de Obama, a desistirem de perseguir essas ligações. (NYPost)

Australia: Extremista islâmico australiano faz um discurso de ódio pedindo 'exércitos de jihad' para conquistar a Europa e EUA
Ismail al-Wahwah fez o discurso na Conferência do Califado, em Ankara, capital da Turquia! Ele nasceu na Palestina e é o lider do Hizb ut-Tahrir da Austrália (Daily Mail). Eles circulam livremente sem serem presos.

Austrália: Detentos muçulmanos em penitenciaria de segurança máxima ameaçam decapitar prisioneiros e agentes de segurança
De acordo com o Daily Telegraph, pelo menos 30 membros de gangues islâmica que residem na cadeia se envolveram na guerra contra o "infiel" que se opôs suas ideologias religiosas (Daily Mail). As prisões tem se tornado em local de arregimentação de novos jihadistas. 

Áustria: patrulha islâmica em Viena
Pai é hospitalizado após apanhar de uma "patrulha da Sharia" depois que ele lhes disse para pararem de ameaçar sua esposa e filha por não estarem "devidamente vestidas." Também em Viena começam a surgir áreas proibidas (Daily Mail).


Espanha: planos de praias exclusivas para muçulmanas
Para quem ainda acha que o islão não segrega, que o islão é tolerante e multicultural, veja aí um exemplo, O partido de extrema-esquerda Podemos, que tenta atrair o voto muçulmano, pretende criar praias apenas para as muçulmanas, sem os homens, e sem as mulheres infiéis promíscuas de biquinis. Este mesmo partido deseja o cancelamento da tradicional celebração "Cristãos e Mouros", que festeja a vitória dos reis Isabela e Ferdinando sobre o último rei de Granada, Abu Abdil. O Podemos acha que a festa é uma provocação e um insulto aos muçulmanos (Yabiliadi). 

Itália: 90% de uma classe de 25 meninos de 13 anos se tornaria muçulmano se ameaçados pelo Estado Islâmico
O resultado aterrorizante desta enquete mostra o resultado da educação na Europa, que destitui das crianças qualquer senso de identidade cultural (sem dizer da religiosa). As crianças crescem com o sentido "do momento." Nenhuma motivação para lutar e defender o seu país, a sua terra, a sua cultura ou a sua família. Apenas 2 crianças disseram que se recusariam a se tornar muçulmanos, ambos oriundos de famílias católicas. Os Romanos tinham "pão e circo." Hoje temos "sexo e circo." Qual a diferença? (Gates of Vienna

Portugal recebeu 195 refugiados ... nenhum da Síria
Isso não é piada. Como também não é piada o governo brasileiro ter aberto a nossa porteira do modo mais traiçoeiro possível. (Notícias ao Minuto)

China: Grupos religiosos devem obedecer ao Partido Comunista
Governo chinês diz que há ameaça terrorista por extremistas islâmicos. Com Xi Jinping no poder, China adotou linha mais dura com religiões (G1).


Estado Islâmico presente também na Somália
Um novo grupo terrorista na Somália prometeu fidelidade ao Estado Islâmico. O grupo se chama "Jabha East Africa" (A Frente Leste-Africana). Agora a Somália tem dois grupos de pios seguidores de Maomé. O outro é o al-Shabaab. Outros vassalos importantes do ISIS inclui os grupos Abu Sayyaf nas Filipinas e Ansar Bayt al-Maqdis no Sinai egípcio. (Clarion)

Jihad, Tipos de Jihad

Jihad Cultural

Estado Islâmico destrói "Portal de Deus" em Nineve
A estrutura tinha mais de 2 mil anos, também conhecida como Portal de Mashqi (UPI)  

Vídeos educativos no Catar apresentam as invasões islâmicas como atos gloriosos
Um desses vídeos narra “a conquista” de al-Andalus, que era “a fim de espalhar a luz do Islã”. Em um outro, descreve a conquista de Belgrado, “a cidade fortificada que era o orgulho da Europa.” (Ecoando a Voz dos Mártires). Segue abaixo o vídeo: http://www.memritv.org/clip/en/5446.htm  e  https://youtu.be/YP7OgnKCtcY




Jihad da Vitimização 

Bélgica: muçulmanos acusam "extrema-direita" de ataque que eles mesmos cometeram
Um vídeo que se tornou viral com a acusação de que militantes da extrema direita européia eram os responsáveis pelo ataque a uma mulher muçulmana em Molenbeek, em Bruxelas, após os atentados terroristas islâmicos. Mas as investigações da polícia Belga e da União Européia descobriram que o agressor da mulher muçulmana era um muçulmano (Jihadwatch).

Liberdade de Expressão e Blasfêmia - Exemplos

Bangladesh: Guerra contra a liberdade de expressão

Niloy Neel - blogueiro secular (2015)
Oyasiqur Rhaman - Critico da religião e ateu (2015)
Hussein Ali Sarkar - converteu-se ao cristianismo (2016)

Shafiul Islam - Religioso Hindu (2016)
Jogeshwar Dasa Dhikari - Religioso Hindu (2016)
Nazimuddin Samad - Bloguerio Liberal (2016)

Ananta Bijoy Das - Blogueiro sobre Ciência e Lógica (2016)
Xulhaz Mannan - Editor de revista sobre direitos dos gays (2016)
Faisal Arefin Dipan - Editor e produtor de livros sobre temas seculares (2015)

Tanay Majumder - ator teatral e homossexual (2016)
Rezaul Karim Siddique - Professor e promotor da música (2016)
Avijit Roy - Ateu e Autor (2015)

Pessoas assassinadas pela Religião da Paz nos últimos dois anos


Paquistão: clérigo preso por guardar 3 kalashnikovs na sua mesquita
Ele foi preso junto a outros 54 fiéis. Vários outros armamentos foram apreendidos na operação policial. O clérigo foi posteriormente solto sob fiança (Dawn).

Muçulmanos desejam Sharia -Exemplos

Grã-Bretanha: 23% dos muçulmanos desejam ter a Sharia como forma de governo
Pesquisa do Canal 4. Muito embora 88% digam que a Grã-Bretanha é um bom lugar para se viver como muçulmano, o significado do que "viver como muçulmano" é o problema (Sky News):
  • 23% apoiam a introdução da sharia em áreas muçulmanas da Grã-Bretanha.
  • 39% concordam que "esposas devem sempre obedecer a seus maridos" (5% para a população em geral).
  • 52% acham que a homossexualidade deve ser ilegal, em comparação com 5% do país como um todo. Apenas 18% dos muçulmanos concordam que deve ser legal.
  • 47% acreditam que é inaceitável para uma pessoa gay ser um professor (14% para a população em geral).
  • 35% dizem que os judeus têm demasiado poder na Grã-Bretanha (5% da população geral).
  • apenas 34% iria dizer à polícia se eles soubessem de alguém que estava se envolvendo com o terrorismo na Síria.
Trevor Phillips  foi presidente da  Comissão de Direitos Humanos e Igualdade, que ajudou a popularizar o termo "islamofobia" no Reino Unido, em 1997. Agora, à luz desta evidência, ele re-avaliou sua posição (Clarion, Daily Mail):
"Por um longo tempo, eu também achava que os muçulmanos da Europa se tornariam como as ondas anteriores de migrantes, abandonando gradualmente as suas formas ancestrais, religiosas e culturais, e se misturando gradualmente na paisagem da identidade diversa da Grã-Bretanha", ele escreveu no The Times. "Eu deveria ter me inteirado melhor." 
"A integração dos muçulmanos da Grã-Bretanha será, provavelmente, a tarefa mais difícil que já enfrentamos. Ela vai exigir o abandono do multiculturalismo água-com-açucar, ainda tão amado por muitos, e a adopção de uma abordagem muito mais muscular para a integração."
Bélgica: 90% dos adolescentes muçulmanos de Molenbeek e Shaerbeek consideram jihadistas do Estado Islâmico como heróis
Eles dizem estarem dispostos a morrerem pelos mesmos ideais que os propagados pelo Estado Islâmico (NYTimes).

O Globo faz matéria sobre a preferência dos muçulmanos pela lei islâmica no mundo islâmico
A reportagem menciona o Pew Research, cujos dados também utilizamos. A falha do artigo dizer que os mais jovens preferem a laicidade (O Globo).


Grã-Bretanha: Muçulmanos rezando no jardim da Abadia de Westminster
Provocação e afirmação da supremacia da Sharia. O britânico que fez este vídeo foi quase preso. Vídeo de 2012.
https://youtu.be/0-Zzace1pac OK

Brunei inicia segundo estágio da implantação total da Sharia
Segundo o Portas Abertas, no Brunei, o Evangelho é totalmente proibido (EVM).

Perseguição aos Ateus

Bangladesh: mais um ateu morto por promover ateísmo
Nazimuddin Samad, 28 anos, foi morto por 3 motoqueiros quando andava nas ruas da capital, Dacca, com um amigo. Ele foi morto por seu ateísmo explícito. Ele criticava o islamismo e promovia o secularismo em seu blog. Os assassinos gritaram o tradicional "Allahu Akbar" ou "Alá é o Maior." (Houston).

Bangladesh: outro ateu morto, desta vez um professor universitário
O professor universitário de inglês, Rezaul Karim Siddique, um ateu, foi assassinado na rua, tendo o seu pescoço sido quase totalmente cortado fora. O Estado islâmico assumiu a autoria de mais este atentado. “Quando você se defrontar com descrentes, ataque o seu pescoço …” (Alcorão 47:4). (Guardian)

Turquia: muçulmanos moderados querem ver os ateus mortos
Muçulmanos turcos dizendo que adorariam matar ateus, e que eles não são humanos (cf. Alcorão 98:51).
OK. https://youtu.be/K29wSu-imYE


Síria: cristãos serão usados como escudos humanos
O Estado Islâmico proibiu que os últimos cristãos e armênios que vivem em Raqqa (Síria) abandonem a cidade. Segundo o RBSS (Raqqa is Being Silently Slaughered), o Estado Islâmico proibiu a saída das poucas famílias cristãs e armênias com a intenção de usá-los como escudos humanos ou reféns ante o avanço do exército sírio, que, após Palmira,  pretende reconquistar Raqqa (AC Digital). 

Refugiados cristãos acossados por muçulmanos em asilos alemães pensam em voltar ao Oriente Médio
Nos campos de asilados, os cristãos são “ameaçados de morte e tratados como animais pelos muçulmanos. Com grande preocupação e vergonha, soubemos que os migrantes cristãos procedentes da Síria, da Eritreia e de outros países, ficam expostos a ultrajes, perseguições e violência por parte de seus colegas muçulmanos em nossos campos de prófugos”, escreveu o monge Daniel ao ministro responsável da acolhida. Os casos, infelizmente, “não são raros e a violência vai até ameaças de morte e feridas graves.” As vítimas são sobretudo “os ex-muçulmanos que se converteram ao cristianismo”, porque são considerados “apóstatas, pessoas que já não têm direito a viver”,  escreveu o superior do mosteiro ortodoxo de São Jorge, a 100 quilômetros de Berlim, Daniel Irbits. (As Cruzadas).

Turquia: governo confisca seis igrejas
O governo turco conficou seis igrejas localizadas no sudoeste do país, sob o pretexto de necessitar reconstruir o centro da cidade de Diyarbakir. Mas nenhuma mesquita foi confiscada. As igrejas, muitas delas construídas antes da criação do islão, eram administradas por fundações cristãs. As seis igrejas, agora sob o controle do estado, são a Igreja Ortodoxa Siríaca da Virgem Maria, a Igreja Católida Caldeu de São Sarkis, a Igreja Protestante de Diyarbakir, a Igreja Apostólica Armênia de São Giragos, uma igreja católica armênia, e a Igreja Católica Caldeu de Mar Petyun. Segundo o Pastor Ahmet Guvener, "o governo não tomou se apoderou destas igrejas para protegê-las, mas apenas para as adquirir." (WorldWatch Monitor).
A Igreja Apostólica Armênia de São Giragos é o maior templo cristão armênio no Oriente Médio, e foi reformada e reaberta como templo recentemente, tendo inclusive abrigado o batismo de armênios que haviam crescido como muçulmanos (WorldWatch Monitor).
Mas, enquanto que o governo turco fecha igrejas na Turquia, ele financia a construção de mesquitas nos EUA (Gatestone).

Igreja Ortodoxa Siríaca da Virgem Maria, de 1700 anos de idade

Indonésia: cristã de 60 anos açoitada por vender bebida alcólica
Mostre isso para quem diz que a Indonésia é um exemplo de país muçulmano moderado. Uma mulher de 60 anos, cristã, foi presa por vender bebida alcólica, e condenada a 28 açoites com uma vara de cana-de-rattan (fonte).


Áustria: igrejas ameaçadas por conversão em massa de muçulmanos
Um total de 33% de novos católicos são de ex-muçulmanos, número que aumentou em 83% este ano. Ameaças têm sido dirigidas aos novos cristãos bem como às igrejas. "A Áustria era um lugar seguro para os convertidos, mas isso mudou devido ao forte movimento de migração. Em bairros de refugiados isso é muito perigoso", diz o Bispo Dostal (Christian Daily).

Grécia: Papa se encontra com marido de "mártir cristã"
O marido é muçulmano e está na Ilha de Lesbos. A sua esposa foi morta pelo Estado Islâmico por ter se recusado a se converter para o islamismo (Sky News)



Alemanha: aumenta o número de judeus que deixam o país
Crescimento do islamismo e dos grupos nazistas são as causas (IBT).

Israel: Terrorista viu Maomé em um sonho: "mate os judeus" 
Após o sonho ela se tornou uma muçulmana mais religiosa e começou a planejar se explodir, mas acabou apenas esfaqueando uma mulher em Jerusalém, quase matando-a se não fosse a intervenção de transeuntes (ynetnews).

Palestino quiz ser "mártir" por causa das 72 virgens
Essa foi a sua justificativa teológica para sair atacando os outros com um facão (WorldTribune).
Na teologia muçulmana, mártires são aqueles que morrem ao tentarem implementar o caminho de Alá, e eles são dadas expiação imediata para todos os seus pecados com a primeira gota de seu sangue. "Mártirs" também são libertados das tribulações da sepultura, uma coroa de honra é colocada sobre as suas cabeças, e casam-se como 72 virgens do Paraíso conhecidas como Hoor al-Ayn. Eles podem trazer 70 dos seus familiares junto com eles no Paraíso. De acordo com a tradição, no paraíso cada homem terá apenas uma esposa, enquanto os justos irão ter duas esposas, e "mártires" terão 72 porque eles entram no Paraíso, sem qualquer pecado em suas almas.

Celebrando a morte dos judeus (Ué, mas os judeus pertencem ao Povo do Livro?)
A cartunista palestina Omayya Juha comemorou o ataque terrorista de 18 de abril contra um ônibus de Jerusalém, desenhando rapidamente uma charge destacando uma palestina festejando o ataque terrorista, uivando e distribuindo doces.

                                                                                                                  


"REFORMADOR do Islã - muçulmano MODERADO" Tariq Ramadan defende os ataques de Bruxelas
Ele disse "A política externa europeia e norte-americanas são as responsáveis por isto. Vocês têm causado a guerra e a morte em nossos países, agora você vão sofrer as consequências." (Frontpage). Ameaça velada. Submeta-se e você não será morto


Jogo de futebol na Arábia Saudita paralizado por que corte de cabelo do goleiro (negro) contrariava a Sharia 
Corte de cabelo estilo Mohawk é anti-islâmico. O islamismo é a religião da tolerância e do amor kkkkkkkkkkkk (JPost).




Nenhum comentário: