quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Atualizações em dezembro de 2017

Veja o que entrou de novo no blog em dezembro de 2018, exemplificando a aplicação da lei islâmica Sharia ao redor do mundo, seja por governos de países com maioria muçulmana, grupos islâmicos ou mesmo ações individuais.


Direitos das Mulheres sob o Islão: Parte 3Parte 2Parte 1
A imigração muçulmana aliada ao políticamente correto do Ocidente estão tornando as mulheres ocidentais igualmente sem defesa frente ao avanço implacável da Sharia.
Jordânia: exemplo do valor da mulher no mundo islâmico


Alemanha: muçulmano tenta afogar namorada alemã em um rio gelado, mas ele é quem acaba afogado
O "refugiado" afegão (19 anos) tentou afogar sua namorada (17 anos) durante uma "disputa de relacionamento." Ela escapou e ele teve que ser reanimado pela polícia, sendo levado para um hopsital em estado grave. O crime ocorreu no Rio Havel, em Spandau, na grande Berlin (10News).

Finlândia: menina estuprada e queimada viva por "namorado afegão" quando tentava desmanchar o namoro
A garota tem 17 anos. O caso aconteceu em Pori. O rapaz, Ramin Azimi, foi preso e condenado a prisão perpétua (10News).

Campeã de xadrez não vai ao Mundial por se negar a se submeter às regras impostas pelo anfitrião, Arábia Saudita
"Uma questão de princípio." Foi assim que Anna Muzychuk se recusa sujeitar-se às regras impostas às competidores do Campeonato Mundial Feminino pelo país organizador, a Arábia Saudita. Ela criticou as leis que obrigam as mulheres a se cobrirem e não poderem andar desacompanhadas em público. Anna Muzychuk é campeã mundial em duas modalidades, rápido e blitz. Ela prefere perder seus títulos. Segundo ela "o triste é que ninguém realmente se importa com o que acontece." Para sediar o evento, a Arábia Saudita pagou 1.5 milhões de dólares para a Federação Internacional de Xadrez (Daily Mail).

Suécia: adolescente estuprada, depois, estupradores "refugiados" jogaram gasolina na sua vagina e tacaram fogo
Polícia alerta mulheres para não andarem desacompanhadas pelas ruas de Malmö (Speisa). Segundo a lei islâmica, Sharia, as mulheres precisam da companhia de um guardião.

Líbano: motorista do Uber estuprou e matou diplomata britânica por usar mini-saia ("carne exposta")
Rebecca Dykes saiu de um bar tarde da noite, e pegou um taxi Uber dirigido por Tarek Hawchieh. Ele viu as pernas da mulher e achou que era "carne exposta." Dentro da mentalidade torta que maometanos são inculcados, isso significa que a mulher quer ser estuprada. "Rebecca foi estuprada pelo menos uma vez — a hipótese mais provável é que, depois do abuso sexual, ela tenha tentado fugir, foi perseguida, arrastada de novo para o carro e então estrangulada. O corpo foi achado com uma corda amarrada ao redor da garganta e as roupas rasgadas." (O Globo)



"A Morte é Doce", diz a TV "palestina" à juventude
Lavagem cerebral da juventude para cometerem o mal achando que estão fazendo o bem.
http://amigodeisrael.blogspot.co.at/2017/12/a-morte-e-doce-diz-tv-palestina.html

EUA: FBI invade casa de convertido muçulmano, simpatizante do Estado Islâmico 
Sterling, Virgínia. O FBI invadiu a casa de um convertido muçulmano, Sean Andrew Duncan, que, de acordo com uma declaração jurada do FBI arquivada no caso, declarou que tentou se juntar ao ISIS na Síria e compartilhar instruções de fabricação de bombas com uma mulher atualmente em custódia internacional. (PJMedia)

Holanda: relatório, mulheres jihadistas tornando-se "Mais Ativas e Violentas"
O relatório "Mulheres Jihadistas: uma ameaça que não deve ser subestimada", do Serviço Geral de Inteligência e Segurança (AIVD) da Holanda afirma que colapso do califado tem empurrado as mulheres muçulmanas para um papel mais violento na jihad. Aumenta-se o risco com as mulheres radicalizadas que estão retornando aos seus países de origem, após terem recebido treinamento na Síria ou no Iraque. (PJMedia)



Líbia: surgem evidências que o Estado Islâmico está sendo financiado pela escravidão negra
A declaração foi feita pelo Vice-Secretário de Estado John Sullivan em depoimento ao Congresso dos EUA. O Estado Islâmico está instalado nas áreas sem governo na Líbia e vem escravizando os negros, a maioria da Nigéria, que atravessam a Líbia com destino à Europa. Ele disse "O estado Islâmico é como um balão. Você o expreme de um lado e ele cresce do outro." (PJ Media)


O profeta (a paz esteja com ele) disse: "Se encontrardes alguém fazendo como o povo de Lot fez, matai aquele que faz e aquele a quem a coisa é feita." (Hadice Abu Dawood 38:4447) -- PS. O "povo de Lot" são os homens que aparecem na Bíblia querendo fazer sexo com os homens que se hospedaram na casa de Lot (Gênese 19:4-5)
Holanda: gay diz que islamização levou Amsterdã a retroceder 50 anos no tocante a segurança dos homossexuais
Ele diz que "sendo um gay jovem, ele podia andar nas ruas de mãos dadas com o seu namorado. Mas atualmente isso é um convite ao assédio." Mesmo no centro de Amsterdã, ver homossexuais de mãos dadas se tornou raro. (Voice of Europe)

Brasileiras são processadas por serem travestis em Dubai
(G1) http://www.nlucon.com/2014/02/apos-julgamento-em-dubai-travestis.html?m=1


Halal - Boicote Halal 

Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.

Boicotem a FINI, Balas de Gelatina
Fini aumenta produção halal em 5%, presidente diz que a dificuldade é remover gelatinas de origem animal, implementação de análises periódicas de DNA e procedimentos de limpeza que "garantem a ausência de contaminação cruzada". (website)




Vergonha: TV Cultura dá voz a ativista pró-islâmica (pró-palestina) para vomitar uma versão distorcida da história recente no Oriente Médio
As mentiras da "professora" da USP, Arlene Clemesha.

Lula (e PT) recebeu entre 1 e 35 milhões de dólares do líder líbio Khadafi em 2002
A esquerda brasileira (PT) e seu romance com os islamofascistas.
Lula recebeu dinheiro do ditador sanguinário islamofascista e pedófilo Muammar Kadafi para financiar sua campanha para presidente do Brasil. A contra-partida nós já sabemos qual seria...por isso Lula e Dilma defendiam o "diálogo" com os terroristas islâmicos, como o ISIS..."dialogar" para aumentarem a doação de campanha.
Esse não foi o primeiro presente que Lula recebeu de um líder islâmico. Em 2016, Lula ganhor carro ômega de R$ 170 mil de Federação Muçulmana Lula aceitou doação da Central Islâmica Brasileira de Alimentos Halal. (VEJA, O Antagonista)

Vídeo de humor que retrata bem como um dos pilares do multiculturalismo degringolou por completo: todas as culturas são iguais, menos a nossa


EUA: ex-presidente Obama bloqueou investigação sobre atuação do Hezbollah com o tráfico de drogas, inclusive na América Latina
Uma reportagem extensa da revista Politico, em 3 partes, mostra evidências da colaboração entre Obama e o Irã.  Seria ótimo que a Polícia Federal estudasse esta reportagem com atenção.
Leia o artigo no blog.



Ameaças de 'Jihad contra o Natal 2017' amedronta a Alemanha, França e o Reino Unido
Estes países começam a colher os frutos da sua insensatez, ao acolher milhões de muçulmanos que se recusam a aceitar os valores ocidentais e desejarem a lei islâmica (Sharia) onde vivem. Artigo do blog.

EUA: homem que vandalizou mesquita na Flórida foi condenado a 15 anos de prisão
Mas o que foi o tal ato de vandalismo? Deixar um pedacinho de bacon na porta da mesquita. Mas se vandalizassem uma igreja, estaria "ok". (Daily Mail)

Grã-Bretanha: exposição sobre "robôs sexuais" cancelada devido a ameaças de terrorismo por muçulmanos ofendidos
O Terceiro Congresso internacional sobre amor e sexo com robôs foi transferido para um local secreto depois que os organizadores receberam ameaças: "sexo com robôs é contra a religião islâmica. É equivalente a homossexualismo." (Daily Star).

Alemanha: governo oferece dinheiro para refugiados voltarem para casa
Existe até website do governo alemão sobre isso (Bundesamt für Migration und Flüchtlinge)

Alemanha: Canal de TV pública ignora esfaqueamento de garota adolescente por refugiado afegão
O canal ARD, bem como alguns outros canais de notícias alemãs, tentaram ignorar o crime por ele ter sido cometido por um refugiado. (RT)

União Européia pede aos jornalistas para não publicarem crimes cometidos por imigrantes muçulmanos
Novo código de conduta da União Européia pede aos jornalistas para não publicarem conteúdo falando da crise migratória de forma negativa, não conectar o Islã ao terrorismo e evitar falar sobre crimes cometidos por muçulmanos. (Renova Mídia; link para o relatório em inglês) . O que já se desconfiava está se tornando público.

França: prefeitos de sete cidades, em pânico, frente ao tsunami de imigrantes ilegais, pedem ajuda ao presidente Macron
Prefeitos de Estrasburgo, Grenoble, Rennes, Nantes, Toulouse, Lille e Bordeaux. Na carta, os prefeitos dizem que são obrigados a acomodar vários milhares de refugiados todos os meses. Este tsunami está criando problemas sociais maciços. Eles sentem que estão "encurralados contra a parede" e "completamente saturados." (PJ Media)

Rússia: muçulmana se candidata para ser a presidente da Rússia em 2018
"Aina Gamzatova, jornalista bem-sucedida e chefe da maior participação de mídia muçulmana da Rússia, enviou seus documentos de registro ao Comitê Eleitoral Central na segunda-feira. Ela foi nomeada candidata presidencial por um grupo de iniciativa local na República Russa do Daguestão, no final de dezembro, e atua como independente." (Sputnik)

Áustria: Aqui estão as principais políticas do novo governo centro-direita da Áustria
Leia tudo neste artigo no blog.



Europa: a islamização do Natal
"Uma submissão inaceitável e involuntária ao Islã" (Gatestone)
A reinvenção da teologia do Natal se baseia na falsa premissa de que o Jesus da Bíblia é o Jesus (Isa) do Alcorão. Esta fusão religiosa, por vezes chamada de "Chrislão", está ganhando terreno em um Ocidente ignorante no que diz respeito à Bíblia.
Uma escola em Lüneburg adiou uma festa de Natal porque um estudante muçulmano reclamou que as canções de Natal cantadas na escola eram incompatíveis com o Islã. Alexander Gauland, líder do partido anti-imigração Alternativa para a Alemanha (AfD), ressaltou que a atitude da escola representava "uma submissão inaceitável e involuntária ao Islã" e nada mais era do que uma "covarde injustiça" para as crianças não muçulmanas.
"O termo 'Natal', símbolo da nossa fé e cultura, não discrimina ninguém. A remoção dos símbolos natalinos não garante o respeito de ninguém, não produz uma escola e uma sociedade acolhedora e inclusiva, ao contrário, fomenta a intolerância contra a nossa cultura, nossos costumes, nossas leis e nossas tradições. Temos plena convicção que as nossas tradições devem ser respeitadas". -- Samuele Piscina, político de Milão.
Grã-Bretanha: igreja celebra nascimento do "Profeta Maomé" e de Jesus
Esta celebração conjunta aconteceu na Igreja de Todos os Santos em Kingston-upon-Thyne. Note como este evento está "marcando o aniversário do profeta Maomé", mas não está esperando o aniversário do Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus. Maomé é reconhecido como profeta, enquanto Jesus não obtém sua profecia nem seu sacerdócio; nem o seu reinado nem o papel messiânico. É o exaltado Profeta Maomé, juntamente com um Jesus sem atributos. Isso acontece porque, na cabeça dos cristãos envolvidos em "diálogo inter-religioso",  mencionar a divindade de Jesus iria, naturalmente, alienar muitos muçulmanos (Achibishop Craymer).

Grã-Bretanha: coral muçulmano celebra Alá na Catedral de São Paulo (anglicana) em Londres
Em um culto, com a presença de membros da família real britânica, o coral muçulmano cantou:
Não se desespere e não perca a esperança
Porque Allah está sempre ao seu lado
Querendo Allah, querendo Allah,
Você encontrará o seu caminho
Retorne para Allah
Ele nunca está longe
Coloque sua confiança Nele
Levante suas mãos e ore
Ohhh  Allah
Guie meus passos, por onde eu não devo andar
Você é o único que pode me mostrar o caminho
Me mostre o caminho
Ou seja, na igreja anglicana não é mais Jesus que mostra o caminho, mas sim Alá. (Gospel Prime)

https://noticias.gospelprime.com.br/igreja-quer-remover-bancos-para-atrair-muculmanos-cultos-ecumenicos/


EUA: Simpatizante do Estado Islâmico detona bomba no metrô de Nova York
O jihadista, original do Bangladesh (nome: Akayed Ullah), falhou, pois a bomba detonou de modo prematuro, ferindo 4 outras pessoas. Esta explosão ocorreu no terminal do metro da estação de ônibus Port Autority, perto do Times Square. Ou seja, este jihadista buscava um lugar para causar o maior número de casualidades possíveis. Ele seria um homem-bomba suicida. (CNN)
Multiculturalismo não é possível com aqueles que advogam o MONO-culturalismo.
Não existe diversidade com aqueles que querem que TODOS sigam um único padrão, estabelecido pela lei islâmica Sharia.

EUA: o candidato a mártir islâmico que explodiu uma bomba no metrô de Nova York (notícia acima), declarou que escolheu o metrô por causa dos cartazes sobre o Natal
Segundo a lei islâmica é proibido aos não muçulmanos tornarem públicas suas festas religiosas. (SMH)


Austrália: afegão sai atropelando infiéis no centro de Melbourne
Novo ataque a pessoas que celebravam o Natal. Um muçulmano afegão imigrante, Said Noori, dirige uma SUV sobre uma multidão em Melbourne na Austrália ferindo 19 pessoas, sendo que 2 delas correm risco de morte. O jihadista disse que fez isso por Alá e para se vingar do mal tratamento que muçulmanos recebem na Austrália (Breitbart).

Grã-Bretanha: atentado jihadista descoberto, sendo planejado para a noite de Natal
A polícia descobriu à tempo e prendeu vários deles em diversas cidades (BBC)

Rússia: Estado Islâmico planejava atentados em S. Petersburgo, no noite de Natal e no Ano Novo
Polícia prendeu mais de 10 em diversos lugares. Os jihadistas tinham bombas e metralhadoras (Mirror).



União Européia pede aos jornalistas para não publicarem crimes cometidos por imigrantes muçulmanos
Novo código de conduta da União Européia pede aos jornalistas para não publicarem conteúdo falando da crise migratória de forma negativa, não conectar o Islã ao terrorismo e evitar falar sobre crimes cometidos por muçulmanos. (Renova Mídia; link para o relatório em inglês) . O que já se desconfiava está se tornando público.


Perseguição Cristãos: Parte 1Parte 2
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
O que a Al-Qaeda disse? O mesmo que o Estado Islâmico, a Irmandade Muçulmana, etc, ... 
“O nosso inimigo número um”, informa a edição, “são Judeus e Cristãos, e devemos nos libertar para investir todos os nossos esforços até que possamos aniquilá-los — e somos capazes de fazê-lo, se Alá nos permitir — porque eles são o principal obstáculo para o estabelecimento do estado Islâmico”. (Tião Cazeiro

Paquistão: igreja atacada por jihadistas deixa 9 mortos e 56 feridos
Dois homens-bomba do Estado Islâmico se explodiram dentro de uma igreja metodista em Queta, capital do Baluchistão. (Reuters)

https://www.bitchute.com/video/oKISjsz8Mj9e/

Egito: 230 mil agentes de segurança para proteger as igrejas cristãs durante o Natal
Eles irão proteger as 2626 igrejas durante as celebrações natalinas. Centenas de cristãos morreram este ano em ataques de jihadistas islâmicos contra igrejas. No Egito, a maior celebração natalina é no dia 7 de janeiro para os cristãos do rito copta, contudo, a minoria que não é ortodoxa celebra no dia 25 de dezembro.  (Christian Post)

Egito: muçulmanos atacam igreja em Giza
O incidente ocorreu após os muçulmanos deixarem as orações de sexta feira (teriam eles sido incitados durante as "orações"?). Os muçulmanos gritavam para que a igreja fosse demolida enquanto destruíam seu interior. Os cristãos feridos foram levados para hospitais próximos. (AP News)

Egito: 10 mortos após ataque jihadista contra igreja de St. Mina, em Helwan, ao sul do Cairo
Os jihadistas atiraram contra os policiais que protegiam a igreja, matando dois deles. Outros mortos são cristãos que estavam na igreja. Um dos jihadistas foi morto, e o outro preso. Eles fazem parte da Irmandade Muçulmana e se declaram simpatizantes do Estado Islâmico. O ataque deixou outros 10 feridos. (PJ Media)


"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Argentina: juiz pede prisão de Cristina Kirchner por acordo com Irã
Isso tem a ver com o atentado à bomba no centro judáico AMIA em Buenos Aires, feito à mando do Irã. O juiz que investigava o caso foi morto de modo suspeito durante a presidência de Cristina Kirchener. (Exame)

EUA reconhecem Jerusalém como capital de Israel; muçulmanos respondem com chamadas à Jihad
Leia o artigo no blog.

Que países estão seguindo os EUA no tocante a Jerusalém? Hungria, Filipinas, República Tcheca. Alemanha? (PJ Meida)

Trump acerta e reconhece Jerusalém como capital de Israel
Eu sei que existem pessoas que têm arrepio só de ouvir o nome 'Joice' ... mas o que ele fala neste vídeo está 100% correto e baseado em fatos.


A verdade sobre Jerusalém
"O Islã é a religião da paz. Qualquer violência que acontece a culpa é do Trump."



EUA: Sandra Sarsour diz "ninguém tem o direito de dizer aos palestinos que eles não devem matar os judeus"
Ela afirmou isso em postagem de Facebook datada do dia 9 de Dezembro (Frontpage)

Jornalista árabe Abdallah El Delek: Israel é uma relidade e um exemplo a ser seguido
Jornalista do Kuweit Abdallah El Delek afirma, em entrevista na TV árabe, que Israel é legítimo e reconhecido por todos os países que não sejam ditaduras (citando a Coréia do Norte, que não reconhece Israel ... mas o mesmo ocorre com a maioria dos países com maioria populacional muçulmana. Ele inclusive afirma que os árabes deveriam se aliar a Israel e aos EUA contra o Irã e o Hezbollah.
OK

União Européia promete pressionar para que Jerusalém se torne também a capital dos Palestinos
Por que a União Européia não pressiona as autoridades palestinas a reconhecerem Israel como condição para qualquer tipo de acordo de paz? (Tião Cazeiro)

Maior distribuidor de filmes na Palestina proíbe "Liga da Justiça" porque artista que faz o papel de Mulher Maravilha é israelense
A artista Gal Gadot é israelense. O filme Mulher Maravilha também foi proibido em vários países muçulmanos sob a alegação que uma artista israelense é um tapa na cara das mulheres palestinas. No entanto, os homens muçulmanos baterem nas mulheres muçulmanas é permitido pelo islamismo. Ó ironia. (PJ Media)

França: O aumento da imigraçao islâmica tem implicado em um aumento do anti-semitismo
Os judeus vem deixando a França em cada vez maior número, e isso é um fenômeno que vem ocorrendo a vários anos (Amigo de Israel).

Suécia: vinte homens jogam bombas incendiárias em sinagoga
Isso aconteceu em Gotemburgo. Os judeus dentro da sinagoga tiveram que se refugiar no porão para garantir sua segurança. Antes da imigração maciça de muçulmanos para a Suécia, isso não ocorria (PJ Media).

Suécia: muçulmanos queimam bandeira de Israel em Estocolmo
Antes da imigração maciça de muçulmanos para a Suécia, isso não ocorria (The Local).

Suécia: "Matem os judeus", gritam manifestantes em Malmö
(The Local) Eles se referem a Kaibar, o oásis judáico escravizado por Maomé.


Iraque: família da Miss Iraque foge do país devido a selfie junto com Miss Israel
Foto da Miss Iraque Sarah Idan junto com a Miss Israel Adar Gandeslman, além de uma foto de biquini, resultou em ameaças de vida aos membros da família da Miss Iraque, o que os levou a fugir do Iraque (Times of Israel).


Mas quando os meses sagrados tiverem transcorrido, mate os idólatras onde quer que você os encontre, e capturai-os, e cerque-os, e arme ciladas para eles usando de todos os estratagemas (da guerra); mas caso eles se arrependam, observem a oração e paguem o zakat [ou seja, se tornem muçulmanos], abra o caminho para eles. Sabei que Alá é Indulgente, Misericordiosíssimo. (Alcorão 9:5)
Grã-Bretanha: Hindus britânicos protestam contra a construção de um centro muçulmano em área predominantemente hindú
O projeto é converter um armazém vazio, na área de Belgrave, em Leicester, em instalações para muçulmanos. Mais de 1.435 cartas de objeção foram enviadas e 3.569 pessoas assinaram uma petição contra o plano. (Breitbart)



.➽

Nenhum comentário: