quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Doenças extintas reaparecem na Europa, e a "Jihad Fecal"



Aqui apresentamos links para 4 artigos externos.

O primeiro artigo é intitulado Alemanha: Disseminação de Doenças Infecciosas à Medida que Migrantes se Instalam, escrito por Soeren Kern, do Gatestone Institute. Nele, relata-se o reaparecimento de doenças extintas, trazidas pelos refugiados muçulmanos.

Os outros três tratam da "Jihad Fecal", na qual muçulmanos contaminam com fezes a comida servida ao público em geral (não muçulmano).
Introdução à Jihad Fecal - o Lambedor de Frangos
Jihad Fecal - O Pulverizador de Urina e Fezes
Um cheirinho de Jihad Fecal (salvo seja)





4 comentários:

KSZ Web&Mídia disse...

Depois que um cabra foi preso por pulverizar fezes em frutas num mercado: se algum dia for a algum país Europeu, ficarei com receio se um garçom muçulna me trazer um suco ou prato e comida!!!! E o pior, é que até hoje lutam pra expulsar o meliante do país! As ONGs esquerdopatas não permitem: protegem esses vermes, como se eles fossem as vítimas!! A Europa tá Ferrada!

mariobroz disse...

A esquerda com sua idéia de liberdade e vítimas está matando mais que o nazismo na Europa no papel o comunismo é bom na pratica é essa merda que tu vê. Por isso tengo idéias tanto de direita quanto de esquerda más só o melhor fica.

Q disse...

No Brasil já tem mercado bem grande e estabelecido de carne halal

Jarusks disse...

A Europa já era amigo.

Fico com pena dos homossexuais e das feministas, pois, estes não terão como se defender dos violentos muçulmanos, já que a esquerda formada em sua grande maioria por (feministas, artistas, intelectuais, gays e vagabundos) neutralizaram o homem ocidental.