quarta-feira, 10 de maio de 2017

Atentado à bomba em manifestação contra a Lei de Migração: prenúncio do que esta nova lei pode acarretar



Uma bomba foi lançada contra manifestantes que protestavam de forma pacífica e ordeira contra a Lei de Migração, a ser sancionada pelo presidente Temer.

(Leia mais sobre o que esta Lei de Migração tem de ruim e nocivo no artigo Nova Lei de Migração elimina as fronteiras do Brasil, tornando-o na "Casa da Mãe Joana.")

Vejamos o que ocorreu baseando-se nos fatos que podem ser confirmados. O grupo Direita São Paulo protocolou pedido para a Segunda Marcha contra a Lei de Migração no Décimo-Primeiro Batalhão de Polícia Militar Metropolitana do Estado de São Paulo. Ou seja, a manifestação era legal pois tinha seguido os trâmites estabelecidos por lei.

A Segunda Marcha contra a Lei de Migração ocorreu na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo, no dia 2 de maio, e transcorria sem problemas. Mas, ao chegarem em frente ao prédio da Presidência da República, na Avenida Paulista, os manifestantes foram defrontados por um grupo de contra-manifestantes composto por brasileiros e estrangeiros palestinos e sírios (aparentemente agrupados como membros da ANTIFA, um grupo para-militar de extrema-esquerda que atua em vários países da Europa, EUA, Canadá, e agora também no Brasil). Essa contra-manifestacão era ilegal por não ter sido protocolada anteriormente.

Um dos contra-manifestantes atirou uma bomba (uma granada de fabricação caseira) contra participantes da Marcha. Veja o vídeo que mostra o momento no qual a bomba é atirada.

https://youtu.be/eSEt8_i2AEU  OK
Momento quando a bomba é atirada contra os participantes da Marcha contra a Lei de Migração

A explosão da bomba resultou no ferimento de alguns membros da Marcha. A ANTIFA aproveitou a confusão que seguiu a explosão para agredir outros membros da Marcha, inclusive uma mulher.

Manifestante ferido por estilhaços da bomba (esquerda); manifestante agredido pela ANTIFA (direita)

A ANTIFA confirmou que estava por detrás da contra-manifestação.

ANTIFA: grupo internacional que se proclama como sendo "anti-facista" mas que usa táticas facistas na sua ação

A polícia, que inicialmente demorou em intervir, acabou agindo de modo rápido prendendo contra-manifestantes. Dentre eles estão Hasan Abdul Hamid Zarif Hasan e Nour El Deen Alsayyd.

Hasan Zaif é ativista palestino e comerciante. Ele é líder do grupo Palestina para Todos e dono do bar Al Janiah, um local de encontro da pseudo-Esquerda com aspirações revolucionárias (seja lá o que isso signifique), situado na cidade de São Paulo.

O outro, um sírio, nem português fala. Este é um exemplo dos malefícios que vêm junto com a nova Lei de Migração. Ela irá dar todos os direitos para um estrangeiro que não sabe nada do Brasil e da sua cultura, e nem o idioma fala, inclusive direitos para abrir ou participar de um partido político.

A bomba, bem como quem a preparou e a atirou (contra cidadãos brasileiros exercendo os seus direitos constituicionais) é uma pequena amostra do que esta Lei de Migração irá causar. 


Trecho do Boletim de Ocorrência, indicando a origem de um dos membros do grupo que promoveu o atentado à bomba (print screen do vídeo GLOBO, RECORD E GRANDE IMPRENSA MENTEM SOBRE O ATAQUE TERRORISTA NA PAULISTA - ESCLARECIMENTOS, reproduzido abaixo)

Além da bomba que explodiu, os antifas e os estrangeiros tinham em sua posse outras granadas, martelo, e soco inglês.

Os principais órgãos da imprensa, dentre eles rádios, jornais e redes de TV noticiaram que não existiu bomba alguma, e que os manifestantes atacaram um grupo de refugiados sírios que estavam passando exatamente na hora da manifestação. Esta mesma imprensa distorceu os fatos acusando os membros da Marcha de racistas e xenófobos. O vídeo mostrando o atentado à bomba provocou uma mudança no relato, mas insistindo em denegrir os patriotas que são contra a Lei de Migração.

Mais de 20 advogados apareceram para liberarem os delinquentes da prisão, o que mostra que existe todo um aparato por detrás dos "palestinos" e "sírios", incluindo ação de diversas ONGs e partidos políticos.

E vejam como a mentira (taqiyya) se desenvolve. A tática dos islâmicos e seus apologistas, é mentir e denegrir os outros. Vejamos alguns exemplos.

Vitimização e Taqiyya 

Enquanto isso, existe o outro lado. O lado daqueles que atiram bombas contra quem pensa diferente, o lado daqueles que atiram bombas contra quem defende o Brasil, o lado que torna os vilões em vítimas, o lado que acusa a imprensa que os apoia para se fazerem de vítimas. Taqiyya!

Isso segue Maomé, que disse " eu fui feito vitorioro com o terror."

Isso segue o Alcorão, que ordena os fiéis a "usarem todos os estratagemas de guerra."

Isso segue o Alcorão, que afirma que "Alá é o maior dos conspiradores."

Existe o vídeo que prova que a bomba foi lançada pelos ANTIFA+ativistas islâmicos. Existe o boletim de ocorrências. Existem as armas apreendidas. Mas, é claro, que a ANTIFA+islâmicos nunca irão admitir isso. Segundo a ótica míope deste grupo, uma bomba atirada contra seres humanos que faziam uma manifestação pacífica é um "ato de defesa." Afinal, ter cérebro, amar o Brasil e ser crítico a uma lei que, na prática, elimina as fronteiras de uma nação, é racista e islamofobia, segundo o raciocínio tortuoso deles.

Para a Esquerda míope, aliada com o que existe de pior do islamismo, todos aqueles que se opõem à Sharia são racistas! Essa Esquerda, é muito diferente da Esquerda da qual eu crescí e faço parte. A Esquerda aliada ao islamismo é uma Esquerda traidora e ignorante.

Vejamos alguns exemplos.

Sâmia Bomfim, uma vereadora pelo PSOL, estava toda alegre por ter libertado os criminosos que atiraram uma bomba de fabriacação caseira. Para ela, isso foi uma vitória contra a intolerância e a xenofobia. Para esta vereadora, defender o Brasil, a nossa "pátria-mãe, é ser intolerante e xenófobo. Esta deputada teria sido enviada para uma Gulag por Stalin, que nunca tolerou pessoas que traíram a "pátria-mãe russa." Stalin era nacionalista. Esta vereadora pseudo-esquerdista é globalista, à serviço dos banqueiros internacionais.


César Kaab Abdul, um ativista islâmico que atua em uma favela de São Paulo, e que possui conexões com o notório xeique Al-Arifi, banido do Reino Unido, da Dinamarca, da Argélia, etc., por suas visões extremistas, se fez de vítima. Ele menciona "crescente intolerância e estupidez incalculável." Claro que para ele, atirar uma bomba de fabricação caseira sobre pessoas que exercem o seu direito de cidadão nao é estupidez. É claro, também, que ele nuncar irá criticar o seus irmãos muçulmanos que perseguem as minorias nos países de maioria islâmica, incluindo os ateus, cristãos, bahai, hindus, etc. O silêncio contra a "crescente intolerânica e estupidez incalculável" que o islamismo leva seus adeptos mais fervororos cometerem, por parte dele, bem como por parte dos muçulmanos no Brasil, incluindo o seu grande porta-voz xeique Rodrigo Rodrigues, é ensurdecedor, e retrata claramente a hipocrisia intrínseca ao islamismo.

Você nunca irá ver um muçulmano pedir desculpas pela destruição do budismo no Afeganistão, pelo extermínio do hinduísmo onde ele nasceu (às margens do Rio Indus, hoje Paquistão), pela invasão da Península Ibérica, pela invasão da França, pelo sistema de devsherme dos turcos, pelo Genocídio Armênio, pelo extermínio de povos e culturas, etc. NUNCA!!! Mas você irá vê-los criticarem os outros. Os crimes do islamismo são um bilhão de vezes piores que quaisquer outros crimes. O Holocausto, a fome na Ucrânia, o extermínio de Pol Pot, etc., são como pedrinhas se comparados com o himalaia dos crimes do islão, começando com o próprio Maomé.

E, nós ainda vemos pessoas que não são muçulmanas se dizendo que sentem "satisfação de estar no mesmo lado da trincheira que vocês irmãos muçulmanos." Quer dizer que você, Lxxx Cxxx, concorda com a condenação de Asia Bibi, no Paquistão, por ter bebido água do mesmo balde que muçulmanos, sujando a água por ser cristã? Você está na mesma trincheira que eles?


Uma outra, uma muçulmana recém-conversa, F O, que claro nunca leu nada sobre o islamismo além do que os seus mestres a doutrinam, quer dar a entender que a bomba foi lançada pelos manifestantes brasileiros patriotas. O vídeo está aí para te contradizer, irmã. Você não "acreditar no vídeo" não significa absolutamente nada, a não ser provar que você é realmente uma escrava, não de Alá, mas dos xeiques que a controlam. A próposito, você sabia que Maomé, o seu modelo de conduta, foi um pervertido sexual e um assassino em massa? E você sabe os seus direitos como mulher segundo lei islâmica? LEIA! E caia fora desta canoa furada enquanto ainda é tempo! Aproveita que você está no Brasil e aqui nós temos liberdade (estamos lutando para preservá-la).


E, de novo, o "valoroso" César Kaab Abdul, o que faz quando confrontado ao fato de que houve mesmo uma bomba atirada por "pessoas da etnia árabe"? Claro, omite este fato e os apresenta como vítimas. E, o pior, mente, ao dizer que a Marcha contra a Lei de Migração era violenta. (Taqiyya)


E agora vem o mais grave. O que estes muçulmanos frustrados estão fazendo, com o apoio de uma Esquerda traidora e burra, é importar para o Brasil conflitos com os quais não temos relação alguma. Eles projetam para o Brasil os infortúnios que existem nos seus países de origem. E, o pior, ainda têm a audácia de dizer que os brasileiros têm algum tipo de culpa nos seus problemas e conflitos. Não. Não temos nada com isso. Assumam a responsabilidade pelos seus próprios fracassos. Não queremos que os seus conflitos e problemas sejam importados para o Brasil. Migrem para o Brasil, se integrem no nosso caldeirão cultural, e sejam bem-vindos. Mas ninguém irá ter simpatias por vocês se vocês importarem os seus conflitos  (com exceção, é claro, dos pseudo-esquerdistas burros e traidores).


O mais lamentável, é que os conflitos e infortúnios dos países islâmicos, cujas raízes estão no atraso mental e cultural imposto pelo islamismo, vem sendo promovido, até mesmo em mesquitas no Brasil, como sendo culpa do Ocidente (grupo de países dos quais o Brasil faz parte).

https://youtu.be/XKZnUtg_wuE OK

Hasan Zarif, o dono do bar Al Janiah (e local de encontro da pseudo-Esquerda), e o sírio El Deen, foram presos em flagrante.


 Mesmo assim, existe a tentativa de os tornarem como vítimas. Claro, o choro é livre. Abaixo eu apresento alguns exemplos da mídia social.

O restaurante Al Janiah, claro, apresenta o seu dono como uma vítima ... mas omitem a bomba ... e distorcem a verdade ao afirmarem que advogados tiveram acesso impedido pela polícia. Na verdade, havia, pelo menos, duas dezenas de advogados no local para defende-los.


Os pobrezinhos "militantes da causa palestina" foram presos por facistas. Amigo: facista é quem joga bomba!


Uma outra celebra a libertação dos "imigrantes palestinos" dizendo que cantos foram entoados (pelos poucos presentes quando da sua liberação provisória), tais como "O imigrante é meu amigo, mexeu com ele mexeu comigo" e "Rede Globo golpista, você que é terrorista." Os dois slogans demonstram má-fé. Em primeiro lugar, a crítica é contra a Lei de Migração e não contra imigrantes. Em segundo lugar, a Rede Globo, ao massagear os fatos, apresentando os patriotas como pessoas ruins e quem joga bomba como vítima, está do lado de quem?


E, por fim, quem são os facistas nesta história? Quem se manifesta pacíficamente ou quem joga bombas e faz ameaças?



Eu gostaria de terminar com um apelo para que estas pessoas que se dizem de Esquerda que caíssem na real e deixem de ser idiotas úteis de banqueiros internacionais e de milionários sauditas.

Amigos, vocês estão sendo conduzidos como rebanho pelo "Marxismo Cultural", que de marxismo não tem nada. O Marxismo Cultural é anti-socialista! Larguem Gramsci. Querem ser socialistas de verdade, leiam Marx! Se vocês querem ser sociaistas, pelo menos que sejam socialistas de verdade.

O islamismo é anti-socialista! Não existe sociedade sem classes no islamismo. A rigor, o islamismo é hierarquizado, entre muçumanos e não muçulmanos, e entre homens muçulmanos e mulheres muçulmanas. Os direitos não são iguais! Além do mais, a prática econômica do islamismo está mais para um capitalismo selvagem. Vocês estão fazendo papel de bobo!

O correto, seria a Esquerda se opor ao islamismo bem como ao capitalismo. O fato da Esquerda se alidar ao islamismo significa que a Esquerda ficou mesmo órfã da União Soviética e perdeu o rumo.

O fato da Direita estar se opondo ao islamismo e a Esquerda estar aliada a ele depõem muito mal contra a Esquerda. E eu acho isso uma pena.

https://youtu.be/qIxVRcGVWbw OK
GLOBO, RECORD E GRANDE IMPRENSA MENTEM SOBRE O ATAQUE TERRORISTA NA PAULISTA - ESCLARECIMENTOS 

https://youtu.be/ehBxToN5ibI OK
Um hangout do Canal Terça Livre, discutindo os fatos sobre o atentado terrorista em SP


Outros vídeos sobre o atentado na Avenida Paulista:
  1. A PM foi ovacionada ao prender islâmico em São Paulo https://youtu.be/U6Pf_YLtb4c
  2. Imigrantes Sírios jogam bomba em manifestação contra Lei da Imigração na Avenida Paulista https://youtu.be/0iNyx-rNNsI 
  3. ACORDA BRASIL! IMIGRANTES ISLÂMICOS COMEÇARAM A ATACAR OS BRASILEIROS. https://youtu.be/B4AU8_itAmg

3 comentários:

Anônimo disse...

Perfeitas e lúcidas análises. Parabéns! Vivemos tempos cada vez mais difíceis, onde os opostos estão sendo invertidos, os gritos das pessoas de bem estão sendo sufocados por pessoas q tem suas mentes e corações voltados para o mal às custas de interesses q não são outros senão daqueles que lhes lavaram seus cérebros com ideologias maléficas, e q tem origem no pai da mentira: o próprio Satã!

Anônimo disse...

O povo ocidental é ensinado a odiar constantemente seu sistema cultural enquanto os muçulmanos são ensinados que são os melhores dessa terra.Sinceramente não sei no que isso vai dar além dos idiotas uteis conhecidos como "esquerdopatas" tem os convertidos brasileiros kkkkkkkkkkkkkkkque pelo amor de Deus são 3 vezes mais jumentos nunca debati com essas criaturas mais já vi suas defesas quando são confrontados e sai cada perola como:"os muçulmanos são inteligentes pois construíram as piramides", "Alexandre o grande era muçulmano" ,"a terra é plana","o alcorão é verdadeiro pois diz que as montanhas são estacas e cientistas comprovaram que as montanhas parecem estacas na terra" não tem logica nenhuma acho que por isso se dão tao bem com os militantes de esquerda que agem pela emoçao em vez da razão e realidade dos fatos.

Sinceramente gostaria DEMAIS que esses "escravos de Alá" ocidentais fossem viver sobre a lei da Charia em algum país islâmico principalmente as mulheres cheguei a ler uma dizendo que a mesma é boa pois dá segurança as mulheres kkkkkkk ela disse exatamente assim "se eu não colocar chifre no meu marido não serei morta,se eu não roubar não terei meu braço decepado" kkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa "abençoada" ignora que se o marido quiser se livrar definitivamente da esposa ele pode muito bem subornar ou combinar com as 4 testemunhas para acusa-la,que o homem pode bater na esposa;se divorciar só dizendo uma palavra 3 vezes;ficar com a guarda dos filhos;ter ela de volta se ele se arrepender da separação e por ai vai.

Mib disse...

Uma coisa intrigante que merecia uma investigação mais profunda: os jihadistas ao serem presos, já tinha advogados ligados a grupo de direitos humanos esperando para defendênfase los. A que grupos ou ongs estes advogados pertencem, e qual a ligação destes grupos com organizações islâmicas?