segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Atualizações em novembro de 2017

Veja o que entrou de novo no blog em novembro de 2017, exemplificando a aplicação da lei islâmica Sharia ao redor do mundo, seja por governos de países com maioria muçulmana, grupos islâmicos ou mesmo ações individuais.


Direitos das Mulheres sob o Islão: Parte 3Parte 2Parte 1
A imigração muçulmana aliada ao políticamente correto do Ocidente estão tornando as mulheres ocidentais igualmente sem defesa frente ao avanço implacável da Sharia.

Imã de Berlin: as mulheres devem ficar confinadas ao lar e nunca dizer não ao sexo com o marido
Durante um sermão de sexta-feira em Berlim, Sheik Abdel Moez Al-Eila disse que as mulheres deveriam ficar confinadas em casa e não deveriam trabalhar sem a permissão do marido. Durante o sermão, entregue na Mesquita Al-Nur em 23 de janeiro de 2015, Al-Eila disse que uma mulher não pode se negar a fazer sexo com o marido, mesmo durante o período menstrual.


Egito: advogado muçulmano diz em rede de TV ser um "dever nacional" estuprar mulheres vestidas com "roupas reveladores"
Nabih al-Wahsh disse isso durante um debate na TV. Para ele, "roupas reveladoras" são vestidos curtos ou que mostrem os ombros ou as costas e calças compridas rasgadas. Esse advogado não é estranho à controvérsia. No ano passado, ele atirou seu sapato em clérigo australiano durante programa na TV egípcia, ao vivo, porque o clérigo disse que as mulheres não deveriam usar o hijab e que beber álcool er OK.  (PJMedia)



Se o paraíso islâmico tem 72 virgens, que interesse despertaria em uma mulher-bomba?
A mulher muçulmana fica apenas com um único homem, pois a mulher "por sua natureza, só consegue amar um homem." Este homem único seria o marido que ela teve em vida. Porém, ela nunca iria menstruar (Veja).

Turquia: Estado Islâmico mantém mercado de escravas sexuais, até mesmo na capital Ancara
A denúncia foi feita pelo ativista iázide Ali el-Hansouri. Segundo ele, também existem mercados de escravos em Gizantep e Urfa. (Clarion)

Iraque: parlamento caminha para aprovar lei que permite casamento de meninas a partir dos 9 anos de idade
Esta é a mais horrenda herança deixada por Maomé, o "exemplo de conduta", que consumiu Aisha quando ela tinha 9 anos. Maomé tinha 57. (rudaw, Kurdistan24, albawaba)

Suécia: ninguém ajudou mulher violada por 20 imigrantes muçulmanos - os vizinhos "aprenderam a não ver nem a ouvir demais"
A decadência da Suécia e a erosão da liberdade que a mulher sueca havia se acostumado, devido ao aumento dos seguidores da lei islâmica. Leia o artigo todo neste link.

Afeganistão: Meninas afegãs são vendidas como esposas por menos de R$ 10 em Cabul
O Talebã foi derrotado militarmente, mas a ideologia islâmica que ele defendia continua firme e forte.
(Gospel, El Mundo)

Doutrinação

Se o paraíso islâmico tem 72 virgens, que interesse despertaria em uma mulher-bomba? (vale tudo se for para matar infiéis)
A mulher muçulmana fica apenas com um único homem, pois a mulher "por sua natureza, só consegue amar um homem." Este homem único seria o marido que ela teve em vida. Porém, ela nunca iria menstruar (Veja). 

Grã-Bretanha: trabalho escolar manda crianças dizerem aos pais que elas se converteram ao islamismo
O dever de casa para alunos de 12 anos é: escreva uma carta para os pais dizendo que você se converteu ao islamismo (Clarion). Claro, apenas o islamismo recebe este tratamento especial.


Líbia: rede de TV CNN desvenda mercado de escravos
A Líbia tornou-se um "paraíso jihadista" desde a queda do Kadhafi (reportagem e vídeoNewsweek)

Turquia: Estado Islâmico mantém mercado de escravas sexuais, até mesmo na capital Ancara
A denúncia foi feita pelo ativista iázide Ali el-Hansouri. Segundo ele, também existem mercados de escravos em Gizantep e Urfa. (Clarion)


O profeta (a paz esteja com ele) disse: "Se encontrardes alguém fazendo como o povo de Lot fez, matai aquele que faz e aquele a quem a coisa é feita." (Hadice Abu Dawood 38:4447) -- PS. O "povo de Lot" são os homens que aparecem na Bíblia querendo fazer sexo com os homens que se hospedaram na casa de Lot (Gênese 19:4-5)
Os gays islâmicos não trocam de posição na cama?
A coisa funciona deste jeito. Homens adultos sodomizam meninos. Quando o menino completa 16 anos, ele deve parar de permitir esse tipo de coisa e esquecer pelo que passou. Depois de casado com uma mulher, ele poderá assumir o papel de ativo com os mais novos.
No Marrocos, esses meninos são chamados de zamel. Na Turquia, são chamados de ibne. No Irã,  são chamados de kuni (Veja).

referência: Arno Schmitt, editor do livro Sexuality and eroticism among males in Moslem societies, de 1992. 

Turquia: governo proíbe todos os eventos organizados por gays e lésbicas em Ancara 
Em Ancara, na terra do "Sultão Erdogan", resolveram proibir uma "mostra cultural alemã " de cinema LGBTi referente ao temas do universo gay, lésbico, transexual, bissexual e outros. Segundo as autoridades turcas, o evento poderia trazer problemas à segurança e ordem pública. A "Parada Gay” turca foi por 3 anos consecutivos proibida e pelos mesmos motivos: manutenção da ordem pública e segurança dos participantes.
É moçada ...Vocês estão achando que a conversa com o islã será como no mundo ocidental - onde vocês têm liberdade total e depois ainda acusam todos de “homofobia"? Esperem sentados! O islã não negocia e desconhece o progressismo da turma. Será que mais este incidente ajude ao movimento acordar para a realidade? Aguardando por efusivos protestos da comunidade. (Tageschau)


Halal - Boicote Halal 

Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.

Objetivo da certificação halal, explicado por um muçulmano
Mohamed Elmouelhy é um credenciador do certificado halal na Austrália, ele mostra para que serve o certificado halal, subjugar as pessoas ao islã.




Islamização do Brasil
Livro do MEC “reescreve a Bíblia” e ensina Jihad para as crianças
Anti-semitismo e promoção do islamismo (Libertar.in).

"Jornalista" Guga Chacra chama os poloneses de racistas por comemoraram a sua independência
E ele ainda baniu aqueles que fizeram a gentiliza de alertá-lo do seu erro, ao invés de mostrar grandeza e se retratar (Gospel Prime). Este é mais um "jornalista" que odeia a civilização ocidental.

Extrema esquerda pede “morte aos cristãos” na UFBA e mídia silencia sobre o caso

Isto é algo que a Esquerda pró-islâmica e o islamismo têm em comum (fonte).

Cartaz diz "Morte aos Cristãos"



'Muhammad' é o futuro da Europa
O economista francês Charles Gave previu recentemente que a França será de maioria muçulmana em 2057, e essa estimativa sequer levou em consideração o número esperado de novos migrantes. (Gatestone)

A Nova História Oficial da Europa Apaga o Cristianismo e Promove o Islã
  • Proposta do Ministro do Interior da Alemanha de introduzir feriados oficiais muçulmanos.
  • Novo museu do Parlamento Europeu, "Casa da História Europeia", diz que a história da Europa começou com a revolução francesa, e não menciona o crsitianismo.
  • As raízes católicas da bandeira oficial da  União Européia foram abandonadas. Com doze estrelas em um fundo azul, concebida pelo designer francês, católico, Arséne Heitz, ela se inspirou na iconografia cristã da Virgem Maria. Isso não é mais mencionado. 
  • Não há menção ao cristianismo nas 75 mil palavras constantes no rascunho, cancelado, da Constituição Europeia.
  • Exposição financiada pela União Europeia: "Islã. ele também é nossa história!", foi apresentada em Bruxelas. 
  • União Européia mandou recolher uma moeda comemorativa da Eslováquia, que trazia os santos Cirilo e Metódio, patronos do país (Gatestone)
Arábia Saudita decreta prisão de príncipes e ministros por corrupção ("guerra civil"?)
Dentre eles, o príncipe bilionário Alwaleed bin Talal, que possui a empresa de investimentos Kingdom Holding, e o ex-ministro das Finanças saudita, Ibrahim al-Assaf. (G1) O Príncipe Alwaleed bin Talal é um dos maiores financiadores da construção de mesquitas ao redor do mundo, dono de grande percentual de Londres e o mantenedor do Center for Muslim-Christian Understanding, da Universidade Georgetown, nos EUA, um dos centros que promovem o mito da islamofobia. Ele também é um forte financiador da Irmandade Muçulmana ao redor do mundo.

Suécia: governo pretende banir a "mídia alternativa" da Internet
Um dos objetivos é o de esconder a origem de quem comete crime, notadamente o crime de estupro.  (Speisa).

Suécia: ninguém ajudou mulher violada por 20 imigrantes muçulmanos - os vizinhos "aprenderam a não ver nem a ouvir demais"
Um caso de violação tão brutal que mesmo a grande imprensa sueca está relatando sobre ele, pois ele mostra sinais de colapso total da moral e da cultura na sociedade sueca. Leia o artigo todo neste link.

EUA: Twitter usa de artifício para "esconder" mensagem de conservadores
Dentre eles, muitos são críticos do islão, jihad e sharia. Contudo, nada acontece com a conta da jihadista palestina Sandra Sarsour que pediu uma Jihad contra Trump (Speisa)

EUA: a "Barbie de Burca" e o capitalismo selvagem
A Matel, fabricante de brinquedos, tenta aumentar lucros se beneficiando da polêmica criada ao lançar uma boneca Barbie usando um véu islâmico. (NY Post).

EUA: o governo confirma que culto jihadista está sob investigação
O Departamento de Justiça do Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos (ATF) confirmou que está investigando o culto islâmico ligado ao terror chamado Muçulmanos da América (MOA), anteriormente conhecido como conhecido como Jamaat ul-Fuqra. O grupo é conhecido por suas 22 "aldeias islâmicas" na América do Norte, algumas das quais são conhecidas por terem sido usadas para treinamento básico de tipo militar, com sua sede "Islamberg" recebendo a maior atenção. Houve casos de infiltração de muçulmanos treinados pelo MOA na polícia e nas forças armadas. (Clarion) https://clarionproject.org/govt-confirms-u-s-jihadi-cult-investigation/

EUA: Trump compartilha vídeos que mostram a verdade ... e a imprensa (inclusive a brasileira) faz papel de  "tolo útil" da islamização
Leia mais neste artigo externo "Trump e a calúnia bestial midiática."
  Alemanha: Merkel não consegue formar coalização e deverá enfrentar uma nova eleição
Leia neste nosso artigo.

Alemanha: jornalista famosa banida do Facebook por comentário sarcástico contra a "Barbie de Burca"
Birgit Kelle é jornalista renomada. Ele escreveu matéria no Der Welt sobre a nova Bárbie usando o véu islâmico. No seu Facebook ela comentou que esta nova Bárbie iria ser apedrejada pelo Ken. Por isso, o Facebook a baniu (Speisa). 


França: uma civilização em decomposição
https://pt.gatestoneinstitute.org/11390/franca-decomposicao

França: escritor advoga a partilha da França, e criação de um "Estado Islâmico" para evitar uma guerra civil 
Existem franceses que acham que a solução para a guerra do islamismo contra a a liberdade e o secularismo francês é a França se submeter ao islamismo. Ou seja, admitir que os franceses não têm vontade  de lutar e se render logo. (GospelCauser)

Grã-Bretanha: anúncio do supermercado Tesco mostra muçulmanas celebrando o Natal
A intenção é ser de "inclusivo" e "bonzinho" ou de incultir uma imagem falsa de que muçulmanos celebram o Natal? (Gatestone)

Alemanha: mercados de Natal com segurança redobrada
A foto mostra a igreja memorial Kaiser Guilherme, em Berlin. Esta igreja foi parcialmente destruída durante a segunda guerra mundial e foi deixada deste jeito como um memorial. Ano passado, durante uma feirinha de Natal (algo muito típico na Europa Central) um jihadistas atropelou algumas das pessoas que visitavam a feirinha, matando pouco menos de dez pessoas. A feirinha vai acontecer de novo. Contudo, blocos de concreto estão sendo colocados na calçada para evitar uma repetição do ano passado. Ao redor da Alemanha, o cuidado com a segurança está sendo redobrado.
Não existe nada de novo no que está acontecendo. Isso é apenas a história se repetindo. Um aumento do islamismo leva a uma acréscimo na insegurança dos infiéis. Os dois casos mais recentes que podemos pensar são Líbano e Myanmar.


Bélgica: 71 "refugiados" presos devido a tumulto e quebra-quebra 
Propriedade pública e privada depredada em Bruxelas pela terceira vez nas últimas semanas. Desta vez, o motivo foi a notícia da escravidão (islâmica) na Líbia. Não se sabe se os baderneiros ficaram zangados com a escravidão ou pela escravidão estar sendo denunciada. (De Morgen

França: Macron manda imigrante ilegal voltar para seu país de origem


Papa Francisco exige que mundo resolva a crise dos muçulmanos rohingya
Ele disse isso durante sua viagem a Mianmar e a Bangladesh.
Eu acho intrigante a retórica forte do Papa Francisco quando o assunto é a defesa dos muçulmanos. Por que ele não adota a mesma retórica em prol dos cristãos? (Yahoo)

Jihad – lista de atentados

EUA: 'Jihad do caminhão' em Nova York deixa 8 mortos e 13 feridos
O Estado Islâmico havia divulgado um vídeo conclamando seus seguidores a atacarem durante o Halloween (Dia das Bruxas nos EUA). Sayfullo Saipov, original do Uzbequistão, atendeu ao chamado, causando caos e "espalhando terror no coração do inimigo" (conforme Alcorão 8:60). Ele entrou nos EUA em 2010 dentro de um programa chamado de "Loteria do Visto da Diversidade" (Diversity Visa Lottery), que entrega anualmente 50 mil vistos a estrangeiros de vários países, incluindo aqueles que se sabe terem problemas com terroristmo, tais como o Afeganistão, Argélia, Egito, Iraque, Líbano, Líbia, Nigéria, Arábia Saudita, Somália, Síria, Trinidad e Tobago, Venezuela, Iémen e Uzbequistão. O governo atual de Donald Trump está tentando acabar com este programa . Ele também era motorista do Uber. (ABCABCPJMedia)
O jihadista assumiu seguir o Estado Islâmico, dizendo se sentir orgulhoso pelo que fez e pedindo para desfraldar a bandeira do Estado Islâmico no quarto do hospital (PJMedia).



Alemanha: 6 sírios presos planejando atacar Feirinha de Natal na cidade de Essen
Eles iriam fazer esta jihad no dia 19 de dezembro, mesma data da jihad em Berlin ano passado (Daily Mail).

Alemanha: Feirinha de Natal evacuada por ameaça à bomba
A bomba, cheia de pregos, foi encontrada em uma farmácia. A Feira de Natal fica na cidade de Potsdam, nos arredores de Berlin.  (BBC, Sapo)

Egito: 235 mortos em ataque contra mesquita sufista
Primeiro, os jihadistas jogaram bombas. Depois, atiraram na multidão em pânico. O salafismo considera o sufismo como apostasia por reverenciar "santos e santuários." (G1)


“Islã moderado” é uma invenção do Ocidente para nos enfraquecer, afirma Erdogan
Ele afirmou isso durante o Simpósio da Organização para a Cooperação Islâmica, realizado na capital Ancara, em 9 de novembro. (Gospel Prime, RT, Turkey Post)

Jogadores de futebol muçulmanos não cantam hino nacional dos países infieis
Leia o artigo neste link.

Perseguição Cristãos: Parte 1Parte 2
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Livro: O que é ser cristão em um país muçulmano?
Material muito importante e útil não apenas para cristãos, mas para todos aqueles que desejam derrotar a retórica distorcida do islamismo. LINK PARA O LIVRO.

Nigéria: pastores muçulmanos Fulani fazem emboscada e matam cristãos que voltavam do mercado
Bandos armados de muçulmanos Fulani vem atacando as comunidades cristãs nos estados centrais da Nigéria (Plateau, Kaduna, Benue, Taraba e Niger). (Christian Headlines)

Indonésia: mensagem circulada no Facebook levou muçulmanos a queimarem três igejas
Aumenta a perseguição aos cristãos cidadãos da indonésia. Eles pedem ajuda frente ao aumento do extremismo islâmico na Província de Aceh. Mas quem pode ajudá-los se o próprio presidente do país não protege seus cidadãos, ao contrário, se manifesta simpático aos agressores? (ChristiansinPakistan)

Egito: máfia islâmica força o fechamento de 4 igrejas
Quatro igrejas foram forçadas a fechar no Egito devido a ataques de muçulmanos locais, na região de Minya, ao sul do Cairo. Líderes coptas cobram que as autoridades não fazem nada para levar os criminosos à justiça. (Gatestone)

Egito: mil muçulmanos atacam igreja, forçando cristãos a se trancarem dentro dela
Eles atacaram a Igreja de São Jorge alegando que ela foi renovada sem licença. (Express)

Alemanha: 200 igrejas danificadas na Bavária a cada ano
Além disso, aumentam os ataques contra cruzes que existem no topo de várias montanhas. Desconfia-se que islamistas estejam por detrás disso. (Voice of Europe, The European)

Muçulmanos invadem mosteiro francês durante as orações noturnas e mandam as freiras converterem ao Islã ou irem para o inferno
Os dois homens têm em torno de trinta anos e rezaram em árabe enquanto as freiras estavam realizando suas orações na noite. A dupla também assinou no livro de visitas do mosteiro a frase “Allahu Ackbar”. Eles foram presos. As autoridades estão temerosas devido ao assassinato do padre Jacques Hamel, no ano possado, degolado por muçulmanos ao final de missa matinal. (Medium, L'est Republicain)

"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Quando foi criado o "povo palestino"? O Google tem a resposta
Artigo externo do Gatestone Institute. 

Iraque: governo proíbe que a bandeira de Israel seja mostrada em público
O Iraque de hoje é um estado vassalo do Irã (rudaw).

Abu Dabi: judoca israelense ganha medalha de ouro em competição internacional, mas organizadores (muçulmanos) se recusam a tocar o hino de Israel e nem desfraldar a bandeira
O mesmo ocorreu com outra judoca israelense ao receber a medalha de terceiro lugar. (gazetadopovo)

Canadá: judeus são a minoria mais perseguida
"De acordo com o "Relatório sobre Crime de Ódio 2016, da polícia canadense, divulgado na terça-feira, os judeus foram vítimas 221 vezes, em comapração aos 178 incidentes no ano anterior, um aumento de mais de 20%. Os negros foram o próximo em 214 incidentes e os que foram vítimas por orientação sexual 176.
Os judeus também foram  o grupo religioso mais atingido, seguido por católicos e muçulmanos, apesar das percepções de um aumento da islamofobia. Os crimes de ódio contra muçulmanos e católicos diminuíram em 2016 em relação ao ano anterior." (Arutz Sheva)

Kuweit: escritor Abdullah Al-Hadlaq diz que Israel é um Estado legítimo, não um ocupante, e que nunca existiu Palestina
Ele disse que Israel é um estado soberano independente e legítimo e que não existe ocupação, mas, em vez disso, "um povo retornando à sua terra prometida". Ele ainda apoio uma aliança entre Israel, EUA e os países do Golfo, para aniquilar o Hezbollah. (MEMRI)


Punições Islâmicas (sob a lei islâmica)

Indonésia: mais uma mulher açoitada acusada de adultério
Além dela, outras 9 pessoas também foram açoitadas sob a mesma acusação (Mirror). 

Recursos para debates (Recursos para cristãos)

Resposta à pergunta: Maomé foi profetizado em Isaias 29:12?
.➽

Nenhum comentário: