domingo, 5 de junho de 2016

Perseguição aos cristãos pelo islamismo - Exemplos - Parte 2


Alguns eventos relacionados a perseguição a qual os cristãos são submetidos sob o islamismo estão elencados abaixo. Esta é a Parte 2. A Parte 1, com exemplos até dezembro de 2015, se encontra neste link.

Porque os cristãos são perseguidos? 
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Entenda sobre a perseguição milenar aos cristãos coptas

Declaração Universal dos Direitos Humanos, Artigo XVIII:
Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular.
 -x-x-x-

Atualização em setembro de 2016

Sauditas prendem e deportam 27 cristãos devido a "realização de orações cristãs"
Autoridades sauditas da temida "polícia religiosa" prenderam 27 cristãos-entre eles várias mulheres e crianças em pelo crime de "realização de orações cristãs" e estar "da posse de Bíblias", relata a mídia árabe. Os cristãos, a maioria libaneses, estavam celebrando a festa da Virgem Maria quando as autoridades invadiram sua residência e os prenderam. Eles foram deportados para o Líbano. (Raymond IbrahimLebanonsyrianews)

Indonésia: jihadistas atacam 200 católicos durante missa e põe o padre para correr
Isso aconteceu na Igreja de São Pedro, em Purwosari, próximo a Sukarta, na Ilha de Java. (Asia News)

Itália: Muçulmanos cospem sobre hóstia consagrada e quebram crucifixo em igrejas de Veneza
Um jovem magrebino entrou no último dia 12 de julho na igreja de São Jeremias e se pendurou em um crucifixo, do qual quebrou o braço. Este acontecimento faz parte de uma série de ataques cometidos nas igrejas católicas de Veneza: no último domingo, o pároco da igreja de ‘San Zulian’ (Veneza), Massimiliano D’Antiga, denunciou a profanação que ocorreu recentemente na sua capela. (acidigital)

Sudão: Quatro cristãos levados a julgamento por denunciarem a perseguição aos cristãos
A acusação alegou que os quatro cristãos usaram vídeos falsos de genocídio e assassinatos de civis, incêndio de aldeias e perseguição dos cristãos. Eles foram ainda acusados de deliberadamente tentar manchar a imagem do governo sudanês por meio da divulgação de informações falsas. (Christians in Pakistan)

Paquistanês no Brasil conta como é viver sob perseguição
'A perseguição destrói tudo dentro de você' (BBC)

Paquistão: Campanha de professor cristão contra o ódio preganda na escola resulta na exigência dele se converter ao Islã ou morrer!
Nas últimas semanas, o governo do Paquistão propôs alterações ao currículo escolar, que agora torna a aprendizagem do Alcorão e orações islâmicas obrigatória. No entanto, alguns dos professores zelotes da escola começaram a usar a oportunidade destas novas diretivas de aprendizagem para ensinar ódio em relação a crianças de minorias, especialmente os cristãos. Clérigos que ensinam o Alcorão começaram a usar termos como "kafir" (infiel) e afirmando que os cristãos apoiam os judeus e são espiões dos EUA. Um professor cristão, Musa Atique (43 anos), levantou a questão, mas ele foi agredido fisicamente e chamado de "Choora" (vassoura suja). O clérigo, Muhammed Akhbar, ameaçou matá-lo se ele continuasse a falar contra o "ato sagrado de pregar a verdade sobre os cristãos perversos." Após este incidente, muitos dos estudantes começaram a perturbá-lo e a cuspirem no chão sempre que ele passava por eles. Também lhe foi dito que ele deve converter ao Islã ou encarar a morte. Suas queixas para a polícia e para as autoridades educacionais têm sido infrutíferas (britishpakistanichristians).

Paquistão: menino de 16 anos preso por foto plantada no seu Facebook
Nabeel Masih é um jovem 16 anos de idade que, depois de uma discussão sobre a religião, recebeu um post no seu Facebook, compartilhado por outra pessoa, uma blasfêmia contra o Islã. Ele foi preso e teve uma confissão extraída sob tortura, e a postagem deletada. Ele foi preso sob a seção 295 e 295 / A do Código Penal do Paquistão, que acarreta uma sentença de morte. Sua família teve de fugir da aldeia e ameaças foram feitas contra toda a comunidade cristã local (britishpakistanichristians).

Espanha: julgamento do capitão que jogou espancou pastou e jogou cristãos ao mar durante tempestade
Os promotores afirmam que o capitão e seu ajudante, ambos dos Camarões, assassinaram seis passageiros que eles transportavam em um barco que cruzava o Mar Mediterrâneo, do Marrocos para a Espanha, porque eles eram cristãos. A acusação se baseia no testemunho de outros 29 passageiros. O capitão, um muçulmano identificado nos documentos judiciais como Alain N. B, culpou os cristãos pelo mar revolto devido a uma tempestade. Ele e seu ajudante disseram que o tempo estava pior por causa da oração dos cristãos. Eles usaram pranchas de madeira para bater no pastor nigeriano, ferindo-o gravimente antes de jogá-lo ao mar. Depois disso, testemunhas afirmam eles procuraram outros passageiros que tivessem amuletos ou símbolos cristãos escondidos sob suas roupas, atacando-os e jogando-os para fora do barco. O promotor pediu seis termos separados de 15 anos por assassinato com o agravante da "motivação religiosa", no valor de uma sentença de 90 anos. (Telegraph)

Atualização em agosto de 2016

Lista de eventos ocorridos no mês de abril "Cristãos inúteis, tratados como animais"
Compilados por Raymond Ibrahim (Gatestone Institute).

A Tradição Turca de Assassinar Cristãos (lista de eventos)
Na Turquia são as "pessoas comuns" que matam ou atacam cristãos, depois o judiciário ou o sistema político, de alguma forma, encontra uma maneira de permitir que os criminosos se safem sem que sejam responsabilizados pelos seus atos. A maioria desses crimes não aparece na mídia internacional e a Turquia nunca é responsabilizada. (Gatestone Institute)

Iraque: bispo diz "cristãos sentem que ninguém se interessa por eles"
A verdade é que eles estão esquecidos sim. Warduni, ex-bispo caldeu de Bagdá, relata que os cristãos perderam tudo, foram expulsos, e não tem futuro. Eles continuam sem ajuda dos governos do Ocidente, sem acesso a visto, e até mesmo passando fome. (Christianity Today)

Síria: cristãos em Alepo sob sítio dos rebeldes apoiados pelos EUA
Os cristãos que se encontram nas áreas ocupadas pelos rebeldes (apoiados pelo EUA de Obama) além de estarem sob os horrores da guerra civil, ainda são perseguidos por serem cristãos. O Padre Ibrahim Alsabbagh disse que sob as áreas ocupadas pelo governo sírio, os cristãos, pelo menos, têm liberdade de culto (Militant Church).

Bélgica: padre esfaqueado por refugiado após ajudá-lo
No domingo, um homem bateu na porta do Padre Jos Vanderlee, de 65 anos, pedindo asilo. O padre o recebeu e ele pediu para tomar um banho. Ao sair, ele pediu dinheiro e esfaqueou o padre. (Militant Church)

Egito: bispo copta diz que cristãos são atacados a cada dois dias
Em entrevista reveladora, o Bispo Makarious, de al-Minya, diz que ele teme que elementos do governo podem retaliar se os cristãos reclamarem abertamente. O Bispo reclama da imprensa que procura caracterizar com conflitos, o que sugere dois lados em disputa, quando na verdade um lado (muçulmanos) ataca o outro (cristãos). Sobre isso, ele diz "Dentro de minutos [do início de um dos ataques], 100 muçulmanos apareceram instantaneamente, totalmente armados, como se estivessem prontos para a guerra." O Bispo também disse que os agressores muçulmanos nunca são punidos. A polícia apenas aparece depois que o estrago tenha sido feito, nunca à tempo de evitá-lo. Mesmo quando presos, os agressores muçulmanos acabam sendo soltos em seguida. Esta impunidade incentiva novos ataques (Raymond Ibrahim).

Nigéria: novo líder do Boko Haram promete perseguir cristãos e poupar os muçulmanos
Ele promete continuar atacando as igrejas, mas irá parar de atacar mesquitas (Yahoo).

Holanda: adolescen grita em parque "Ó, Alá, extermine os cristãos"
Vídeo gravado, na cidade de Verviers, mostra o menino rezando "Ó Alá, erradique os terríveis cristãos. Ó Alá, mate-os todos. Não deixe que um único deles sobreviva." Isso não é nada demais, apenas o que está contido no Alcorão e é recitado nas mesquitas e madrassas. (Friatider). Vídeo no MEMRI TV: http://www.memritv.org/clip/en/5604.htm

Paquistão: cristã surdo-muda forçada a se converter, escapa cativeiro e agora vive sob ameaças
Asma Masih foi seqüestrada cerca de cinco meses atrás, e forçada a converter por seu sequestrador depois de ser obrigada a se casar com ele. Os pais dela alegam que ela foi levada por seu vizinho Ghulam Hussain, que goza de um status influente na localidade. Ela conseguiu fugir, e agora, está sendo ameaçada de morte. (Christians in Pakistan)

Estado Islâmico: jihadista ex-cristão ameaça: todos os cristãos devem morrer
Um jihadista original da Trindade e Tobago deu uma entrevista para a Revista Dabiq, do Estado Islâmico. A sua resposta à pergunta "que mensagem você gostaria de dirigir aos cristãos?" ele disse: "Para os cristãos que eu digo, você sabe que você se desviou dos verdadeiros ensinamentos de Abraão, Moisés e Jesus. Seu livro foi corrompido há muito tempo por seus líderes. Siga o mensageiro final, Maomé, pois fazendo assim você vai estar seguindo todos os profetas. Se você se recusar, em seguida, oferecemos-lhe a opção de pagar jizya e viver sob a autoridade do Islã na humilhação. Se você se recusar, então a única coisa entre você e nós é a espada. (Daily Express)

França: exército francês protege o Santuário de Lourdes contra ataques jihadistas
O exército francês sendo obrigado a protegem um santuário cristão dentro do seu próprio país.
Esta imagem traduz bem o resultado da islamização de um país. Nada será o mesmo na França. (Express)


França: muçulmanos vandalizam igreja e deixam foto do assassino de Nice no altar
Na Igreja de St. George em Vivonne, em 27 ou 28 de julho, durante a missa para a alma do padre Hamel (degolado por jihadistas), o pároco disse aos fiéis presentes que o Sacrário tinha sido roubado e no seu lugar fora colocado uma foto do terrorista Nice, o islamita Mohamed Lahouaiej Bouhlel. Os vândalos foram presos e serão examinados por uma junta médica para diagnostica "problemas mentais." (Christianophobie)

Sudão: líderes cristãos em fase de julgamento
Veja o caso de Hassam e Kuwa, dois líderes cristãos. O crime deles é denunciar a perseguição que o governo (repito, o GOVERNO) sudanês promove contra os cristãos ... seguindo a Sharia. (EVM)

Atualização em julho de 2016


Síria: jihadista-bomba, vestido como um padre, deixa três mortos em ataque a líder cristão
O jihadista-bomba 'disfarçado como um padre' matou três pessoas. Ele estava tentando matar o chefe da Igreja Ortodoxa Síria, Patriarca Inácio Aphrem II. Na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria. (Express)

Líbano: Milícia de mulheres cristãs promete enviar jihadistas “direto pro inferno”
Após série de ataques suicidas, população quer se defender (Gospel Prime)

Estado Islâmico apresenta os "onze mandamentos" que cristãos devem seguir
Eles seguem diretamente das Condições de Umar, consolidadas na lei islâmica Sharia.(Portal Padom)

Paquistão: cristão de Lahore tem seus braços decepados por se recusar a se tornar muçulmano
Aqeel Masih, que trabalhava em um posto de gasolina, foi sequestrado por islamistas. Eles aplicaram o Alcorão 5:33 que manda cortar os membros de quem recusa Alá e o seu profeta Maomé (fdp).  (Christianitytoday)

França: jihadistas degolam padre, e ferem mortalmente freiras dentro de uma igreja em Saint-Etienne
Dois jihadistas invadiram uma Igreja durante a Missa Matinal na cidade de Rouen, na Normandia, e degolaram o padre Jacques Hamel que fazia a celebração. O padre tinha 84 anos. Os jihadistas entraram na Igreja gritando "Daesh" (Estado Islâmico) e "Jihad." Eles filmaram a degloa e ainda fizeram um sermão em árabe. Os dois terroristas acabaram sendo mortos pela polícia. A jihad foi assumida pelo Estado Islâmico (Mirror). Um vídeo emergeu no qual os jihadistas confirmam estarem planejando o atentado.

Refugiados cristãos são ameaçados de morte por muçulmanos na Alemanha
O Cardeal Marx, presidente da Conferência Episcopal Alemã e o Bispo Heinrich Bedford-Strohm, chefe da Igreja Protestante Evangélica na Alemanha (EKD), se uniram para condenar os ataques contra cristãos e contra outras minorias religiosas nos campos de refugiados. Refugiados cristãos tem enfrentado discriminação e até mesmo ameaças de morte nas mãos de muçulmanos (Gospel Prime).

Atualização em junho de 2016


Dhimmi, Dhimmitude, Jizya. A humilhante vida de um não muçulmano regido pela lei islâmica (Sharia)
Leia o artigo todo no link.

Nigéria: multidão de muçulmanos ensandecidos degolam uma mulher em um mercado público
Eles a acusaram dela ter ofendido Maomé durante uma discussão com um cliente. Ela era vendedora neste mercado, na província de Kano. A Nigéria não se defronta apenas com o Boko Haram. Existem outros grupos, como os Furlani, um grupo (muçulmano) que tem roubado fazendas de proprietários cristãos e promete ampliar a sua ação no sul da Nigéria, região predominantemente cristã (Vanguard). A Open Doors traz mais detalhes, em português, sobre o assassinato desta mulher cristão.

EUA: em maio, apenas 0,2% dos refugiados são cristãos
No mês de maio, foram admitidos 1037 refugiados sírios no Estados Unidos, sendo que nesse meio há "apenas" 1035 muçulmanos sunitas (99,8%) e os outros dois são cristãos (0,2%). Desde que o conflito na Síria começou os EUA recebeu 95,1% muçulmanos sunitas, e apenas 1,3% cristãos (CNS).

Turquia: relocar os armênios em 1915 foi uma decisão correta
Líder do partido de oposição da Turquia afirma que as deportações forçadas dos armênios em 1915 e 1916 pelos turcos-otomanos foi uma decisão correta. Ele diz que os armênios apenas foram relocados. A negação do Genocídio dos Armênios é algo ensinado nas escolas turcas. É difícil encontrar turcos que reconheçam o crime que embasa a Turquia moderna. Este é uma opinião que une os partidos políticos turcos, seja governo ou oposição.  (Aypoupen)

Alemanha: perseguição aos refugiados cristãos
Este artigo condensa a perseguição que cristãos sofrem às mãos dos muçulmanos nos alojamentos de refugiados. (Gatestone Institute).

Turquia: Jihadista taca fogo na porta de igreja ortodoxa em Istanbul 
É possível ouvir os seus gritos de Allahu Akbar (ou Alá é maior ... que o seu Deus). Isso aconteceu em junho de 2015 (cihan).
https://youtu.be/p629VhZ4PiI OK

Paquistão: polícia invade igreja e tortura o padre
O policial disse que o padre não podia falar sobre Jesus como Deus. Dentro da Igreja! A polícia paquistanesa é notória por distratar a minorias (Christiansinpakistan).

Paquistão: Mulher cristã estuprada como represália por um cristão ter fugido com uma mulher muçulmana
O irmão da mulher fugiu com uma muçulmana casada. Quatro muçulmanos falaram com a polícia e foram até a casa, onde eles arrastaram a mulher, na frente dos filhos pequenos e a estupraram. A irmã da mulher foi a polícia dar queixa, mas ela foi presa (Christiansinpakistan).

Síria: jihadistas cortam a garganta de um cristão e zombam da sua esposa
Os jihadistas disseram para ela ... "O seu Jesus não veio para salvá-lo de nós."  (Christiansinpakistan).

África: diversos eventos de violência contra cristãos
Nos últimos dias, na África Negra, aconteceram diversos crimes cujo motivo é o mesmo que levou o governo do paquistão a prender Asia Bibi, o mesmo que levou o governo do Irã a prender ex-muçulmanos, e o mesmo que levou o governo do Arábia Saudita a degolar gays. Que doença mental será esta, cujo dignóstico deve ser escondido?
- Cristã morta no leste de Uganda após discussão religiosa com os muçulmanos (morningstarnews)
- Muçulmano no leste de Uganda mata esposa por ela deixar o Islã, parentes dizem (morningstarnews)
Uganda. Um casal de muçulmanos incendiou a casa de seu filho no leste de Uganda, depois de saber que o rapaz abandonou o islamismo e se tornou cristão (Gospeln)
- Bando muçulmano mata cristã no estado de Níger, Nigéria por causa de um comentário "blasfemo" no Facebook (morningstarnews)
- Bando muçulmano no norte da Nigéria mata esposa de um pastor sob acusação de 'blasfêmia' (morningstarnews)
- Pastores Muçulmanos Fulan, na Nigéria, matam três cristãos, atacam outros com facões (morningstarnews)
Egito: ataque contra defensores dos Direitos Humanos atinge ativista cristão (morningstarnews)

Nigéria: parlamento estuda dar mais força a Sharia
O parlamento nigeriano está considerando algumas emendas na Constituição, para as questões envolvidas na Corte de Apelação da Sharia que, dentro da estrutura jurídica do país, vem depois da Suprema Corte. Se as emendas forem aprovadas, podem prejudicar os cristãos e as demais minorias religiosas, pois não há garantia de que as penas não serão aplicadas para aqueles que não querem ser julgados em tribunais onde a sharia prevalece. (Portas Abertas)

Nigéria: as duas faces da mesma nação 
Um texto sobre a Nigéria. Um país divido entre um norte islâmico e um sul cristão. Você preferiria morar onde? (Portas Abertas)

República Centro Africana: porque os cristãos revidam?
"Em março de 2013, rebeldes muçulmanos, conhecidos como Selekas, derrubaram o então presidente da República Centro Africana, François Bozizé. Os abusos e assassinatos cometidos quando eles estavam no poder levaram à criação de milícias cristãs, conhecidas como “anti-balakas”" (R7)
A pergunta fundamental é a seguinte: por que os muçulmanos da República Centro Africana sairam matando os cristãos? Resposta: porque é isso que o Alcorão manda fazer, e foi isso que Maomé fez.

Egito: cristãos atacados e casas incendiadas por causa do rumor da construção de uma igreja
No mundo islâmico, qualquer fofoca é motivo suficiente para levar muçulmanos a criarem confusão, destruição de propriedade e ferir ou matar não muçulmanos. As fofocas podem ser "os cristãos irão construir (ou consertar) uma igreja, ou "um hindú está conversando com uma menina muçulmana", ou "aquele ateu escreveu no seu blog que Maomé fez sexo com uma menina de nova anos."
Este comportamento não muda, pois a teologia que o provoca não muda. Ele se torna aparente à medida que cresce a população muçulmana de um país. (CT)

Italia: grafite "Allahu Akbar" na Igreja de São Petrônio 
Em Bolonha.  Esta igreja contém um afresco mostrando Maomé sendo condenado ao inferno (segundo A Divina Comédia, de Dante) (Reppublica).


Líbano: igreja atingida por bombas múltiplas vezes
(ABCYouTubeYouTube) 

Atualização em maio de 2016

Relatório da AIS sobre perseguição 2013-15 em português
Este relatório foi preparado pela Fundação AIS, sobre a perseguição que os cristãos sofrem a nível global, sendo maior algoz, claro, o islamismo. Clique aqui para acesso ao documento em pdf: Perseguidos e Esquecidos?.

Dezenove de maio é a data que relembra o genocídio dos 'gregos pônticos' pelos turcos otomanos 
Centenas de milhares de gregos foram mortos pelos turcos otomanos por meio de extermínios massivos, marchas da morte e deportações. (Blasting News)

Nigéria: terroristas muçulmanos arrasam aldeias cristãs: 700 mortos
"Membros da etnia Fulani, na maioria criadores de gado, são muçulmanos radicais. Eles mataram mais de 700 nigerianos nos últimos 10 meses." Eu não concordo com a manchete desta notícia. Esses criminosos não são terroristas muçulmanos, mas sim fiéis seguidores de Maomé (Gospel Prime). 

Nigéria: assassinato 
"O assassinato de Nimbus foi anunciado, planejado e executado por grupos muçulmanos (da etnia Fulani, a exemplo do caso acima) sem inibições, em plena luz do dia", disse o arcebispo Godfrey Igwebuike Onah, Bispo de Nsukka. O massacre se deu no estado de Enugu, no sudeste da Nigéria, e resultou na morte de 20 pessoas, nas primeiras horas de 25 de abril, na cidade de Nimbus em Uzo-Uwani área do governo local. "O que todos nós, queremos saber, é o motivo pelo qual as forças de segurança efetuaram uma “retirada tática” pouco antes do ataque e por que, quando retornaram ao local do massacre, não houve nenhuma tentativa de perseguir e deter os autores”. (Agência Fides)

Nigéria: cristãos são o principal alvo do Boko Haram
De acordo com os relatórios do Portas Abertas, os EUA ainda relutam em reconhecer os ataques do Boko Haram como parte de uma “jihad global” e o argumento de pobreza continua a ser a justificativa que mais se destaca quando eles analisam a situação do norte da Nigéria. Contudo,  os cristãos são separados dos muçulmanos para serem executados, sejam eles adultos, idosos, jovens ou crianças. O critério é totalmente religioso. (Ecoando a Voz dos Mártires).

EUA: "Meu sonho é degolar alguém"
Autoridades federais prenderam um homem em Michigan, e apoiador do Estado Islâmico, que estava planejando levar a cabo um ataque contra uma igreja de 6.000 membros em Detroit. Khalil Abu-Rayyan (foto), de 21 anos de idade, de Dearborn Heights, alegou "Eu comprei um monte de balas. Eu pratiquei recarga e descarga." Abu-Rayyan  disse, "se eu não posso fazer a jihad no Oriente Médio, eu faria meu jihad por aqui." Ele, portanto, havia se armado com uma faca e disse o agente secreto, "É o meu sonho decapitar alguém." (Count on 2)

Bangladesh: freiras alvo de assaltos e agressões físicas 
Freiras católicas foram atacadas em duas ocasiões distintas. Nas primeiras horas da manhã de 7 de fevereiro, cerca de 15 homens mascarados, armados invadiram a Igreja Católica do Sagrado Coração, e o convento das Irmãs Catequistas do Imaculado Coração de Maria, em Chuadanga. Eles vandalizaram a capela do convento, profanaram a Eucaristia, bateram em uma freira ao redor, e saqueada mais de US $ 8.000, bem como outros objetos de valor.  (Persecution). Alguns dias depois, em Tumilia, 12 homens invadiram a Casa de Auxílio à Maternidade Santa Maria, uma clínica-hospital católica fundada em 1933, e roubaram,alguns itens. De acordo com Theophil Nokrek, secretário da Comissão Episcopal Justiça e Paz, os dois ataques recentes "não são incidentes isolados. Alguns grupos estão tentando prejudicar a nossa comunidade cristã." (AsiaNews).

Uganda: cristã estuprada e espancada por seguidores de imã
Muçulmanos batem e estupram mulher cristã que denunciou o imane que assassinou o seu pai (Christian Post).

Albaneses muçulmanos urinam dentro da igreja Templo de Cristo Salvador, em Pristina, capital de Kosovo
O pior é que a polícia viu os mijões em ação e não fez nada. Vários santuários cristãos em Kosovo são sistematicamente atacados de algum modo, mas esta em particular tem sido o alvo preferido, sendo que ninguém nunca foi preso (inSerbia).

Quênia: al-Shabab mata 4 cristãos
Um deles foi degolado. O ataque ocorreu em uma Vila na costa sul do país, local predominantemente cristão (Morning Star News).

Alemanha: ONGs denunciam assédio a refugiados cristãos em asilos alemães: 40 mil sendo perseguidos
Cinco organizações cristãs apresentaram pesquisa com 231 refugiados, a maioria convertidos. O estudo revelou que a grande maioria (88%) foi assediada por outros refugiados (muçulmanos) desses centros por motivos religiosos, e a metade (49%) também se sentiu perseguida pelo pessoal de segurança dos albergues (muçulmanos) (G1Ecoando a Voz dos Mártires). Mas, segundo Volker Baumann, da Ação para Cristãos Perseguidos, a situação é muito maior do que 231 migrantes, afirmando que até 40.000 cristãos são perseguidos por sua fé na Alemanha, de acordo com pesquisa do grupo (Breitbart).

Alemanha: politicamente correto põe em risco segurança dos refugiados cristãos
Cristãos tem sido perseguidos de diversas formas por muçulmanos no refúgios alemães. Contudo, Thomas Sternberg, presidente do grupo Comitê Central dos Católicos Alemães, e deputado da Angela Merkel, a Louca, diz que separar os refugiados por religião mandaria um sinal errado para o mundo que os dois grupos não podem conviver. Ou seja, para ele se que se danem os cristãos se for para preservar a sua ideologia politicamente correta. (Del Welt)

Síria: cristãos sírios clamam por Dia Internacional de Oração por seu país
Desespero e sentimento de se estar abandonado. O pior, é que eles estão mesmo abandonados (Guiame).

Egito: Idosa cristã tem as roupas rasgadas e é carregada nua pelas ruas por muçulmanos
Grupo de 300 homens atacou uma aldeia cristã copta no sul do país, destruindo casas, depois de boatos de que um morador do local estaria se relacionando com uma mulher da religião islâmica. Quem pagou o pato foi uma mulher de 70 anos de idade. A polícia não interveio. (Veja). 



Atualização em abril de 2016


Síria: cristãos serão usados como escudos humanos
O Estado Islâmico proibiu que os últimos cristãos e armênios que vivem em Raqqa (Síria) abandonem a cidade. Segundo o RBSS (Raqqa is Being Silently Slaughered), o Estado Islâmico proibiu a saída das poucas famílias cristãs e armênias com a intenção de usá-los como escudos humanos ou reféns ante o avanço do exército sírio, que, após Palmira,  pretende reconquistar Raqqa (AC Digital). 

Refugiados cristãos acossados por muçulmanos em asilos alemães pensam em voltar ao Oriente Médio
Nos campos de asilados, os cristãos são “ameaçados de morte e tratados como animais pelos muçulmanos. Com grande preocupação e vergonha, soubemos que os migrantes cristãos procedentes da Síria, da Eritreia e de outros países, ficam expostos a ultrajes, perseguições e violência por parte de seus colegas muçulmanos em nossos campos de prófugos”, escreveu o monge Daniel ao ministro responsável da acolhida. Os casos, infelizmente, “não são raros e a violência vai até ameaças de morte e feridas graves.” As vítimas são sobretudo “os ex-muçulmanos que se converteram ao cristianismo”, porque são considerados “apóstatas, pessoas que já não têm direito a viver”,  escreveu o superior do mosteiro ortodoxo de São Jorge, a 100 quilômetros de Berlim, Daniel Irbits. (As Cruzadas).

Turquia: governo confisca seis igrejas
O governo turco conficou seis igrejas localizadas no sudoeste do país, sob o pretexto de necessitar reconstruir o centro da cidade de Diyarbakir. Mas nenhuma mesquita foi confiscada. As igrejas, muitas delas construídas antes da criação do islão, eram administradas por fundações cristãs. As seis igrejas, agora sob o controle do estado, são a Igreja Ortodoxa Siríaca da Virgem Maria, a Igreja Católida Caldeu de São Sarkis, a Igreja Protestante de Diyarbakir, a Igreja Apostólica Armênia de São Giragos, uma igreja católica armênia, e a Igreja Católica Caldeu de Mar Petyun. Segundo o Pastor Ahmet Guvener, "o governo não tomou se apoderou destas igrejas para protegê-las, mas apenas para as adquirir." (WorldWatch Monitor).
A Igreja Apostólica Armênia de São Giragos é o maior templo cristão armênio no Oriente Médio, e foi reformada e reaberta como templo recentemente, tendo inclusive abrigado o batismo de armênios que haviam crescido como muçulmanos (WorldWatch Monitor).
Mas, enquanto que o governo turco fecha igrejas na Turquia, ele financia a construção de mesquitas nos EUA (Gatestone).

Igreja Ortodoxa Siríaca da Virgem Maria, de 1700 anos de idade

Indonésia: cristã de 60 anos açoitada por vender bebida alcólica
Mostre isso para quem diz que a Indonésia é um exemplo de país muçulmano moderado. Uma mulher de 60 anos, cristã, foi presa por vender bebida alcólica, e condenada a 28 açoites com uma vara de cana-de-rattan (fonte).


Áustria: igrejas ameaçadas por conversão em massa de muçulmanos
Um total de 33% de novos católicos são de ex-muçulmanos, número que aumentou em 83% este ano. Ameaças têm sido dirigidas aos novos cristãos bem como às igrejas. "A Áustria era um lugar seguro para os convertidos, mas isso mudou devido ao forte movimento de migração. Em bairros de refugiados isso é muito perigoso", diz o Bispo Dostal (Christian Daily).

Grécia: Papa se encontra com marido de "mártir cristã"
O marido é muçulmano e está na Ilha de Lesbos. A sua esposa foi morta pelo Estado Islâmico por ter se recusado a se converter para o islamismo (Sky News)

Atualização em março de 2016


Expulsão e genocídio dos gregos da Anatólia (atual Turquia)
Em 1922, as mulheres gregas, crianças e idosos de Bagarasi (Grk: Μπαγαράσι) no oeste da Ásia Menor foram deportados. Eles foram deportados em primeiro lugar, Konya (600 km de distância), em seguida, para Nigde (a mais 250 km). Ao longo do caminho, os turcos estavam usando cativos gregos para bater nos deportados. Foi o insulto final. Gregos surrando e matando gregos. Marianthi Karamousa começou a deportação com 9 dos seus filhos. Apenas 3 sobreviveram. Seu testemunho: "Um cristão batendo em um cristão. Isto é o que os cães (os turcos) estavam fazendo a nós. Nós não eram humanos. Eramos nada para eles!" Sua história pode ser lida neste link.

Bangladesh: islão deixar de ser religião oficial?
Suprema Corte de está considerando abandonar o islão como religião oficial do país em virtude da onda de crime e terroristmo que assola o país. Sinceramente, eu acho isso muito difícil de acontecer. Vamos acompanhar. (Daily Mail)

Paquistão: um milhão no enterro do assassino do governador que defendia cristãos
Salmaan Taseer era o governador de Punjab, e defendia a igualdade de todos os paquistaneses perante a lei, inclusive dos cristãos. Devido a isso, o seu guarda-costa, Malik Muntaz Qadri, o assassinou, em janeiro de 2011.  Muntaz Qadri foi apoiado pelo partido religioso islâmico Sunni Tehreek. Esta semana, Muntaz Qadri foi enforcado pelo governo do Paquistão. O enterro de Muntaz Qadri foi presenciado por um milhão de pessoas, uma indicação do apoio popular ao assassino. O líder islâmico disse para a multidão que "vocês são os seus herdeiros." (Gateway)

Para milhões de paquistaneses, o assassino de um governador
que defendia os cristãos, é um herói

Governo dos EUA declara que Estado Islâmico pratica "genocídio" contra cristãos"
Após muita pressão por parte do Congresso e de grupos civis, o governo Obama deixou de se esquivar do assunto, e declarou que existe de fato um genocídio sendo executado contra os cristãos, e os iázides (UOLGlobe and Mail). 

Paquistão: "mártir muçulmano" mata 65 e fere 340 cristãos celebrando a Páscoa
Ele se explodiu em um parque público em Lahore, que estava apinhado de cristãos celebrando a Páscoa. A maioria das vítimas são mulheres e crianças. O mártir islâmico morre matando pela causa de Alá (O GloboCTV News). Tão covarde quanto Maomé, que atacava as aldeias árabes à traição.

Irã condena 18 cristãos a prisão por sua fé em nova onda de perseguição sobre o cristianismo
"As acusações incluem evangelismo, propaganda contra o regime, e criação de igrejas domésticas para praticarem sua fé", com penas de prisão até 24 anos. (Christian Post)

Iêmen: freiras que ajudavam muçulmanos idosos são mortas por serem cristãs
Estas 4 freiras mantinham um lar para idosos no Iêmen, servindo 80 anciãos muçulmanos. Elas eram ajudadas por outros cristãos leigos da Etiópia. As freiras, e os voluntários, foram assassinados há poucos dias por jihadistas, que pensam que matando os cristãos, ou qualquer um que eles considerem como incrédulos, eles estão adorando a Deus (Alá). No total, 16 mortos. Os idosos, agora, estão desamparados (CNA). As feiras eram Missionárias da Caridade.

Iêmen: Padre indiano foi crucificado
O Padre Tom Uzhunnallil, natural da Índia, trabalhava com a freiras que foram mortas (notícia acima). Ele foi sequestrado durante o ataque e foi crucificado na sexta-feira santa pelos jihadistas do Estado Islâmico (Telegraph). PS. Notícias recentes são contraditórias. Ainda existe esperança que ele possa estar vivo.

Atualização em fevereiro de 2016

Parlamento Europeu chama crimes do Estado Islâmico contra os cristãos de genocídio
Este é um gesto simbólico, e irrelevante pois os principais países da Europa Ocidental, o Canadá de Justin Trudeau e os Estados Unidos de Obama não estão nem aí (Radio Vaticana).

Egito: túmulo dos cristãos coptas são usados como depósito de lixo
Padre Ayoub Yousef, da igreja copta de São Jorge na vila de Dalga, em Minya, denunciou que os cemitérios cristãos estão sendo usados como depósito de lixo, a tal ponto que as sepulturas não podem ser mais vistas. Profanar cemitérios de não-muçulmanos é algo comum no mundo islâmico (Raymond Ibrahim).

Paquistão: "Meninas Cristãs Servem Apenas para Satisfazer os Desejos Sexuais dos Homens Muçulmanos"
"Cerca de 700 mulheres cristãs são sequestradas, violentadas e forçadas a se casarem a cada ano no Paquistão, ou seja, praticamente duas por dia e o mundo nada faz". — Wilson Chowdhry, ativista dos direitos humanos, citando a organização não-governamental muçulmana "Movimento de Solidariedade e Paz".
"Meninas cristãs são consideradas mercadorias que podem ser arruinadas ao bel prazer. Abusar delas é um direito. Isso de acordo com a mentalidade da comunidade não é sequer um crime. Os muçulmanos consideram-nas espólios de guerra". — Paquistão, residentes locais. (Gatestone Institute)

Turquia: refugiados cristãos escondem identidade para sobreviverem
"O Gatestone Institute denunciou em um recente relatório que aproximadamente 45.000 refugiados cristãos que fugiram da Síria e do Iraque se sentem obrigados a esconder sua identidade religiosa na Turquia para que não sejam discriminados, enquanto esperam respostas aos seus pedidos de asilo. Cristãos armênios, siríacos e caldeus, que estão esperando respostas às solicitações de asilo nos Estados Unidos, Canadá e Áustria. Caso não sejam recebidos, poderiam permanecer na Turquia até 2023. O Gatestone Institute revelou o caso de Anonis Alis Salciyan, uma armênia que fugiu do Iraque em 2014 e atualmente mora na cidade de Yozgat. “Publicamente, fingimos que somos muçulmanos. Graças a ajuda de nossos familiares na Europa é que podemos seguir em frente."

Egito: Al Azhar promove discriminação dos cristãos
Advogado Ahmed 'Abdo Maher denunciou Al Azhar University. Ele disse: "Há um livro em Al Azhar que defende cortar o cabelo dos cristãos coptas, colocando uma placa em suas casas [de modo a que muçulmanos saibam onde os "infiéis" residem], e recusando-se a apertar as mãos com eles." (Raymond Ibrahim).

CRISTIANOFOBIA - ÁSIA
" Na Ásia Central, boa parte da perseguição religiosa gira em torno de ritos funerários. Os cemitérios são geralmente controlados por líderes religiosos locais, que se recusam a enterrar cristãos que se convertem do islamismo. As famílias dos convertidos fazem grande pressão para que eles retornem ao contexto muçulmano, para assim garantirem a sepultura de seus pais, irmãos e filhos.
Na zona rural do Egito, muitos tribunais locais dispensam muçulmanos e prendem cristãos pelo mesmo crime cometido por ambos. Além disso, quem segue o cristianismo perde seus direitos básicos como educação, saúde, emprego e até mesmo a documentação. No Turcomenistão, que é considerado um dos locais mais restritivos do mundo, não há liberdade de informação ou imprensa e os cristãos são altamente vigiados.
Isto acontece com a maioria dos países da Ásia Central que ainda contam com a desvantagem geográfica de se localizarem nas linhas de ataque. O Afeganistão, por exemplo, teve províncias tomadas por forças do Talibã que pretendem impor a lei sharia a todos os cidadãos. Não é fácil manter a fé nestes países e os cristãos não se sentem seguros nas igrejas, que normalmente são os focos dos ataques, preferindo assim viver um cristianismo secreto e marcando encontros clandestinos para conseguirem um tempo de comunhão com os irmãos. Interceda por eles." (Fonte: Portas Abertas | 27/01/2016)

Cristãos são mortos no Campo de Refugiados da França
"Cristãos são mortos no Campo de Refugiados da França, e até mesmo o pastor que enviou o email contando a situação dos cristãos dentro dos campos de refugiados foi assassinado pelos muçulmanos que também eram refugiados no campo Grande-Synthe da França.
A situação é preocupante, e segundo o pastor, todos os dias os cristãos são violados, mortos, roubados, estuprados e abusados pelos muçulmanos dentro dos campos de refugiados na Europa.
Segundo o pastor, um jovem cristão teve seu nariz quebrado, vários receberam facadas e se encontram feridos, outra depois de ser abusada foi assassinada e outro foi roubado ficando sem nada, somente com as roupas que usava....
Devido a isso, a Igreja alojou 12 deles em um hotel às custas da Igreja.
A situação dos cristãos no Campo de Refugiados Grande Synthe, na França, está se tornando crítica a cada dia, pois a máfia islâmica atua neste campo de refugiados recebendo vultosas quantias por tudo que o cristão precisa fazer no campo de refugiados, até mesmo para ir ao chuveiro tomar banho é cobrado uma "taxa de acesso" dos cristãos que se encontram no Campo de Refugiados de Grande Synthe." (christianophobie)

Alemanha, centros de asilo: imigrantes muçulmanos rasgam bíblias, assaltam cristãos, abusam sexualmente de mulheres e crianças, batem em gays
Um artigo sobre o abuso que cristãos, ateus, homossexuais sofrem dos muçulmanos nos alojamentos de refugiados (Tião Cazeiro).

Árabes cristãos estão sendo perseguidos por maioria islâmica, nos campos de refugiados
Mais informações sobre esta tendência da perseguição aos cristãos ocorrendo também na Europa (Diário da Insurgência).

Grã-Bretanha: mostrar cruz para muçulmanos agora dá cadeia
Os líderes desta passeata pelas ruas de Luton, na Inglaterra, um reduto islâmico, estão sendo processados pela polícia. Mostrar a cruz para muçulmanos dá cadeia no mundo islâmico ... e também na Inglaterra (IBTimesGospel Prime).


Paquistão: Conselho Islâmico (Ulema) deseja fortalecer lei da blasfêmia
Cristãos temem que um fortalecimento das leis que já levaram à violência. Entre 1987 e 2014, 166 cristãos foram condenados à morte acusados por insultar Maomé; outros 25 casos, em 2015 (AsiaNews).

Turquia bombardeia aldeia cristã no Iraque
Isso foi feito sob o pretexto de atacar terroristas curdos (fonte).

Egito: governo fecha 50 igrejas por "ameaça à segurança nacional"
Este número inclui 43 igrejas que haviam sido danificadas durante o governo da Irmandade Muçulmana, e que o novo havia prometido consertar. Agora, elas estão permanentemente fechadas (DI).

Egito: Estudantes cristãos serão julgados por insultar a religião muçulmana, por fazerem vídeo criticando o Estado Islâmico
"O vídeo, filmado por um professor, mostrava o rapaz 'que seria executado' recitando versos do Alcorão, enquanto os colegas faziam gestos com os braços como se fossem cortar sua cabeça. O trecho foi claramente uma piada sobre os frequentes vídeos de decapitações publicados pelo Estado Islâmico." De acordo com o editorial do veículo de comunicação, "somos constantemente informados de que o Estado Islâmico não tem nada a ver com o Islam - se esse fosse o caso, esses estudantes colegiais não seriam levados a julgamento". (DI)

Egito: Igreja de São Sérgio sob ameaças
A Igreja de São Sérgio foi construída sobre uma casa, cujo subsolo diz-se ter acomodado a Sagrada Família durante a sua fuga para o Egito.   


Sudão: dois pastores mantidos sob prisão 
Autoridades sudanesas têm vindo a manter presos dois líderes cristãos em um local desconhecido desde meados de Dezembro. Eles foram presos sem apresentação de qualquer queixa sobre eles. Os dois presos são pastores de duas igrejas evangélicas (World Watch Monitor).

Conflito sobre Hagia Sofia
Por um lado, o governo islamista de Erdogan está cada vez mais inclinado a reabrir a magnífica ex-catedral cristã como mesquita. Por outro lado, um parlamentar russo espera que o governo turco faça um gesto de boa-vontade e retorne a ex-catedral para o Patriarca Grego Ortodoxo (fonte).


Atualizações em janeiro de 2016


Perseguição aos cristãos atinge nível de "limpeza étnica"
Leia artigo completo aqui.

Porta Abertas relata sobre a perseguição em 2015
A Classificação da Perseguição Religiosa do ano de 2015 foi publicada. Nela consta a lista dos 50 países com maior grau de perseguição para com aqueles que seguem a Cristo. Dentre eles, 40 são países muçulmanos. Um total de 100 milhões de cristãos estão submetidos a algum tipo de perseguição pelo fato de serem cristãos, sendo que 7.100 foram mortos em 2015, 3 mil a mais que em 2014. Leia mais neste artigo do blog (" ") e no site do Portas Abertas.




Irã: Pastor Saeed Abedini e mais outros foram libertados da prisão! 
(No meio de tanta notícia ruim, vem algumas notícias boa)
Além de Saeed Abedini, outros três iranianos também estão livres, Jason Rezaian, Amir Hekmati e Nosratollah Khosravi. Desde setembro de 2012, Saeed estava cumprindo uma sentença que duraria 8 anos, sob a acusação de atentar contra a segurança nacional, devido ao seu envolvimento com o cristianismo, e acusado de ter abandonado o islamismo (Portas Abertas). Um outro preso, Farshi Fathi foi libertado, em dezembro de 2015, depois de 5 anos de prisão (Portas Abertas).
Ainda existem mais de 70 cristãos presos no Irã acusados de apostasia.

Alemanha: cristãos são perseguidos por guardas muçulmanos
Muçulmanos foram contratados para trabalhar como guardas nas residências de refugiados. Mas os cristãos, que fugiram países islâmicos por causa da perseguição, se veem vítimas da mesma perseguição, agora por guardas muçulmanos contratados pelo governo alemão. Eles reclamam de abusos, agressões e proibição de mostrarem a Bíblia, e muitos fogem dos abrigos (Die Welt, via Breibart)


Nenhum comentário: