sábado, 11 de junho de 2016

O Papa Francisco e o Grã-Imame da Al-Azhar


Dr. Bill Warner, do Centro de Estudos do Islão Político, fez um comentário e gravou um vídeo sobre o encontro do Papa Francisco com o Grão-Imame da Mesquita e Universidade Al-Azhar. Na ocasião, eu havia escrito um artigo no qual eu sugeria o que o Papa Francisco deveria pedir ao Grão-Imame da Universidade Al-Azhar. Bem, Dr. Warner também faz comentários muito oportunos.

Se você desejar compartilhar apenas o vídeo, ele está neste link: https://youtu.be/1yuql2v3m90

O Papa e o Imame



Papa Francisco encontrou-se com um imã de alto nível, a fim de espalhar a paz e a co-existência. O Papa está disposto a ignorar 1400 anos de jihad contra os cristãos para falar sobre a paz. Mas a paz no Islã só vem após a submissão. Co-existência no Islã vem quando o cáfir (o não muçulmano) torna-se um dhimmi e aceita a lei da Sharia.

O último papa a falar sobre a história da violência islâmica contra os cristãos levou os muçulmanos a promoverem quebra-quebra e a matarem.

Este Papa diz que o problema é o terrorismo, e não a jihad. Ele também usa a frase falsa "o verdadeiro Islã", como se jihad não fosse o verdadeiro Islã. A tão abusada palavra "extremista" ​​é usada para separar a doutrina do Islã da realidade dos acontecimentos atuais e da história.

O imã falou a única palavra da verdade: "Não devemos tratar os muçulmanos como uma ameaça terrorista." Os muçulmanos não são a ameaça; a ameaça é a doutrina do islamismo político.

O Papa também trouxe migrantes muçulmanos para casa , e não refugiados cristãos sofrendo a perseguição islâmica. O Papa, os cristãos e toda a gente, ignoram o sofrimento dos cristãos.

O Papa não é diferente dos protestantes e judeus ignorantes. A ignorância é o problema, a ignorância da natureza política do Islã.



3 comentários:

paulo disse...

Os comunistas verdadeiros e os ativistas do ateismo em aliança com Jair Messias Bolsonaro salvarão o Brasil www.comunistasverdadeiros.tk

Anônimo disse...

Como?

Anônimo disse...

Que diabos... Comunistas?