terça-feira, 8 de maio de 2018

Relembrando o conceito da ESCRAVIDÃO SEXUAL no Islão


O Alcorão 4: 3 refere-se às "mulheres que sua mão direita possui"; O Alcorão 4:24 proíbe um muçulmano de fazer sexo com uma mulher já casada, exceto aqueles que sua "mão direita possui"; O Alcorão 33:50 diz claramente quem são as "mulheres que sua mão direita possui": elas são aquelas conquistadas como espólios de guerra.

4: 3 http://corpus.quran.com/translation.jsp?chapter=4&verse=3:
E se temeis que não tratem de maneira justa os órfãos, casem com as mulheres, que parecem boas para você, duas ou três ou quatro; e se temeis que não possais fazer justiça (a tantas) então uma (somente) ou (as escravas) que sua mão direita possui. …

4:24 http://corpus.quran.com/translation.jsp?chapter=4&verse=24:
E todas as mulheres casadas (são proibidas a você) exceto aqueles (escravas) que sua mão direita possui. …

33:50 http://corpus.quran.com/translation.jsp?chapter=33&verse=50:
Ó Profeta! Lo! Nós te tornamos legítimas as mulheres a quem pagaste os seus dotes, e as que a tua mão direita possui daquelas que Alá te deu como espólios de guerra,…

(Significado do Alcorão acima traduzido de Pickthall. Os links fornece outras versões)

Exegesis (tafsir) por ibn Kathir… http://www.qtafsir.com/index.php?option=com_content&task=view&id=717&Itemid=59:
(Mas se você tem medo de não ser capaz de lidar com justiça (com elas), então apenas uma ou a que sua mão direita possue.) A Ayah ordena, se você tem medo de não ser capaz de fazer justiça entre suas esposas ao casar-se com mais de uma, casar-se com apenas uma esposa, ou se satisfaça apenas com mulheres escravas, pois não é obrigatório tratá-las da mesma forma, mas é recomendável. Então, se alguém faz isso, isso é bom, e se não, não há dano algum.

Leituras adicionais:
- Estupro e escravidão sexual
- EUA: professor universitário defende estupro e escravidão sob a Sharia
- Síria: Mulheres em cativeiro agrupadas e vendidas em mercado de escravos 
- Direitos das Mulheres sob o islão 

Mulheres iázides feitas escravas sexuais pelo Estado Islâmico

Xeique saudita Saleh al-Fawzan, membro do Conselho Sênior de Clérigos, disse em 2003: "Escravidão é parte do islão ... escravidão é parte da jihad, e jihad irá permanecer enquanto existir o islão ... [Aqueles que argumentam que a escravidão foi abolida são] ignorantes, não são estudiosos. Eles são apenas escritores. Quem diz esta bobagem é um infiél."



Nenhum comentário: