domingo, 5 de junho de 2016

Perseguição aos cristãos pelo islamismo - Exemplos - Parte 2


Alguns eventos relacionados a perseguição a qual os cristãos são submetidos sob o islamismo estão elencados abaixo. Esta é a Parte 2. A Parte 1, com exemplos até dezembro de 2015, se encontra neste link.

Porque os cristãos são perseguidos? 
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Compare isso com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, Artigo XVIII:

Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular.

Entenda sobre a perseguição milenar aos cristãos coptas

 -x-x-x-
novembro de 2018

Egito: Jihadistas matam 7, ferem 14 em ônibus com destino a mosteiro cristão copta (gráfico)

No islamismo, 'Maria, mãe de Jesus', significa 'negação da divindade de Jesus'
Leia o artigo no blog.

O Extermínio da Minoria Cristã do Iraque
Livros escolares ensinam que os cristãos são "extrangeiros indesejados" apesar do Iraque ter se tornado cristão vários séculos antes de ser conquistado pelos muçulmanos no século VII. (Raymond via Gatestone)

Iraque: cristãos expulsos pelo ISIS, agora retornam ... para encontrar suas casas ilegalmente confiscadas 
Centenas de cristãos iraquianos que fugiram da perseguição do Estado Islâmico tiveram suas casas ilegalmente confiscadas. Pelo menos 350 propriedades de cristãos foram ocupadas por vigaristas e autoridades. O governo iraquiano impediu a venda de apenas 50 propriedades, segundo uma investigação da rede de televisão iraquiana al-Sumaria (Express).

Egito: Homem empunhando faca e Alcorão ataca cristãos na Igreja de St. George
O homem de 22 anos entrou na igreja através de uma sala destinada a assar pão para a Ceia do Senhor durante um culto de oração. Ele esfaqueou o padeiro e um outro cristão, aos gripos de Allahu Akbar. A política alegou que ele tem problemas mentais, mas as vítimas contestam essa explicação, chamando-a de uma tentativa velada de esconder o extremismo islâmico prevalente em todo o Egito. (Christian Examiner)

República Centro-Africana: pelo menos 42 mortos em ataque à Catedral do Sagrado Coração em Alindao
Pelo menos 42 pessoas morreram, incluindo um padre. Algumas estimativas não oficiais disseram que o número de mortos pode chegar a 100. Muitas das pessoas mortas eram refugiados que se abrigavam na Igreja. O ataque foi feito pelo grupo islâmico Selaka. (CNA)

Moçambique: cresce a perseguição de islâmicos a cristãos
Segundo o canal local News24, nas últimas três semanas, os membros do grupo extremista auto-denominado Al-Shabbab, queimaram 230 casas e decapitaram 23 cristãos, incluindo crianças.
(noticias.gospelprime)

Malásia: finlandeses presos por muçulmanos por causa de "panfletos cristãos"

Quatro finlandeses foram presos em uma ilha da Malásia durante suas férias, por distribuirem panfletos sobre o cristianismo, informou a polícia nesta quarta-feira. Eles podem pegar até cinco anos de prisão. (channelnewsasia)

outubro de 2018

O Chefe de Justiça do Paquistão deu a ordem para libertar a ASIA BIBI o mais rápido possível.  Ela foi considerada inocente de todas as acusações de blasfêmia
Cristãos e instituições cristãs foram avisados com alertas para serem cuidadosos devido ao alto risco de ataques de vingança. Os cristãos estão se preparando para a violência esperada após o veredicto. Quanto tempo até o Chefe de Justiça ser assassinado? (BritishPakistaniChristians)

Contudo, a absolvição de Asia Bibi incendiou o Paquistão. O ódio islâmico contra os cristãos se torna evidente e todos os envolvidos de algum modo com o caso Asia Bibi (sejam seus advogados, familiares ou os juízes da corte suprema) correm risco de vida. Qualquer cristão se torna alvo dos fiéis seguidores de Maomé no Paquistão (Aleteia).

Nigéria: Leah, menina cristã, continua presa pelo Boko Haram; ela se recusa a se converter ao islamismo em troca da sua liberdade
Boko Haram é o grupo islamista radical que funciona como uma espécie de “califado”. É uma franquia do Estado Islâmico na Nigéria. No idioma local Boko Haram significa literalmente: “a educação não islâmica é pecaminosa”. Deve-se somar ao drama os  vaqueiros muçulmanos Fulani, que vem destruindo igrejas e matou milhares de cristãos. Além disso, 12 dos estados do norte da Nigéria adotaram a Lei Islâmica, tornado os cristãos em cidadãos em segunda categoria. Cristãos não podem ter acesso à escola nem à universidade pelo simples fato de serem cristãos.
      Recentemente, o Boko Haram sequestrou 105 meninas. Uma das meninas sequestradas, Leah Sharibu, de 14 anos, ainda continua presa. Curiosamente, era uma única cristã dentre as 105 sequestradas. O seu pai disse o seguinte sobre o ocorrido:
Boko Haram  não libertou a minha filha porque ela se recusou a negar a sua fé  para abraçar o islã.
Na semana passada bandidos atacaram e roubaram a casa dos pais de Leah. Felizmente, eles estavam fora. Eles haviam se mudado para de sua aldeia em Dapchi para esta casa temendo por suas vidas. Hoje, o Boko Haram matou um de seus reféns, uma enfermeira da Cruz Vermelha, que havia sido sequestrada enquanto oferecia ajuda a pessoas no norte da Nigéria. Boko Haram disse que Leah Sharibu é a próxima a ser morta.  (The Punch)

Nigéria: Boko Haram mata outra trabalhadora da Cruz Vermelha, e diz que Leah Sharibu será mantida como escrava pelo resto da sua vida
Leah Sharibu é uma cristã de 15 anos. Outra cristã, Alice Ngaddah, uma cristã que trabalha com a UNICEF, também será mantida como escrava. "Com base em nossas doutrinas, agora é lícito que façamos o que quisermos com elas", disse o grupo.
https://www.thecable.ng/breaking-boko-haram-executes-another-aide-worker-says-leah-will-live-as-slave

Nigéria: 4 crianças e avó entre os 17 cristãos massacrados por vaqueiros muçulmanos Fulani
Dezessete cristãos, incluindo quatro crianças e uma avó, foram mortos a tiros na semana passada por radicais Fulani que invadiram suas casas em Jos, na Nigéria. "A intenção fundamental dos jihadistas Fulani e seus patronos é expulsar todos os cristãos, não apenas do Cinturão Médio da Nigéria, mas possivelmente de todas as partes das regiões de floresta tropical da Nigéria". (christianpost)

Nigéria: massacre do Boko Haram desloca 1.300 pessoas; homens cortados em pedaços com facões
Os jihaditas do Boko Haram cortaram homens em pedaços com facões e incendiaram casas em ataques no fim de semana, que deslocaram cerca de 1.300 pessoas no estado de Borno, na Nigéria, berço e fortaleza do grupo terrorista. (Breitbart)

Indonésia: Pentecostais dizem que até 20 membros são assassinados anualmente
A Igreja Pentecostal da Indonésia, possui 3 milhões de membros, reclama de perseguição crescente (bosnewslife)

EUA: liberado pastor preso na Turquia por propagar o cristianismo 
Pastor Andrew Brunson, preso na Turqia por promover o cristianismo, foi libertado graças à pressão dos EUA. Hoje, ele foi recebido na Casa Branca pelo Presidente Trump. (CNB)
Se fosse Obama, ele estaria apodrecendo no prisão.

EUA: pesquisa mostra que "esquerda" está mais preocupada com os muçulmanos nos EUA do que com os cristãos no mundo muçulmano
Isso advém da narrativa de que os cristãos são opressores e os muçulmanos são vítimas. Isso os leva a ignorar as atrocidades cometidas contra as minorias no mundo islâmico. (pjmedia)

Quênia: extremistas muçulmanos matam dois professores cristãos
Militantes do Al Shabaab na quarta-feira (10 de outubro) mataram dois cristãos no norte do Quênia. Eles detonaram um dispositivo explosivo improvisado no bloco habitacional onde moram professores não locais, matando instantaneamente dois professores. Em uma área com muitos muçulmanos de ascendência somali, os militantes assumem que os quenianos que vêm do interior para trabalhar são cristãos - neste caso, como em anteriores, eles estavam corretos. (christianheadlines)

Iraque: milícias xiítas bloqueiam o retorno dos refugiados cristãos
Dezenas de famílias cristãs que fugiram das planícies de Nínive para a região do Curdistão quando a área foi atacada pelo Estado Islâmico (IS) em 2014, ainda estão para retornar ao seu local de origem por causa da milícia de Hashd apoiada pelo Irã.

http://www.basnews.com/index.php/en/news/iraq/473704

setembro de 2018

A Bacia do Eufrates Preenchido com os Ossos dos Armênios - Foto dos Arquivos Nacionais da Noruega
Leia artigo no blog.

Síria: autoridades curdas fecham quatro escolas cristãs em Qamishli
As forças curdas fecharam quatro escolas ortodoxas sírias e armênias nas cidades de Qamishli, Darbasiya e Derik (nordeste da Síria), informa o Conselho Mundial de Arameus (WCA), acusando as milícias curdas Ypg de agirem em ilegalmente. Fiéis e padres foram às ruas para protestar. Os siríacos acusam os curdos de violar os direitos humanos sob o silêncio da comunidade internacional. (AsiaNews)

Egito: ataques de manifestantes muçulmanos forçam o fechamento de oito igrejas coptas que aguardam alvará definitivo.
A lei islâmica proibe a contrução ou reforma de igrejas. Recentemente, o governo deu igualdade de tratamento com as mesquitas, permitindo que elas operam mesmo com alvará provisório. Mas a turba islâmica não concorda e os conflitos acontecem. (worldwatchmonitor)

Egito: vida das mulheres cristãs no Egito é o inferno
No início deste ano, uma jornalista copta do sexo feminino chamada Engy Magdy escreveu um editorial, publicado pelo site de notícias católicas baseado emm Nova York, The Tablet, documentando como a vida das mulheres cristãs no Egito era "o inferno". (Christian Post)
"Para ser uma mulher em um país onde a maioria das pessoas vê as mulheres como uma desgraça e, na melhor das hipóteses, olham para elas de um ponto de vista sexual, é um fardo pesado, mas ainda pior quando você é uma mulher cristã."
"A maioria das mulheres muçulmanas no Egito usam um hijab (o véu islâmico) e, portanto, as outras que não usam o véu são cristãs. Isso significa que o homem egípcio acha que tem o direito de assediá-la, simplesmente porque a vê como uma prostituta e um descrente."
EUA: pastor iraniano, ex-muçulmano, preso por compartilhar seu testemunho
Ramin Parsa estava visitando o Shopping da América, em Bloominghton, Minesota, uma cidade que possui um grande número de somalis. Ele fugiu do Irã onde ele foi perseguido por ser cristão ex-muçulmano. Ele conversava com duas mulheres "somali-americanas." Elas perguntaram se ele era ex-muçulmano, e ele disse que sim. Uma outra pessoa passando ao largo ouviu a conversa e acusou-o de assédio para dois guardas (a notícia não detalha se o acusador e os policiais eram muçulmanos). Ele foi preso. Ramin Parsa disse que ele era um pastor, no que os guardas responderam: "nós já prendemos pastores antes." Enquanto isso, as duas mulheres "somali-americanas" queriam saber por que ele estava sendo preso. Eles disseram: "por que ele é cristão." (PJMedia)

Etiópia: a situação dos cristãos na fronteira da Etiópia com a Somália se agravou muito este mês
Relatórios iniciais apontam que 15 pastores foram mortos e pelo menos 19 igrejas cristãs queimadas ou vandalizadas. O número de vítimas fatais pode chegar a 50 na região. Em junho, 20 cristãos foram mortos na região fronteiriça. (RenovamídiaWWMonitor)

Nigéria: cristãos temem que o fechamento dos campos de refugiados os deixem à mercê do Boko Haram
Os cristãos internamente deslocados no nordeste da Nigéria manifestaram receio de voltarem para casa para votar nas eleições (em Fev 2019) apesar da crise contínua causada pela operação da milícia islâmica Boko Haram. O governo insiste que a situação está sob controle e está fechando os campos. A insurgência do Boko Haram causou a morte de mais de 20.000 pessoas, mais de 4.000 mulheres e meninas foram raptadas e mais de 2 milhões de pessoas foram forçadas a deixar suas casas. (Christian Today)

Itália: muçulmanos atiraram cristãos ao mar em barco de imigrantes
A polícia italiana anunciou a detenção de 15 muçulmanos acusados "assassínio múltiplo agravado devido a ódio religioso" por terem causado a morte de 12 cristãos que se encontravam na mesma embarcação no meio do Mediterrâneo. (Expresso)

Síria: sobrevivente relata tortura de 300 crianças cristãs pelo Estado Islâmico
(Express)

Níger: Padre italiano sequestrado durante a noite perto da fronteira sul
Padre Pier Luigi Maccalli trabalhava em Bomaga há 11 anos como membro da Sociedade das Missões Africanas (SMA), uma organização missionária católica romana. (Channel New Asia)

Paquistão: Menina cristã jogada da janela após a rejeição da proposta de casamento de traficante muçulmano
Uma cristã de apenas 18 anos, com base em Karachi, foi atirada do segundo andar de sua própria casa por se recusar a casar com um muçulmano local que administra uma rede de tráfico de pessoas. Ela teve sua espinha dorsal e ossos da perna deslocados e quebrados. O traficante foi preso, porém sua gangue está ligada a um partido político que impõe muito poder sobre as pessoas na área. (BPK)

Paquistão: muçulmanos tacam fogo na casa de família cristã. "Vocês serão mortos se retornarem"
Os donos, Bashir Masih, 72, e sua esposa Grace Bibi, 68, se aposentaram há cerca de três anos como faxineiros do Hospital Gujar Khan Tehsil Headquarters e gastaram seu pacote de aposentadoria na construção desta casa. Na casa ainda moravam seus quatro filhos, noras e 11 netos. Desde que eles se mudaram, eles têm sido agredidos de toda forma pelos seus vizinhos, adeptos da "religião da paz." Eles foram finalmente expulsos da casa com a roupa do corpo e espancados. Foram parar no hospital e deram queixa na polícia. Mas a polícia é toda muçulmana e eles são cristãos. Nada acontece. Várias organizações de direitos humanos disseram que estão procurando ajudar os Masihs, mas por enquanto a família permanece nas ruas. (worldwatchmonitor). Vídeo mostra o desespero da família ao perder tudo: https://youtu.be/RbrvjYjVUsA

República Centro-Africana: Cristãos massacrados em ataque islâmico
As vítimas, 42 pessoas, principalmente mulheres, foram baleadas ou cortadas com machetes até a morte enquanto retornavam de suas fazendas para o bairro predominantemente cristão de Bria, no centro do país. A cidade é o local do PK3, o maior campo de deslocados internos (IDP) do país.  Pelo menos uma estava grávida. O massacre foi atribuído aos membros da Frente Popular da Renascença da África Central (FPRC), uma das quatro facções do grupo rebelde Séléka (christiantoday).

Quênia: Al-Shabaab executa 2 cristãos após forçar passageiros de ônibus a recitar declaração islâmica de fé
Os militantes do Al-Shabaab forçaram os passageiros a apresentar seus cartões de identificação e os separaram por nomes muçulmanos e cristãos. Eles forçaram os não-muçulmanos a recitar a Shahada, ou a declaração de fé islâmica (algo que os torna muçulmanos - conversão forçada). Os únicos cristãos que se recusaram foram mortos.  (conversão ou morte). (christianpost)

Quênia: cristãos apedrejados até a morte por jihadistas do Al Shabaab enquanto trabalhavam
Jihadistas do Al Shabaab foram mortos dias atrás. Então, uma turba muçulmana se reuniu e resolveu matar cristãos como represália. Os três cristãos eram pedreiros e estavam construindo uma casa (Christian Post).

Moçambique: Doze aldeões são mortos por um grupo pró-Sharia, incluindo dois que são queimados vivos
Outros 14 ficaram feridos em um ataque de extremistas em uma vila de uma região rica em gás do norte de Moçambique. Uma das vítimas também foi decapitada e os agressores queimaram 55 casas. De acordo com pesquisadores acadêmicos, o grupo extremista quer impor a lei da Sharia na província de maioria muçulmana (Tribune).

Indonésia: Igreja em Jambi fechou por rejeição dos muçulmanos residentes nos arredores

Igreja Metodista Kanaan em Jl. Lingkar Barat Tiga no distrito de Kota Baru, foi fechada pela Agência da Ordem Pública, atendendo a reclamações dos vizinhos muçulmanos. Outras duas igrejas estão previstas para serem fechadas. Uma carta amplamente divulgada em Jambi afirmava que cerca de mil moradores se reuniram em uma mesquita próxima para protestar contra as três igrejas (Jakarta Post). 

agosto de 2018
Grã-Bretanha: dentre os 1112 refugiados sírios reassentados, não havia um único cristão 
Apenas os muçulmanos foram aceitos. Os cristãos representaram 10% da população pré-guerra da Síria e foram especificamente alvos dos jihadistas e continuam em risco. Mas são sistemáticamente ignorados pelos países da Europa Ocidental e Canadá.  Ano passado, apenas 25 dos 7.060 refugiados sírios, recomendados pelo ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), eram cristãos. No entanto, o governo britânico só aceitou 11 deles (globalchristiannews). Artigo do Gatestone Institute trata deste assunto. 

A minoria cristã perseguida e esquecida do Irã
Artigo da Fox News discute a situação dos cristãos iranianos na República Islâmica por causa de uma nova onda de repressão do regime, em grande parte ignorada pela grande imprensa.
  • Em 9 de agosto, um tribunal em Boushehr condenou dois cristãos convertidos e dez outros iranianos a um ano de prisão cada por “propagação contra a República Islâmica em favor de Cristandade." 
  • No ano passado, a Guarda Revolucionária Islâmica do Irã (IRGC) prendeu dois cristãos - uma mãe e seu filho - como parte de uma violenta repressão ao catolicismo na província do Azerbaijão Ocidental. 
  • Quatro cristãos evangélicos foram presos em maio de 2017 e sentenciados a 10 anos de prisão por atividades na igreja doméstica e evangelismo.
  • O Pastor Youcef Nadarkhani foi julgado em julho por três co-acusados ​​por causa de suas atividades na igreja doméstica. Todos foram condenados a 10 anos de prisão. 
  • Em junho de 2017, um tribunal iraniano condenou a Igreja Pentecostal Assíria Pastor Victor Bet Tamraz e três outros membros de sua comunidade a 10 ou 15 anos de prisão por causa de sua fé.
O cristianismo, é claro, não é estranho ao Irã, onde chegou à Pérsia pouco depois da morte de Cristo. O número real de cristãos iranianos provavelmente excede 350.000 por causa das condições anticristãs que eles enfrentam no país. Eles têm viver sem chamar a atenção para não se expor aos perigos da prática do cristianismo. O Irã tem 82 milhões de pessoas.

A lei discrimina fortemente os não-muçulmanos, que são  barrados  de todas as posições influentes nos órgãos centrais do Estado desde a Revolução Islâmica de 1979. A blasfêmia e a apostasia continuam sendo ofensas capitais.

Nigéria: militantes fulani queimam pastor e e sua família, vivos

Os "vaqueiros" Fulani invadiram várias aldeias na área de Barkin Ladi, no Estado de Plateau, Nigéria, em 28 de agosto. Como resultado, sete pessoas foram mortos, incluindo três crianças e um pastor. Esses indivíduos eram o Rev. Adamu Gyang Wurim (pastor da COCIN LCC Shonong), sua esposa e três filhos, o Sr. Pam Dusu e Aaron Yakubu. As aldeias atacadas incluíam Werre, Abonong, Ziyat, Bek, Nafan, Sagast, Rawuru e Rambuh nos distritos de Ropp, Foron e Fan. (Persecution)

julho de 2018
Comunidade Internacional Ignora Genocídio de Cristãos na Nigéria
  • Esses assassinatos elevam o número de cristãos mortos para mais de 6 mil desde o início de 2018.
  • "Os islamistas do norte da Nigéria parecem determinados a transformar a Nigéria em um sultanato islâmico e substituir a democracia liberal pela Sharia como Ideologia Nacional. Obviamente, o objetivo é suplantar a Constituição pela Sharia como inspiração para a legislação." — Fórum Nacional dos Anciões Cristãos, braço da Associação Cristã da Nigéria.
  • O governo nigeriano e a comunidade internacional desde o início fizeram muito pouco para resolver a situação. Esta falta de empenho não surpreende: eles sequer reconhecem as raízes do problema, a saber: a intolerante ideologia da jihad. (Gatestone)

Nigéria: Boko Haram e Vaqueiros Fulani continuam com o genocídio dos cristãos 
As matanças tem sido quase diárias e é difícil manter a conta. Segundo relato de Fadalucas Ogbonn:  "as pessoas estão sendo mortas todos os dias, enquanto a fome frustra os outros. "Estamos todos com fome aqui enquanto esperamos nossa vez de sermos mortos", disse meu amigo vivendo em Benue State ...!" Veja a capa de dois jornais.
  • "Buhari [presdiente da Nigéria] pede paciência enquanto bandidos matam 32 [cristãos] em Sokoto" (This Day). O presidente Buhari é muçulmano e tem sido acusado de negligência.  
  • "Banho de sangue em Taraba e Adamawa, 50 [cristãos] mortos" (The Sun). Outras 50 pessoas inocentes foram mortas no estado de Taraba e no estado de Adamawa, Nigéria. 

Curdistão impôs Jizya na cidade cristã
O Governo Regional do Curdistão (KRG) impôs uma nova regulamentação discriminatória exigindo que todos os proprietários de negócios da cidade de Ankawa, de maioria assíria, localizada na província de Erbil, renovem suas licenças de negócios com o Diretor do Distrito de Erbil. Este novo regulamento aplica-se exclusivamente a Ankawa, apesar do facto de um total de dez distritos estarem sob a jurisdição do Distrito de Erbil Center. A nova ordem direcionada aos proprietários de lojas assírias é a mais recente forma de discriminação contra os assírios em Ankawa. (assyrianpolicy)

Grécia: Muçulmanos ameaçam cristãos de morte dentro de campo de refugiados
Cristãos iranianos foram brutalmente atacados por muçulmanos, que os ameaçaram de morte com facas e com gasolina, em um campo de refugiados na Grécia. Dois deles ficaram gravemente feridos e foram encaminhados a um hospital. (Gospel Prime)

Alemanha: cruz histórica danificada e roubada
O "Hansen Kreuz" pertence ao patrimônio cultural da região de Trier há mais de 300 anos, no município de Dierscheid, na área de floresta do Keller Hill. O perpetrador ou perpetradores usaram uma ferramenta pesada para derrubar a figura de Jesus na cruz da base de arenito e tomaram a cruz. (searchlight)


Paquistão: jihadistas atacam igreja quando 70 jovens se reuniam dentro dela
Nesta semana, temos uma história angustiante sobre um ataque a uma igreja em que mais de 70 jovens se reuniram para um culto de jovens. Os atiradores pareciam não estar atacando os paroquianos e podem estar procurando criar medo e pânico na tentativa de conseguir a propriedade da igreja para uma família muçulmana. Cristãos corajosos frustraram os planos ao emboscar os atacantes assim que as balas acabaram e depois prendê-los pela polícia. Infelizmente isso pode resultar em uma falsa contra-alegação pelos autores do crime, apesar da evidência gritante de que a igreja foi atacada.
(britishpakistanichristians).

Tensão entre EUA e Turquia por conta do pastor preso na Turquia por divulgar o cristianismo
O governo do presidente Trump ameaçou a Turquia com sanções econômicas se ela não libertar o pastor protestante Andrew Brunson, que está a ser julgado das acusações de terrorismo e espionagem. Na verdade, ele está preso por evangelizar e promover o cristianismo. Isso na Turquia, bem como na maioria dos países islâmicos, é crime.
https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/07/turquia-enfrentara-eua-diante-de-ameaca-de-sancoes-por-pastor-americano.shtml
https://observador.pt/2018/07/26/estados-unidos-ameacam-turquia-com-sancoes-se-ancara-nao-libertar-pastor-andrew-brunson/
https://clarionproject.org/trump-threatens-turkey-if-us-pastor-not-released/

junho de 2018
Massacre na Nigéria: até 200 cristãos relatados mortos 


maio de 2018
França: Ahmed, um reincidente, grita na catedral "é o Alcorão que deve ser lido" e ameaça explodi-la com uma granada
Sábado 28 de abril de 2018, Ahmed X, 37 anos, entrou na catedral de São Vicente em Chalon sur Saône. Bêbado, ele ainda tinha uma garrafa na mão. Na frente do padre ele grita: "Eu tenho uma granada e vou explodir tudo!", "É o Alcorão que deve ser lido." Ahmed X é reincidente, já tendo 27 condenações, incluindo 3 por ameaças de morte e 7 por roubo e violência (mas prender muçulmano, vocês sabem, é islamofobia). Durante a audiência, Ahmed X cospe na direção do assistente do promotor, esboçando um gesto ameaçador. Ele será julgado no final de maio.
Fonte: www.fdesouche.com/998283-chalon-sur-saone-71-ahmed-multireciwww.info-chalon.com/articles/faits-divers/2018/05/01/37332/t (liveleak)

República Centro Africana: padre morto, 24 fiéis mortos, 170 feridos
Ex-membros do grupo majoritariamente muçulmano Seleka são acusados de matar o padre Albert Toungoumale-Baba na terça-feira (1 de maio) na igreja de Notre Dame de Fátima. Das centenas de fiéis reunidos na igreja, pelo menos 24 foram mortos e 170 feridos por militantes que jogaram balas no meio da multidão e detonaram granadas. (cruxnow)

Os crimes de ódio anti-cristãos na Alemanha estão sendo escondidos porque os imigrantes estão envolvidos
No ano passado, informamos sobre como 200 igrejas e símbolos cristãos foram danificados ou destruídos em um ano em apenas um estado alemão. Recentemente, a polícia começou a investigar seis casos de vandalismo em igrejas na cidade de Bamberg. Em dezembro do ano passado, um imigrante paquistanês tentou explodir uma igreja em Mannheim. Na semana passada, outro imigrante paquistanês foi preso por danificar uma igreja em Chemnitz. Mas houve piores incidentes: pessoas foram espancadas por usarem uma cruz em áreas povoadas por imigrantes, ameaçadas por serem cristãs ou assassinadas por um refugiado por se converter ao cristianismo. A mídia, predominantemente de esquerda, esconde os incidentes para não alimentar apoio popular aos partidos de direita. (voiceofeurope)

Irã mantém 10 anos de prisão para pastor e 3 outros cristãos por "cristianismo sionista" 
Acusados também de agirem contra a segurança nacional e de terem recebido dinheiro do governo britânico. O pastor Yousef Nadarkhani, Mohammadreza Omidi (Youhan), Yasser Mossayebzadeh e Saheb Fadaie, os quatro cristãos que perderam seus recursos, foram inicialmente presos em maio de 2016, depois que agentes do governo realizaram uma série de ataques às casas dos cristãos na cidade.
Nadarkhani foi preso e libertado em várias ocasiões no passado, todas ligadas à sua prática e pregação da fé cristã. Mais notavelmente, ele foi libertado da prisão em setembro de 2013, depois de ter sido absolvido da apostasia, uma condenação que originalmente o sentenciara à morte. A sentença de morte foi anunciada em novembro de 2010, um ano depois de o pastor ter sido preso por supostamente protestar contra a instrução islâmica em escolas para seus filhos e por procurar registrar sua igreja. (Christian Post)

Indonésia: pastor condenado a 4 anos de prisão por fazer comentários sobre o Alcorão durante evangelismo
Pastor Abraham Ben Moses compartilhou o evangelho com um motorista de taxi muçulmano. Ele foi acusado de blasfêmia pelo motorista por ter mencionado o Alcorão. Ele mencionou versos sobre o casamento e disse que Maomé tinha sido inconsistente com os seus ensinamentos. O pastor disse a verdade. A verdade, porém, é irrelevante. Ele critivou o Alcorão é Maomé e isso é o bastante para sua condenação segunda a lei islâmica (Sharia) (Christian Today).

Indonésia: família de "homens-bomba" atacam 3 igrejas, matando 7 e ferindo 40
Seis jihadistas, todos da membros da mesma família, atacaram três igrejas católicas durante missa de domingo em Surabaya, a segunda maior cidade do país. As filhas de 12 e 9 anos acompanhadas de sua mãe, atacaram uma igreja. Dois filhos, com idades entre 18 e 16 anos, atacaram a segunda igreja usando uma motocicleta. O pai atacou a terceira igreja usand uma SUV.  O grupo militante do Estado Islâmico confirmou a responsabilidade pelos ataques. A família pertence a um grupo de 300 indonésios simpatizantes do Estado Islâmico que retornou da Síria (Washington Post).

Rússia: Sete Mortos Após Ataque à Igreja Ortodoxa na Província Russa da Chechênia
Quatro homens armados atacaram a igreja ortodoxa russa do Arcanjo Miguel, no centro de Grozny, a capital da província russa da Chechênia, de maioria muçulmana, no sábado, mas foram mortos por forças de segurança em um confronto que deixou dois policiais e um morto mortos. Os assaltantes estavam armados com armas de fogo e facas, e tentaram fazer reféns dentro da igreja. (Breitbart).

Síria: igreja de Alepo em 2012, 2015 e 2017
  • Foto à esquerda: 2012 antes da al-Qaeda e do "Exército Sírio Livre" apoiado pelos EUA (Irmandade Muçulmana) atacar os bairros em Aleppo e assumir o controle;
  • Foto do meio: em partes de Aleppo que foram ocupadas pelo "Exército Sírio Livre" (Irmandade Muçulmana) e pela Al-Qaeda, as igrejas foram bombardeadas;
  • Direita: Em dezembro de 2016, as Forças Armadas sírias libertaram Alepo. Logo que Aleppo foi libertado, as Forças Armadas sírias participaram na restauração de todas as igrejas de Aleppo.
Esta foto à direita foi tirada na sexta-feira santa de 2017. A igreja ainda não tinha um telhado concluído, mas graças às Forças Armadas sírias (e Assad) os cristãos estão novamente 100% seguros em Aleppo (apesar do número de cristãos ter diminuido consideravelmente após as atrocidades cometidas contra eles).


Síria: soldado cristão explodido pelo Estado Islâmico
O exército sírio continua lutando contra o Estado Islâmico (ISIS) no sul de Damasco. ISIS divulgou imagens de uma execução de um membro cristão do exército sírio capturado durante a batalha. Eles amarraram explosivos em volta do capacete e o derrubaram de um prédio. O nome do soldado era Issa - Jesus em árabe.

A mídia ocidental nunca relata histórias sobre os cristãos no exército sírio, dando a entender que é um exército de "regime" quando não é. Os cristãos desempenharam um papel importante na libertação de Aleppo e outras grandes cidades em toda a Síria nos últimos anos. O sul de Damasco é um dos últimos redutos do Estado Islâmico na Síria. E os cristãos estão participando da luta.


Paquistão: cristão, acusado de blasfêmia, liberado após 2 anos na prisão
Não existia evidência para que Usman Liaquat (32 anos de idade) fosse preso. Bastou que um muçulmano o acusasse para ele ser preso. Ele permaneceu preso por 2 anos, sendo finalmente por falta de provas. Isso é uma forma de intimidação, para ele e para os membros de outras minorias no Paquistão: fiquem quietinhos e aceitem preconceito e perseguição calados, ou enfrente prisão ou linchamento. Lembre-se. Usman Liaquat foi preso pelo governo do Paquistão, um país que segue a Lei Islâmica (Sharia) como ponto de partida do seu sistema legal. (britishpakistanichristians)

Nigéria: contínuo assassinatos de cristãos acontecendo dentro do esforço para disseminar a Sharia
O presidente da Associação Cristã da Nigéria (CAN), Revd Samson Ayokunle, disse que os assassinatos de cristãos em todo o país são o resultado resultado de movimentos para espalhar a Sharia por todo o país, como declarado anteriormente pelo líder da seita Boko Haram, Abubakar Shekau (SunNewsOnline).

abril de 2018
Paquistão: família cristã assassinada; "todo o louvor para Alá"
O Estado Islâmico tomou crédito e sente orgulho por executar na rua uma família que retornava para casa após compras em um bazar, no Balochistão.  (CNN)

Paquistão: cristãos afirmam que estão sendo forçados a sair de Quetta por violência do Estado Islâmico
Cristãos dizem que estão sendo expulsos de uma das principais cidades do Paquistão depois de uma série de ataques terroristas alegados pelo Estado Islâmico no Iraque e no Levante (ISIL). O grupo militante jihadista disse que realizou dois ataques com armas que mataram seis cristãos em Quetta neste mês, e também bombardeou uma igreja na cidade pouco antes do Natal. Os recentes ataques na cidade do sudoeste vêm além da crescente perseguição de minorias religiosas no Paquistão, onde cristãos e outros enfrentaram a violência da multidão e acusações de blasfêmia. (pakistantoday).

Coliseu de Roma iluminado em vermelho para chamar a atenção da perseguição que cristãos sofrem ao redor do mundo bem como sobre Asia Bibi
Isso foi algo que ocorreu em 24 de fevereiro. O motivo foi principal foi a perseguição que os cristãos sofrem nas mãos dos muçulmanos. O motivo secundário foi o de chamar a atenção à situação de Asia Bibi, presa no Paquistão desde 2009 acusada de blasfêmia contra Maomé ... ela disse que Jesus está vivo, mas Maome está morto. Leia mais sobre Asia Bibi.

Nigéria: 15 mortos, dentre eles dois padres, durante ataque a uma missa católica
Pastores de gado da etnia Fulani (muçulmanos) continuam na sua jihad contra os cristãos. Padre Moises Iorapuu disse que os jihadistas fulani atacaram no seu "estilo clássico" queimando casas, destruindo colheitas e matando pessoas. (Crux)

Alemanha: pedido de asilo de cristãos que fogem perseguição no Iraque é processado por "muçulmana com véu na cabeça"
Cristãos do Iraque fogem da perseguição islâmica. Mas, circunscrição em North Rhine-Westphalia, quem decide se o motivo do seu pedido de asilo é autêntico ou não é uma islâmica com o véu islâmico na cabeça. Os cristãos reclamam que seus pedidos de asilo têm sido rejeitados. (Welt)

março de 2018
Suécia "mata de fome" refugiados cristãos, mas oferece emprego a terroristas do Estado Islâmico
Leia o artigo todo no blog.

EUA: faculdade alerta estudantes que desejar "Feliz Natal" é uma micro-agressão islamofóbica
Leia o artigo todo no blog.

Síria: invasores turcos querem que Cristãos sírios "voltem para Alá"
Afrin, uma cidade no norte da Síria, outrora um refúgio para aqueles que fugiam dos combates ao redor deles, é agora palco de sofrimento e morte. Afrin é uma cidade curda, mas acolheu refugiados cristãos e yazidis que fugiam da guerra civil síria e dos militantes do Estado Islâmico. Agora, os rebeldes sírios que participam do ataque turco a Afrin ameaçam matar os cristãos dizendo, a menos que se convertam ao islamismo:
"Por Alá, se você se arrepender e voltar para Alá, então saiba que você é nosso irmão", disse um soldado em um vídeo. "Mas se você se recusar, então saberemos que suas cabeças estão maduras e que é hora de arrancá-las." (CBN)

Filipinas: Catedral de Marawi não terá os serviços da Semana Santa por ainda estar danificada após ataque do Estado Islâmico
O bispo Edwin dela Peña disse na sexta-feira que por a catedral estar seriamente danificada como resultado do cerco de cinco meses que não haveria serviços da Quaresma este ano. “Pela primeira vez em muitos anos, não realizaremos nenhum serviço na própria catedral. Mas em outras paróquias da prelatura, teremos nossos cultos da Semana Santa ”, disse ele. O grupo terrorista Maute, inspirado pelo Estado Islâmico, chegou a ocupar proções de Marawi, sendo preciso a intervenção do exército filipino. (Inquirer)

Turquia: compartilhar o Evangelho é terrorismo
O pastor estadunidense Andrew Brunson ficou preso por uma ano e meio sem acusação formal contra ele. Agora, o governo turco pede pela sua prisão perpétua. O processo de 62 páginas apresentado no tribunal diz que "cristianização" é um ato de terrorismo. O pastor Brunson vive na Turquia a 23 anos, servindo de pastor na Igreja da Ressurreição de Izmir (atual Smirna - cidade grega cuja população foi expulsa pelos turcos em 1919).  (ACLJ)

Veja o quanto a população cristã no Oriente Médio decresceu nos últimos 100 anos
- Genocídio Armênio, Grego e Assírio na Turquia.
- Perseguição no Iraque e na Síria decorrentes da queda do Sadam Hussein e, mais recentemente, ação direta do Estado Islâmico.
- Guerra civil no Líbano.
- Perseguição crescente no Egito.
Todos esses lugares eram predominantemente cristãos. Lembre-se disso.



Xeique de Uganda enfrenta Fatwa depois de ser cristão secreto por dez anos
Hussein, um xeique de 68 anos de idade de Uganda, enfrenta uma fatwa (sentença de morte) depois de reconhecer publicamente que ele se tornou um cristão. Ele havia mantido sua fé em segredo por dez anos. (Open Doors)

fevereiro de 2018
Políticos alemães alarmados pela escalada de 'crimes de ódio' anti-cristãos
 Leia este artigo no blog.

Alemanha: arcebispo condena a violência dos imigrantes muçulmanos contra cristãos e cristãos conversos 
A Igreja Católica considera o aumento dos ataques contra os cristãos na Alemanha algo assustador. O arcebispo de Bamberg, Ludwig Schick. disse existir "tendências de radicalização entre certos grupos de muçulmanos" bem como em outros setores da sociedade. Segundo ele, isso traz perigos à coesão social e à convivência pacífica." O arcebispo disse ainda que entre os refugiados do Oriente Médio que vieram para a Alemanha desde 2014, há indubitavelmente alguns que "não entendem nem aceitam a ordem liberal do nosso país, mesmo aqueles que não são refugiados, mas terroristas vieram. Esse é um fato que devemos responder. Mas também é verdade que a maioria daqueles que escaparam da guerra e do caos realmente apreciam as conquistas do nosso estado e da nossa sociedade e querem aceitá-los." No ano passado, houve quase 100 ataques contra cristãos na Alemanha. Entre eles um assassinato, nove feridos, um incêndio criminoso, além de casos em que igrejas e símbolos cristãos foram atacados. O caso de homicídio ocorreu em abril de 2017 em Prien am Chiemsee, e atualmente está sendo julgado em tribunal. (Die Welt)


Indonésia: homem armado com espada fere 4 pessoas em igreja católica
Instigado por "grupos radicais", um homem armado com uma espada atacou os fiéis durante a missa de domingo em uma igreja católica no domingo (11/2),  na cidade de Yogyakarta, Ilha de Java. Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas,, inclusive o padre que rezava a missa. Ao chegar ao local, a polícia feriu o agressor. (New AsiaFront CatólicoABC)

Nigéria: etnia Fulani continua sua jihad contra o cristianismo
  1. Fulanis atacam 15 vilarejos e caçam os cristãos, com o propósito de limpar a região de todos os traços do cristianismo. O grupo atacou e caçou os habitantes dos vilarejos, destruindo e incendiando 9 igrejas bem como muitas casas. Em Song LGA, no Estado Adamawa.
  2. 25 vilarejos destruídos desde 15 de janeiro, no estado de Nasarawa. Os Fulani desejam expulsar os cristãos da etnia Tiv de suas terras ancestrais.
  3. Enquanto isso, ataques a propriedades e assassinatos continuam ocorrento nos estados de Benue e Taraba, a tal ponto do governador de Banue, Samuel Orton, ter alertado a população para "se proteger usando de todos os meios lícitos."
  4. Alunos muçulmanos da Moddibo Adama Universidade de Tecnologia em Yola, mataram um aluno cristão e feriram vários outros. Eles não ficaram satisfeitos com a eleição de um aluno cristão como presidente da associação de estudantes, temendo uma promoção do cristianismo. Oa atacantes gritavam (claro) Allahu Akbar (Alá é maior). (fonte: worldwatchmonitor)
Paquistão: menina cristã de 16 anos é estuprada por grupo e o trauma a deixa gaguejando
A menina de 16 anos já sofria de distúrbios mentais. Mesmo assim, 4 muçulmanos estupraram a infiél enquanto a sua mão estava no mercado fazendo compras para o Natal. A mãe e os irmãos pegaram os 4 em flagrantes e deram queixa, mas a polícia está agindo vagarosamente e registrou o estupro como tendo sido cometido por apenas um (britishpakistanichristians). O Alcorão diz que Alá gosta quando um muçulmano protege o outro, e é isso que a polícia está fazendo (como de costume).

Paquistão: cristão prefere pular de prédio a fazer sexo oral no seu primo acusado de blasfêmia
Sajid Masih foi chamado para ir à delegacia prestar depoimento sobre o seu primo, também cristão, acusado de blasfêmia contra o islão. Chegando lá, os policiais o levaram para o banheiro, onde ele foi despido e espancado. Quando os policiais mandaram-o fazer sexo oral no seu primo, ele correu e se jogou pela janela. Ele sobreviveu milagrosamente e está se recuperando no Hospital Geral de Lahore, onde deu depoimento ao seu advogado. A polícia abriu inquérito sobre o ocorrido mas espera-se que nada aconteça (talvez eles acusem Sajid de ter danificado a calçada na sua queda). (Christiansinpakistan)

janeiro de 2018
Turquia ataca cristãos na Síria. Iremos assistir calados a mais um novo genocídio?
Leia artigo no blog

Egito: Mosteiro de Santa Catarina fechado, celebrações do Natal canceladas

Este mosteiro é patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO. Celebração do Natal ortodoxo (6 de janeiro) foi cancelada pelo governo, que prefere fechar um evento cristão a oferecer segurança. (Raymond Ibrahim)

Por que professar Cristo está se tornando "crime de ódio" no Ocidente
  Indonésia: cristão açoitado 36 vezes por vender bebida alcólica e violar a Sharia
Os apologistas islâmicos no Ocidente gostam de comparar a Sharia com a lei judaica e com o Direito Canônico católico. Quando foi a última vez que você ouviu falar de alguém ser chicoteado por violar qualquer um desses? (Express)

Lista de eventos compilados por Raymond Ibrahim 
Artigo resumido no blog Tião Cazeiro
  • Paquistão: cristão que se vendeu como escravo, por 2 anos, para uma família muçulmana, para ter dinheiro para comprar uma casa foi abusado, proibido de ir à igreja, e finalmente, ao final do contrato, assassinado. (Pakistan Christian Post)
  • Irã: cerca de 500 muçulmanos convertidos ao cristianismo enfrentaram perseguição e fugiram para a Turquia em busca de asilo. (Christianity Today)
dezembro de 2017

O que a Al-Qaeda disse? O mesmo que o Estado Islâmico, a Irmandade Muçulmana, etc, ... 
“O nosso inimigo número um”, informa a edição, “são Judeus e Cristãos, e devemos nos libertar para investir todos os nossos esforços até que possamos aniquilá-los — e somos capazes de fazê-lo, se Alá nos permitir — porque eles são o principal obstáculo para o estabelecimento do estado Islâmico”. (Tião Cazeiro


Paquistão: igreja atacada por jihadistas deixa 9 mortos e 56 feridos
Dois homens-bomba do Estado Islâmico se explodiram dentro de uma igreja metodista em Queta, capital do Baluchistão. (Reuters)


Egito: 230 mil agentes de segurança para proteger as igrejas cristãs durante o Natal
Eles irão proteger as 2626 igrejas durante as celebrações natalinas. Centenas de cristãos morreram este ano em ataques de jihadistas islâmicos contra igrejas. No Egito, a maior celebração natalina é no dia 7 de janeiro para os cristãos do rito copta, contudo, a minoria que não é ortodoxa celebra no dia 25 de dezembro.  (Christian Post)

Egito: muçulmanos atacam igreja em Giza
O incidente ocorreu após os muçulmanos deixarem as orações de sexta feira (teriam eles sido incitados durante as "orações"?). Os muçulmanos gritavam para que a igreja fosse demolida enquanto destruíam seu interior. Os cristãos feridos foram levados para hospitais próximos. (AP News)

Egito: 10 mortos após ataque jihadista contra igreja de St. Mina, em Helwan, ao sul do Cairo
Os jihadistas atiraram contra os policiais que protegiam a igreja, matando dois deles. Outros mortos são cristãos que estavam na igreja. Um dos jihadistas foi morto, e o outro preso. Eles fazem parte da Irmandade Muçulmana e se declaram simpatizantes do Estado Islâmico. O ataque deixou outros 10 feridos. (PJ Media)

novembro de 2017
Livro: O que é ser cristão em um país muçulmano?
Material muito importante e útil não apenas para cristãos, mas para todos aqueles que desejam derrotar a retórica distorcida do islamismo. LINK PARA O LIVRO.

Nigéria: pastores muçulmanos Fulani fazem emboscada e matam cristãos que voltavam do mercado

Bandos armados de muçulmanos Fulani vem atacando as comunidades cristãs nos estados centrais da Nigéria (Plateau, Kaduna, Benue, Taraba e Niger). (Christian Headlines)

Indonésia: mensagem circulada no Facebook levou muçulmanos a queimarem três igejas
Aumenta a perseguição aos cristãos cidadãos da indonésia. Eles pedem ajuda frente ao aumento do extremismo islâmico na Província de Aceh. Mas quem pode ajudá-los se o próprio presidente do país não protege seus cidadãos, ao contrário, se manifesta simpático aos agressores? (ChristiansinPakistan)

Egito: máfia islâmica força o fechamento de 4 igrejas
Quatro igrejas foram forçadas a fechar no Egito devido a ataques de muçulmanos locais, na região de Minya, ao sul do Cairo. Líderes coptas cobram que as autoridades não fazem nada para levar os criminosos à justiça. (Gatestone)

Egito: mil muçulmanos atacam igreja, forçando cristãos a se trancarem dentro dela
Eles atacaram a Igreja de São Jorge alegando que ela foi renovada sem licença. (Express)

Alemanha: 200 igrejas danificadas na Bavária a cada ano
Além disso, aumentam os ataques contra cruzes que existem no topo de várias montanhas. Desconfia-se que islamistas estejam por detrás disso. (Voice of EuropeThe European)

Muçulmanos invadem mosteiro francês durante as orações noturnas e mandam as freiras converterem ao Islã ou irem para o inferno
Os dois homens têm em torno de trinta anos e rezaram em árabe enquanto as freiras estavam realizando suas orações na noite. A dupla também assinou no livro de visitas do mosteiro a frase “Allahu Ackbar”. Eles foram presos. As autoridades estão temerosas devido ao assassinato do padre Jacques Hamel, no ano possado, degolado por muçulmanos ao final de missa matinal. (Medium, L'est Republicain)

outubro de 2017
EUA: Trump ordena seu governo a ajudar os cristãos do Iraque
O presidente Trump se cansou com a inépcia das Nações Unidas e mandou seu governo ajudar os cristãos sobe a jihad. Trump decidiu que seu governo não irá custear esforços de auxílio ineficienes (Church Militant)

Primeiro-Ministro de Israel denuncia a perseguição dos cristãos no Irã
Ele mostra mais coragem que o próprio papa. 



Paquistão: pastores cristãos presos por rezarem em casa
Um total de 8 pastores foram presos quando seus vizinhos reclamaram à polícia que eles estavam rezando dentro da sua casa. Eles não tem onde rezar e usam suas casas como lugar de encontro.  (BritishPakistaniChristians).

Egito: padre copta assassinado à facadas no Cairo
Morto na manhã de quinta-feira no bairro El-Marg do Cairo. O padre Samaan Shehata, arcipreste da Igreja de São Julião, nasceu em 1972. Ele foi foi atacado com uma faca quando estava realizando um serviço pastoral em Cairo. De acordo com a Igreja Copta, ele teve morte imediata. Um total de 54 atos de violência ocorreram contra a comunidade copta em 2016. (Egyptian Streets)

Nigéria: pastores fulani (muçulmanos) matam 28 pessoas, incluindo mulheres e crianças cristãs
Os pastores fulani estão apenas tentando tomar para sí as propriedades dos infiéis (cristãos). Lembre-se que o Alcorão tem uma capítulo inteiro dedicado à pilhagem. Apenas em 2017 já ocorreram 30 ataques a povoados cristãos, resultando na morte de mais de 250 pessoas além da destruição de propriedade. Estes ataques se intensificam já que os pastores fulani estão se movendo para o sul, penetrando na região do Middle Belt (Christian Post).

Paquistão: muçulmanos destroem e queimam igreja e escola cristã em Mardan


Atualização em setembro de 2017


Itália: Muçulmanos cospem sobre hóstia consagrada e quebram crucifixo em igrejas de Veneza
  • Um jovem magrebino entrou no último dia 12 de julho na igreja de São Jeremias e se pendurou em um crucifixo, do qual quebrou o braço. 
  • Quatro mulheres muçulmanas que entraram na igreja com o rosto tampado com um véu, aproximaram-se do crucifixo e cuspiram nele. Em seguida, explicou que saíram do local sagrado escondendo-se entre os turistas presentes na igreja.
  • Dois jovens árabes que, depois de participar da celebração da Santa Missa presidida pelo pároco, aproximaram-se do altar para receber a comunhão e quando o sacerdote lhes deu a Hóstia Sagrada, cuspiram nela e fugiram do templo.
  • Dois muçulmanos entraram no templo, estenderam um tapete e começaram a rezar. O sacristão da igreja se aproximou deles para dizer-lhes que esse não era o local apropriado para rezar a Alá, mas eles responderam: “Podemos fazê-lo, o Papa nos deu permissão”. (ACIDigital)
Irã: aiatolás alarmados com o crescimento do cristianismo prometem repressão
Jovens se disiludem com o islão e abraçam o cristianismo, participando de igrejas domésticas às escondidas para não serem presos ou mortos (Mohabat).

Irã: crianças cristãs ameaçadas de expulsão de escola
O governo diz que as crianças das famílias que compõem uma das maiores igrejas domésticas do país devem estudar o Alcorão e os ensinamentos do islão xiíta ou serem expulsas das escolas. Segundo testemunhas, o presidente do Irã, Hassan Rouhani, deseja mostrar que é um bom muçulmano perseguindo os cristãos (Bosnewslife).

Crianças cristãs "obrigadas a recitar orações islâmicas" para receberem comida nos campos de refugiados do Sudão
Crianças cristãs em campos de refugiados no Sudão apenas recebem comida se elas recitarem a orações islâmicas, de acordo com relatórios recebidos por fontes próximas da principal instituição de caridade católica Aid to the Church in Need (ACN). Os cristãos do sul do Sudão estão "em uma situação terrível" nos campos de refugiados no Sudão. A ACN estima que 700.000 cristãos do sul do Sudão são refugiados no Sudão. A fonte da ACN acrescentou: "A maioria é deixada em campos de refugiados, alguns em uma situação muito terrível. Eles estão confinados nesses lugares. Não tem permissão para ir mais para o norte, para as cidades." (Christianity Today)

Paquistão: cristão torturado até a morte por se recusar a abandonar Cristo
Indaryas Ghulam havia sido preso pela polícia após "ativistas islâmicos" terem incendiado duas igrejas em Younahanabad, um bairro pobre cristão perto de Lahore. Ele estava protegendo as igrejas e os demais cristãos para não serem linchados  (Claro, os "ativistas islâmicos" nunca foram presos).
(bosnewslife)

Paquistão: adolescente cristão morto por seus colegas muçulmanos por beber água do mesmo copo
Este é Sharoon Masih, o adolescente cristão espancado até a morte por colegas de turma muçulmanos no Paquistão, depois de beber água do mesmo copo que um muçulmano.
Enquanto que os muçulmanos em países como EUA, Canadá, e mesmo o Brasil, praticamente fantasiam sobre "crimes de ódio", a brutal realidade sofrida pelas minorias religiosas nos países islâmicos é simplesmente ignorada. (inews)


Paquistão: polícia protege estupradores de menino cristão 
O menino foi atacado estuprado por uma gangue de 7 homens (todos muçulmanos). O pai do menino registrou queixa na polícia, que se recusa a tomar atitude contra os estupradores. (Christians in Pakistan)

Quênia: cinco cristãos degolados 
Al-Shabab, o grupo terrorista islâmico sediado na Somália, assumiu a autoria de dois ataques na região de Lamu County (Newsweek).   

Itália: "estrangeiro" quebra símbolos religiosos e ameaça pessoas em duas paróquias (de Santo Simone e Judas Tadeu)
Por dois dias este estrangeiro criou terror em Torre Ângela. Os cidadãos dizem que eles não se sentem seguros. Ele foi preso e levado para testes mentais ... claro, mais um "louco" ... (Roma Today)

Irã: casal cristão preso por enterro cristão
Eles foram vistos rezando como cristãos durante um enterro e denunciados à polícia (NRC)


agosto de 2017
Irã: quase 200 cristãos mantidos presos por promoverem o cristianismo
Esta é uma petição da CitzenGo em prol da libertação dois cristãos presos na famosa (e temerosa) prisão de Evin, no Irã. Eles começaram uma greve de fome protestando contra os maus tratos. Seus nomes são Amin Afshar Naderi and Hadi Asgari.  No texto esplicativo da petição descreve bem a situação da perseguição aos cristãos que acontece na República Islâmica do Irã: "Em 2016, cerca de 193 cristãos estão presos, incluindo-se aí ex-muçulmanos que se converteram para o cristianismo. Eles são frequentemente acusados de "ameaçar a segurança nacional ao abrirem igrejas domésticas", de "serem missionários",  ou de "insultatem o profeta (blasfêmia)." (CitizenGo)


Canadá: igreja incendiada criminosamente e coberta com grafitis do Estado Islâmico
Esta é a "diversidade" do primeiro-ministro canadense Justin Trudeau. (vladtepesblog)


Grã-Bretanha: menina cristã de 5 anos colocada sob a guarda de famílias muçulmanas - obrigada a usar véu e retirar seu crucifixo
Após 6 meses, a pobre menina estava desesperada pois nem inglês os muçulmanos falavam. A mãe da menina, que depende do serviço social britânico, também ficou horrorizada com isso. Já imaginaram a gritaria se o oposto tivesse acontecido? O problema é que a menina reside no bairro de Tower Hamlets, majoritariamente muçulmano. E quem controla o serviço social é a sub-prefeitura, composta por muçulmanos. Um ex sub-prefeitp. Luftur Rahman, tinha ligações com grupos extremistas europeus. (Daily Mail)

Quênia: três cristãos são degolados ao se recusarem recitar a Shahada
A Shahada é a profissão de fé, que torna uma pessoa em muçulmano instantaneamente ao repeti-la 3 vezes. Uma quarta pessoa, um retardado mental, também foi degolado por se manter calado. (World Watch Monitor)

A Gerra Global do Islã contra o Cristianismo
Um milhão de cristãos foram mortos nos últimos 10 anos pelo simples fatos de serem cristãos. Muitos deles foram mortos por se recusarem a renunciar a sua fé cristão e se tornarem muçulmanos.


julho de 2017
Quênia: muçulmanos pedem aos cristãos que "recitem dogmas islâmicos", e os assassina quando eles não são capazes de fazê-lo
Cristãos do litoral do Quênia estão com medo após matança de 13 não-muçulmanos.
http://morningstarnews.org/2017/07/christians-coastal-kenya-fearful-slaughter-13-non-muslims/

Suécia: Muçulmana se infiltra na igreja para descobrir os conversos ao cristianismo e os denunciar para comunidade islâmica
A polícia sueca diz que "falta recursos" e não consegue ajudar as famílias de ex-muçulmanos (apóstatas). Isso é vergonhoso no extremo. Os ex-muçulmanos deveriam ter a prioridade dentre daqueles que a polícia sueca deveria proteger.
http://www.israelnationalnews.com/News/News.aspx/232261

Paquistão: anúncio para trabalhadores de esgoto "apenas para não-muçulmanos"
A lei islâmica proíbe os não-muçulmanos de exercerem autoridade sobre os muçulmanos, relegando-os aos empregos mais servis da sociedade. O Alcorão diz que os politeístas (dentre os quais se incluem os cristãos por crerem na Trindade e na divindade de Cristo, ver o Alcorão 5:17, 5:72, 5:116) são "imundos" (9:28). Por isso, esta especificação é totalmente compatível com a Sharia.
http://www.humanrights.asia/news/ahrc-news/AHRC-STM-077-2017

EUA: protesto à frente a embaixada do Catar: 'Parem de Matar Cristãos!'
Membros do National Black Church Initiative (Iniciativa Nacional da Igreja Negra) fizeram este protesto. De acordo com o CIA World Factbook, quase 14 por cento da população qatari é cristã, cerca de 68 por cento muçulmanos, quase 3 por cento de budistas e o resto judeus, outros ou não afiliados. O Catar é o 20o país que mais persegue cristãos no mundo, segundo a Portas Abertas (Breitbart).

Polônia: iraniano destrói igreja e acaba preso
Ele destruiu as janelas de uma igreja na cidade de Mokotow (VladTepes)

junho de 2017
Paquistão: igreja é aberta após 3 anos de debates
Em Faisalabad, no Punjab paquistanês, a primeira igreja católica construída em uma universidade. Após três anos de debate, o projeto de lei foi aprovado pela Universidade de Agricultura Faisalabad (UAF), instituto de formação onde muitos estudantes cristãos estão matriculados, além de pelo menos 300 funcionários cristãos. Em 18 de maio, Mons. Joseph Arshad, Bispo de Faisalabad, colocou a primeira pedra na presença de centenas de estudantes. (Amigos de Irak)

Percebam a dificuldade que é para os cristãos construir uma Igreja em um país muçulmano, 3 anos de debate aguardando um projeto de lei. E por quê eles podem construir mesquitas livremente em países cristãos?

Filipinas: cristãos executados e igrejas destruídas
  1. Estado Islâmico libera filme mostrando a execução de 6 cristãos nas Filipinas (Actual, 15 de junho)
  2. Filme mostra a destruição de igreja em Marawi
https://youtu.be/Dch-j9Vc39Q OK

Iraque: Estado Islâmico transformou uma Igreja cristã em Mosuem puteiro
Eles utilizavam o local para suas perversões sexuais com as escravas sexuais (espólio de guerra) yázidis e cristãs. (Amigos de Irak)

Iraque: 10º aniversário do assassinato do padre Ragheed Aziz Ganni por jihadistas islâmicos 
Em 3 de junho de 2007, padre Ragheed foi morto junto com três subdiáconos, incluindo um primo. Pe. Ragheed tinha deixado a igreja após celebrar missa na noite de domingo. O grupo foi parado por homens armados desconhecidos. Um dos homens armados gritou com o Pe. Ragheed que ele havia avisado ele para fechar a igreja e exigiu saber por que ele não fez isso. O Pe Ragheed respondeu perguntando "Como posso fechar a casa de Deus?" Então, os homens armados exigiram que os quatro homens se convertessem no Islã e, ao recusarem, foram mortos com tiros. (AsiaNewsAINAAsiaNews)


Egito: cristãos servem refeições do Ramadã aos muçulmanos apesar da perseguição da jihad islâmica 
Os muçulmanos verão isso como uma representação do espírito do cristianismo ou como infiéis apenas dando aos muçulmanos o que lhes é devido, uma vez que o Alcorão exige que o Povo do Livro deva pagar um imposto aos muçulmanos (a jyzia)? (Alcorão 9:29). (Christian Post)

maio de 2017
México: muçulmano esfaqueia padre na catedral metropolitana
O padre Michel Machorro foi esfaqueado pelas costas, no altar, quando rezava a missa. O agressor é Rene Rockshiil, um muçulmano francês de 35 anos. Ele foi imobilizado pelos fiéis e preso pela polícia. O padre foi levado para o hospital. A catedral metropolitana fica no centro histórico da cidade do México.  (Actual) Mais informações: o muçulmano que o atacou tentou cortar o seu pescoco (consistente com o que manda o Alcorão) (El Observador).


Áustria: homem de "pele escura" destrói crucifixo, causando danos de 16 mil dólares
Além disso, ele quebrou o presbitério de St. Marein, estilhaçou várias janelas artisticamente criadas, danificou diversos vasos de flores, quebrou as duas portas de vidro da reitoria com um dos tubos do órgão.As autoridades dizem que este homem é "mentalmente doente." A Áustria tem tido doentes mentais não-Muçulmanos durante séculos. Eles geralmente não atacam e nem destroem crucifixos. (tiãocazeiro)

Al-Arifi pede a FIFA para proibir "sinal da cruz" durante jogos de futebol
O xeique saudita radical Al-Arifi, o mesmo que veio ao Brasil visitar a Mesquita do Parí e uma favela em São Paulo, e que está banido de entrar em diversos países, não quer que jogadores de futebol façam sinal da cruz. Mas, claro, ele não vê problema algum quando um jogador se ajoelha para comemorar um gol, como se fosse uma reza islâmica. (tiaocazeiro)

Egito: jihadistas matam 29, inclusive crianças, por se recusarem a se converterem ao islão
Cristãos coptas faziam peregrinação até o Mosteiro de São Samuel, na província de Minya, ao sul do Cairo. O seu coaminhão foi interceptado por jihadistas, que perguntaram a cada passageiro para renunciarem a sua fé cristã e se tornarm muçulmanos. Quando os passageiros se recusaram, os jihadistas abriram fogo matando 29 "pela causa de Alá." Eles mataram um a um, com um tiro na cabeça. O Papa está chamando as vítimas de mártires. (RTChurch MilitantAgence France Press)
Este ato de louvo a Alá ocorreu durante o "mês sagrado" do Ramadã.
PS. Um dos cristãos assassinados era mestre-de-obras e tinha reformado gratuitamente uma mesquita local (Breitbart)

Filipinas: Grupo afiliado ao Estado Islâmico ataca cristãos 
Isso está acontecendo na cidade de Marawi, no sul das Filipinas.

abril de 2017
Egito: duas explosões "pela causa de Alá" em igrejas no domingo de Ramos: 37 mortos, mais de 100 feridos
O Patriarca da Igreja Copta, Papa Tawadros II, escapou por muito pouco da explosão na Catedral Ortodoxa Copta em Alexandria, por um homem bomba, deixou 11 mortos e pelo menos 40 feridos. Algumas horas antes, uma bomba colocada sob um banco da Igreja Copta de São Jorge, em Tanta, matou pelo menos 26, deixando mais de 60 feridos. O Estado Islâmico assumiu a autoria dos atentados. A ideologia do Estado Islâmico é a mesma dos grupos "rebeldes moderados" da Síria. (RTClarion)


Espanha: jihadistas gritam "Allahu Akbar" e provocam confusão durante celebrações da Semana Santa em Sevilha 
Uma procissão em um desfile da Sexta-feira Santa em Sevilha, que atrai centenas de milhares de pessoas incluindo turistas. Os terroristas gritaram "Allah é grande" e fizeram muito barulho usando barras de ferro. Isso criou uma debandade resultando em 17 pessoas feridas no hospital. A polícia acredita que esse ataque foi orquestrado maliciosamente com a intenção de provocar a debandada, pois a confusão provocada por esses muçulmanos juntamente com gritos, desordem pública e ameaças, fez com que a multidão fujisse, criando um grande problema para os clérigos e religiosos organizadores da procissão. (Daily Mail)

EUA: aluno suspenso por discordar de professora muçulmana e dizer que Jesus é Deus
Marshall Polston, um estudante de notas altas na Faculdade Rollins, na Flórida, foi suspenso após ter desafiado as opiniões de sua professora de humanidades muçulmanas, Areeje Zufari. Os problemas de Polston começaram quando Zufari começou a fazer declarações depreciativas sobre o cristianismo, alegando que as crenças mais básicas da religião cristã eram uma farsa. Zufari afirmou que Jesus não foi crucificado e que seus seguidores não acreditavam que ele era Deus. Depois de Polton desafiar Zufari durante uma discussão de classe sobre estas afirmações, Zufari o reprovou em uma redação e se recusou a explicar o motivo. Zufari mais tarde relatou Polton ao "decano de segurança", sendo mais tarde suspenso da faculdade. Um protesto público forçou a faculdade a reintegrar o estudante, mas a pergunta que se segue é: e se não houvesse reação pública? Por que uma faculdade nos Estados Unidos suspendeu um aluno por afirmar que Jesus é Deus? (Clarion

Singapura deporta imã indiano por comentários contra cristãos e judeus
Nalla Mohamed Abdul Jameel, de 47 anos, foi multado e deportado devido aos seus sermões nos quais ele espalhou ódio contra cirstãos e judeus. Bem, ele estava apenas citando o Alcorão e as tradições de Maomé (The Tribune). Parabéns, Singapura!

Ex-muçulmanos podem estar reavivando a Europa para Cristo, segundo pesquisa
Uma coisa é certa. Para dezenas de milhares de (ex-)muçulmanos, a fuga para a Europa representa uma fuga do islamismo em prol da liberdade.  (GospelMais)

Paquistão: sob pressão, polícia admite que cristã foi estuprada antes de ser morta 
Antes, a versão da polícia era de que a cristão Tanya Maryiam, de 12 anos, havia cometido suicídio se jogando em um rio. No Paquistão, a polícia geralmente ignora crimes contra cristãos ou outras minorias. Este é um dos problemas de se viver como minoria em uma sociedade islâmica. (CPADNews)

março de 2017
Iraque: os cristãos podem nunca serem capazes de retornar a Mosul: o Estado islâmico criou nova geração de jihadis
O Oriente Médio é o berço do cristianismo, mas os jihadis provocaram o quase total desaparecimento dos cristãos do Oriente Médio. Um vigário - Padre Daniel - disse que "a ideologia destrutiva do culto de terror já se espalhou para a próxima geração" de crianças e adverte: "Seria muito difícil para as crianças cristãs se reunirem com as crianças muçulmanas em Mosul, elas não se adaptariam umas às outras, pois as crianças em Mosul têm sido treinadas como "filhotes de califatos", mergulhadas na doutrina jihadista e familiarizadas com a violência nauseante. (Express

Bangladesh: cristãos paquistaneses refugiados são discriminados pela ONU
Cristãos paquistaneses pedem reformas durante uma reunião do Conselho de Direitos Humanos da ONU-sede de Bangladesh. Eles pleiteiam uma mudança no processo de asilo e recebimento de refugiados feito pelo a pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU- sede de Bangladesh, que atualmente, utiliza um processo da ONU "modificado" e que parece ser deliberadamente querer prejudicar os cristãos paquistaneses que compõem o maior corpo de requerentes de asilo na Tailândia. (British Pakistani ChristiansBritish Pakistani ChristiansBritish Pakistani Christians)

Egito: cristãos fugindo de suas casas sob ameaças do Estado Islâmico
Filial do Estado Islâmico no Egito manda aviso aos cristãos para que eles "fujam ou morram". Quarenta cristãos já foram assassinados em apenas três meses, mas autoridades não estão tomando as devidas providências contra a perseguição religiosa no local, denuncia Bispo (Gospelmais). Se não são os salafistas, é a Irmandade Muçulmana, ou a Al-Qaeda. E agora, o Estado Islâmico.

Sudão “declarou guerra aos cristãos”, diz pastor preso; Templos estão sendo demolidos
O governo do Sudão continua na sua luta pela erradicação do cristianismo do Sudão. Isso se chama Genocídio. (Gospelmais)

fevereiro de 2017
O Verdadeiro Preconceito do Ocidente: Rejeição aos Cristãos Perseguidos
Estados Unidos, Grã-Bretanha e França têm ignorado as perseguições aos cristãos do Iraque, Líbano, Egito e Sudão, ao mesmo tempo em que correm para salvar os países muçulmanos ricos em petróleo como a Arábia Saudita e o Kuwait. Cristãos autóctones no Iraque e na Síria não só estão sendo expostos ao genocídio nas mãos do Estado Islâmico (ISIS) e de outros grupos islamitas, como também tiveram seus pedidos de imigração para os países ocidentais postos em segundo plano pela ONU. O governo alemão também está rejeitando pedidos de asilo de refugiados cristãos, deportando-os injustamente, segundo um pastor alemão. Quase um terço dos entrevistados disseram que o grosso da discriminação e violência vêm principalmente dos guardas dos alojamentos de descendência muçulmana. Quando alguém levanta a questão dos cristãs (e dos iázides), esse alguém é acusado de ser "intolerante" e "racista". (Gatestone)

França: Ataques anticristãos aumentam 245 por cento
Embora os ataques racistas, anti-muçulmanos e anti-semitas tenham sofrido uma queda enorme desde 2008, o ataques ao culto cristão mais do que dobraram neste período, informou na semana passada o Ministério do Interior da França.
Tendo documentado um número recorde de ataques anti-semitas e anti-muçulmanos em 2015, o governo francês gastou 100 milhões de euros em uma campanha anti-populista enorme para reduzir a islamofobia, o racismo e o anti-semitismo. Os ataques racistas, anti-semitas e anti-muçulmanos caíram acentuadamente em 2016, com um declínio de 23,7%, 58,5% e 57,6%, respectivamente. Estes ataques são definidos como incêndios, violência, degradação e ameaças - comentários, inscrições, cartas insultantes.
Contudo, neste ano, os ataques aos locais de culto cristãos aumentaram 17,4% em 2016 em comparação com 2015. (Breitbart)

Uganda: uma multidão de 90 assaltou sexualmente 15 mulheres cristãs em uma igreja
A multidão amarrou os homens cristãos e os espancou, depois eles estupraram 15 mulheres cristãs. Este ataque veio como represália às alegações de que o pastor da igreja tinha convertido muçulmanos ao cristianismo. A polícia chegou ao local duas horas depois do incidente ter ocorrido. (Christians of Pakistan)

Indonesia: católicos acusam imã radical de blasfêmia na Corte Suprema
Um ação sem precedentes na Indonésia, um grupo católico acusou o clérigo radical Habib Riziek de balsfêmia, por ter destratado o Nascimento de Cristo em um sermão, posteriormente gravado em um vídeo e distribuido na Internet. Ele disse "Se eles dizem 'Feliz Natal' para mim, então o que isso significa? Significa parabéns pelo nascimento de Jesus Cristo como o filho de Deus. Respondo: yalid wa lam lam yulad, o que significa que Deus não deu à luz e não foi gerado". "Se Deus deu à luz, então quem era a parteira?" Rizieq perguntou, causando risos da platéia.
Rizieq é líder da Frente de Defensores Islâmicos (FPI), que organizou três manifestações maciças pedindo prisão do governador cristão de Jacarta, Basuki Tjahaja Purnama, em julgamento por supostamente insultar o Alcorão. Agora, ele está bebendo do seu próprio veneno. (Militant Church)

Nigéria: Boko Haram já matou 100 mil pessoas e deixou 2 milhões de desabrigados; cristãos as maiores vítimas
O jornal nigeriano The Premium Times chamou de "chocante revelação" um relatório divulgado esta semana que aponta 100 mil mortos e mais de 2 milhões de desabrigados em decorrência do grupo islâmico terrorista Boko Haram, no estado de Borno. Os cristãos são o alvo preferencial do grupo. Além das vítimas, o Boko Haram é responsável por um prejuízo que chega a US $ 9 bilhões na região (Gospel).

janeiro de 2017
Clérigo islâmico: "Maomé irá tirar a virgindade de Maria, Mãe de Deus, no paraíso islâmico"
Leia este artigo clicando aqui

Paquistão: pastor preso por desejar construir igreja
Um grupo de cristãos, liderados pelo pastor Babu Shehbaz, tem tentado construir uma igreja em Lahore, mas fanáticos muçulmanos têm tentado detê-los. De repente, esses mesmos muçulmanos "encontraram" um Alcorão com o nome do pastor Shehbaz escrito nele. Em resposta, os muçulmanos chamaram as autoridades e usando a infame "lei de blasfêmia" do Paquistão, e o Pastor Shehbaz foi preso por "desrespeitar o Alcorão. (Pakistan Today)


Uganda: mulher cristã, recém-conversa, forçada a beber veneno pelos seus parentes muçulmanos
A mulher muçulmana havia se tornado um cristã. Sua família não aceitou isso e a faz comer veneno e a amarrou à uma árvore para que ela morresse. Eles ainda caçoavam dela dizendo "sua Bíblia diz que Jesus a protegerá do veneno assim nós veremos se ele realmente faz isso". Felizmente, um vizinho cristão ouviu a mulher gritando de dor e levou-a para o hospital onde ela passa bem. (Morning Star News)

Faixa de Gaza: perseguição contra os cristãos aumenta  
Em Gaza, os últimos anos "testemunharam um aumento crítico contra os cristãos", disse um relatório em língua árabe publicado em outubro. As autoridades locais teriam abandonado a pequena minoria cristã - 2.500 pessoas cercadas por aproximadamente 1.5 milhões de muçulmanos - à sua própria sorte. "Às vezes ouvimos falar do bombardeamento de uma livraria cristã e ataques a igrejas e outras instituições cristãs; Outras vezes ouvimos falar do seqüestro de cristãos e da coerção deles para abraçar a religião de Maomé", observa o relatório.
Cristãos em Gaza lideraram um protesto, pedindo o retorno de seus filhos seqüestrados e de seus entes queridos. O bispo Alexios "confirmou que os cristãos que se converteram ao islamismo o fizeram sob ameaças, coerção, compulsão e força". Sua igreja também apresentou uma petição formal ao governador da região, Ismail Haniyeh, convidando-o a investigar assuntos , Mas não recebeu resposta. O relatório acrescenta que os cristãos de Gaza estão chamando o mundo cristão para intervir. O bispo disse que está tentando comunicar tudo isso ao Vaticano, às Nações Unidas e aos Estados Unidos. (Raymond Ibrahim)
 Egito: muçulmano degola cristão por vender bebida alcólica
Adel Suleiman, de 48 anos, cortou a garganta do cristão copta Joseph Lam'i, de 45 anos, que possuía uma loja que vendia álcool. O assassino é um salafista, um daqueles muçulmanos que seguem de perto o estilo de vida e os ensinamentos do profeta muçulmano Maomé e seus companheiros originais. Tanto sua aparência (a tradicional barba salafista com bigode cortado) como suas ações ("defender" o Islã das influências "corruptoras" de "infiéis") testificam desse fato. (Raymond Ibrahim) O crime ocorreu em Alexandria, na noite de 3 de janeiro.

Egito: cristãos coptas assasinados em casa, sem ter sido assalto
Dois casos de cristãos coptas assassinados em casa, com requinte de crueldade, sem que nada tenha sido roubado. Dia 6 de janeiro: um casal cristão idoso foi degolado dentro da dua casa . Nada foi roubado. Dia 13 de janeiro: um homem jovem, recém graduado em medicina, foi degolado dentro de sua casa. (Raymond Ibrahim)

França: ataques contra cristãos aumentaram 38%
O Observatoire de Christianophobie disse que os casos de ataques "cristófobos" na França passaram de 273 em 2015 para 376 em 2016, com um número significativo ocorrendo em dezembro. Estes incluem ataques a igrejas, outros locais de culto e ameaças em mídias sociais. Exemplos incluem graffiti blasfemo no interior de uma igreja e um ataque à figura de Cristo em um memorial aos católicos mortos na Primeira Guerra Mundial na cidade de Fournes-en-Weppes, e um ataque a um presépio em Saint-Etienne. O ataque anti-cristão mais notório foi o martírio do Pe. Jacques Hamel nas mãos de dois jihadistas islâmicos, enquanto celebrava a missa em sua igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray. (Breitbart)

Alemanha: tradutores muçulmanos mentem durante audiência de conceção de asilo, prejudicando refugiados cristãos
A denúncia foi feita pelo pastor Dr. Gottfried Martens,da Igreja Luterana Trinity, em Berlin. Ele acusa os tradutores muçulmanos, a quase totalidade deles, de mentirem durante audiência de conceção de asilo, fazendo que a conversão dos cristãos pareça ser fabricada. Os cristãos têm mais chance de obterem asilo se provarem que serão perseguidos ao retornarem para seus países islâmicos de origem.  (Christiantoday)

Sudão: o missionário tcheco Petr Jasek, 52 anos, foi condenado a 20 anos de prisão por um tribunal
Eles dizem que eles foi condenado por espionagem e incitamento ao ódio. Mas na verdade eles o condenaram por ser cristão e tentar ajudar outros cristãos contra a repressão do governo.
Ao lado dele, também foram condenados a um total de 12 anos cada, o reverendo sudanês Hassan Abduraheem e Abdulmonem Abdumawla por ajudar Petr Jasek. (CitizenGo)

dezembro de 2016
Egito: bomba durante missa deixa 27 mortos e 65 feridos
(Artigo também no blog) A Catedral de São Marcos é a  sede da Igreja Cristã Ortodoxa do Egito e sede do cargo de seu líder espiritual, o Papa Tawadros II." (É como explodir o Vaticano, o que é algo certo de acontecer no futuro próximo). O atentado aconteceu durante a Santa Missa ocorrendo em uma capela lateral. A bomba parece ter sido programada para maximizar a carnificina. Dezenas foram assassinadas.
"A explosão aconteceu quando uma missa dominical na capela estava prestes a terminar e coincidiu com um feriado nacional no Egito marcando o nascimento do Profeta Muhammad do Islã".
Os operários da Irmandade Muçulmana há muito odeiam o Papa Tawadros e os cristãos coptas, culpando-os pela derrubada do regime da Irmandade Muçulmana em 2013 e considerando-os kuffar harbi, infiéis em guerra com o Islã cujas vidas podem ser legalmente tomadas. (CBSNews)

Este artigo traz imagens gráficas do interior da catedral (Raymond Ibrahim, tradução de Tião Cazeiro)



Egito: igreja atacada com bomba; bomba desativada à tempo
Milhares de cristãos coptas se reuniam em adoração na Igreja de São George, em Samalout, província de al-Minya, quando um maometano zeloso, em uma motocicleta, atirou a bomba. Um cristão levou a bomba para fora enquanto a congregação fugia aterrorizada. Esta igreja existe a mais de mil anos. (Raymond Ibrahim)

Egito: muçulmanos incendeiam Igreja de São Jorge, em Sohag
Em Agosto de 2013, a Igreja de São Jorge, em Sohag, Egito, foi atacada e incendiada por muçulmanos salafitas e da Irmandade Muçulmana.  Eles não são do Estado Islâmico, porém compartilham do mesmo ódio contra as minorias religiosas, incluindo as minorias cristãs. O vídeo mostra uma parte do ataque, e a destruição da cruz principal da igreja.

Durante o governo da Irmandade Muçulmana, e logo após a sua derrubada, mais de 100 prédios cristãos, sendo eles igrejas, escolas, orfanatos, asilos, e abrigos foram destruídos e incendiados por estes zelosos muçulmanos.


Egito: governo nega igrejas enquanto que 10 novas mesquitas são abertas todas as semanas 
Reunião promovida pela Al-Azhar na província de Sohag, para mostrar "solidaridade entre muçulmanos e cristãos", negou o uso de um galpão como igreja, citando as Condições de Umar que proibem a construção de igrejas. Logo em seguida, o governo egípcio se mostrou orgulhodo com o fato de estar abrindo 10 novas mesquitas a cada semana. A Al-Azhar é a instituição de maior autoridade islâmica no Egito, e uma referência no mundo sunita. (Raymond Ibrahim)

EUA: ativista egípcia da Irmandade Muçulmana deseja boicote contra cristãos coptas
Em vídeo do seu canal, Ayat Oraby diz que os cristãos devem ser boicotados economicamente, e que "a Crescente deverá estar sempre acima da Cruz." (MEMRI, YouTube: https://youtu.be/IBMaR3ih-Fw)

Irã: 19 grupos de direitos humanos se unem para condenar perseguição de cristãos
"No verão de 2016, as autoridades iranianas aumentaram sua perseguição aos cristãos”, diz o documento. (GuiameGuiame)

Iraque: mãe obrigada a se converter ou o seu filho seria morto
Vários relatos estão surgindo com a reconquista de Qaraqosh pelo exército iraquiano (Christian Today)

Paquistão: famílias cristãs expulsas de suas casas com ordem de despejo irregular
O próprio governo local forjou ordem de despejo e com isso 15 famílias cristãs estão agora sem teto. Eles tentaram pagar a multa que fazia parte da ordem de despejo, mas o governo local não aceitou e eles foram expulsos pela polícia. A história toda parece mesmo um inferno na terra. (Christians in Pakistan)

Paquistão: "muçulmanos bebados" atacam cristãos em suas casas
Os muçulmanos faziam arruaça no bairro cristão. Alguns moradores (cristãos) pediram por silêncio. Os muçulmanos não gostaram de ser chamados o atenção por seres ritualmente impuros (conforme Alcorão 9:28 e 9:30). Eles chamaram outros muçulmanos e invidiram as casas, atacando homens, mulheres e crianças de modo indiscriminado e criminoso, sendo que 7 das suas vítimas tiveram ser levados para o hospital. (Christian Post, setembro de 2016)

Alemanha: padre relata que crianças muçulmanas assediam e importunam as crianças cristãs
O padre, na cidade de Leipzig, mantém um clube de estudo de apoio às crianças refugiadas, a maioria é muçulmana. Ele está chocando com o modo com o qual as crianças muçulmanas tratam as cristãs. No artigo o padre fala de ódio das crianças muçulmanas para com as crianças cristãs que também vieram do Oriente Médio. (Breitbart)

Alemanha: 50 estátuas cristãs profanadas e degoladas
Os ataques acontecem em diversas localidades alemãs, tais como Münster, Dülmen, Lüdinghausen, Senden, Nottuln and Havixbeck. A polícia estava investigando seis homens com ligações alegadas a extremistas islâmicos, mas desistiu depois que três foram para a Síria, um morreu e os outros dois desapareceram. (BildHeatst)

Uma das estátuas degoladas, esta em Münster

Grécia: "vândalos" atearam fogo a uma igreja ortodoxa em Creta
Os "vândalos escreveram Allahu Akbar (Alá é o Maior) em árabe nas paredes. O incêndio destruiu ícones, mobília e parte do altar (presbitério) da Igreja do Ancanjo Gabriel, em Lagolio. (GreekReporter).

Líbia: cristão é acusado de proselitismo nas redes sociais
O motivo principal foi ele ter feito alguns comentários alertando as pessoas sobre a salvação em Cristo. Dizer que Jesus Cristo é Deus é ir contra o Alcorão, logo, blasfêmia contra o islão (Portas Abertas).

Filipinas: ataque à bomba contra igreja católica na véspera do Natal deixa 16 feridos
Explosão de uma granada lado de fora de uma igreja católica deixou 16 feridos. Isso ocorreu na Ilha de Mindanao, onde jihadistas islâmicos atuam. (FortuneVeja))

Natal em Belém ... até quando?
Milhares de peregrinos e turistas reuniram-se em Belém este ano, como todos os anos, para adorar no local de nascimento de Jesus. Belém, antes com maioria da cidade cristã, como outras áreas do mundo árabe, mudou demograficamente e a população cristã está emigrando, sufocada por uma presença cultural islâmica cada vez mais assertiva na cidade e perseguição que a comunidade enfrenta de grupos islâmicos como o Hamas, na cidade. A população cristã em Belém caiu de 86% para 12% nos últimos 60 anos. (Vídeo no YouTube: https://youtu.be/WeZwl72ySNo)

novembro de 2016
Egito: Crianças expulsas da escola por se recusarem a usar o hijab ou recitarem o Alcorão 
Meninas cristãs são expulsas de escolas por se negarem a usar o hijab. Meninos cristãos são obrigados, sob ameaça de violência, a decorar o Alcorão, mesmo não fazendo parte do seu currículo (Express).

Nigéria: em 3 anos (2013-2016), 826 cristãos mortos, outros 878 feridos, e 102 igrejas destruídas no Estado de Nasarawa
Além disso, 787 casas, 9 lojas e 32 veículos foram destruídos. Um total de 21 mil cristãos se tornaram refugiados tendo que viver em acampamentos, deprivados das suas propriedades e modo de sustento. Os cristãos são alvo do grupo Hausa-Fulani bem como por políticas governamentais deliberadas para marginalizar os cristãos e as comunidades cristãs. (World Watch Monitor).

Nigéria: cristãos são preteridos pela ajuda humanitária
“Quando alguém chega com ajuda, os cristãos são separados, não é dado alimento a eles pelo simples fato de acreditarem em Cristo.” Não há alívio para os “infiéis.” (Portas Abertas)

Iraque: destruição em Keramlis. Até as estátuas foram degoladas
Com a libertação de Keramlis, no Planalto de Níneve, iraquianos cristãos começam a retornar, encontrando a destruição e profanação feita pelos jihadistas do Estado Islâmico. Estátua de Nossa Senhora e Jesus foram "degoladas" e igrejas destruídas. (AP)

Iraque: cristãos narram como eles sobreviveram sob o Estado Islâmico
Eles foram roubados, forçados a cuspir no crucifixo ou se tornarem muçulmanos, mas um pequeno grupo de cristãos conseguiu sobreviver miraculosamente sob o jugo do grupo (Breitbart). Em outra notícia, cristãos narram tortura, crucificação e escravidão sexual, que eles testemunharam (Christianity Today):
  1. Os cristãos foram informados de que deveriam sair, se converter ao Islã ou pagar um imposto especial.
  2. Aqueles deixados para trás foram submetidos a tortura, conversão forçada, escravidão sexual e até crucificação.
  3. Mulheres, algumas com 12 anos de idade, foram levadas em escravidão sexual, uma se transfornou escrava sexual de um Emir do ISIS.
  4. "O irmão de minha esposa foi torturado e crucificado pelo ISIS na frente de sua esposa e filhos, que foram obrigados a assistir."
Irã: cristãos condenados a 80 chicotadas por beberem vinho consagrado
Yaser Mosibzadeh, Saheb Fadayee e Mohammed Reza Omidi serão açoitados em praça pública. Eles foram presos durante culto em uma casa, em Rasht, Irã (Express). Eles também foram acusados de ameaça à segurança nacional por serem cristãos (Express)

Etiópia: três adolescentes cristãs presas por distribuirem literatura cristã
Elas distribuiram um livro cristão que contra-argumentava literatura islâmica distribuída por islamistas, em uma parte da Etiópia majoritariamente muçulmana. Elas foram condenadas a 1 mês de prisão sob a acusação de estarem perturbando a harmonia religiosa. Porém, os muçulmanos que quebraram portas e janelas da igreja protestante Meserete Kristos por estarem "ofendidos" pelo livro cristão nada sofreram (WWM).

Indonésia: criança morre queimada como resultado de jihad contra uma igreja
Cinco islamistas atiraram uma bomba incendiária  em uma igreja, que resultou na morte de uma criança de dois anos por queimaduras. Outras 3 crianças estão em estado grave. A jihad ocorreu na Província de Kalimantan Oriental, na Ilha de Borneo. (Voice of the PersecutedJakarta Globe).

Paquistão: governo fecha canais de TV cristãos
Um total de 11 canais foram fechados e 7 pessoas presas (Christians in Pakistan).

outubro de 2016
Bartela e Qaraqosh libertadas; cristãos em Kirkurk sob ataque
Leia o artigo clicando neste link.

Iraque: pelo menos 1.131 cristãos mortos entre 2003 e junho de 2004Um relatório da organização Knights of Columbus diz que pelo menos 1.131 cristãos foram mortos e 125 igrejas destruídas entre 2003 e o surgimento do ISIS em 2014, na Planície de Níneve. O relatório se intitula Genocídio contra os cristãos no Oriente Médio

Irã: 25 cristãos são presos quando se reuniam em suas casas 
Isso aconteceu na cidade de Kerala. O paradeiro deles é desconhecido (NCRI).

Itália: muçumano depreda 4 igrejas, incluindo basílica milenar
O vídeo abaixo mostra o muçulmano oriundo de Gana (um "refugiado sírio") depredando a Igreja de San Vitale. Ele depredou outras 3, inclusive a Basília de Santa Praxedes, em Roma, antes de ser preso. Isso já está virando rotina! A Basília de Santa Praxedes contém os restos mortais de Santa Praxedes e e Santa Pudenciana, as filhas de São Pudêncio, que é considerado, tradicionalmente, como o primeiro convertido de São Pedro em Roma. As duas santas são conhecidas por enterrarem os primeiros cristãos mártires. A Basília atual foi construída sobre uma igreja que data do século V. (Il GiornaleIl Giornale)


Paquistão: irmão obrigado a ouvir irmã ser estuprada por grupo de muçulmanos por recusar a se converter ao islão
 A família pobre é cristã, e vive em uma casa de pau-à-pique. Eles são a única família cristã na região. Os muçulmanos os atacaram armados com revólveres e barras de metal. Mesmo sob violência a família se recusou a se converter ao islão. Os irmãos foram sequestrados, torturados e a irmã estuprada por pela gangue. O irmão foi solto, mas a irmã continua desaparecida. Ela tem 17 anos e se chama Jameela. (BPCMail)

Paquistão: Três homens muçulmanos mataram um estudante cristão de 15 anos de idade, porque ele se recusou a se tornar muçulmano
A vítima se chama Wajaesh Shono. De acordo com fontes locais:
"Por causa do sucesso de Shono na escola, um grupo local de muçulmanos o pressionava a se converter ao Islã .... colegas muçulmanos de Shono Shono nunca permitiam que ele usasse sua mesa ou cadeira de estudo. Eles sempre evitaram jogar com ele por causa de seu cristianismo, e eles odiavam quando Shono bebia água da torneira da escola."
Como o menino continuou a rejeitar o Islã, dois homens o agarraram enquanto o terceiro, possivelmente o seu professor, o esfaqueou 15 vezes. (ICC, junho)

Paquistão: Um ex-cristão, que se converteu ao Islã há dois anos, ensinou seus parentes cristãos uma "boa lição"
Sonu tentou convencer seus primos [cristãos] a se converterem ao islamismo, mas quando eles se recusaram, A discussão rapidamente se transformou em uma disputa. Sonu ameaçou Salamat e os outros, dizendo que ele iria "dar-lhes uma boa lição." Em 10 de junho, Sonu foi até a mesquita mais próxima e afirmou que Salamat e seus amigos tinham feito comentários depreciativos sobre o profeta Maomé. Sem esperar para verificar a veracidade daquilo que Sonu disse, mais de uma dúzia de homens de um seminário islâmico nas proximidades atacou a casa dos cristãos. Os homens baterem nos três adolescentes, derrubado utensílios domésticos. Durante o ataque eles gritavam slogans abusivos contra os cristãos. Depois do ataque, os homens foram para a polícia e registraram uma queixa [acusação de blasfêmia] contra os três rapazes. A situação levou os adolescentes a se esconderem. (ICC)
Egito: cristãos buscam vida garimpando lixo
Este é o resultado dos cristãos sob a Sharia: sobreviver a qualquer custo. Lembre-se que o Egito era 100% cristão e que os coptas são os nativos egípcios. Os árabes muçulmanos invadiram e ocuparam. (BBC)

Quênia: igreja atacada com granada, 6 mortos
O ataque foi feito pelo grupo jihadista al-Shabaab, baseado na Somália. Eles desejam expulsar os cristãos do nordeste do Quênia. (SIGHT 200)

EUA: igreja profanada com grafite "Islão ou Morte" 
Igreja em Santo Antônio, Texas, teve seu muro pichado com esta inscrição, acompanhada pela palavra Alá em árabe (Express News)


Usbequistão: cristãos presos por terem literatura cristã em casa
Vários casos nos quais cristãos são presos, têm suas posses confiscadas pelo governo ou têm que pagar pesadas multas. A preocupação do governo é que este material possa ser utilizado para promover o cristianismo. A lei islâmica proíbe que cristãos promovam o cristianismo para muçulmanos, por exemplo, Manual Umdat as-Salik wa 'Uddat an-Nasik, The Reliance of the Traveller, lei o11.5: "Nós não iremos manifestar a nossa religião em público e nem converter ninguém para ela. Nós não iremos impedir que qualquer um de nós se converta para o Islão se ele assim desejar."  (Forum 180)

Indonésia: 10 mil muçulmanos pedem pela morte de um governador cristão
Eles dizem que o governador de Jakarta fez comentários insultosos ao islão. "O blasfemador deve ser morto." (Bankok Post)

Egito: padre cristão copta, Fr. Raphael Moussa, 46, morto a tiros em "uma chuva de balas" 
Ele foi morto do lado de fora da Igreja do Mártir de St George, em Arish (Sinai). Ninguém reivindicou a responsabilidade pelo ataque, mas os terroristas islâmicos filiados ao ISIS já atacaram cristãos em Arish antes. Em 2013, um outro padre cristão copta, Mina Cheroubim, também foi morto a tiros ao deixar sua igreja em Arish. (RTRaymond Ibrahim)

Egito: estágio da perseguição em 2013
Reportagem da CBN relata um pouco da perseguição que os cristãos Coptas do Egito sofrem nos dias de hoje. Os Coptas são os habitantes originais do Egito, cristãos cuja Igreja foi fundada por São Marcos, um dos 12 apóstolos de Cristo. De comunidade majoritária no Egito, eles foram conquistados militarmente pelos muçulmanos no século VII e vivendo como dhimis, os cidadãos de segunda-classe sob a lei islâmica, desde então. A situação dos Coptas melhorou com o colonialismo europeu, que trouxe para o Egito o conceito de liberdade religiosa. A coisa tem se tornado gradativamente pior para os Coptas com o crescimento da Irmandade Muçulmana e o dos salafistas, financiados pela Arábia Saudita (sempre ela). Em 2013, sob o governo da Irmandade Muçulmana, os Coptas foram violentamente perseguidos. O governo militar que derrubou o governo da Irmandade Muçulmana conseguiu aliviar a situação, mas ela continua precária para os cristãos no Egito.


Suécia: homem gritando "Allahu Akbar" destrói igreja partes de uma igreja em Malmö
Em 27 de junho, um homem invadiu a Igreja de St. Paul, no centro de Malmö e começou a quebrar as vidraças das janelas. Quando a polícia chegou, o homem atacou os policiais que usaram spray de pimenta para dominar o homem "agressivo", acusado de um crime de ódio, "A polícia suspeita que o homem atacou a igreja porque ela é um símbolo da fé cristã. (Fria Tider)

Nigéria: igrejas são queimadas por que um cristão foi acusado de blasfêmia 
Em junho passado, após um cristão ser acusado de fazer uma observação blasfema em sua página no Facebook, os muçulmanos aumentaram em violência, tacando fogo na Fellowship Baptist Church.Outra igreja também foi vandalizada e destruída, e o cristão acusado de blasfêmia foi morto", disse um pastor local. (Morning Star News)

Atualização em setembro de 2016

Sauditas prendem e deportam 27 cristãos devido a "realização de orações cristãs"
Autoridades sauditas da temida "polícia religiosa" prenderam 27 cristãos-entre eles várias mulheres e crianças em pelo crime de "realização de orações cristãs" e estar "da posse de Bíblias", relata a mídia árabe. Os cristãos, a maioria libaneses, estavam celebrando a festa da Virgem Maria quando as autoridades invadiram sua residência e os prenderam. Eles foram deportados para o Líbano. (Raymond IbrahimLebanonsyrianews)

Indonésia: jihadistas atacam 200 católicos durante missa e põe o padre para correr
Isso aconteceu na Igreja de São Pedro, em Purwosari, próximo a Sukarta, na Ilha de Java. (Asia News)

Itália: Muçulmanos cospem sobre hóstia consagrada e quebram crucifixo em igrejas de Veneza
Um jovem magrebino entrou no último dia 12 de julho na igreja de São Jeremias e se pendurou em um crucifixo, do qual quebrou o braço. Este acontecimento faz parte de uma série de ataques cometidos nas igrejas católicas de Veneza: no último domingo, o pároco da igreja de ‘San Zulian’ (Veneza), Massimiliano D’Antiga, denunciou a profanação que ocorreu recentemente na sua capela. (acidigital)

Sudão: Quatro cristãos levados a julgamento por denunciarem a perseguição aos cristãos
A acusação alegou que os quatro cristãos usaram vídeos falsos de genocídio e assassinatos de civis, incêndio de aldeias e perseguição dos cristãos. Eles foram ainda acusados de deliberadamente tentar manchar a imagem do governo sudanês por meio da divulgação de informações falsas. (Christians in Pakistan)

Paquistanês no Brasil conta como é viver sob perseguição
'A perseguição destrói tudo dentro de você' (BBC)

Paquistão: Campanha de professor cristão contra o ódio preganda na escola resulta na exigência dele se converter ao Islã ou morrer!
Nas últimas semanas, o governo do Paquistão propôs alterações ao currículo escolar, que agora torna a aprendizagem do Alcorão e orações islâmicas obrigatória. No entanto, alguns dos professores zelotes da escola começaram a usar a oportunidade destas novas diretivas de aprendizagem para ensinar ódio em relação a crianças de minorias, especialmente os cristãos. Clérigos que ensinam o Alcorão começaram a usar termos como "kafir" (infiel) e afirmando que os cristãos apoiam os judeus e são espiões dos EUA. Um professor cristão, Musa Atique (43 anos), levantou a questão, mas ele foi agredido fisicamente e chamado de "Choora" (vassoura suja). O clérigo, Muhammed Akhbar, ameaçou matá-lo se ele continuasse a falar contra o "ato sagrado de pregar a verdade sobre os cristãos perversos." Após este incidente, muitos dos estudantes começaram a perturbá-lo e a cuspirem no chão sempre que ele passava por eles. Também lhe foi dito que ele deve converter ao Islã ou encarar a morte. Suas queixas para a polícia e para as autoridades educacionais têm sido infrutíferas (britishpakistanichristians).

Paquistão: menino de 16 anos preso por foto plantada no seu Facebook
Nabeel Masih é um jovem 16 anos de idade que, depois de uma discussão sobre a religião, recebeu um post no seu Facebook, compartilhado por outra pessoa, uma blasfêmia contra o Islã. Ele foi preso e teve uma confissão extraída sob tortura, e a postagem deletada. Ele foi preso sob a seção 295 e 295 / A do Código Penal do Paquistão, que acarreta uma sentença de morte. Sua família teve de fugir da aldeia e ameaças foram feitas contra toda a comunidade cristã local (britishpakistanichristians).

Espanha: julgamento do capitão que jogou espancou pastou e jogou cristãos ao mar durante tempestade
Os promotores afirmam que o capitão e seu ajudante, ambos dos Camarões, assassinaram seis passageiros que eles transportavam em um barco que cruzava o Mar Mediterrâneo, do Marrocos para a Espanha, porque eles eram cristãos. A acusação se baseia no testemunho de outros 29 passageiros. O capitão, um muçulmano identificado nos documentos judiciais como Alain N. B, culpou os cristãos pelo mar revolto devido a uma tempestade. Ele e seu ajudante disseram que o tempo estava pior por causa da oração dos cristãos. Eles usaram pranchas de madeira para bater no pastor nigeriano, ferindo-o gravimente antes de jogá-lo ao mar. Depois disso, testemunhas afirmam eles procuraram outros passageiros que tivessem amuletos ou símbolos cristãos escondidos sob suas roupas, atacando-os e jogando-os para fora do barco. O promotor pediu seis termos separados de 15 anos por assassinato com o agravante da "motivação religiosa", no valor de uma sentença de 90 anos. (Telegraph)

Atualização em agosto de 2016

Lista de eventos ocorridos no mês de abril "Cristãos inúteis, tratados como animais"
Compilados por Raymond Ibrahim (Gatestone Institute).

A Tradição Turca de Assassinar Cristãos (lista de eventos)
Na Turquia são as "pessoas comuns" que matam ou atacam cristãos, depois o judiciário ou o sistema político, de alguma forma, encontra uma maneira de permitir que os criminosos se safem sem que sejam responsabilizados pelos seus atos. A maioria desses crimes não aparece na mídia internacional e a Turquia nunca é responsabilizada. (Gatestone Institute)

Iraque: bispo diz "cristãos sentem que ninguém se interessa por eles"
A verdade é que eles estão esquecidos sim. Warduni, ex-bispo caldeu de Bagdá, relata que os cristãos perderam tudo, foram expulsos, e não tem futuro. Eles continuam sem ajuda dos governos do Ocidente, sem acesso a visto, e até mesmo passando fome. (Christianity Today)

Síria: cristãos em Alepo sob sítio dos rebeldes apoiados pelos EUA
Os cristãos que se encontram nas áreas ocupadas pelos rebeldes (apoiados pelo EUA de Obama) além de estarem sob os horrores da guerra civil, ainda são perseguidos por serem cristãos. O Padre Ibrahim Alsabbagh disse que sob as áreas ocupadas pelo governo sírio, os cristãos, pelo menos, têm liberdade de culto (Militant Church).

Bélgica: padre esfaqueado por refugiado após ajudá-lo
No domingo, um homem bateu na porta do Padre Jos Vanderlee, de 65 anos, pedindo asilo. O padre o recebeu e ele pediu para tomar um banho. Ao sair, ele pediu dinheiro e esfaqueou o padre. (Militant Church)

Egito: bispo copta diz que cristãos são atacados a cada dois dias
Em entrevista reveladora, o Bispo Makarious, de al-Minya, diz que ele teme que elementos do governo podem retaliar se os cristãos reclamarem abertamente. O Bispo reclama da imprensa que procura caracterizar com conflitos, o que sugere dois lados em disputa, quando na verdade um lado (muçulmanos) ataca o outro (cristãos). Sobre isso, ele diz "Dentro de minutos [do início de um dos ataques], 100 muçulmanos apareceram instantaneamente, totalmente armados, como se estivessem prontos para a guerra." O Bispo também disse que os agressores muçulmanos nunca são punidos. A polícia apenas aparece depois que o estrago tenha sido feito, nunca à tempo de evitá-lo. Mesmo quando presos, os agressores muçulmanos acabam sendo soltos em seguida. Esta impunidade incentiva novos ataques (Raymond Ibrahim).

Nigéria: novo líder do Boko Haram promete perseguir cristãos e poupar os muçulmanos
Ele promete continuar atacando as igrejas, mas irá parar de atacar mesquitas (Yahoo).

Holanda: adolescen grita em parque "Ó, Alá, extermine os cristãos"
Vídeo gravado, na cidade de Verviers, mostra o menino rezando "Ó Alá, erradique os terríveis cristãos. Ó Alá, mate-os todos. Não deixe que um único deles sobreviva." Isso não é nada demais, apenas o que está contido no Alcorão e é recitado nas mesquitas e madrassas. (Friatider). Vídeo no MEMRI TV: http://www.memritv.org/clip/en/5604.htm

Paquistão: cristã surdo-muda forçada a se converter, escapa cativeiro e agora vive sob ameaças
Asma Masih foi seqüestrada cerca de cinco meses atrás, e forçada a converter por seu sequestrador depois de ser obrigada a se casar com ele. Os pais dela alegam que ela foi levada por seu vizinho Ghulam Hussain, que goza de um status influente na localidade. Ela conseguiu fugir, e agora, está sendo ameaçada de morte. (Christians in Pakistan)

Estado Islâmico: jihadista ex-cristão ameaça: todos os cristãos devem morrer
Um jihadista original da Trindade e Tobago deu uma entrevista para a Revista Dabiq, do Estado Islâmico. A sua resposta à pergunta "que mensagem você gostaria de dirigir aos cristãos?" ele disse: "Para os cristãos que eu digo, você sabe que você se desviou dos verdadeiros ensinamentos de Abraão, Moisés e Jesus. Seu livro foi corrompido há muito tempo por seus líderes. Siga o mensageiro final, Maomé, pois fazendo assim você vai estar seguindo todos os profetas. Se você se recusar, em seguida, oferecemos-lhe a opção de pagar jizya e viver sob a autoridade do Islã na humilhação. Se você se recusar, então a única coisa entre você e nós é a espada. (Daily Express)

França: exército francês protege o Santuário de Lourdes contra ataques jihadistas
O exército francês sendo obrigado a protegem um santuário cristão dentro do seu próprio país.
Esta imagem traduz bem o resultado da islamização de um país. Nada será o mesmo na França. (Express)


França: muçulmanos vandalizam igreja e deixam foto do assassino de Nice no altar
Na Igreja de St. George em Vivonne, em 27 ou 28 de julho, durante a missa para a alma do padre Hamel (degolado por jihadistas), o pároco disse aos fiéis presentes que o Sacrário tinha sido roubado e no seu lugar fora colocado uma foto do terrorista Nice, o islamita Mohamed Lahouaiej Bouhlel. Os vândalos foram presos e serão examinados por uma junta médica para diagnostica "problemas mentais." (Christianophobie)

Sudão: líderes cristãos em fase de julgamento
Veja o caso de Hassam e Kuwa, dois líderes cristãos. O crime deles é denunciar a perseguição que o governo (repito, o GOVERNO) sudanês promove contra os cristãos ... seguindo a Sharia. (EVM)

Atualização em julho de 2016


Síria: jihadista-bomba, vestido como um padre, deixa três mortos em ataque a líder cristão
O jihadista-bomba 'disfarçado como um padre' matou três pessoas. Ele estava tentando matar o chefe da Igreja Ortodoxa Síria, Patriarca Inácio Aphrem II. Na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria. (Express)

Líbano: Milícia de mulheres cristãs promete enviar jihadistas “direto pro inferno”
Após série de ataques suicidas, população quer se defender (Gospel Prime)

Estado Islâmico apresenta os "onze mandamentos" que cristãos devem seguir
Eles seguem diretamente das Condições de Umar, consolidadas na lei islâmica Sharia.(Portal Padom)

Paquistão: cristão de Lahore tem seus braços decepados por se recusar a se tornar muçulmano
Aqeel Masih, que trabalhava em um posto de gasolina, foi sequestrado por islamistas. Eles aplicaram o Alcorão 5:33 que manda cortar os membros de quem recusa Alá e o seu profeta Maomé (fdp).  (Christianitytoday)

França: jihadistas degolam padre, e ferem mortalmente freiras dentro de uma igreja em Saint-Etienne
Dois jihadistas invadiram uma Igreja durante a Missa Matinal na cidade de Rouen, na Normandia, e degolaram o padre Jacques Hamel que fazia a celebração. O padre tinha 84 anos. Os jihadistas entraram na Igreja gritando "Daesh" (Estado Islâmico) e "Jihad." Eles filmaram a degloa e ainda fizeram um sermão em árabe. Os dois terroristas acabaram sendo mortos pela polícia. A jihad foi assumida pelo Estado Islâmico (Mirror). Um vídeo emergeu no qual os jihadistas confirmam estarem planejando o atentado.

Refugiados cristãos são ameaçados de morte por muçulmanos na Alemanha
O Cardeal Marx, presidente da Conferência Episcopal Alemã e o Bispo Heinrich Bedford-Strohm, chefe da Igreja Protestante Evangélica na Alemanha (EKD), se uniram para condenar os ataques contra cristãos e contra outras minorias religiosas nos campos de refugiados. Refugiados cristãos tem enfrentado discriminação e até mesmo ameaças de morte nas mãos de muçulmanos (Gospel Prime).

Atualização em junho de 2016


Dhimmi, Dhimmitude, Jizya. A humilhante vida de um não muçulmano regido pela lei islâmica (Sharia)
Leia o artigo todo no link.

Nigéria: multidão de muçulmanos ensandecidos degolam uma mulher em um mercado público
Eles a acusaram dela ter ofendido Maomé durante uma discussão com um cliente. Ela era vendedora neste mercado, na província de Kano. A Nigéria não se defronta apenas com o Boko Haram. Existem outros grupos, como os Furlani, um grupo (muçulmano) que tem roubado fazendas de proprietários cristãos e promete ampliar a sua ação no sul da Nigéria, região predominantemente cristã (Vanguard). A Open Doors traz mais detalhes, em português, sobre o assassinato desta mulher cristão.

EUA: em maio, apenas 0,2% dos refugiados são cristãos
No mês de maio, foram admitidos 1037 refugiados sírios no Estados Unidos, sendo que nesse meio há "apenas" 1035 muçulmanos sunitas (99,8%) e os outros dois são cristãos (0,2%). Desde que o conflito na Síria começou os EUA recebeu 95,1% muçulmanos sunitas, e apenas 1,3% cristãos (CNS).

Turquia: relocar os armênios em 1915 foi uma decisão correta
Líder do partido de oposição da Turquia afirma que as deportações forçadas dos armênios em 1915 e 1916 pelos turcos-otomanos foi uma decisão correta. Ele diz que os armênios apenas foram relocados. A negação do Genocídio dos Armênios é algo ensinado nas escolas turcas. É difícil encontrar turcos que reconheçam o crime que embasa a Turquia moderna. Este é uma opinião que une os partidos políticos turcos, seja governo ou oposição.  (Aypoupen)

Alemanha: perseguição aos refugiados cristãos
Este artigo condensa a perseguição que cristãos sofrem às mãos dos muçulmanos nos alojamentos de refugiados. (Gatestone Institute).

Turquia: Jihadista taca fogo na porta de igreja ortodoxa em Istanbul 
É possível ouvir os seus gritos de Allahu Akbar (ou Alá é maior ... que o seu Deus). Isso aconteceu em junho de 2015 (cihan).


Paquistão: polícia invade igreja e tortura o padre
O policial disse que o padre não podia falar sobre Jesus como Deus. Dentro da Igreja! A polícia paquistanesa é notória por distratar a minorias (Christiansinpakistan).

Paquistão: Mulher cristã estuprada como represália por um cristão ter fugido com uma mulher muçulmana
O irmão da mulher fugiu com uma muçulmana casada. Quatro muçulmanos falaram com a polícia e foram até a casa, onde eles arrastaram a mulher, na frente dos filhos pequenos e a estupraram. A irmã da mulher foi a polícia dar queixa, mas ela foi presa (Christiansinpakistan).

Síria: jihadistas cortam a garganta de um cristão e zombam da sua esposa
Os jihadistas disseram para ela ... "O seu Jesus não veio para salvá-lo de nós."  (Christiansinpakistan).

África: diversos eventos de violência contra cristãos
Nos últimos dias, na África Negra, aconteceram diversos crimes cujo motivo é o mesmo que levou o governo do paquistão a prender Asia Bibi, o mesmo que levou o governo do Irã a prender ex-muçulmanos, e o mesmo que levou o governo do Arábia Saudita a degolar gays. Que doença mental será esta, cujo dignóstico deve ser escondido?
- Cristã morta no leste de Uganda após discussão religiosa com os muçulmanos (morningstarnews)
- Muçulmano no leste de Uganda mata esposa por ela deixar o Islã, parentes dizem (morningstarnews)
Uganda. Um casal de muçulmanos incendiou a casa de seu filho no leste de Uganda, depois de saber que o rapaz abandonou o islamismo e se tornou cristão (Gospeln)
- Bando muçulmano mata cristã no estado de Níger, Nigéria por causa de um comentário "blasfemo" no Facebook (morningstarnews)
- Bando muçulmano no norte da Nigéria mata esposa de um pastor sob acusação de 'blasfêmia' (morningstarnews)
- Pastores Muçulmanos Fulan, na Nigéria, matam três cristãos, atacam outros com facões (morningstarnews)
Egito: ataque contra defensores dos Direitos Humanos atinge ativista cristão (morningstarnews)

Nigéria: parlamento estuda dar mais força a Sharia
O parlamento nigeriano está considerando algumas emendas na Constituição, para as questões envolvidas na Corte de Apelação da Sharia que, dentro da estrutura jurídica do país, vem depois da Suprema Corte. Se as emendas forem aprovadas, podem prejudicar os cristãos e as demais minorias religiosas, pois não há garantia de que as penas não serão aplicadas para aqueles que não querem ser julgados em tribunais onde a sharia prevalece. (Portas Abertas)

Nigéria: as duas faces da mesma nação 
Um texto sobre a Nigéria. Um país divido entre um norte islâmico e um sul cristão. Você preferiria morar onde? (Portas Abertas)

República Centro Africana: porque os cristãos revidam?
"Em março de 2013, rebeldes muçulmanos, conhecidos como Selekas, derrubaram o então presidente da República Centro Africana, François Bozizé. Os abusos e assassinatos cometidos quando eles estavam no poder levaram à criação de milícias cristãs, conhecidas como “anti-balakas”" (R7)
A pergunta fundamental é a seguinte: por que os muçulmanos da República Centro Africana sairam matando os cristãos? Resposta: porque é isso que o Alcorão manda fazer, e foi isso que Maomé fez.

Egito: cristãos atacados e casas incendiadas por causa do rumor da construção de uma igreja
No mundo islâmico, qualquer fofoca é motivo suficiente para levar muçulmanos a criarem confusão, destruição de propriedade e ferir ou matar não muçulmanos. As fofocas podem ser "os cristãos irão construir (ou consertar) uma igreja, ou "um hindú está conversando com uma menina muçulmana", ou "aquele ateu escreveu no seu blog que Maomé fez sexo com uma menina de nova anos."
Este comportamento não muda, pois a teologia que o provoca não muda. Ele se torna aparente à medida que cresce a população muçulmana de um país. (CT)

Italia: grafite "Allahu Akbar" na Igreja de São Petrônio 
Em Bolonha.  Esta igreja contém um afresco mostrando Maomé sendo condenado ao inferno (segundo A Divina Comédia, de Dante) (Reppublica).


Líbano: igreja atingida por bombas múltiplas vezes
(ABCYouTubeYouTube) 

Atualização em maio de 2016

Relatório da AIS sobre perseguição 2013-15 em português
Este relatório foi preparado pela Fundação AIS, sobre a perseguição que os cristãos sofrem a nível global, sendo maior algoz, claro, o islamismo. Clique aqui para acesso ao documento em pdf: Perseguidos e Esquecidos?.

Dezenove de maio é a data que relembra o genocídio dos 'gregos pônticos' pelos turcos otomanos 
Centenas de milhares de gregos foram mortos pelos turcos otomanos por meio de extermínios massivos, marchas da morte e deportações. (Blasting News)

Nigéria: terroristas muçulmanos arrasam aldeias cristãs: 700 mortos
"Membros da etnia Fulani, na maioria criadores de gado, são muçulmanos radicais. Eles mataram mais de 700 nigerianos nos últimos 10 meses." Eu não concordo com a manchete desta notícia. Esses criminosos não são terroristas muçulmanos, mas sim fiéis seguidores de Maomé (Gospel Prime). 

Nigéria: assassinato 
"O assassinato de Nimbus foi anunciado, planejado e executado por grupos muçulmanos (da etnia Fulani, a exemplo do caso acima) sem inibições, em plena luz do dia", disse o arcebispo Godfrey Igwebuike Onah, Bispo de Nsukka. O massacre se deu no estado de Enugu, no sudeste da Nigéria, e resultou na morte de 20 pessoas, nas primeiras horas de 25 de abril, na cidade de Nimbus em Uzo-Uwani área do governo local. "O que todos nós, queremos saber, é o motivo pelo qual as forças de segurança efetuaram uma “retirada tática” pouco antes do ataque e por que, quando retornaram ao local do massacre, não houve nenhuma tentativa de perseguir e deter os autores”. (Agência Fides)

Nigéria: cristãos são o principal alvo do Boko Haram
De acordo com os relatórios do Portas Abertas, os EUA ainda relutam em reconhecer os ataques do Boko Haram como parte de uma “jihad global” e o argumento de pobreza continua a ser a justificativa que mais se destaca quando eles analisam a situação do norte da Nigéria. Contudo,  os cristãos são separados dos muçulmanos para serem executados, sejam eles adultos, idosos, jovens ou crianças. O critério é totalmente religioso. (Ecoando a Voz dos Mártires).

EUA: "Meu sonho é degolar alguém"
Autoridades federais prenderam um homem em Michigan, e apoiador do Estado Islâmico, que estava planejando levar a cabo um ataque contra uma igreja de 6.000 membros em Detroit. Khalil Abu-Rayyan (foto), de 21 anos de idade, de Dearborn Heights, alegou "Eu comprei um monte de balas. Eu pratiquei recarga e descarga." Abu-Rayyan  disse, "se eu não posso fazer a jihad no Oriente Médio, eu faria meu jihad por aqui." Ele, portanto, havia se armado com uma faca e disse o agente secreto, "É o meu sonho decapitar alguém." (Count on 2)

Bangladesh: freiras alvo de assaltos e agressões físicas 
Freiras católicas foram atacadas em duas ocasiões distintas. Nas primeiras horas da manhã de 7 de fevereiro, cerca de 15 homens mascarados, armados invadiram a Igreja Católica do Sagrado Coração, e o convento das Irmãs Catequistas do Imaculado Coração de Maria, em Chuadanga. Eles vandalizaram a capela do convento, profanaram a Eucaristia, bateram em uma freira ao redor, e saqueada mais de US $ 8.000, bem como outros objetos de valor.  (Persecution). Alguns dias depois, em Tumilia, 12 homens invadiram a Casa de Auxílio à Maternidade Santa Maria, uma clínica-hospital católica fundada em 1933, e roubaram,alguns itens. De acordo com Theophil Nokrek, secretário da Comissão Episcopal Justiça e Paz, os dois ataques recentes "não são incidentes isolados. Alguns grupos estão tentando prejudicar a nossa comunidade cristã." (AsiaNews).

Uganda: cristã estuprada e espancada por seguidores de imã
Muçulmanos batem e estupram mulher cristã que denunciou o imane que assassinou o seu pai (Christian Post).

Albaneses muçulmanos urinam dentro da igreja Templo de Cristo Salvador, em Pristina, capital de Kosovo
O pior é que a polícia viu os mijões em ação e não fez nada. Vários santuários cristãos em Kosovo são sistematicamente atacados de algum modo, mas esta em particular tem sido o alvo preferido, sendo que ninguém nunca foi preso (inSerbia).

Quênia: al-Shabab mata 4 cristãos
Um deles foi degolado. O ataque ocorreu em uma Vila na costa sul do país, local predominantemente cristão (Morning Star News).

Alemanha: ONGs denunciam assédio a refugiados cristãos em asilos alemães: 40 mil sendo perseguidos
Cinco organizações cristãs apresentaram pesquisa com 231 refugiados, a maioria convertidos. O estudo revelou que a grande maioria (88%) foi assediada por outros refugiados (muçulmanos) desses centros por motivos religiosos, e a metade (49%) também se sentiu perseguida pelo pessoal de segurança dos albergues (muçulmanos) (G1Ecoando a Voz dos Mártires). Mas, segundo Volker Baumann, da Ação para Cristãos Perseguidos, a situação é muito maior do que 231 migrantes, afirmando que até 40.000 cristãos são perseguidos por sua fé na Alemanha, de acordo com pesquisa do grupo (Breitbart).

Alemanha: politicamente correto põe em risco segurança dos refugiados cristãos
Cristãos tem sido perseguidos de diversas formas por muçulmanos no refúgios alemães. Contudo, Thomas Sternberg, presidente do grupo Comitê Central dos Católicos Alemães, e deputado da Angela Merkel, a Louca, diz que separar os refugiados por religião mandaria um sinal errado para o mundo que os dois grupos não podem conviver. Ou seja, para ele se que se danem os cristãos se for para preservar a sua ideologia politicamente correta. (Del Welt)

Síria: cristãos sírios clamam por Dia Internacional de Oração por seu país
Desespero e sentimento de se estar abandonado. O pior, é que eles estão mesmo abandonados (Guiame).

Egito: Idosa cristã tem as roupas rasgadas e é carregada nua pelas ruas por muçulmanos
Grupo de 300 homens atacou uma aldeia cristã copta no sul do país, destruindo casas, depois de boatos de que um morador do local estaria se relacionando com uma mulher da religião islâmica. Quem pagou o pato foi uma mulher de 70 anos de idade. A polícia não interveio. (Veja). 



Atualização em abril de 2016


Síria: cristãos serão usados como escudos humanos
O Estado Islâmico proibiu que os últimos cristãos e armênios que vivem em Raqqa (Síria) abandonem a cidade. Segundo o RBSS (Raqqa is Being Silently Slaughered), o Estado Islâmico proibiu a saída das poucas famílias cristãs e armênias com a intenção de usá-los como escudos humanos ou reféns ante o avanço do exército sírio, que, após Palmira,  pretende reconquistar Raqqa (AC Digital). 

Refugiados cristãos acossados por muçulmanos em asilos alemães pensam em voltar ao Oriente Médio
Nos campos de asilados, os cristãos são “ameaçados de morte e tratados como animais pelos muçulmanos. Com grande preocupação e vergonha, soubemos que os migrantes cristãos procedentes da Síria, da Eritreia e de outros países, ficam expostos a ultrajes, perseguições e violência por parte de seus colegas muçulmanos em nossos campos de prófugos”, escreveu o monge Daniel ao ministro responsável da acolhida. Os casos, infelizmente, “não são raros e a violência vai até ameaças de morte e feridas graves.” As vítimas são sobretudo “os ex-muçulmanos que se converteram ao cristianismo”, porque são considerados “apóstatas, pessoas que já não têm direito a viver”,  escreveu o superior do mosteiro ortodoxo de São Jorge, a 100 quilômetros de Berlim, Daniel Irbits. (As Cruzadas).

Turquia: governo confisca seis igrejas
O governo turco conficou seis igrejas localizadas no sudoeste do país, sob o pretexto de necessitar reconstruir o centro da cidade de Diyarbakir. Mas nenhuma mesquita foi confiscada. As igrejas, muitas delas construídas antes da criação do islão, eram administradas por fundações cristãs. As seis igrejas, agora sob o controle do estado, são a Igreja Ortodoxa Siríaca da Virgem Maria, a Igreja Católida Caldeu de São Sarkis, a Igreja Protestante de Diyarbakir, a Igreja Apostólica Armênia de São Giragos, uma igreja católica armênia, e a Igreja Católica Caldeu de Mar Petyun. Segundo o Pastor Ahmet Guvener, "o governo não tomou se apoderou destas igrejas para protegê-las, mas apenas para as adquirir." (WorldWatch Monitor).
A Igreja Apostólica Armênia de São Giragos é o maior templo cristão armênio no Oriente Médio, e foi reformada e reaberta como templo recentemente, tendo inclusive abrigado o batismo de armênios que haviam crescido como muçulmanos (WorldWatch Monitor).
Mas, enquanto que o governo turco fecha igrejas na Turquia, ele financia a construção de mesquitas nos EUA (Gatestone).

Igreja Ortodoxa Siríaca da Virgem Maria, de 1700 anos de idade

Indonésia: cristã de 60 anos açoitada por vender bebida alcólica
Mostre isso para quem diz que a Indonésia é um exemplo de país muçulmano moderado. Uma mulher de 60 anos, cristã, foi presa por vender bebida alcólica, e condenada a 28 açoites com uma vara de cana-de-rattan (fonte).


Áustria: igrejas ameaçadas por conversão em massa de muçulmanos
Um total de 33% de novos católicos são de ex-muçulmanos, número que aumentou em 83% este ano. Ameaças têm sido dirigidas aos novos cristãos bem como às igrejas. "A Áustria era um lugar seguro para os convertidos, mas isso mudou devido ao forte movimento de migração. Em bairros de refugiados isso é muito perigoso", diz o Bispo Dostal (Christian Daily).

Grécia: Papa se encontra com marido de "mártir cristã"
O marido é muçulmano e está na Ilha de Lesbos. A sua esposa foi morta pelo Estado Islâmico por ter se recusado a se converter para o islamismo (Sky News)

Atualização em março de 2016


Expulsão e genocídio dos gregos da Anatólia (atual Turquia)
Em 1922, as mulheres gregas, crianças e idosos de Bagarasi (Grk: Μπαγαράσι) no oeste da Ásia Menor foram deportados. Eles foram deportados em primeiro lugar, Konya (600 km de distância), em seguida, para Nigde (a mais 250 km). Ao longo do caminho, os turcos estavam usando cativos gregos para bater nos deportados. Foi o insulto final. Gregos surrando e matando gregos. Marianthi Karamousa começou a deportação com 9 dos seus filhos. Apenas 3 sobreviveram. Seu testemunho: "Um cristão batendo em um cristão. Isto é o que os cães (os turcos) estavam fazendo a nós. Nós não eram humanos. Eramos nada para eles!" Sua história pode ser lida neste link.

Bangladesh: islão deixar de ser religião oficial?
Suprema Corte de está considerando abandonar o islão como religião oficial do país em virtude da onda de crime e terroristmo que assola o país. Sinceramente, eu acho isso muito difícil de acontecer. Vamos acompanhar. (Daily Mail)

Paquistão: um milhão no enterro do assassino do governador que defendia cristãos
Salmaan Taseer era o governador de Punjab, e defendia a igualdade de todos os paquistaneses perante a lei, inclusive dos cristãos. Devido a isso, o seu guarda-costa, Malik Muntaz Qadri, o assassinou, em janeiro de 2011.  Muntaz Qadri foi apoiado pelo partido religioso islâmico Sunni Tehreek. Esta semana, Muntaz Qadri foi enforcado pelo governo do Paquistão. O enterro de Muntaz Qadri foi presenciado por um milhão de pessoas, uma indicação do apoio popular ao assassino. O líder islâmico disse para a multidão que "vocês são os seus herdeiros." (Gateway)

Para milhões de paquistaneses, o assassino de um governador
que defendia os cristãos, é um herói

Governo dos EUA declara que Estado Islâmico pratica "genocídio" contra cristãos"
Após muita pressão por parte do Congresso e de grupos civis, o governo Obama deixou de se esquivar do assunto, e declarou que existe de fato um genocídio sendo executado contra os cristãos, e os iázides (UOLGlobe and Mail). 

Paquistão: "mártir muçulmano" mata 65 e fere 340 cristãos celebrando a Páscoa
Ele se explodiu em um parque público em Lahore, que estava apinhado de cristãos celebrando a Páscoa. A maioria das vítimas são mulheres e crianças. O mártir islâmico morre matando pela causa de Alá (O GloboCTV News). Tão covarde quanto Maomé, que atacava as aldeias árabes à traição.

Irã condena 18 cristãos a prisão por sua fé em nova onda de perseguição sobre o cristianismo
"As acusações incluem evangelismo, propaganda contra o regime, e criação de igrejas domésticas para praticarem sua fé", com penas de prisão até 24 anos. (Christian Post)

Iêmen: freiras que ajudavam muçulmanos idosos são mortas por serem cristãs
Estas 4 freiras mantinham um lar para idosos no Iêmen, servindo 80 anciãos muçulmanos. Elas eram ajudadas por outros cristãos leigos da Etiópia. As freiras, e os voluntários, foram assassinados há poucos dias por jihadistas, que pensam que matando os cristãos, ou qualquer um que eles considerem como incrédulos, eles estão adorando a Deus (Alá). No total, 16 mortos. Os idosos, agora, estão desamparados (CNA). As feiras eram Missionárias da Caridade.

Iêmen: Padre indiano foi crucificado
O Padre Tom Uzhunnallil, natural da Índia, trabalhava com a freiras que foram mortas (notícia acima). Ele foi sequestrado durante o ataque e foi crucificado na sexta-feira santa pelos jihadistas do Estado Islâmico (Telegraph). PS. Notícias recentes são contraditórias. Ainda existe esperança que ele possa estar vivo.

Atualização em fevereiro de 2016

Parlamento Europeu chama crimes do Estado Islâmico contra os cristãos de genocídio
Este é um gesto simbólico, e irrelevante pois os principais países da Europa Ocidental, o Canadá de Justin Trudeau e os Estados Unidos de Obama não estão nem aí (Radio Vaticana).

Egito: túmulo dos cristãos coptas são usados como depósito de lixo
Padre Ayoub Yousef, da igreja copta de São Jorge na vila de Dalga, em Minya, denunciou que os cemitérios cristãos estão sendo usados como depósito de lixo, a tal ponto que as sepulturas não podem ser mais vistas. Profanar cemitérios de não-muçulmanos é algo comum no mundo islâmico (Raymond Ibrahim).

Paquistão: "Meninas Cristãs Servem Apenas para Satisfazer os Desejos Sexuais dos Homens Muçulmanos"
"Cerca de 700 mulheres cristãs são sequestradas, violentadas e forçadas a se casarem a cada ano no Paquistão, ou seja, praticamente duas por dia e o mundo nada faz". — Wilson Chowdhry, ativista dos direitos humanos, citando a organização não-governamental muçulmana "Movimento de Solidariedade e Paz".
"Meninas cristãs são consideradas mercadorias que podem ser arruinadas ao bel prazer. Abusar delas é um direito. Isso de acordo com a mentalidade da comunidade não é sequer um crime. Os muçulmanos consideram-nas espólios de guerra". — Paquistão, residentes locais. (Gatestone Institute)

Turquia: refugiados cristãos escondem identidade para sobreviverem
"O Gatestone Institute denunciou em um recente relatório que aproximadamente 45.000 refugiados cristãos que fugiram da Síria e do Iraque se sentem obrigados a esconder sua identidade religiosa na Turquia para que não sejam discriminados, enquanto esperam respostas aos seus pedidos de asilo. Cristãos armênios, siríacos e caldeus, que estão esperando respostas às solicitações de asilo nos Estados Unidos, Canadá e Áustria. Caso não sejam recebidos, poderiam permanecer na Turquia até 2023. O Gatestone Institute revelou o caso de Anonis Alis Salciyan, uma armênia que fugiu do Iraque em 2014 e atualmente mora na cidade de Yozgat. “Publicamente, fingimos que somos muçulmanos. Graças a ajuda de nossos familiares na Europa é que podemos seguir em frente."

Egito: Al Azhar promove discriminação dos cristãos
Advogado Ahmed 'Abdo Maher denunciou Al Azhar University. Ele disse: "Há um livro em Al Azhar que defende cortar o cabelo dos cristãos coptas, colocando uma placa em suas casas [de modo a que muçulmanos saibam onde os "infiéis" residem], e recusando-se a apertar as mãos com eles." (Raymond Ibrahim).

CRISTIANOFOBIA - ÁSIA
" Na Ásia Central, boa parte da perseguição religiosa gira em torno de ritos funerários. Os cemitérios são geralmente controlados por líderes religiosos locais, que se recusam a enterrar cristãos que se convertem do islamismo. As famílias dos convertidos fazem grande pressão para que eles retornem ao contexto muçulmano, para assim garantirem a sepultura de seus pais, irmãos e filhos.
Na zona rural do Egito, muitos tribunais locais dispensam muçulmanos e prendem cristãos pelo mesmo crime cometido por ambos. Além disso, quem segue o cristianismo perde seus direitos básicos como educação, saúde, emprego e até mesmo a documentação. No Turcomenistão, que é considerado um dos locais mais restritivos do mundo, não há liberdade de informação ou imprensa e os cristãos são altamente vigiados.
Isto acontece com a maioria dos países da Ásia Central que ainda contam com a desvantagem geográfica de se localizarem nas linhas de ataque. O Afeganistão, por exemplo, teve províncias tomadas por forças do Talibã que pretendem impor a lei sharia a todos os cidadãos. Não é fácil manter a fé nestes países e os cristãos não se sentem seguros nas igrejas, que normalmente são os focos dos ataques, preferindo assim viver um cristianismo secreto e marcando encontros clandestinos para conseguirem um tempo de comunhão com os irmãos. Interceda por eles." (Fonte: Portas Abertas | 27/01/2016)

Cristãos são mortos no Campo de Refugiados da França
"Cristãos são mortos no Campo de Refugiados da França, e até mesmo o pastor que enviou o email contando a situação dos cristãos dentro dos campos de refugiados foi assassinado pelos muçulmanos que também eram refugiados no campo Grande-Synthe da França.
A situação é preocupante, e segundo o pastor, todos os dias os cristãos são violados, mortos, roubados, estuprados e abusados pelos muçulmanos dentro dos campos de refugiados na Europa.
Segundo o pastor, um jovem cristão teve seu nariz quebrado, vários receberam facadas e se encontram feridos, outra depois de ser abusada foi assassinada e outro foi roubado ficando sem nada, somente com as roupas que usava....
Devido a isso, a Igreja alojou 12 deles em um hotel às custas da Igreja.
A situação dos cristãos no Campo de Refugiados Grande Synthe, na França, está se tornando crítica a cada dia, pois a máfia islâmica atua neste campo de refugiados recebendo vultosas quantias por tudo que o cristão precisa fazer no campo de refugiados, até mesmo para ir ao chuveiro tomar banho é cobrado uma "taxa de acesso" dos cristãos que se encontram no Campo de Refugiados de Grande Synthe." (christianophobie)

Alemanha, centros de asilo: imigrantes muçulmanos rasgam bíblias, assaltam cristãos, abusam sexualmente de mulheres e crianças, batem em gays
Um artigo sobre o abuso que cristãos, ateus, homossexuais sofrem dos muçulmanos nos alojamentos de refugiados (Tião Cazeiro).

Árabes cristãos estão sendo perseguidos por maioria islâmica, nos campos de refugiados
Mais informações sobre esta tendência da perseguição aos cristãos ocorrendo também na Europa (Diário da Insurgência).

Grã-Bretanha: mostrar cruz para muçulmanos agora dá cadeia
Os líderes desta passeata pelas ruas de Luton, na Inglaterra, um reduto islâmico, estão sendo processados pela polícia. Mostrar a cruz para muçulmanos dá cadeia no mundo islâmico ... e também na Inglaterra (IBTimesGospel Prime).


Paquistão: Conselho Islâmico (Ulema) deseja fortalecer lei da blasfêmia
Cristãos temem que um fortalecimento das leis que já levaram à violência. Entre 1987 e 2014, 166 cristãos foram condenados à morte acusados por insultar Maomé; outros 25 casos, em 2015 (AsiaNews).

Turquia bombardeia aldeia cristã no Iraque
Isso foi feito sob o pretexto de atacar terroristas curdos (fonte).

Egito: governo fecha 50 igrejas por "ameaça à segurança nacional"
Este número inclui 43 igrejas que haviam sido danificadas durante o governo da Irmandade Muçulmana, e que o novo havia prometido consertar. Agora, elas estão permanentemente fechadas (DI).

Egito: Estudantes cristãos serão julgados por insultar a religião muçulmana, por fazerem vídeo criticando o Estado Islâmico
"O vídeo, filmado por um professor, mostrava o rapaz 'que seria executado' recitando versos do Alcorão, enquanto os colegas faziam gestos com os braços como se fossem cortar sua cabeça. O trecho foi claramente uma piada sobre os frequentes vídeos de decapitações publicados pelo Estado Islâmico." De acordo com o editorial do veículo de comunicação, "somos constantemente informados de que o Estado Islâmico não tem nada a ver com o Islam - se esse fosse o caso, esses estudantes colegiais não seriam levados a julgamento". (DI)

Egito: Igreja de São Sérgio sob ameaças
A Igreja de São Sérgio foi construída sobre uma casa, cujo subsolo diz-se ter acomodado a Sagrada Família durante a sua fuga para o Egito.   


Sudão: dois pastores mantidos sob prisão 
Autoridades sudanesas têm vindo a manter presos dois líderes cristãos em um local desconhecido desde meados de Dezembro. Eles foram presos sem apresentação de qualquer queixa sobre eles. Os dois presos são pastores de duas igrejas evangélicas (World Watch Monitor).

Conflito sobre Hagia Sofia
Por um lado, o governo islamista de Erdogan está cada vez mais inclinado a reabrir a magnífica ex-catedral cristã como mesquita. Por outro lado, um parlamentar russo espera que o governo turco faça um gesto de boa-vontade e retorne a ex-catedral para o Patriarca Grego Ortodoxo (fonte).


Atualizações em janeiro de 2016


Perseguição aos cristãos atinge nível de "limpeza étnica"
Leia artigo completo aqui.

Porta Abertas relata sobre a perseguição em 2015
A Classificação da Perseguição Religiosa do ano de 2015 foi publicada. Nela consta a lista dos 50 países com maior grau de perseguição para com aqueles que seguem a Cristo. Dentre eles, 40 são países muçulmanos. Um total de 100 milhões de cristãos estão submetidos a algum tipo de perseguição pelo fato de serem cristãos, sendo que 7.100 foram mortos em 2015, 3 mil a mais que em 2014. Leia mais neste artigo do blog (" ") e no site do Portas Abertas.




Irã: Pastor Saeed Abedini e mais outros foram libertados da prisão! 
(No meio de tanta notícia ruim, vem algumas notícias boa)
Além de Saeed Abedini, outros três iranianos também estão livres, Jason Rezaian, Amir Hekmati e Nosratollah Khosravi. Desde setembro de 2012, Saeed estava cumprindo uma sentença que duraria 8 anos, sob a acusação de atentar contra a segurança nacional, devido ao seu envolvimento com o cristianismo, e acusado de ter abandonado o islamismo (Portas Abertas). Um outro preso, Farshi Fathi foi libertado, em dezembro de 2015, depois de 5 anos de prisão (Portas Abertas).
Ainda existem mais de 70 cristãos presos no Irã acusados de apostasia.

Alemanha: cristãos são perseguidos por guardas muçulmanos
Muçulmanos foram contratados para trabalhar como guardas nas residências de refugiados. Mas os cristãos, que fugiram países islâmicos por causa da perseguição, se veem vítimas da mesma perseguição, agora por guardas muçulmanos contratados pelo governo alemão. Eles reclamam de abusos, agressões e proibição de mostrarem a Bíblia, e muitos fogem dos abrigos (Die Welt, via Breibart)


Nenhum comentário: