quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Notícias sobre a Jihad Global do mês de dezembro de 2018

Veja o que entrou de novo no blog em dezembro de 2018, exemplificando a aplicação da lei islâmica Sharia ao redor do mundo, seja por governos de países com maioria muçulmana, grupos islâmicos ou mesmo ações individuais.


Como o exemplo e os ensinamentos de Maomé moldam o Islã
Leia o artigo no blog.


Apostasia

Alemanha: ateus (ex-muçumanos) que buscam asilo na Alemanha sofrem perseguição como nos seus países de origem.
Reportagem da DW narra a experiência de ateus de diversos países islâmicos que são perseguidos pelo seu ateísmo (por terem deixado de serem muçulmanos) na própria Alemanha. Informação da organização Ajuda a Refugiados Ateístas.
"Os muçulmanos conservadores criticam as mulheres que circulam sem lenço de cabeça", diz Dittmar Steiner, da Atheist Refugee Relief. "Estamos lidando com assaltos, exclusão, ameaças e violência.

Direitos das Mulheres sob o Islão: Parte 3Parte 2Parte 1
A imigração muçulmana aliada ao políticamente correto do Ocidente estão tornando as mulheres ocidentais igualmente sem defesa frente ao avanço implacável da Sharia.
Irã: legisladores aprovam projeto de lei que permite que homens se casem com filhas adotivas, legalizando a pedofilia
Ativistas de direitos humanos dizem projeto de lei aprovado, tornando as meninas vulneráveis ​​à decisão a partir dos 13 anos, 'legaliza a pedofilia.' A lei diz querer proteger os direitos das crianças. Cerca de 42 mil crianças com idades entre 10 e 14 anos se casaram em 2010, segundo o site de notícias iraniano Tabnak. (Guardian)

Irã: parlamento rejeita projeto de lei que aumentaria a idade mínima para meninas se casarem para acima dos 13 anos
O argumento é que o casamento de meninas menores de 13 anos combate a prostituição e os abortos ilegais. Segundo autoridades e especialistas do regime, cerca de 180.000 menores de 18 anos se casam no Irã. todo ano. Somente em 2017, os casamentos de pelo menos 37.000 meninas iranianas entre 10 e 14 anos foram registradas. Também foi relatado que há 24.000 viúvas com menos de 18 anos, das quais 15.000 são menores de 15 anos. (Iran-HRM)

Alemanha: Nova Lei que Proíbe o Casamento Infantil Considerada Inconstitucional
Qual a diferença entre a Alemanha e o Irã no tocante ao casamento infantil? Zero. Ambos os países permitem o casamento de pessoas mais velhas com crianças. Claro que isso na prática significa casamento homens mais velhos com meninas já que o oposto não acontece. Isso tem um nome: PEDOFILIA! (Gatestone)
"Se menores de idade estão proibidos de comprar cerveja, por que então os legisladores permitem que eles tomem decisões tão importantes quanto o casamento?"
Epidemia silenciosa de meninas cristãs raptadas no Egito
A comunidade cristã do Egito enfrenta perigos que a maioria dos outros egípcios não precisa temer. Ameaças de violência durante os cultos das igrejas, ataques a ônibus cheios de inocentes peregrinos e seus filhos e assaltos a estabelecimentos cristãos bem-sucedidos acontecem com muita frequência. Além disso, as mulheres cristãs no Egito enfrentam uma epidemia de sequestros, estupros, espancamentos e tortura. Inúmeras meninas e mulheres desaparecem para nunca mais serem vistas, e mesmo que sejam de alguma forma resgatadas, suas histórias são consideradas tão vergonhosas que ficam escondidas como segredos obscuros da família. Enquanto isso, os médicos notam silenciosamente os danos internos e “restauram a virgindade” a adolescentes e moças de vinte e poucos anos estupradas. Os padres tentam proteger a reputação da família quando as meninas retornam. (Julio Severo via Hudson Institute)

Índia: continua a luta contra o "talaq triplo" 
O talaq triplo permite aos homens muçulmanos se divorciarem de qualquer uma das suas esposas apenas ao dizerem 3 vezes "eu me divorcio" ...  a esposa não tem este direito.
O governo e a Suprema Corte querem criminalizar esta prática, mas os partidos de Esquerda se aliaram com os muçulmanos radicais e são contra. (Times of India)

Mulheres escandinavas, influenciada pela mentira "todas as culturas são iguais", estupradas e degoladas por jihadistas islâmicos no Marrocos




Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.

A rigor, a Certificação Halal é anti-islâmica ... mas quem não se vende ao dinheiro?

Toblerone se torna Halal - Boicote!
Marca suíça famosa se tornará HALAL para entrar em conformidade com a lei islâmica e a justificativa para tal é que 97% da sua produção é exportada. (Voice of Europe)



História (Arte e Jahiliyya)

A verdadeira História das Cruzadas
Um artigo sobre as Cruzadas, que é um assunto que precisamos saber defender. Não necessáriamente o aspecto belicista, mas principalmente o MOTIVO que levou os europeus do século XI marcharem milhares de quilometros passando toda necessidade para enfrentar um inimigo sempre mais numeroso: auto-defesa! As Cruzadas são uma reação tardia do mundo cristão contra 4 (quatro) séculos de agressão islâmica. O artigo é do historiador Thomas F. Madden, traduzido pelo blog Rainhas Malditas.

A aspiração islâmica de conquistar Roma é antiga
Em 2012, eu publiquei o artigo "Roma, saqueada pelo Islão em 846. Será ela, no futuro, conquistada como foi Constantinopla?" O fato é que o islamismo deseja conquistar Roma, bem como o mundo todo.
O artigo abaixo, apresentado no blog "Brasil Conservador" (que eu recomendo) versa sobre este assunto, apresentando as declarações de diversas lideranças contemporâneas do mundo islâmico.
Lembre-se: a Jihad é implacável e eterna. Só existe paz com o Islã ao se subjugar a ele. Traduzido pelo blog Brasil Conservador.




Pacto Migratório da ONU: caminho aberto para a islamização da Europa e do mundo (incluindo o Brasil)

Brasil assina pacto migratório da ONU, mas sairá dele com o novo governo

Mensagens do Itamaraty, via Twiter, deixam claro apoio do governo atual ao Pacto Migratório da ONU

Transferência por Bolsonaro de embaixada a Jerusalém seria 'provocação', diz representante palestina
As ameaças já começaram da OLP e do Hamas já começaram. Mas não seria diferente. Afinal, o próprio Maomé disse ter sido vitorioso através do terror. (Hadice de Bukhari, 52:220) (O Globo)

Brasil e Austrália "avisados sobre consequências" se mudarem embaixada para Jerusalém
A mesmo tempo que "vazou um documento" da Liga Árabe ameaçando o Brasil, cresce um movimento para se romper relações com a Austrália, que também dá indícios de querer relocar sua embaixada em Jerusalém. Com sinceridade, isso seria uma bênção.

Liga Árabe adverte o Brasil sobre possível transferência da embaixada de Israel
A Liga Árabe aconselhou o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, a reconsiderar seus planos de transferir a embaixada do país sul-americano em Israel para Jerusalém. Uma carta do secretário-geral da Liga Árabe, Ahmad Abu Al Ghait, ao Ministério do Exterior brasileiro e obtida pela Bloomberg enfatizava a "preocupação" da organização com uma possível mudança. "Dar um passo como este não apenas prejudicaria os interesses palestinos, mas reduziria drasticamente as oportunidades de alcançar uma paz abrangente", afirmou a carta. A Liga Árabe representa um mercado importante para os exportadores brasileiros. O país obteve um superávit de US $ 7,1 bilhões com as 22 nações da Liga Árabe em 2017, em comparação com um déficit de US $ 419 milhões com Israel.`Em sua carta, Abu Al Ghait enfatizou a natureza duradoura das relações árabe-brasileiras e seu potencial de crescimento. O secretário-geral pediu a Bolsonaro que "leve em consideração o ponto de vista árabe como forma de preservar nossa amizade de longa data". (Bloomberg)

Venezuela permite que Turquia construa uma mesquita em Caracas em troca de ajuda financeira 
O presidente turco Erdogan disse que a Venezuela pediu pela construção da mesquita. O fato é que a Venezuela hoje tem poucos amigos. E a Turquia é um amigo-da-onça. O islamismo finca suas garras na América do Sul (correiopaulista).

Natal pagão (e islâmico?) do Bradesco em Curitiba
Festa de "Natal" do Bradesco em Curitiba teve de tudo, menos de algo que se ligasse ao Natal (nascimento de Jesus). E, ao final, uma surpresa. O símbolo do Natal do Bradesco está mais para o símbolo islâmico da meia Lua e estrela, do que o Natal de verdade, que é cristão (vídeo: https://youtu.be/5ljTGWVHlnI)






Itália: aprovada nova lei que irá tratar imigração de modo realista colocando interesse italiano em primeiro lugar
Leia no artigo de Soeren Kern, no Gatestone Institute.

Áustria anuncia planos de negar automaticamente asilo a todos os migrantes que chegam à Europa com a ajuda de contrabandistas
Plano vai negar migrantes que recebem ajuda de asilo de traficantes de seres humanos na Áustria. Ministro do Interior diz que plano migratório tornará sistema mais justo para requerentes de asilo. Chanceler Kurz declara que a Áustria deve "esmagar o modelo de negócios" dos traficantes (Daily Mail).

França: Revolta Contra as Elites da Europa?
Quem sabe o movimento dos "jaquetas amarelas" seja uma indicação de que chegou a hora da largada para o início da resistência pública da Europa Ocidental contra o desastroso projeto multicultural e globalista das elites. (Gatestone)


Bélgica: primeiro-ministro renuncia após voto de "não confiança"do parlamento, por ele ter assinado o Pacto Migratório da ONU
Primeiro-ministro Charles Michel foi apresentar demissão ao rei. As próximas eleições legislativas realizam-se em Maio. (Publico)

Alemanha: Nova Lei que Proíbe o Casamento Infantil Considerada Inconstitucional
Qual a diferença entre a Alemanha e o Irã no tocante ao casamento infantil? Zero. Ambos os países permitem o casamento de pessoas mais velhas com crianças. Claro que isso na prática significa casamento homens mais velhos com meninas já que o oposto não acontece. Isso tem um nome: PEDOFILIA! (Gatestone)
"Se menores de idade estão proibidos de comprar cerveja, por que então os legisladores permitem que eles tomem decisões tão importantes quanto o casamento?"
Alemanha: Turco-Muçulmano nomeado como o 2º em comando da inteligência interna
A nomeação de Sinan Selen, nascido em Istanbul, é um ato simbólico visando estender a mão à comunidade turca da Alemanha, que há muito tempo se queixa de "racismo institucionalizado" dentro do aparato de segurança alemão. Enfim, ao nomear um integrante da etnia turca, Merkel quer aplacar o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, que tem recorrentemente pressionado para que ela reprima elementos curdos antiturcos na Alemanha (gatestoneinstitute).

Dinamarca quer isolar migrantes condenados numa ilha: eles não podem ser deportados
Eles são estupradores, traficantes e pedófilos. Mas, por problemas legais, eles não podem ser deportados de volta para os seus países. (correiopaulista)

Dinamarca aprova lei que obriga o aperto de mãos durante ato de concessão de cidadania - muçulmanos reclamam de islamofobia 
Agora nas cerimônias de naturalização da Dinamarca, será obrigatório dar o famoso aperto de mãos. E essa proposta que foi aprovada está incomodando os muçulmanos, que por sua vez alegam ser de tom discriminatório, com o intuito de desencorajá-los a buscar asilo por lá. (RT)

Paquistão diz serem exageradas as notícias de que muçulmanos chineses estão sendo levados para um "campo de reeducação"
Na quinta-feira, o Paquistão defendeu a China, que é uma aliada próxima, de um protesto crescente contra muçulmanos que estão sendo detidos pelas autoridades chinesas, dizendo que a questão está sendo "sensacionalizada" pela mídia estrangeira. Autoridades chinesas justificam repressão aos muçulmanos de Xinjiang argumentando que os separatistas estão empenhados em se juntar a extremistas estrangeiros como a al-Qaeda. (scmp)

Estes são os 25 países mais racistas do mundo 
# País; % de quem não quer vizinhos de outra raça;  % de pessoas que testemunharam comportamento racista (16 deles são "países islâmicos" ou de enorme população islâmica)
1 Índia 43,6 6,3
2 Líbano 36,3 64,4
3 Bahrain 31,1 85,7
4 Líbia 54,0 33,5
5 Egito N / A 39.7
6 Filipinas 30,6 49,1
7 Kuwait 28,1 37,9
8 Palestina 44,0 32,0
9 África do Sul 19,6 61,8
10 Coréia do Sul 29,6 36,5
11 Malásia 31,3 34,4
12 Nigéria 21,0 42,5
13 Iraque 27,7 37,8
14 Quirguistão 28,1 35,9
15 Equador 34,5 32,0
16 Argélia 19,8 41,0
17 Paquistão 14,5 48,8
18 Iêmen 34,0 31,2
19 Hong Kong 18,8 40,4
20 Rússia 17,0 38,5
21 Tailândia 39,8 19,0
22 Chipre 26,7 26,1
23 Turquia 33,8 19,1
24 Marrocos 13,8 8,6
25 Japão 22,3 29,7

https://businesstech.co.za/news/lifestyle/116644/the-most-racist-countries-in-the-world/

Mulheres escandinavas, influenciada pela mentira "todas as culturas são iguais", estupradas e degoladas por jihadistas islâmicos no Marrocos



Itália: muçulmano "refugiado do Papa" preso por planejar explodir o Vaticano
Na quinta-feira passada, Mohsin Ibrahim Omar, de 20 anos, também conhecido como Anas Khalil, foi preso na cidade portuária de Bari, no Mar Egeu. A operação envolveu várias agências policiais italianas e internacionais, incluindo o FBI. Omar, um membro da afiliada do Estado Islâmico na Somália, estava em contato direto com uma célula operacional e estava sob constante vigilância. Comunicações interceptadas de Omar referiu-se a colocar bombas nas igrejas em toda a Itália e especificamente indicou a Basílica de São Pedro no Vaticano. (PJMedia)

França: jihad no Mercado de Natal deixa 3 mortos e 13 feridos
Embaixador francês confirma que ataque ao Mercado de Natal em Estrasbourg, França, foi cometido por terrorista islâmico (CBS) . Após busca de três dias o jihadista foi descoberto. Ele morreu ao resistir a prisão com troca de tiros com a polícia. Ele já tinha passagem pela polícia e foi radicalizado na prisão (Veja). Vídeo: https://youtu.be/59_Ro8S0hjg

Marrocos: jihadistas que degolaram duas turistas norueguesas (e orgulhosamente filmaram o feito) são presos 
Duas mochileiras escandinavas, Louisa Vesterager Jespersen, 24, da Dinamarca, e Maren Ueland, 28 anos, da Noruega, foram esfaqueadas e decapitadas por terroristas muçulmanos enquanto acampavam no Marrocos. (TV Minas) Mais duas vítimas enganadas pela propaganda pró-islâmica da "religião da paz." 


Liberdade de Expressão e Blasfêmia - Exemplos

Google aprova aplicativo para muçulmanos relatarem pessoas que cometem blasfêmia e insultam o Islã
O Google aprovou um novo aplicativo para Android chamado "Smart Pakem", que irá ajudar os muçulmanos na Indonésia a denunciar pessoas que mantêm crenças "equivocadas" e relatar à polícia quem cometer blasfêmia ou insultar Maomé ou o Islã (PJMedia).
O Artigo 156 (a) do Código tem como alvo aqueles que deliberadamente, em público, "expressam sentimentos de hostilidade, ódio ou desprezo contra a religião". A pena pela violação do Artigo 156 (a) do código penal da Indonésia é de no máximo cinco anos de prisão. 
EUA acrescentam o Paquistão à lista negra por "violações da liberdade religiosa"
Ser cristão no Paquistão é viver temendo pela sua própria vida e pela segurança da sua família. (Tribune)

Paquistão: primeiro-ministro diz que Jesus nunca existiu ... mas isso não seria blasfêmia?
Imran Khan fez este comentário por ocasião do aniversário de nascimento do profeta islâmico Maomé. A reação foi mista, com alguns achando que ele estava ofendendo a minoria cristã do Paquistão, e outros tantos criticando-o pois o islamismo considera Jesus como um profeta (ou seja, ele estaria dizendo que o Alcorão está errado!). Segundo as leis do país que ele governa, isso seria blasfêmia!  (OpIndia)


Muçulmanos desejam Sharia -Exemplos

EUA: muçulmanos que trabalham na Amazon exigem mais tempo para oração e menos tempo de trabalho
Trabalhadores somalis da Amazon reclamam que a empresa não disponibiliza tempo o suficiente para que eles façam as suas orações e ainda dizem que os níveis de produtividade exigidos pela empresa são altos. (Jihad Watch)
A ideia é reforçar o princípio, já estabelecido em outros casos, de que os muçulmanos devem sempre ter privilégios e acomodações especiais que os outros não têm. Somente os muçulmanos gozam de plenos direitos em uma sociedade islâmica. Estabelecer uma situação semelhante nos EUA é o objetivo final.
Como o exemplo e os ensinamentos de Maomé moldam o Islã
Leia o artigo no blog.



Perseguição Cristãos: Parte 1Parte 2
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Denúncia: governo de Obama acelerou o genocídio cristão na Nigéria
Leia o artigo no blog.

Vaticano se recusa a oferecer asilo para Asia Bibi
Leia o artigo no blog.

Roma: Papa Francisco chama atenção a uma "nova era de mártires" 
"Também estamos experimentando uma nova era de mártires . Parece que a perseguição viciosa e cruel do Império Romano ainda não terminou. Um novo Nero está sempre nascendo para oprimir os crentes unicamente por causa de sua fé em Cristo. Novos grupos extremistas surgem e visam igrejas, locais de culto, ministros e membros dos fiéis. Intrigas e panelinhas novas e antigas vivem alimentando-se de ódio e hostilidade a Cristo, à Igreja e aos crentes. Quantos cristãos ainda suportam o peso da perseguição, marginalização, discriminação e injustiça em todo o mundo? No entanto, eles continuam corajosamente a abraçar a morte em vez de negar a Cristo. Quão difícil é, ainda hoje, praticar livremente a fé em todas as partes do mundo onde a liberdade religiosa e a liberdade de consciência não existem." (Vaticano)

EUA: Trump sanciona lei que garante ajuda para cristãos e Iázides vítimas do Estado Islâmico 
Recursos ajudarão cristãos e iázides a reconstruirem suas cidades e vilas destruídas pelo Estado Islâmico na Síria e no Iraque. (Christian Today, KofC)

Síria: cristãos em pânico com a provável invasão turca contra os curdos. 
A Turquia deseja alcançar dois objetivos: destruir os curdos e extinguir de vez com a presença cristã no norte do Iraque. A Turquia está posicionando tropas e carros blindados desde o anúncio que os EUA irão retirar o seu contingente de 2 mil soldados, que operam em conjunto com os curdos.
Mas começa a veicular a notícia de que a Rússia está alertando a Turquia a não invadir a Síria. Vamos torcer para que os russos, mais uma vez, protejam os cristãos. (Daily Mail, CBN)


Perseguição Judeus (Boletim de Anti-Semitismo)
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Alemanha: Merkel pede aos países da União Européia para não transferirem suas embaixadas para Jerusalém
A chanceler alemã fez uma campanha para impedir que países da Europa Central e Oriental transferissem suas capitais para Jerusalém para preservar o acordo nuclear iraniano (JPost). A História se repete.

Para a Autoridade Palestina (PLO), Israel caçar terroristas é "ato de terrorismo"
Segundo a lógica do Ministério da Informação do Presidente Mahmoud Abbas da Autoridade Palestina, soldados israelenses que estão atrás de terroristas configura um "ato de terrorismo", mas disparar tiros contra uma mulher grávida e outros seis civis israelenses parados em um ponto de ônibus, não. (Gatestone)

Grã-Bretanha: Salah, a estrela do futebol egípcio, pode abandonar o Liverpool se jogador israelense for contratado
O jogador é o árabe-israelense Moanes Dabour. Salah se recusou a apertar a mão de jogadores israelenses no passado. (JPost)


Perseguição outras religiões
Mas quando os meses sagrados tiverem transcorrido, mate os idólatras onde quer que você os encontre, e capturai-os, e cerque-os, e arme ciladas para eles usando de todos os estratagemas (da guerra); mas caso eles se arrependam, observem a oração e paguem o zakat [ou seja, se tornem muçulmanos], abra o caminho para eles. Sabei que Alá é Indulgente, Misericordiosíssimo. (Alcorão 9:5)
Irã: Baha'is presos por expressarem a sua fé
No dia 2 de dezembro, soldados iranianos invadiram a casa de Naghmehs Shadabi, confiscaram todos os seus livros e pertences, prenderam-na e jogaram-na na prisão sem julgamento. O crime dela? Ela faz parte da fé Baha'i. Por este "crime" ela agora senta-se em um sistema de prisão inquisitorial, e ninguém tem ideia por quanto tempo. Outras três pessoas da fé Baha'i também foram presas, sob a acusação de ativismo religioso e de seguirem a Fé Bahá'í.  Isto segue uma detenção anterior sobre 18 outubro de pelo menos nove cidadãos bahá'ís em Kermanshah. Eles foram libertados 18 dias depois, sob fiança. (IranPressWatch)


Ultraje Eterno

Itália: Pânico na missa de Natal após o imigrante marroquino gritar 'Alá' na igreja
Enquanto o rapaz de 35 anos gritava durante a leitura do evangelho, ele segurava um braço nas costas, apavorando os frequentadores da igreja que acreditavam que ele estava armado, relata o La Repubblica.

Austrália: Pregador muçulmano diz aos adoradores que QUALQUER UM que celebra o Natal irá para o inferno por toda a eternidade
Nassim Abdi, um pregador ocidente de Sydney da Associação Saudita Ahlus Sunnah Wal Jamaah, disse que comemorar o nascimento de Jesus Cristo é shirk, termo árabe para politeísmo. 'Shirk é muito pior do que cometer um pecado. Se uma pessoa acredita no Natal, ela vai para Jahannam (inferno) por toda a eternidade.” "Celebrar o Natal é pior do que beber álcool e cometer zina (sexo antes do casamento)", disse ele. A reportagem menciona outros 3 clérigos muçulmanos que pregam o mesmo para suas comunidades. (rtl247)  


.➽

Nenhum comentário: