sábado, 3 de novembro de 2018

Notícias sobre a Jihad Global do mês de outubro de 2018

Veja o que entrou de novo no blog em outubro de 2018, exemplificando a aplicação da lei islâmica Sharia ao redor do mundo, seja por governos de países com maioria muçulmana, grupos islâmicos ou mesmo ações individuais.


Direitos das Mulheres sob o Islão: Parte 3Parte 2Parte 1
A imigração muçulmana aliada ao políticamente correto do Ocidente estão tornando as mulheres ocidentais igualmente sem defesa frente ao avanço implacável da Sharia.
Grã-Bretanha: polícia prende 900 sírios na Inglaterra e no País de Gales por crimes como estupro e abuso infantil
As autoridades dizem que os migrantes foram acusados ​​de crimes doentios, incluindo estupros e abuso infantil. Entre os detidos, quatro imigrantes sírios foram acusados ​​depois que duas garotas de 14 anos foram supostamente agredidas sexualmente - a poucos metros do estádio do Newcastle United. (express)

Grã-Bretanha: gangue do aliciamento de garotas de Huddersfield condenada a 221 anos (paquistaneses)
Dezesseis homens foram presos por mais de 200 anos como parte de uma gangue que abusou de 15 meninas em Huddersfield e arredores entre 2004 e 2011. O líder do grupo, Amere Singh Dhaliwal, 35 anos, foi condenado à prisão perpétua no começo deste ano e disse que ele deveria cumprir no mínimo 18 anos de prisão pelo juiz Geoffrey Marson QC, que disse: "Seu tratamento dessas garotas era desumano". (news.sky)

Iraque: cristã, Miss Badgá assassinada à tiros por "não se vestir islâmicamente"
Ela era famosa por suas roupas ousadas e posts em mídias sociais. (CNN)

Paquistão: artigo publicado na revista Sister-hood narra a experiência de mulheres muçulmanas vítimas do Moothra
Moothra é um termo usado para se referir a mulheres que ficam restritas à casa de seus pais após o seu casamento ter terminado sem divórcio. Quando um relacionamento entre homem e mulher se desfaz, ele a deixa na casa dos pais. Mesmo que ela deseje o divórcio ele não o concede para resguardar a honra da sua família. Ela passa a viver em um limbo social. Enquanto isso, ele passa para um segundo casamento com facilidade. (Sister-hood)

Arábia Saudita: mulheres sauditas que lutaram pelo direito de dirigir estão desaparecendo 
ou se exilando (Intercept).

Prêmio Nobel da Paz para ativistas anti-estupro Nadia Murad e Denis Mukwege

Murad é uma iázide iraquiana que foi torturada e estuprada por militantes do Estado Islâmico e que mais tarde se tornou o rosto de uma campanha para libertar o povo iázide. O Dr. Mukwege é um ginecologista congolês que, juntamente com seus colegas, tratou dezenas de milhares de vítimas de estupro da guera civil no Congo. (BBC)

Irã executa mulher de 24 anos, meio curda, presa, condenada quando criança
Zeinab foi presa em fevereiro de 2012, após ser acusada de matar o marido com quem se casou aos 15 anos. A acusada foi detida em uma delegacia por 20 dias após o crime, onde foi espancada por policiais do sexo masculino e forçada a confessar ter esfaqueado o marido depois que ele abusou dela verbal e fisicamente por meses e rejeitou seus pedidos de divórcio. (Arabiya)

Alemanha: 8 sírios envolvidos no 'estupro em grupo' de jovem de 18 anos em Freiburg
Majd H. (sírio, 21 anos) drogou uma jovem de 18 em uma discoteca e a levou a um arbusto onde ela a estuprou. Após isso, ele chamou seus 7 amigos, também sírios, para estuprarem a jovem indefesa  por mais de quatro horas. Todos estão agora sob custódia da polícia. Majd já tinha mandado de prisão da polícia e deveria estar preso, o que teria evitado o estupro. (bild, dw)

Itália em estado de choque: terceiro migrante africano preso em um caso de estupro coletivo e homicídio de menina adolescente italiana
Desiree Mariottini, de 16 anos, foi encontrado em um prédio abandonado em Roma no sábado. Dois cidadãos senegaleses já foram presos: Mamadou Gara, 26 anos, e Brian Minteh, 43 anos. Hoje, um terceiro suspeito foi preso também. O homem de 40 anos veio da Nigéria, detalhes sobre o seu nome não foram dados. (voiceofeurope)


Doutrinação

Indonésia: inquérito mostra que quase 6 em 10 professores muçulmanos são intolerantes e vilificam a ciência moderna
A maioria dos professores muçulmanos na Indonésia é intolerante a outras religiões e altamente propensa à radicalização, mostrou uma pesquisa recente. Os resultados de uma pesquisa nacional feita pelo Centro para o Estudo do Islã e da Sociedade (PPIM) da Syarif Hidayatullah, publicado na terça-feira, mostram que quase 60% dos professores muçulmanos são intolerantes, enquanto 46% têm inclinações radicais. (jakartaglobe)

Grã-Bretanha: A escola ensina que apenas muçulmanos foram salvos na Arca de Noé
O Centro de Aprendizagem Al-Istiqamah, no oeste de Londres, acabou multado por funcionar ilegalmente. é a primeira a ser multada por abrir ilegalmente. Noé, claro, era um profeta de Alá. (Telegraph)


Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.



As eleições e a islamização do Brasil. Como usar seu voto?
Leia artigo no blog.

Denunciada possível influência do Irã na eleição em favor de Haddad (PT-PCdoB) - Cristãos do Oriente Médio ameaçados
Leia artigo no blog.

Muçulmanas protestam contra Jair Bolsonaro no Rio 
Um grupo de mulheres com véu na cabeça exibia um cartaz que dizia "Muçulmanas contra o fascismo".
Mas, muçulmanas: islamismo é facista! Supremacista (muçulmanos são os melhores e os 'não muçulmanos' são as mais cruéis das criaturas), expansionista (basta ver a história do islamismo, com guerras de expansão desde Maomé - Jihad) e cultua seu líder (Maomé. Tente falar a verdade sobre Maomé para um muçulmano e você vai ver como ele fica zangado). Ah, sim, e odeia os judeus até o talo.  (noticiasaominuto; gospelprime)


E "coletivos" de muçulmanos e judeus se manifestam contra Bolsonaro - mas veja que "pérola" são estes judeus
Uma dos grupos judeus se chama "Forum de Judeus Sionistas-Socialistas Pró_palestina." Isso mesmo. Devem ser descendentes dos judeus que construíram o Bezerro de Ouro enquanto Moisés recebia os Dez Mandamentos. (Epoca)

Eis mais um motivo dos muçulmanos serem contra Bolsonaro
Representantes de Palestina enlouquece com discurso de Eduardo Bolsonaro na Câmara dos Deputados.



Sobre a doação do ditador Líbio Kadafi para Lula em 2002
Algo que já havíamos mencionado tempos atrás volta à tona. Aumentam as evidências de que o então ditador Líbio Kadafi financiou parte da campanha de Lula a presidente da república, algo ilegal.
(oantagonistaoantagonista)

Lembre-se que o Vice-Presidente da Venezuela tinha ligações com o Hezbollah, que apoia Haddad
Para ajudar a manter em mente o nivel de penetração que o grupo terrorista iraniano Hezbollah tem atualmente, lembre-se quem foi o vice-presidente da Venezuela, Tareck Zaidan El Aissami Maddah. Hoje, ele atua como Ministro das Indústrias e Produção Nacional desde 14 de junho de 2018. (jornal.ceiri). Leia mais em Latin America’s socialist-Islamist-narco-terrorist alliance.

Uma Opinião publicada hoje no jornal Estadão ... "DESESPERO"
Assunto conectado ao tema deste blog devido ao fato do Irã estar apoiando o Haddad (opiniao.estadao)

Enquanto isso, alunos continuam sendo levados para visitarem mesquitas ...





Falar a verdade sobre Maomé se tornou crime na Europa? (Tribunal multa ativista por "insinuar" que Maomé era pedófilo)
Leia artigo no blog.
Maomé é visto no Islã como o exemplo perfeito de conduta para os muçulmanos (cf. Alcorão 33:21). Por conseguinte, o seu exemplo conduz à pedofilia. Esta decisão é um passo importante para a imposição da Sharia na Europa, já que ela é uma aceitação tácita das restrições da blasfémia na Sharia sobre criticar Maomé. Pergunta: o Tribunal Europeu de Direitos Humanos determinaria que alguém merecesse uma multa e prisão por criticar Jesus? O caso nem chegaria a eles. (alarabiya)
Artigo em português do Gatestone: Tribunal dos Direitos Humanos apoia a Lei Sharia sobre a Blasfêmia.

Ação firme da Itália fecha contrabando de refugiados feito por ONGs a partir da costa da Líbia
Leia artigo no blog.

Grécia expulsa recrutadores do Estado Islâmico de campo de refugiados
Extremistas islâmicos, oriundos da Turquia, se infiltraram em um grande campo de refugiados em Lesbos (thetimes).

Grécia: Cruz em Lesvos derrubada após grupo de coexistência na ilha afirmar que ela é ofensiva para muçulmanos
Este grupo que diz pregar a coexistência afirmou que a cruz era um símbolo de racismo e intolerância. (Greekcitytimes)


Canadá: partido nacionalista vence eleições na província de Quebec
A Coalizão Avenir Quebec venceu as eleições provinciais, e promete controlar a imigração e quem imigra para a província. Ao mesmo tempo, o futuro primeiro-ministro provincial, François Legault, disse que irá proibir o uso de símbolos religiosos por funcionários (por exemplo, o véu islâmico) nas repartições públicas (Global). Mas o crucifixo será pendurado em todas as repartições como modo de reforçar a identidade de Quebec (BBC).

Canadá: canadense, membro do Estado Islâmico, capturado no Iraque; mas o Canadá não prende combatentes do Estado Islâmico
Muhammad Ali, 28, que deixou Toronto em 2014 para se juntar ao ISIS. Ele serviu como franco-atirador, e usou as mídias sociais para encorajar outros a se unirem ao Estado Islâmico e a realizar ataques terroristas. No entanto, não há garantia de que Ali seria preso no seu retorno, pois o governo canadense não prende os canadenses que participaram de grupos terroristas islâmicos no exterior. (Global News)

Itália: Salvini bloqueia acordo que permitiria a Alemanha e França enviar dezenas de milhares de refugiados para a Itália
O ministro do interior italiano, Matteo Salvini, disse que só aceitará um acordo em que a Itália envie tantos migrantes quantos forem enviados de outros países, o que tanto Alemanha e França não desejam. Surgiram boatos que a Alemanha iria fretar voos para Roma, e Salvini ameaçou fechar os aeroportos italianos para estes voos. A popularidade de Salvini cresce a cada dia. (Breitbart)

Turquia suspeita que jornalista saudita e ativista da Iramanda Muçulmana tenha sido assassinado por 'time de assassinos' no consulado da Arábia Saudita
O jornalista Jamal Khastoggi, um ativista da Irmandade Muçulmana, era crítico do governo saudita e vivia fora da Arábia Saudita. Ele entrou  na embaixada saudita na Turquia e nunca saiu de lá. Investigadores turcos concluiram que ele foi assassinado e seu corpo desmembrado. Relatos indicam que 15 sauditas teriam sido enviados à Turquia com o intuito de assassinarem o jornalista. A Arábia Saudita diz que acusações são falsas. (www; time; theguardian).
Este incidente involve dois países que fazem a mesma coisa: controem e mantém mesquitas ao redor do mundo, exportam a Sharia e sufoca seus habitantes.  Não dá para ficar ao lado de nenhum deles.

Holanda: Jovens muçulmanos dizem ao voluntário holandês: "Se dominarmos aqui, todos vocês serão decapitados"
Um ex-CEO da Shell, voluntário que ensina imigrantes, deu exemplos chocantes de suas experiências com eles. Ele acha que a integração dos muçulmanos está indo na direção errada. Ele dá exemplos de como a vizinhança se tornou islamizada depois que mulheres usandos lenços de cabeça negros chegaram. (voiceofeurope)

Argélia proíbe uso de véus que cubram o rosto inteiro (niqab) no trabalho
As autoridades citam razões de identificação e segurança para a decisão. (english.alarabiya

Espanha: Recrutamento do Estado Islâmico Dentro das Prisões
A polícia espanhola desmantelou uma rede jihadista que operava dentro de mais de doze prisões espanholas. A rede, supostamente ligada ao Estado Islâmico, foi estabelecida e era operada por um dos jihadistas mais implacáveis do sistema prisional espanhol, aparentemente bem debaixo dos narizes das autoridades prisionais. (gatestoneinstitute)

Espanha: Dez políciais feridos num motim em centro de migrantes
Mais um dia normal no paraíso do multiculturalismo europeu ... mais contribuições do "enriquecimento cultural" que o islamismo trás consigo (Observador).

França: sem alternativas, cidadãos franceses "fogem" para a Hungria para escapar do islamismo
Cresce o número de franceses que fogem do fracassado multiculturalismo francês. (voiceofeurope). Eles seguem o exemplo de belgas, holandeses e alemães que fogem de seus países. (voiceofeurope).

França: Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas (controlado por países muçulmanos) decide que proibir o niqab viola a liberdade religiosa de duas mulheres muçulmanas 
Para o Comitê, a França violou os direitos humanos de duas mulheres muçulmanas ao multá-las por usarem o niqab, um véu islâmico de corpo inteiro e que deixa apenas os olhos à mostra. (ohchr)

Áustria: grupo ligado à Turquia busca formar um partido político para imigrantes em Viena
O novo partido, que até agora não tem nome, é uma criação de Hakan Gördü, o ex-vice-presidente da União dos Democratas Turcos Europeus (UETD). Ele seria formado por muçulmanos e ativistas austríacos, e teria como bandeira "defender o Islã de ataques."  (Breitbart)

Grã-Bretanha: na cidade islâmica, a diversidade desapareceu completamente, já que quase todos os habitantes são muçulmanos
Esta é Savile Town, uma das partes mais racialmente homogêneas da Grã-Bretanha: não porque todo mundo seja um homem ou mulher de origem britânica, mas exatamente o oposto. São todos paquistaneses. (dailymail)

Bélgica: Mercado de Natal passa a ser chamado de mercado de inverno, pois 'poderia ofender outras crenças' (advinha qual)
Os organizadores do Mercado de Natal da cidade belga de Brugge mudaram seu nome para Winter Market. Outras cidades belgas também mudaram seus Mercados de Natal para Mercados de Inverno, Terras de Inverno ou Diversão de Inverno. Exemplos são Bruxelas, Antuérpia, Ghent e Hasselt. (voiceofeurope)



Itália: Arcebispo diz que devemos acolher jovens migrantes para substituir os “europeus em extinção”
“O desafio para a Itália é conciliar um país que está morrendo com jovens que vêm de outros lugares, para começar uma nova história." Em compensação,  "imigrantes africanos, que vivem há várias décadas na Itália, disseram que o país deveria fechar suas fronteiras para impedir uma guerra civil entre a comunidade africana e os italianos pobres". (Breitbart)



Alemanha: sírio do Estado Islâmico toma mulher como refém mas acaba preso
Forças de segurança prenderam um homem sírio de 55 anos na estação de trem de Colônia. Ele jogou uma bomba coquetel molotov em um McDonald's e levou uma mulher como refém. O homem alegou lealdade ao ISIS. (Ynet)

Alemanha: Convertida ao islamismo tentou recrutar mulheres para atacar um festival de música alemão
Marcia M., convertida ao Islã, tentou recrutar mulheres no norte da Alemanha para se casarem com membros do Estado Islâmico para que eles pudessem obter permissão para entrar na Alemanha. No entanto, uma das mulheres que foi contactada era uma informante da agência de inteligência alemã.  (dw)

Síria: Estado Islâmico toma 700 reféns ao invadir campo de refugiados - começa a executar 10 reféns por dia
O campo de refugiados é situado na província de Deir-al Zor. Foram sequestradas umas 130 famílias, incluindo extrangeiros e funcionários. (Daily Mail)



Paquistão: Asia Bibi faz seu apelo final ao Superior Tribunal, seu ato final de clemência antes de sua execução
São nove anos na prisão acusada de blasfêmia. Suas chances são pequenas (Independent)

Paquistão: grupos jihadistas ameaçam governo com tumulto nas ruas se Asia Bibi for libertada 
Estes grupos dizem ainda que vão caçar os cristãos para se vingarem: se Asia Bibi não for executada, eles irão matar cristãos que não tem nada com isso. (abcnews)

Muçulmanos paquistaneses ocupam as ruas exigindo a execução de Asia Bibi. Eles cantam "enforque a infiél" e oferecem dinheiro para quem a matar se ela for solta
Isso porque ela é acusada de ter insultado Maomé, ao dizer que Maomé está morto e Jesus está vivo.

Vocês se lembram daqueles paquistaneses que andaram pelo Brasil ano passado promovendo o islamismo? Pois é, eis aí o que eles querem trazer para cá. PRECISAMOS PROTEGER AS NOSSAS FRONTEIRAS! Vamos torcer para que o novo Congresso e o novo presidente modifique a infame Lei da Migração, que abriu as fronteiras do Brasil do modo mais irresponsável possível.



Asia Bibi liberada. Mas ela ainda corre risco de vida
Milagres acontecem! Após 8 anos presa, Asia Bib reconquistou a liberdade com a sua absolvição pela suprema corte paquistanesa. 

Contudo, a absolvição de Asia Bibi incendiou o Paquistão. O ódio islâmico contra os cristãos se torna evidente e todos os envolvidos de algum modo com o caso Asia Bibi (sejam seus advogados, familiares ou os juízes da corte suprema) correm risco de vida. Qualquer cristão se torna alvo dos fiéis seguidores de Maomé no Paquistão (Aleteia).

Tribunal europeu decide que "insultar" o profeta Maomé 'não é liberdade de expressão'
Maomé é visto no Islã como o exemplo perfeito de conduta para os muçulmanos (cf. Alcorão 33:21). Por conseguinte, o seu exemplo conduz à pedofilia. Esta decisão é um passo importante para a imposição da Sharia na Europa, já que ela é uma aceitação tácita das restrições da blasfémia na Sharia sobre criticar Maomé. Pergunta: o Tribunal Europeu de Direitos Humanos determinaria que alguém merecesse uma multa e prisão por criticar Jesus? O caso nem chegaria a eles. (alarabiya)
Artigo em português do Gatestone: Tribunal dos Direitos Humanos apoia a Lei Sharia sobre a Blasfêmia.


Mesquitas: lugar de oração ou central de operação?

Turquia: construindo mesquitas enquanto destrói o cristianismo
  • Enquanto uma enorme mesquita turca está sendo inaugurada na Alemanha, a maior escola teológica ortodoxa cristã permanece fechada por quase 50 anos, por ordem do governo turco. Além disso, a menos de um quilômetro do instituto cristão fechado, um novo centro de estudos islâmicos, abrangendo uma área total de 200 acres está programado para ser construído.
  • Os gregos da Turquia, remanescentes do outrora grande Império Bizantino, são brutalmente perseguidos e praticamente exterminados. Eles foram expostos, entre outros crimes contra a humanidade, a um genocídio, pogroms e deportações forçadas nas mãos de vários governos turcos. Como resultado, há somente cerca de 1.300 gregos em Istambul. Mas, apesar de seu ínfimo contingente, a moribunda comunidade grega ainda sofre discriminação e violações de seus direitos.
  • O governo turco, que mantém fechada a maior escola de teologia cristã do país, dispende grande parte de seu orçamento anual na construção de mesquitas mundo afora. (Gatestone)

Muçulmanos desejam Sharia -Exemplos

Arábia Saudita: mulher saudita "proibida de se casar com homem por ele tocar instrumento musical"
A mulher abriu um processo contra seus irmãos porque eles se recusaram a dar permissão para ela se casar com o homem de sua escolha (gerente de banco e professor). O motivo: ele toca um instrumento musical. Ela perdeu o processo. Música é considerada como haram (proibida). (BBC)

EUA: Muçulmana, de 22 anos, trabalhou para facilitar o apoio à al-Qaeda
O Departamento de Justiça dos EUA anunciou as acusações de terça-feira contra Alaa Mohd Abusaad, de 22 anos. Segundo as autoridades, Abusaad instruiu uma informante disfarçada do FBI sobre como enviar dinheiro para os mujahedin - combatentes envolvidos na jihad - dizendo que dinheiro sempre era necessário. "Você não pode ter uma guerra sem armas", disse Abusaad ao informante. "Você não pode preparar um soldado sem equipamento." (al)


Perseguição Cristãos: Parte 1Parte 2
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
O Chefe de Justiça do Paquistão deu a ordem para libertar a ASIA BIBI o mais rápido possível.  Ela foi considerada inocente de todas as acusações de blasfêmia
Cristãos e instituições cristãs foram avisados com alertas para serem cuidadosos devido ao alto risco de ataques de vingança. Os cristãos estão se preparando para a violência esperada após o veredicto. Quanto tempo até o Chefe de Justiça ser assassinado? (BritishPakistaniChristians)

Contudo, a absolvição de Asia Bibi incendiou o Paquistão. O ódio islâmico contra os cristãos se torna evidente e todos os envolvidos de algum modo com o caso Asia Bibi (sejam seus advogados, familiares ou os juízes da corte suprema) correm risco de vida. Qualquer cristão se torna alvo dos fiéis seguidores de Maomé no Paquistão (Aleteia).

Nigéria: Leah, menina cristã, continua presa pelo Boko Haram; ela se recusa a se converter ao islamismo em troca da sua liberdade
Boko Haram é o grupo islamista radical que funciona como uma espécie de “califado”. É uma franquia do Estado Islâmico na Nigéria. No idioma local Boko Haram significa literalmente: “a educação não islâmica é pecaminosa”. Deve-se somar ao drama os  vaqueiros muçulmanos Fulani, que vem destruindo igrejas e matou milhares de cristãos. Além disso, 12 dos estados do norte da Nigéria adotaram a Lei Islâmica, tornado os cristãos em cidadãos em segunda categoria. Cristãos não podem ter acesso à escola nem à universidade pelo simples fato de serem cristãos.
      Recentemente, o Boko Haram sequestrou 105 meninas. Uma das meninas sequestradas, Leah Sharibu, de 14 anos, ainda continua presa. Curiosamente, era uma única cristã dentre as 105 sequestradas. O seu pai disse o seguinte sobre o ocorrido:
Boko Haram  não libertou a minha filha porque ela se recusou a negar a sua fé  para abraçar o islã.
Na semana passada bandidos atacaram e roubaram a casa dos pais de Leah. Felizmente, eles estavam fora. Eles haviam se mudado para de sua aldeia em Dapchi para esta casa temendo por suas vidas. Hoje, o Boko Haram matou um de seus reféns, uma enfermeira da Cruz Vermelha, que havia sido sequestrada enquanto oferecia ajuda a pessoas no norte da Nigéria. Boko Haram disse que Leah Sharibu é a próxima a ser morta.  (The Punch)

Nigéria: Boko Haram mata outra trabalhadora da Cruz Vermelha, e diz que Leah Sharibu será mantida como escrava pelo resto da sua vida
Leah Sharibu é uma cristã de 15 anos. Outra cristã, Alice Ngaddah, uma cristã que trabalha com a UNICEF, também será mantida como escrava. "Com base em nossas doutrinas, agora é lícito que façamos o que quisermos com elas", disse o grupo.
https://www.thecable.ng/breaking-boko-haram-executes-another-aide-worker-says-leah-will-live-as-slave

Nigéria: 4 crianças e avó entre os 17 cristãos massacrados por vaqueiros muçulmanos Fulani
Dezessete cristãos, incluindo quatro crianças e uma avó, foram mortos a tiros na semana passada por radicais Fulani que invadiram suas casas em Jos, na Nigéria. "A intenção fundamental dos jihadistas Fulani e seus patronos é expulsar todos os cristãos, não apenas do Cinturão Médio da Nigéria, mas possivelmente de todas as partes das regiões de floresta tropical da Nigéria". (christianpost)

Nigéria: massacre do Boko Haram desloca 1.300 pessoas; homens cortados em pedaços com facões
Os jihaditas do Boko Haram cortaram homens em pedaços com facões e incendiaram casas em ataques no fim de semana, que deslocaram cerca de 1.300 pessoas no estado de Borno, na Nigéria, berço e fortaleza do grupo terrorista. (Breitbart)

Indonésia: Pentecostais dizem que até 20 membros são assassinados anualmente
A Igreja Pentecostal da Indonésia, possui 3 milhões de membros, reclama de perseguição crescente (bosnewslife)

EUA: liberado pastor preso na Turquia por propagar o cristianismo 
Pastor Andrew Brunson, preso na Turqia por promover o cristianismo, foi libertado graças à pressão dos EUA. Hoje, ele foi recebido na Casa Branca pelo Presidente Trump. (CNB)
Se fosse Obama, ele estaria apodrecendo no prisão.

EUA: pesquisa mostra que "esquerda" está mais preocupada com os muçulmanos nos EUA do que com os cristãos no mundo muçulmano
Isso advém da narrativa de que os cristãos são opressores e os muçulmanos são vítimas. Isso os leva a ignorar as atrocidades cometidas contra as minorias no mundo islâmico. (pjmedia)

Quênia: extremistas muçulmanos matam dois professores cristãos
Militantes do Al Shabaab na quarta-feira (10 de outubro) mataram dois cristãos no norte do Quênia. Eles detonaram um dispositivo explosivo improvisado no bloco habitacional onde moram professores não locais, matando instantaneamente dois professores. Em uma área com muitos muçulmanos de ascendência somali, os militantes assumem que os quenianos que vêm do interior para trabalhar são cristãos - neste caso, como em anteriores, eles estavam corretos. (christianheadlines)

Iraque: milícias xiítas bloqueiam o retorno dos refugiados cristãos
Dezenas de famílias cristãs que fugiram das planícies de Nínive para a região do Curdistão quando a área foi atacada pelo Estado Islâmico (IS) em 2014, ainda estão para retornar ao seu local de origem por causa da milícia de Hashd apoiada pelo Irã.
http://www.basnews.com/index.php/en/news/iraq/473704


Perseguição Judeus (Boletim de Anti-Semitismo)
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Simpatizantes da Jihad em Gaza distribuem balas para celebrar o assassinato de Kim e Ziv
Fãs do terror e simpatizantes da Jihad, na Faixa de Gaza, distribuíram doces a transeuntes para celebrar o assassinato, pela manhã, de dois israelenses por um terrorista muçulmano na Zona Industrial de Barkan, em Samaria. As vítimas, Kim Levengrond Yehezkel (28 anos) e Ziv Hajabi (35 anos) eram mães de 4 crianças pequenas, agora órfãns. (btnews)


Governo canadense doa 50 milhões de dólares ao Hamas via ONU
Isso em um momento em que este mesmo governo nega recursos para os militares reformados veteranos de guerra, que ficam à mingua. E, lembre-se, que o governo canadense importou 50 mil refugiados, todos muçulmanos, deixando os cristãos e iázides sendo escravizados e mortos ou sobrevivendo às custas de caridades privadas. O Canadá possui um governo pró-islamista, liderado pelo primeiro-ministro Justin Truedau (um espécie de Fernando Haddad do hemisfério norte)



.➽

Um comentário:

Unknown disse...

Não se preocupe José logo logo esses idiotas no Canadá Alemanha etc vão cair é novos líderes como Trump é Bolsonaro vão surgir