quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Atualizações em julho de 2016

Veja o que entrou de novo no blog em julho de 2016

Documentário: Arábia Saudita Revelada (lei islâmica em ação no reino saudita)
Assista ao vídeo aqui.

O "verdadeiro" Islã
Leia este excelente artigo neste link.

Apostasia

O Aliado Mais Importante do Ocidente: Dissidentes do Islã
Nós devemos apoiá-los -- a todos os dissidentes: alguns dos mais corajosos defensores da liberdade vêm dos regimes islâmicos. A Europa deveria dar apoio financeiro, moral e político a esses amigos da civilização ocidental, enquanto a nossa desonrosa elite, educada e intelectual, está ocupada difamando-os. Leia este artigo publicado no Gatestone Institute.


A imigração muçulmana aliada ao políticamente correto do Ocidente estão tornando as mulheres ocidentais sem defesa frente ao avanço implacável da Sharia.

Austrália: meninas sendo obrigadas a vestirem o véu a partir dos 3 anos
O grito de guerra comum e cansativo dos "multiculturalistas" e dos "politicamente corretos" é de que "as pessoas devem ser autorizadas a usar o que eles quiserem", e a vestimenta islâmica é uma "escolha de moda cultural", assim, "toda essa situação é multicultural vai nos enriquecer." E esse discurso enfadonho negligencia e esconde uma sexualização das crianças (WeNeedToTalkAboutIslam). Isto é uma preocupante tendência mundial.

Suécia: autoridades lançam bracelete "anti-estupro"
Os estupros aumentaram tanto na Suécia (correlacionado com o aumento acelerado da imigração islâmica) que as autoridades lançaram um bracelete que diz "não me toque." As autoridades do mundo da fantasia que a Suécia se transformou, acham que isso vai evitar os estupros. (WildLeaks)

Suécia: festival de música irá impor segregação entre os sexos
Na cidade de Gotemburgo. O aumento dramático dos assédios e estupros ocorridos em outros dois festivais este ano levou os organizadores a criarem uma zona de segurança aberta apenas para as mulheres. A cultura sueca está indo para o brejo. (Aftonbladet)

Suécia: número de assaltos sexuais continuam a crescer
Ingrid Carlqvist faz um relato dos eventos ocorridos no mês de maio. (Gatestone)

Suécia: "Mulher que não usar o véu está pedindo para ser estuprada"
Isso é o que está escrito em cartazes nas ruas de uma pequena cidade sueca (Daily Mail)

Suécia: refugiado diz que está na Suécia apenas para fazer sexo com as suecas e gastar o dinheiro delas
Ele foi preso por assediar quatro mulheres. Ele diz odiar a Suécia, mas que fazer sexo com as suecas que não usam o véu (Breitbart).

EUA: refugiado abusa sexualmente menores em piscina pública
Ocorreu no estado de Massachusetts. O nome do acusado (que é um refugiado sírio) é Emad Hasso, de 22 anos. Ele assediou e agarrou uma menina de 13 anos repetidamente até um salva-vidas intervir. (Breitbart)

Alemanha: nova lei "não significa não" tenta contar o aumento dos assédios e estupros ocasionados com o ingresso dos refugiados
A única solução é criminalizar a Sharia e deportar seus promotores. (Gatestone)

Alemanha: 188 casos de casamento de menores entre refugiados
Isso é o que se sabe. A região alemã do Reno do Norte-Westphalia viu 188 casamentos de imigrantes que são menores, e agora existem pedidos para que o governo intervenha e impeça esta prática.
A islamização traz consido práticas alienígenas às populações nativas da região. (Breitbart)

Alemanha: menina de 7 anos estuprada por cinco árabes
Refugiados muçulmanos. (wildleaks) Pedofilia e estupro.

Paquistão: irmão mata irmã para manter a honra da família
Qandeel Baloch, de 26 anos, era uma "celebridade virtual" e o irmão não gostou de como ela se vestia e se comportava. No Paquistão, se a família perdoar, o assassino não é nem processado. Mais um crime de honra. (Extra)

Grã-Bretanha: Muçulmano velho vende sua esposa jovem
Um muçulmano de 63 anos de idade, pediu a um ginecologista para "reparar o hímen" de sua esposa de 23 anos de idade para que ela pudesse se casar novamente com um homem imigrante que precisava de um visto britânico. Ele estava vendendo a sua esposa por 10 mil libras esterlinas. Há uma brecha no Equality Act 2010 que permite que tribunais da Sharia pratiquem a "discriminação sexual." (Express)

Marrocos: campanha publicitária contra o biquini
As fotos tentam envergonhar as mulheres, chamando-a para abraçarem o islamismo (Ansamed, VoxNews)

França: mulher e suas três filhas apunhaladas por vestirem short em balneário
O homem é um marroquino (Muhammad B.) e tem 37 anos. Ele foi preso ao tentar fugir. Uma das meninas está em estado grave. (Metro, Veja)

Sudão: açoitamento em uma "mulher mal-comportada"



Socialista alemã estuprada por refugiados, tenta esconder o crime e diz que foi “roubada” por alemães
Mulher alguma merece ser estuprada. O triste é que fatos como esse poderiam ser evitados, mas acontecem exatamente pela recusa em se enxergar o que se passa ao redor do mundo. Esta jovem alemã é vítima sua própria cegueira, mas ela condena não apenas a sí, mas a todas as outras mulheres, mesmo as que enxergam o que se passa. (wildleaks)

Estudante de medicina, que abandonou a universidade para se juntar ao ISIS, morre em ataque aéreo
A britânica estudava no Sudão (Ecoando).

Doutrinação de Brasileiros!
Mais de uma dezena de brasileiros foram presos pela Polícia Federal na Operação Hashtag. Um deles, está foragido.



A conexão islâmica do "Black Lives Matter"
Leia o artigo todo neste link.

Escravidão Islâmica, o Genocídio Velado
Leia a revisão a este livro aqui.

Livros e referências sobre a escravidão islâmica
Veja a lista neste link.

O profeta (a paz esteja com ele) disse: "Se encontrardes alguém fazendo como o povo de Lot fez, matai aquele que faz e aquele a quem a coisa é feita." (Hadice Abu Dawood 38:4447) -- PS. O "povo de Lot" são os homens que aparecem na Bíblia querendo fazer sexo com os homens que se hospedaram na casa de Lot (Gênese 19:4-5)

"Tolerante" Malásia: LGBT perseguidos, presos e castigados pela polícia religiosa islâmica
Vídeo mostra a "Patrulha Religiosa Islâmica" aplicando a Lei Sharia na Malásia. Até quem faz sexo pré-marital pode pegar 2 anos de cadeia
https://youtu.be/K-XfBxPI_Jo OK

EUA: "O ataque em Orlando e a negação do óbvio"
Artigo externo que trata da negação das lideranças LGBT quanto ao ódio islâmico contra os gays: este fato não condiz com a ideologia que estas lideranças esposam.  (Gatestone)

Halal - Boicote Halal 

Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.


História (Arte e Jahiliyya)

Islão: a maior máquina assassina da História
Se inteire sobre o incrível número de mortes causados pela jihad islâmica, lendo o artigo neste link. Ideologia alguma matou mais do que o islamismo.

Invasão Islâmica da Índia: o maior genocídio da História
O maior genocídio da história é o menos falado. Leia sobre este assunto neste link.

Século XV: Templo Hindú do Sol Martand (na Caxemira) destruído pelo Sultanato de Delhi
Templo Hindu do Sol Martand, na Caxemira, contruído no século VIII, foi considerado como lugar de culto infiel e destruído pelos exércitos do Sultanato muçulmano de Delhi. (Richard Eaton (2000), Temple Desecration and Indo-Muslim States, Journal of Islamic Studies, 11(3), pp 283-319)


Turquia: Shakespeare era muçulmano
Um historiador turco disse que Shakespeare era muçulmano. O islamismo tem este negócio de re-escrever a história. Isso começou com Maomé que se apropriou de personagens da Bíblia, alterando as narrativas. Desde então, é ladeira à baixo.
"Durante um programa de TV Beyaz TV na Turquia, historiador Kadir Misiroglu fez uma declaração ridícula. Misiroglu insistiu que o verdadeiro nome do escritor Inglês William Shakespeare foi "Sheikh Pir", e ele não era um inglês, mas um muçulmano secreto." (Armedia)


Ensino islâmico no Brasil já está acontecendo, sem a necessidade de lei (Parte 1)
Leia o artigo neste link.

Brasil adota resolução da ONU que obriga sanções a Al-Qaeda e ISIS
A resolução é do Conselho de Segurança e obriga países-membro a aplicarem sanções contra indivíduos, empresas e entidades que tenham qualquer associação com estes grupos islâmicos (Folha).

Terrorista franco-argelino é deportado para a França
Ele era pesquisador na UFRJ, com bolsa do governo brasileiro (O Globo).

Às vesperas das olimpiadas no Rio 100 "lobos solitarios" estão na mira da ABIN
O terror islâmico chega ao Brasil (Época)

Suspeito de terrorismo é detido; desejava explodir aeroporto de Brasília
Preso pela PF. Foi entregue pela sua própria esposa, brasileira. Tem passaporte paquistanês, mas a esposa diz ser da natural da Argélia. Ele entrou no Brasil em 2014, durante a Copa do Mundo, e obteve visto de permanência com o casamento. Aparentemente, tem outra família no Paquistão  (Correio Braziliense). Veja bem, ele ficou no Brasil através de casamento com uma brasileira. Veja como este golpe é importante!

Atentado contra delegação francesa no Rio é denunciado 
"O grupo extremista Estado Islâmico (Isis) planeja um atentado contra a delegação da França durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, que acontece em agosto no Rio de Janeiro, no Brasil. A informação consta de um relatório de oficiais de inteligência do governo francês divulgado hoje (13)." (Agência Brasil)

Grupo Brasileiro declara fidelidade ao Estado Islâmico
O canal "Ansar al-Khilafah #Brazil" no aplicativo de mensagens Telegram foi revelado pela equipe de monitoramento especializado em atividade de terror SITE Intelligence Group. (Exame)

Operação Hashtag: Polícia Federal prende célula do Estado Islâmico que planejava atentado nas Olimpíadas
Um total de 14 nomes, a maioria com nomes arabizados, idades entre 20 e 40 anos, todos muçulmanos e alguns com antecedentes criminais, a lista de suspeitos presos nesta quinta-feira (21-07) acusados de integrarem uma organização criminosa ligada ao Estado Islâmico e ao terrorismo islâmico internacional tem 14 nomes. Eles foram alvos da Operação Hashtag. Alguns links em jornais locais que tratam da história:
Líderes islâmicos questionam a idoneidade da Polícia Federal 
Eles defendem seus irmãos muçulmanos presos na Operação Hashtag.

Sobre a taquia do xeique Rodrigues
"Na reportagem www.bbc.com/portuguese/brasil-36861457, o Sheik Rodrigo Rodrigues tocou em vários pontos interessantes. O mais interessante foi dizer que os extremista querem "glamour" e "status”. Ele esta certíssimo quando afirmou isso." O próprio Alcorão e Allah, oferecem este "glamour" e "status” para eles. O que estes jovens estão fazendo é apenas seguir o que o Alcorão ensina." Leia o artigo todo em Rafik responde ao Islam.

Muçulmanos querem Sharia, também no Brasil (leia o comentário)
"Vamos degolar a todos os infiéis! Na nossa doutrina matar o inimigo é um ato sagrado! Vamos impor a Sharia y todos os malditos cristão serão condenados a morte1 Por Alá grande e misericordioso!

Colônia de Férias islâmica em Florianópolis
Este é o cartaz de uma Colônia de Férias islâmica a ser realizada em Florianópolis. Alguns fatos chamam a atenção:
1. Palestras durante a colônia. Uma delas sobre a visão do islão sobre o homossexualismo. Bem, as crianças não precisam ir até Floripa para aprender sobre isso. Basta ler aqui: http://infielatento.blogspot.ca/2016/06/direito-dos-gays-sob-o-islao-teologia-exemplos.html
2. A participação de pesos pesados, tais como Jihad Hammedeh, da Mesquita Mesquita Abu Bakr, em São Bernardo do Campo (foi o consultor da novela O Clone), e o xeique Rodrigues, o amigo do xeique Al-Arifi http://infielatento.blogspot.ca/2016/03/xeique-al-arifi-e-presenca-do-wahabismo-no-Brasil.html.
3. Reparem que as meninas tem que usar o véu. Ué. Mas não dizem que o véu é uma escolha da mulher?



Edital para contratação de professores para a Universidade Federal do ABC adota terminologia da Organização da Cooperação Islâmica, torna muçulmanos em vítimas, e omite os 14 séculos de tráfico negreiro islâmico na África
Edital de contratação de 4 (quatro) professores na área de Relações Étnico-Raciais da Universidade Federal do ABC mostra claramente o nível que estudos sociais em universidades no Brasil chegou. Por exemplo, o conteúdo programático da subárea Diáspora Negra, Direitos Humanos e Racismo possui dois itens que mostram como as coisas estão de cabeça para baixo. Um deles diz "Conexões da branquidade e dos regimes racistas: apartheid, nazismo, sionismo" (ou seja, os brancos são racistas, e o apartheid e o nazismo se equivalem ao sionismo). E um outro item diz "Racismo, xenofobia, islamofobia e as novas imigrações" (ou seja, eles adotam "islamofobia, o termo inventado pela Organização da Cooperação Islâmica, equivalente a racismo e xenofobia). Mas em nunhum momento eles mencionam o papel do islamismo nos 14 séculos de escravidão de seres humanos negros na África! (Veja) O artigo menciona Marilena Chaui, professora da USP e membro do PT, mas não é claro se ela teve participação no Edital. Porém, a linha do edital e o perfil ideológico da professora são comuns. (PS. Aparentemente, o Edital foi refeito)

Muçulmano recém-converso quer matar um padre
Um muçulmano recém converso brasileiro, tornado psicopata pela ideologia maometana, compartilhou na sua página uma ameaça a um padre, Padre Fabio de Melo. Segundo este muçulmano, o crime deste padre é o de estar divulgando o cristianismo. Veja o texto traduzido:
"Existe um padre católico que está indo para a Palestina tentar pregar o cristianismo para os muçulmanos. Ó Umah (naçao do islão) de Maomé nós pedimos que vocês o matem assim que ele for visto, se vocês não tiverem um revólver, usem uma faca. O seu nome é Fabio De Melo e a sua foto está abaixo." A, sim, o nome do psicopata é Alisson Luan Oliveira. Se alguém o conhece por favor alertar aos seus pais.

Rener organiza curso para "empoderar as refugiadas" 
É exatamente o que a matéria diz. Escola de Costura para Refugiadas do Instituto Lojas Renner, que será realizada pelo Centro São José, em São Paulo. A iniciativa é parte do projeto Empoderando Refugiadas, realizado em parceria com a Rede Brasil Pacto Global, o ACNUR, a ONU Mulheres e o PARR – Programa de Apoio a Recolocação de Refugiados. De acordo com o Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE), o país possui atualmente 8.863 refugiados reconhecidos, de 79 nacionalidades distintas (28,2% deles são mulheres). Dois homens refugiados, com interesse em costura industrial, estão na primeira turma. (Época)

Arlene Clemesha, publicitária do mundo muçulmano disfarçada de professora de história
Um artigo sobre uma notável promotora do islamismo no Brasil, e ativista da "causa palestina." (e ainda, professora da USP) (link externo)

Guga Chacra aparece defendendo o Estado Islâmico de uma maneira nem tão discreta assim
Repórter da Globo News pratica relativismo cultural, comparando a jihad em Munique com o atentado na Noruega, ocorrido cinco anos atrás (Modo Espartano).

Manchete do O Globo esconde os jihadistas que degolaram padre na França
Em vermelho, a manchete como ele é na verdade.




Turquia: exercício militar feito em golpe para fortelecer Erdogan?
Leia o artigo todo neste link.

Áustria: Suprema Corte manda que eleição presidencial seja repetida
A Suprema Corte constatou irregularidades (fraude) nos votos que vieram pelo correio. Eles foram decisivos na vitória do candidato do Partido Verde. O Candidato do Partido da Liberdade (FPÖ) era o favorito. As novas eleições deverão ocorrer ainda este ano. O cargo de presidente é cerimonial, mas influente o suficiente para levar o FPÖ a vitória nas eleições em 2018. A plataforma é nacionalista e em favor da Áustria, mesmo sob a União Européia (comércio), possa reconquistar sua soberania. (Express)

Áustria: cidade proíbe o "burquine"
Cidade austríaca de Hainfeld anunciou que banirá o uso do "burquini" em suas piscinas públicas. O "burquine" é um maiô que cobre tudo, só deixando mãos, pés e rosto visível. (Breitbart)

Suíça: proibição da burca e do niqab
A proibição do uso de burca e niqab entrou em vigor na região de Tessin. Ou os muçulmanos obedecem ou pagam a enorme quantia de £8.000 de multa por desrespeitar a lei do país. (Express)

Suíça: porco fora das escolas em Basel
O conselho de educação em Basel decidiu tirar do cardápio das escolas carne de porco, até mesmo o tradicional klöpfer (um tipo de sausichão). O Partido do Povo Suíço, bem como os pais, estão acusando o conselho de se curvar a pressão de minorias. Um dos pais disse "será que nós estamos nos adaptando a certas culturas ao invés delas se adaptarem a nós?" (The Local)

Grã-Bretanha: as "contribuições do islão" em maio de 2016
Abuso Sexual de Crianças, Lavagem Cerebral na Prisão e "Alá sabe o que é melhor." (Gatestone)

Grã-Bretanha: Theresa May, defensora da Sharia, escolhida como Primeira Ministra
O Primeiro-Minsitro Cameron se demitiu com a vitória do BREXIT, que decidiu pela saída do Reino Unido da União Européia. O cargo de líder do Partido Conservador, e automaticamente Primeiro-Ministro, acabou sendo conquistado por uma mulher que é simpática a lei islâmica. (CNN)

Alemanha: o problema dos turcos que não se integram
"Para mim, minha religião é mais importante do que as leis do país onde eu vivo." (Gatestone)

Alemanha: polícia concede, estupradores do Ano Novo eram muçulmanos
A polícia alemã diz que no período do ano novo (2015/2016) houveram estimadamente 2000 assediadores/estupradores envolvidos em um total de aproximadamente 1200 ataques contra mulheres em várias cidades alemãs, incluindo Colônia, Hamburgo e Stuttgart.
Até o momento 120 suspeitos foram identificados, quatro foram condenados, e DOIS tiveram a condenação suspensa.
Holger Münch, o líder da Agência Federal de Investigações Criminais admitiu que muitos dos criminosos NÃO SERÃO INVESTIGADOS.
E vejam essas duas observações bem pertinentes do relatório:
- Esses crimes tem correlação com a imigração em massa do ano de 2015; e
- Quase nenhum dos suspeitos eram refugiados sírios, mas sim de indivíduos do norte da África. (Express)

Alemanha: polícia expulsa esquerdistas para dar lugar para refugiados
A polícia alemã entrou em conflito com 7 mil esquerditas que eram contra a sua expulsão de apartamentos ocupados por eles. Estes apartamentos serão usados pelos refugiados. Ou seja, os esquerditas estão sendo expulsos para acomodar os refugiados que eles mesmo exigiram que fossem aceitos na Alemanha.  Vídeo: https://youtu.be/g3npPfjlSGI

Alemanha: apenas 54 dentre os 1 milhão de refugiados conseguiram arrumar emprego
Os motivos variam de falta de qualificação a falta de interesse. E pensar que a Merkel, a Louca, vendeu a idéia que os refugiados seriam a solução para a falta de mão-de-obra especializada na Alemanha. Se a Alemanha precisa de mão-de-obra especializada, é só contratar os jovens desempregados na Espanha, Grécia, Portugal, etc. Não existe falta de mão-de-obra na Europa. (Speiza)

Suécia: apenas 494 refugiados, dentre 162 mil, conseguem emprego
Uma situação semelhante a da Alemanha. O contruibuinte sueco tem que pagar a conta da irresponsabilidade do seu governo (Speiza).

Suécia: disturbios de rua nos bairros dos refugiados
Em Uppsala, Suécia, continuam os motins (que já duram dias) nos bairros compostos por refugiados do médio oriente. A policia restringe o acesso aos bombeiros, pois eles podem ser atacados ao combaterem os incêndios. Há um morto por confirmar. (Expressem)

Canadá: 75% dizem que imigrantes muçulmanos possuem valores fundamentalmente diferentes
Pesquisa do governo da província de Ontário feita junto aos canadenses residentes em Ontario, após o governo ter-lhes forçado quase 12 mil imigrantes muçulmanos no período de 3 meses. A reação do governo foi de chamar a sua população de islamofóbica. (Daily Caller)

EUA: estado de Illinois criará um Conselho Consultivo islâmico
De acordo com a senadora Jacqueline Collins (Democratas), esse conselho servirá para separar os muçulmanos extremistas dos moderados, dizendo: "Nós precisamos incentivar os nossos muçulmanos americanos a serem civilmente engajados e a participarem." E ela adicionou: "Se não participarem, os elementos marginais irão estabelecer a política." Mas, onde está o cobselho cristão, hindu,budista, judeu, ateu, ... (CounterJihad, Chicago Tribune)

Suécia: pequena ilha com 137 habitantes irá abrigar 2 mil refugiados
A população de Ivö está revoltada. A ilha fica perto de Malmö, a "de facto" capital do islão na Suécia. O acesso à ilha é de barca. Imagina, viver em uma ilha pequena, com acesso restrito, numa proporção de 10 muçulmanos para 1 infiél? (STV)

França: A cidade de Nice é o caldeirão do jihadismo na França 
A cidade onde ocorreu a Jihad do Dia da Bastilha, em 2016. Nos últimos anos, mais de 120 jovens da região dos Alpes Marítimos foram recrutados para combater na Síria (El Pais).

França à beira de uma guerra civil, adverte o chefe do serviço de inteligência
Ele diz que algum evento de maior envergadura, tipo os assaltos sexuais em massa ocorridos na Alemanha, podem ser o estopim.
O que eu fico me perguntando é de que lado o governo do presidente Hollande irá ficar? Será que ele vai proteger as "minorias muçulmanas" e ficar contra os franceses? (DailyMail)

Islamização do Cristianismo (Exemplos de "Diálogo Inter-religioso") 

Suécia: igrejas rumo ao Crislão
"Os sacerdotes têm medo de falar sobre Jesus durante a missa." — Eva Hamberg, episcopisa e professora, que renunciou ao sacerdócio em sinal de protesto e deixou a Igreja.
"A Igreja da Suécia pode estar caminhando para o Crislão" -- uma mistura do cristianismo com o Islã. Os sacerdotes suecos, ao observarem o fervor religioso dos muçulmanos que vivem na Suécia,  agora tomam parte, entusiasmados, de diversos programas de confraternização entre as religiões.
"O envolvimento que a Igreja da Suécia demonstrou em relação à vulnerabilidade dos cristãos palestinos, foi substituído pela indiferença para com a limpeza étnica dos cristãos da Síria e do Iraque. Naqueles países, as atrocidades são cometidas na maioria das vezes pelos muçulmanos, sendo evidentemente o bastante para que a Igreja da Suécia se debruce sobre questões ambientais e climáticas." — Eli Göndör, estudioso da religião." (Gatestone)
No subúrbio de Fisksätra, em Estocolmo, onde predominam os imigrantes, a Igreja da Suécia começou a arrecadar fundos com o objetivo de construir uma mesquita."

Jihad – lista de atentados

Bangladesh: Jihad em restaurante espanhol. Salve o Ramadã!
O Estado Islâmico está mesmo ativo em Bangladesh: 6 jihadistas. 20 reféns, 2 mortos, na capital, Daca. Bombatona do Ramadã continua. (CNN)

Os assassinos de Daca, Bangladesh. Todos eles ricos.
Os assassinos de Daca eram filhos de famílias ricas de Bangladesh, que fizeram pose sorrindo segurando uma kalashnikov e planos para matar em nome de Alá. Tudo no momento certo e da forma certa, ao estilo de Maomé.
Eles Mataram na "Noite do Destino", Momento sagrado para a religião islâmica.
Eles Mataram ao grito de "Alá é o maior".
Eles Mataram porque as vítimas eram infiéis.
Eles Mataram porque alguns não conheciam os versículos do Alcorão.
Eles Mataram com uma ferocidade inaudita que não se aplacou nem perante uma mulher gravida à espera de dar à luz o seu bebé.
Eles Mataram para conquistar-lhes a vida eterna, condenando à morte aqueles que não estão submissos à sua religião.
Eles Mataram e Basta!
O terrorismo jihadista está calando a voz dos muçulmanos moderados, de modo a evitar de se encontrarem eles mesmos como inimigos em sua própria casa.
Quanto mais sangue inocente terá de ser pago, para que finalmente, o mundo não muçulmano reconheça que os jihadistas querem submeter a todos ao seu deus?

Jihadistas e psicopatas, seguindo o modelo de conduta, Maomé

Iraque: Bombatona do Ramadã em Bagdá: 200 mortos !!!
Um homem-bomba, shahid, mártir, que morre matando, terminou a vida de 200 pessoas (e os números irão aumentar) que estavam fazendo compras, e a maioria eram muçulmanos ... bem, xiítas não são muçulmanos do ponto-de-vista dos sunitas ... e existem os bons sunitas e os sunitas ruins ... e a matança continua. (CNN)

Arábia Saudita: Bombatona do Ramadã, três atentados
Três atentados, homens-bomba, um deles próximo a um lugar de peregrinação em Medina. (Breitbart). Um total de 19 foram presos, 12 do Paquistão (AsiaNews).

França: Jihad da Bastilha, na cidade de Nice
Até o momento, 84 mortos e mais de 300 feridos, 15 em condições críticas. Em plena comemoração do 14 de julho, dia da tomada Bastilha, festa nacional francesa. Allahu Akbar. Um caminhão conduzido por um jihadista tunisino, Mohamed Lahouaiej-Bouhlel, saiu atropelando as pessoas reunidas após assistirem os fogos de artifício na orla marítima, e depois trocou tiros com a polícia. A polícia achou armas, granadas e bombas dentro do caminhão. Ou seja, o estrago seria ainda maior.  (Washington Times) O Primeiro-Ministro francês, Manuel Valls, foi vaiado durante o enterro (BBC). O ataque foi orquestrado por um grupo de 6 jihadistas, oriundos da Tunísia, da Albânia e da própria França (France24). O Estado Islâmico assumiu a autoria (Mail).
https://youtu.be/It3fycedE-M OK

França: jihadista armado de facão ataca pessoas durante vigília às vítimas da Jihad da Bastilha
O nome do jihadista não foi divulgado (DailyStar).

Alemanha: afegão ataca passageiros de trem com facão
O jihadista tinha 17 anos e feriu pelo menos 25 pessoas, 3 em estado grave, no trem entre Würzburg e Heidingsfeld. Ele gritava Allahu Akbar. O jihadista fugiu mas acabou morto pela policia (RT).

Alemanha: muçulmano refugiado mata mulher grávida com facão
Além da mulher, o sírio feriu gravimente outras 2 pessoas, na cidade de Reutlingen. (DailyMail)

Alemanha: homem-bomba se explode no centro de Ansbach
Fica perto de Nuremberg. O homem-bomba, da Síria, morreu, claro, deixando 12 vítimas feridas, algumas fatalmente. Ele tentou entrar em um festival de música por não ter ingresso. Haviam 2.500 pessoas no festival. Imagina a carnificina se este amante de Alá teria causado. (Nordbayern, Express) Seu nome: Mohammed Daleel, e ele jurou aliança ao Estado Islâmico (DailyMail). Ao pedir asilo à Alemanha ele disse que saiu da Síria porque ele não queria empunhar armas contra seres humanos (Notícias ao Minuto).

Alemanha: jihadista mata crianças em Munique
Uma série de atentados que o governo alemão tenta obfuscar, um jihadista amante de Alá, Ali David Sonboly  (que dizem ser afegão, turco, ou iraniano, dependendo da fonte), assassinou covardemente 9 pessoas, a maioria crianças, em frente ao MacDonald's de um Shopping Center. Segundo testemunhas oculares houveram tiroteios em 3 locais diferentes. Aparentemente ele não agiu sozinho e ele planejou o atentado cuidadosamente. E, claro, gritando "Allahu Akbar" (BBC, Guardian, Time).

Estado Islâmico celebra a jihad em Munique

Alemanha: homem gritando Allahu Akbar tenta degolar cirurgião
Na cidade de Troisdorf, o médico Dr. Attila Tan, e sua esposa, foram atacados por vários homens membros de uma família. A esposa do médico teve um ataque cardíaco devido ao ocorrido (Breitbart)

Afeganistão: 80 mortos e 231 feridos em Cabul
Estado Islâmico reivindica a autoria (O Globo).



França: muçulmanos se dizem vítimas dos atentados jihadistas
Em vídeo, muçulmanos na França falam que eles são as verdadeiras vítimas do terror islâmico porque agora as pessoas não os abraçam mais. Eles explicam que eles se sentem como qualquer outra pessoa na França, que eles explicam isso ao falar em árabe. Ninguém, no entanto, dirigiu um caminhão contra mais de cento e cinquenta muçulmanos e ainda gritando Viva Jesus ou Vive le Frace Libre. Ou invadiram uma mesquita assassinado 50 pessoas. 



Índia: artigo considerado "blasfemo" leva a destruição e morte
Em 2010, depois de um artigo escrito por Taslima Nasrin aparecer em um jornal local, alguns o consideraram ofensivo ao Islã. A violência religiosa balançou Shimoga Karnataka, com incêndios criminosos generalizados (mostrado abaixo) e saques. Duas pessoas morreram e 100 ficaram feridas (Reuters). Taslima é uma cirugiã e ativista de Bangladesh, que teve que fugir para os EUA para não ser morta.

Chamas sobre Shimoga Karnataka, Índia, consequência da jihad contra Taslima Nasrin

Paquistão: 3 pessoas condenadas à morte por "blasfêmia contra o islão"
Dois cristãos e um muçulmano condenados por um tribunal anti-terrorismo (isso mesmo).  O "crime" remonta a 2015 quando os acusados teriam feito comentários desrespeitosos a Maomé. (Actuall)



Uma ex-muçulmana diz o que uma mesquita significa
Grato ao blog ex-muçulmanos.
https://youtu.be/2-EAJ990KPE OK


Bangladesh: ameaças de morte aos comerciantes cristãos e hindús 
As missivas de morte são oriundas de um grupo islâmico de Bangladesh. Eles exigem que os proprietários de lojas respeitem as 8 regras criadas por eles. Tais regras incluem:
ter uma cópia do Corão, servir carne em restaurantes hindús, não permitir que as mulheres trabalhem em tais estabelecimentos comerciais e eliminar as imagens sagradas cristãs dos comércios cujos proprietários são cristãos. (AsiaNews) Isso é um exemplo do que acontece com não muçulmanos vivendo sob a sombra da Sharia.

Perseguição Cristãos
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Síria: jihadista-bomba, vestido como um padre, deixa três mortos em ataque a líder cristão
O jihadista-bomba 'disfarçado como um padre' matou três pessoas. Ele estava tentando matar o chefe da Igreja Ortodoxa Síria, Patriarca Inácio Aphrem II. Na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria. (Express)

Líbano: Milícia de mulheres cristãs promete enviar jihadistas “direto pro inferno”
Após série de ataques suicidas, população quer se defender (Gospel Prime)

Estado Islâmico apresenta os "onze mandamentos" que cristãos devem seguir
Eles seguem diretamente das Condições de Umar, consolidadas na lei islâmica Sharia.(Portal Padom)

Paquistão: cristão de Lahore tem seus braços decepados por se recusar a se tornar muçulmano
Aqeel Masih, que trabalhava em um posto de gasolina, foi sequestrado por islamistas. Eles aplicaram o Alcorão 5:33 que manda cortar os membros de quem recusa Alá e o seu profeta Maomé (fdp).  (Christianitytoday)

França: jihadistas degolam padre, e ferem mortalmente freiras dentro de uma igreja em Saint-Etienne
Dois jihadistas invadiram uma Igreja durante a Missa Matinal na cidade de Rouen, na Normandia, e degolaram o padre Jacques Hamel que fazia a celebração. O padre tinha 84 anos. Os jihadistas entraram na Igreja gritando "Daesh" (Estado Islâmico) e "Jihad." Eles filmaram a degloa e ainda fizeram um sermão em árabe. Os dois terroristas acabaram sendo mortos pela polícia. A jihad foi assumida pelo Estado Islâmico (Mirror). Um vídeo emergeu no qual os jihadistas confirmam estarem planejando o atentado.

Refugiados cristãos são ameaçados de morte por muçulmanos na Alemanha
O Cardeal Marx, presidente da Conferência Episcopal Alemã e o Bispo Heinrich Bedford-Strohm, chefe da Igreja Protestante Evangélica na Alemanha (EKD), se uniram para condenar os ataques contra cristãos e contra outras minorias religiosas nos campos de refugiados. Refugiados cristãos tem enfrentado discriminação e até mesmo ameaças de morte nas mãos de muçulmanos (Gospel Prime).

"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Terrorista palestino esfaqueia e mata menina de 13 anos dormindo; mãe diz que ele é herói e mártir 
O martir islâmico morre matando, conforme o Alcorão: 9:112 "Os crentes lutam pela causa de Alá, eles matam e são mortos."
https://youtu.be/H1t3euWnmPs OK

Argélia cancela jogo com Gana por esta ser treinada por um judeu
O técnico de Gana é judeu. Isso foi motivo para a Argélia cancelar um jogo de futebol programado para setembro. (JPost)

Canadá: Dia do Al-Quds, ódio espumado contra os judeus
Muçulmanos e seus apologistas, ligados no seu ódio virulento contra os judeus, se reuniram em Toronto, Canadá, para o Dia do Al-Quds. Este ano, esta "celebração" foi mais raivosa do que de costume. Dentre os palestrantes, um imigrante, Moulana Abbas Abedi, disse que os judeus são a fonte de todos os problemas do mundo (vídeo) Interessante, pois os nazistas afirmavam exatamente o mesmo. Depois, veio outro discurso, de Ali Mallah, que disse que os israelenses deveriam ser baleados. Depois, veio uma professora primária da escola católica Santa Catarina de Siena, Nadia Shoufani, que, no seu Facebook, havia chamado de herói um jihadista que esmagou o crânio de uma menina de 4 anos de idade. Na sua fala, ela se refereiu a dois palestinos "executados" pelos israelenses, quando na verdade, os palestinos foram baleados por estarem esfaqueando israelenses. Um deles foi uma mulher gestante, cujo ódio contra os judeus era maior que o amor pelo seu futuro filho. Nadia Shoufani está sendo investigada pelo Conselho de Educação, que está avaliando a sua capacidade de lecionar para crianças. (CBC)

Turquia: sub-prefeito (judeu) assassinado por islamista
Como resposta a tentativa de golpe, o presidente Erdogan incitou os islamistas que o apoiam à jihad. Resultado. O sub-prefeito do distrito de Sisli, Cemil Candas foi morto a tiros na repartição pública. Ele é judeu.

Sobre o Acordo Nuclear dos EUA com o Irã
Denis Prager comenta sobre os riscos associados ao acordo nuclear que os EUA, o Reino Unido e a França assinaram com o Irã. A manutenção ou não deste acordo vai depender do próximo presidente americano. Mas, de qualquer modo, um estrago muito grande já foi feito.
https://youtu.be/YImnkI3AKZI OK

Autoridade Palestina inaugura estátua de terrorista assassino
Em 4 de julho de 1975, Ahmad Jabara (mais conhecido pelo seu nome jihadista de Abbu Sukkar) explodiu uma geladeira na Praça Zion, em Jerusalém, matando 15 e ferindo 77. Ele foi preso, julgado, e condenado a prisão perpétua. Em 2003, sob pressão do presidente Bush,  o governo israelense soltou Abbu Sukkar, então com 70 anos de idade (junto com mais outros 99 prisioneiros), em um gesto de boa-vontade. Yaser Arafat premiou o jihadista e o nomeou "conselheiro especial." Abbu Sukkarmorrem em 2013 e teve um funeral de estado, foi chamado de "um filho correto e um lutador leal", e foi celebrado pelos seus "feitos valorosos." Agora, a Autoridade Palestina inaugurou uma estátua para, segundo eles, "um homem que protegeu os direitos humanos." A distinção de Abbu Sukkar foi ter matado 15 pessoas. (PJMedia)



Punições Islâmicas (sob a lei islâmica)

Estado Islâmico degola jogadores e treinador por prática de esporte anti-islâmico
Futebol. Degolados no meio da rua, na frente de crianças. (O Globo)


UNESCO declara islão a religião mais pacífica do mundo (Há! Há! Há!)
Uma piada publicada em um site satírico enganou os supremacistas islâmicos, que sairam propagando a piada como verdade. Leia o artigo todo neste link.

Taquia praticada pela imprensa internacional
Manchetes da BBC e da Reuters dão a entender que o homem-bomba que se explodiu na Alemanha (na cidade de Ansbach) foi a vítima!

BBC: Imigrante sírio morre em explosão na Alemanha

Reuters: Homem que teve asilo negado morto em explosão na Alemanha: diz ministro da Bavária






Motorista de taxi se recusa a levar cego por causa do seu cão-guia
Algo que acontece cada vez mais no Ocidente ... motoristas de taxi ou ônibus, muçulmanos, que se recusam a conduzir cão guia de cego porque cães são contra a sua religião. (Mail)
https://www.youtube.com/watch?v=VCF04QLQ2yQ OK


Nenhum comentário: