quarta-feira, 4 de julho de 2018

Notícias sobre a Jihad Global do mês de junho de 2018

Veja o que entrou de novo no blog em junho de 2018, exemplificando a aplicação da lei islâmica Sharia ao redor do mundo, seja por governos de países com maioria muçulmana, grupos islâmicos ou mesmo ações individuais.

Pessoas perigosas estão ensinando seus filhos
Este vídeo é pertinente devido a lamentável aliança entre segmentos da esquerda política com o islamismo.



Direitos das Mulheres sob o Islão: Parte 3Parte 2Parte 1
A imigração muçulmana aliada ao políticamente correto do Ocidente estão tornando as mulheres ocidentais igualmente sem defesa frente ao avanço implacável da Sharia.
Lista de países que proibem / impõem restrições à burca e ao niqab
Veja a lista no blog

França: mulher  espancada por requerentes de asilo por estar "levemente vestida"
Uma mulher de 33 anos foi espancada por dois requerentes de asilo afegãos na semana passada, informou a publicação francesa Valeurs Actuelles. O assalto aconteceu em um trem saindo de Paris. (voiceofeuropevaleursactuelles)

No Islamismo, menstruação é mais um motivo para segregar e estigmatizar as mulheres 
Em um artigo no Refinery29, mulheres muçulmanas relatam sobre a segregação que elas sofreram e sofrem durante o Ramadã (o mês de jejum muçulmano) pelo fato de estarem menstruadas. No islamismo, mulher menstruada não reza por estar "impura." Seguindo a mesma lógica, quando menstruadas, as muculmanas não participam nem do jejum, nem das orações e nem das festas noturnas diárias para quebrar o jejum (quando, incidentalmente, os muçulmanos comem mais do que quando não fazem jejum). Isso é um estigma, pois toda a sociedade sabe então quem está no período menstrual, ou seja, sabe-se quais as mulheres que estão sujas e impuras.
https://www.refinery29.uk/2018/05/200467/muslim-women-periods-ramadan

Yazidi ativista: Estado Islâmico detém mulheres iraquianas, crianças em prisões subterrâneas na Síria
Falando à agência de notícias russa Sputnik, Hussein Ali al-Khansouri disse que o Estado Islâmico detém nada menos que 2000 pessoas nas regiões de Sousa, Hegeen, Shoafa e Baguz na província síria de Deir az-Zour e na região de Desheisha, perto das fronteiras entre a Síria e IraqueEntre os presos, estão mulheres e crianças. https://www.iraqinews.com/iraq-war/yazidi-activist-islamic-state-detains-iraqi-women-children-in-underground-prisons-in-syria/

Suíça: Taxista paquistanês HIV positivo em julgamento por estupro e assalto a seis passageiros
O pai de cinco filhos pegou uma mulher australiana de 18 anos como cliente nas primeiras horas da manhã e estuprou o adolescente no banco de trás de seu táxi. O taxista também é acusado de agredir sexualmente outros cinco passageiros, com idades entre 17 e 25 anos.
http://www.breitbart.com/london/2018/06/01/hiv-pakistani-taxi-driver-rape-passengers/

Cachemira, Índia: 'Curandeiro da fé' acusado de "abuso sexual em massa de menores" 
Depois de supostamente cometer abuso sexual em massa de meninos menores de idade, Aijaz Sheikh, um "curandeiro da fé" da aldeia de Mundji, de Sopore, estava evitando as audiências da corte por um ou outro motivo. Após uma espera de cinco meses, as vítimas deram um suspiro de alívio quando a audiência do caso ocorreu na quinta-feira. Um dos sobreviventes do abuso, Siraj (nome alterado), testemunhou contra ele.
https://freepresskashmir.com/2018/05/31/after-a-5-month-delay-victim-testifies-against-alleged-paedophile-faith-healer-of-sopore/amp/

Suécia impõe Sharia, ignora casamento forçado e dá guarda dos filhos a marido iraquiano.
Uma menina muçulmana sueca de 12 anos foi levada à força ao Iraque e forçada a se casar com o primo de 25 anos, que ao que consta, a estuprou. Depois ela voltou para a Suécia onde deu à luz a gêmeos. Sua família obrigou-a a voltar ao Iraque para morar com seu "marido". Na sequência a família do marido tirou os filhos dela, depois, finalmente, concordou que ela se divorciasse. Os filhos ainda estão no Iraque. O tribunal sueco, ignorando todas as evidências, deu a este homem, cidadão iraquiano, a custódia dos gêmeos que agora já têm 10 anos de idade. (GP)

Grã-Bretanha: ataques com ácidos contra mulheres aumenta assutadoramente, na "Londres multicultural" do prefeito muçulmano Khan
No mês passado, uma menina foi esborrachada no rosto por uma substância nociva enquanto andava de ônibus em Brixton, no sul de Londres. No mais novo ataque, um homem foi a vítima. (Daily Mail).

Alemanha: mais uma menina (14 anos) assassinada por um refugiado muçulmano
Susana Maria Feldman desapareceu no dia 22 de maio. Sua mãe recebeu uma mensagem em texto dizendo "mãe, estou indo a Paris, volto em 1 mês." Sua mãe reclamou para a polícia que só começou a agir duas semanas depois. Seu corpo foi encontrado escondido em uma moita, perto de uma residência para refugiados. Ela foi estuprada e depois enforcada. O assassino foi descoberto: Ali Bashar, que já havia sido acusado de ter estuprado uma refugiada de 13 anos, dentre outros crimes, mas mesmo assim não havia sido expulso da Alemanha. (Frontpage)


Alemanha: O corpo da política social-democrata Sophia Lösche encontrado na Espanha - caminhoneiro marroquino confessa estupro e assassinato de ativista do grupo "refugiados bem-vindos"
Sophia Lösche, 28 anos, ativista alemã de "refugiados bem-vindos", foi encontrada morta por volta das 15h20 no posto de gasolina Egino, na comunidade de Asparrena, em Álava, na Espanha. Ela havia embarcado em um caminhão com placa do Marrocos, em Schkeuditz, na Alemanha Oriental. Ela havia trabalhado com uma ONG na ilha grega de Lesbos, onde ajudou os chamados refugiados. Fontes consultadas pela mídia enfatizaram que o corpo apresentava "sintomas claros de violência". (searchlight-germany)

"Em Portugal há líderes islâmicos a recomendar a mutilação genital feminina"
Artigo trata do esforço para se erradicar a prática na Guiné-Bissau, mas, infelizmente, a prática está sendo promovida por líderes islâmicos em Portugal. (RTP)

Sem palavras ...

Doutrinação

Bélgica: Prisioneiros holandeses gritam "Allahu Akbar" durante 'Momento de silêncio' para vítimas de terrorismo na Bélgica
O que teria corrompido estes "recém-conversos" para desrespeitarem duas vítimas da jihad, as duas policiais femininas assassinadas em Liége? (m.gva.be/)

Gays
O profeta (a paz esteja com ele) disse: "Se encontrardes alguém fazendo como o povo de Lot fez, matai aquele que faz e aquele a quem a coisa é feita." (Hadice Abu Dawood 38:4447) -- PS. O "povo de Lot" são os homens que aparecem na Bíblia querendo fazer sexo com os homens que se hospedaram na casa de Lot (Gênese 19:4-5)
Palestinos: Gays Aqui Não Têm Vez
  • Mahmoud Ishtiwi foi executado em Gaza com três tiros no peito porque vivia em um meio onde se considera a homossexualidade um pecado passível de ser punido com a morte, e foi assim que ele foi punido.
  • Humoristas que produziram programas humorísticos para a televisão sobre gays na Faixa de Gaza foram demitidos por "insultarem os valores árabes e islâmicos". (gatestoneinstitute)

Halal - Boicote Halal 

Leia este artigo "Boicote Produtos Halal" para saber o que é "comida halal" e o porquê de boicotá-la. E visite os demais links.


Argélia abandona migrantes no deserto do Saara, causando a morte de mais de 30 mil desde 2014 - seguindo o exemplo de Maomé!
Maomé expulsou a tribo judáica dos Banu Qaynuga para o deserto (após, claro, roubar todas as suas posses). Veja o vídeo e leia mais neste artigo no zap.




Congresso se dobra ao Irã e celebra Dia do Al-Quds
Para quem não soube, o nosso querido congresso fez uma sessão solene festejando o "Dia do Al Quds". Esta celebraçao foi criada pelo Aitaolá Khomeine após a revolução iraniana com o intuito de atiçar o ódio islâmico contra os judeus, e todos os demais grupos que se recusam a se submeter ao islamismo. Por que o nosso parlamento promove celebrações com um governo que promove o terrorismo e o tráfico de drogas, inclusive na América Latina? 

Crise migratória amplia a crise política na Europa; Merkel pode estar com seus dias contados
Leia este artigo no blog.

Grã-Bretanha: Tommy Robinson preso por reportar sobre gangue de estupradores muçulmanos
Tommy Robinson é fundador e ex-líder da Liga de Defesa Inglesa, um grupo que surgiu após um grupo de muçulmanos tentar interromper uma marcha de soldados britânicos que voltavam do Afeganistão. Após implacável perseguição policial, Tommy se tornou jornalista independente. Ele foi preso fazer um filme caseido, com o seu celular, na entrado do tribunal onde 26 membros de uma gangue de estupradores muçulmanos estão sendo julgados. Mas este caso não pode ser noticiado, pois  ele evidencia a falha da política de imigração incontrolada de muçulmanos por parte do governo britânico. Tommy Robinson foi preso pela polícia e levado para um juiz, que o condenou imediatamente a 13 meses de prisão. Enquanto que os estupradores são julgados com direito a advogados, um patriota que denuncia os estupros foi preso e condenado sem a presença de um advogado. O vídeo abaixo mostra o momento da sua prisão, quando ele foi acusado de "perturbar a paz." Leia mais em Injustiça Rápida: o Caso de Tommy Robinson



Grã-Bretanha: ex-prefeito de Lowestoft é suspenso devido a uma postagem islamofóbica
O Partido Conservador disse que suspendeu a do partido o ex-prefeito de Lowestoft e atual vice-líder do conselho local, Stephen Ardley, porque após a eleição de Sadiq Khan, dois anos atrás, o Sr. Ardley teria escrito que era "inacreditável" que um muçulmano fosse eleito prefeito de Londres em um país cristãoIsso significa que o próprio partido conservador britânico está aplicando a lei islâmica (Sharia) sobre os seus membros.
http://www.bbc.com/news/uk-england-suffolk-44338267

Itália: União Européia tenta torpedear o novo governo patriota; mas a democracia vence e o governo eleito toma posse!
As eleições gerais na Itália foram vencidas pelo Movimento Cinco Estrelas e pelo Partido da Liga. Apesar de possuirem vertentes idológicas distintas,  ambos empunham a mesma bandeira: contra a política econômica imposta pela União Européia, pró nacionalismo, e tremendamente críticos da invasão contínua de centenas de milhares de imigrantes muçulmanos que afeta a Itália como nenhum outro país da Europa. As diferenças foram colocadas de lado e estes partidos formaram uma coligação. Como manda a constituição, o primeiro-ministro e demais ministros do governo devem ter os seus nomes enviados para aprovação do parlamento pelo presidente, Sergio Matarela. Mas Matarela vetou o governo por temer que o indicado para ministro da economia, Paolo Savona, poderia provocar a saída da Itália da União Européia. O pior, Matarela nomeou um tecnocrata pró União Européia, que não tinha sido eleito, como primeiro ministro, pedindo para ele formar um governo. Claro que o parlamento não iria aprovar este governo sem legitimidade e novas eleições aconteceriam. A indignação contra a decisão do presidente Matarela foi tamanha que as pesquisas indicavam uma vitória ainda maior do Movimento Cinco Estrelas e do Partido da Liga. O presidente retrocedeu e resolveu concordar com o novo governo. A Itália tem, deste modo, um governo patriota e "anti-estabelecimento", liderado por Giuseppe Conte, primeiro-ministro, tendo como um dos vice-primeiro-ministro Matteo Salvini, líder da Liga, sendo o outro vice-primeiro-ministro Luigi Di Maio, líder do Movimento Cinco Estrelas. O ministro da economia é Giovanni Tria, que também questiona o euro mas de modo mais brando (Publico)

Itália: governo não autoriza atracamento de navios que "contrabandeiam" refugiados; presidente francês fica furioso e governo socialista espanhol se oferece a receber os navios
Os navios são manobrados por ONGs que, deste modo, colaboram com o tráfico humano: a crise migratória é um excelente negócio. O presidente francês, Emmanuel Macron, ficou furioso e acusou a Itália de ser anti-Européia, comparando a atitude do governo italiano à lepra. Claro que isso não caiu bem e o governo italiano respondeu com firmesa, acusando Macron de hipocrisia (REUTERS). Como Malta também se recusou a receber os navios (Global News), o governo socialista espanhol decidiu os receber (Observador).

Argélia abandona migrantes no deserto do Saara, causando a morte de mais de 30 mil desde 2014
São, em sua maioria, cristãos fugindo da perseguição de grupos islâmicos radicais da Nigéria (Boko Haram) e do Mali, inclusive mulheres grávidas e crianças de colo, para morrerem no deserto. "Os migrantes são colocados em caminhões e são conduzidos durante horas até chegarem a um local conhecido como Ponto Zero. Aí, os migrantes são abandonados e obrigados a caminhar a pé em direção ao Níger, uma distância de cerca de 15 quilómetros, debaixo de temperaturas que podem chegar aos 48 graus." A Argélia é um país 99% muçulmano. (zap

Alemanha: revolta do partido da Bavária pode (finalmente) derrubar Merkel
O governo alemão é uma coalizão entre 3 partidos. Um deles (o CSU) é da Bavária, e o seu líder (Horst Seehofer) é o ministro do interior. Ele deu um ultimato a chanceler Angela Merkel: ou ela resolve a crise dos refugiados (que ela mesmo criou) ou o CSU vai começar a expulsar os refugiados. (Daily Mail)

EUA: Trump diz que imigração em massa criou uma explosão do crime e mudança da cultura na Alemanha
Ele promete que o mesmo não irá ocorrer enquanto ele for presidente. (Daily Mail)

Bélgica: líder do partido islâmico afirma "seremos maioria e implementaremos a Sharia" 
O líder do partido "Islâmico" da Bélgica disse em uma entrevista na TV que a Bélgica terá uma maioria muçulmana em breve. Anteriormente, informamos sobre como seu partido islâmico quer introduzir a lei islâmica (Sharia) e criar um Estado islâmico na Bélgica. Redouane Ahrouch, que é o fundador e líder do partido, participou de um debate exibido na TV nacional da Bélgica na terça-feira. No programa VRT “De Afspraak” ele anunciou que seu partido se expandirá de Bruxelas para outras grandes cidades como Antuérpia e Ghent. Ahrouch acredita que a população muçulmana da Bélgica aumentará as chances de sucesso do seu partido pró-Sharia: “Dentro de 12 anos, a Bélgica terá uma maioria muçulmana”. Ele acrescenta que existirão dois grupos que podem liderar o país: os extremistas ou os "democratas como nós". Durante o debate na TV, o líder do partido islâmico se recusou a fazer contato visual com a secretária de Estado da Igualdade de Oportunidades Zuhal Demir, porque ela é uma mulher. Ahrouch disse anteriormente que ele quer separar homens e mulheres no transporte público para prevenir ataques sexuais. (voiceofeurope)

Escola finlandesa modifica verso cristão tradicional usado para fechar o ano letivo para aplacar pais de estudantes muçulmanos
O Suvi Versi (verso de verão) é um verso cristão tradicional cantado no final do ano letivo para o início das férias de verão, em cerimônias de formatura. Tornou-se um item controverso, especialmente no sul da Finlândia, onde a maioria das comunidades muçulmanas estão localizadas. Aplacar esse grupo censurando centenas de anos de tradições finlandesas parece ser a nova norma.
http://tundratabloids.com/2018/06/finnish-school-modifies-traditional-christian-verse-used-to-close-school-year-to-placate-parents-of-muslim-students/

Holanda: governo promete revelar detalhas sobre financiamento de mesquitas
O gabinete publicará detalhes de quais mesquitas na Holanda recebem dinheiro do exterior e quanto, na medida do possível, o ministro das Relações Exteriores, Stef Blok, disse ao parlamento. No total, 30 organizações islâmicas solicitaram financiamento ou realmente receberam dinheiro do Kuwait e da Arábia Saudita nos últimos anos, disseram o NRC e Nieuwsuur na época.
https://www.dutchnews.nl/news/2018/05/minister-pledges-to-come-clean-on-mosque-funding-will-publish-details/

Suíca: governo não controla quem financia as mesquitas no país, permitindo o crescimento do radicalismo salafista
Há cerca de 250 mesquitas na Suíça, contudo as autoridades não sabem quem as financia. Ao rejeitar o projeto de lei que obriga as mesquitas a informarem quem as financia, as autoridades suíças podem agora fazer deliberadamente vista grossa. A Liga Mundial Muçulmana está por trás de "toda uma rede de mesquitas radicalmente orientadas na Suíça... com a clara intenção de disseminar a ideologia salafista na Suíça". — Saïda Keller-Messahli, especialista em Islã na Suíça. Acima de tudo, o governo suíço dá a entender não ter levado em conta os direitos dos cidadãos não muçulmanos da Suíça, que são os únicos a terem que viver com as consequências das políticas mal concebidas do governo. (Gatestone)

Muçulmanos alemães acusam a Bavária de duplicar os padrões em relação à ordem dos crucifixos
Grupos muçulmanos na Alemanha acusaram o governo da Bavária de ter padrões duplos, uma vez que uma nova ordem exigindo que os edifícios do governo na região principalmente católica do sul exibissem um crucifixo entrou em vigor (dailystar). Ao viver em um país cristão, os muçulmanos se tornam pluralistas ardentes.

Escócia: Líder dos "conservadores" escoceses exige mais migração em massa para tornar a Inglaterra "vibrante"
Ruth Davidson, que é promovida pela mídia liberal como uma futura primeira-ministra do Reino Unido, exigiu que o governo conservador libere as metas de controle de migração, abrindo de vez as porteiras para todos. http://www.breitbart.com/london/2018/06/01/scotland-tories-migration-uk-vibrant/


Eslovênia: partido anti-imigração vence eleição parlamentar
O partido de oposição anti-imigração de centro-direita liderado por um ex-primeiro ministro esloveno obteve o maior número de votos nas eleições parlamentares da Eslovênia no domingo, mas não o suficiente para formar um governo por conta própria, segundo resultados preliminares. A Comissão Eleitoral Estatal disse após contabilizar cerca de 90 por cento dos votos que o Partido Democrático da Eslovênia de Janez Jansa recebeu em torno de 25 por cento dos votos. O partido anti-sistema Lista de Marjan Sarec ficou em segundo lugar com mais de 12 por cento. Os social-democratas, o Partido do Centro Moderno, do atual primeiro-ministro, Miro Cerar, e a esquerda receberam cerca de 9%. http://www.breitbart.com/big-government/2018/06/03/poll-anti-immigration-party-wins-slovenia-parliamentary-election/

Áustria fecha mesquitas radicais e expulsa clérigos; governo turco está furioso
A Áustria disse nesta sexta-feira que vai expulsar 60 imanes financiados pela Turquia e suas famílias (um total de 150 pessoas) e que vai fechar 7 mesquitas como parte de uma ofensiva contra o "Islã político", provocando fúria em Ancara. "Sociedades paralelas, o islamismo político e a radicalização não têm lugar em nosso país", disse o chanceler Sebastian Kurz. Mesmo os partidos de oposição ao governo austríaco apoiaram amplamente o anúncio de sexta-feira. (The Local)

Turquia: Erdogan prediz "guerra entre a cruz e a crescente"
O presidente Recep Tayyip Erdogan, no sábado, criticou duramente a decisão da Áustria de fechar as mesquitas e expulsar os imames financiados pelos turcos, criticando a decisão como anti-islâmica e prometendo uma resposta. (France24)

Áustria: chanceler austríaco recebe ameaças de morte por fechar as mesquitas turcas
A segurança do chanceler Sebastian Kurz foi ampliada devido às ameaças que começaram a serem feitas contra ele.


EUA deixam o Conselho de Direitos Humanos ONU 
Esta é uma notícia de profunda repercussão. O Conselho de Direitos Humanos passou a ser um braço da jihad global. É preciso uma limpeza geral não apenas deste Conselho, mas das Nações Unidas como um todo. (sapo)

Alemanha: 'Requerentes de asilo' usam o dinheiro para as férias de volta para casa Após o polêmico escândalo envolvendo suspeitas de suborno e a compra de autorizações de residência para imigrantes, as estatísticas mostram que os chamados solicitantes de asilo estão "de férias" em seu país de origem. As viagens estão se tornando cada vez mais freqüentes, de acordo com o Conselho Alemão de Migração, comumente conhecido como BAMF - Eis aí mais uma prova contundente de que os "refugiados" não estão a fugir de guerras, mas sim estão usando esta desculpa para forçarem a sua entrada em país mais afluentes p viverem às custas dos seus contribuintes. (savemysweden)

Dinamarca aprova a proibição da burca e do niqab
O parlamento dinamarquês aprovou a proibição do uso de véus islâmicos que cobrem a totalidade do rosto em espaços públicos. A nova lei, patrocinada pelo governo de centro-direita da Dinamarca, apoiada pelos Social-democratas e pelo Partido do Povo Dinamarquês, foi aprovada em 31 de maio por 75 votos a 30. A partir de 1º de agosto, quem estiver usando uma burca (que cobre todo o rosto) ou uma nicabe (que cobre todo o rosto, menos os olhos) em público na Dinamarca estará sujeito a uma multa de mil Coroas Dinamarquesas (US$157), os reincidentes poderão ser multados em 10 mil Coroas Dinamarquesas. Além disso, qualquer um que estiver forçando ou ameaçando alguém a usar roupas que cubram o rosto poderá ser multado ou estará sujeito a até dois anos de prisão. (Gatestone)

A Dinamarca é o sexto país europeu a promulgar essa proibição, atrás da França, Bélgica, Holanda, Bulgária e Áustria. 






Malásia: polícia prende 15 suspeitos de terrorismo, incluindo dona de casa, por planejar ataques durante as eleições
Eles planejavam atacar eleitores não-muçulmanos em uma assembléia de voto durante as eleições gerais do mês passado.

Moçambique: islamistas decapitam 10 na região de Cabo Delgado
Dez pessoas, incluindo crianças, foram decapitadas em um vilarejo no norte de Moçambique em um ataque no fim de semana, atribuído a supostos islamitas, disseram fontes locais na terça-feira. Desde outubro, Cabo Delgado tem visto vários ataques por suspeitos islamitas radicais do grupo local al-Shabaab, que atacaram uma delegacia de polícia e um posto militar na cidade de Mocímboa da Praia. Dois policiais morreram e 14 agressores foram mortos no que se acreditava ser o primeiro ataque jihadista ao país. Nas semanas seguintes, pelo menos 300 muçulmanos foram presos e várias mesquitas forçadas a fechar. https://www.vanguardngr.com/2018/05/suspected-islamists-behead-10-mozambique/

Terror em Paris: terrorista muçulmano armado com bomba e arma faz reféns, incluindo mulher grávida
A Rue des Petites Ecuries, em Paris, estava encerrada quando um terrorista armado levou três pessoas como reféns, incluindo uma mulher grávida. O terrorista muçulmano encharcou os reféns com gasolina. Ele exigiu que ele fosse colocado em contato com Abolghasem Delfi, o embaixador do Irã na cidade, para entregar uma mensagem ao governo francês. Mas depois de quase quatro horas dentro dos escritórios de uma empresa de tecnologia, oficiais armados entraram e o prenderam. Uma fonte da polícia disse que o terrorista muçulmano "parecia estar psicologicamente perturbado" e descartou ser terrorismo. (btnews) Sim. eles são TODOS psicopatas! E, claro, a polícia tenta acalmar a população ao negar ser terrorismo.

Rússia: motorista atropela mais de 15; um ato de terrorismo
Apesar das autoridades estarem tentado abafar o caso, para não atrapalhar a Copa do Mundo, um político russo, Yevgeny Roizman, afirmou que foi um atentado terrorista. O vídeo mostra o motorista da Chechênia, Chyngyz Anarbek Uulu, saindo da rua e acelerando contra os pedestres que andavam na calçada. Para seu azar, o carro ficou preso e ele tentou fugir correndo, mas foi preso (Daily Mail)


Filipinas: Onze mil fogem de suas casas enquanto que soldados filipinos batalham contra jihadistas do Estado Islâmico em Lanao do Sul
O objetivo dos jihadistas é estabelecer a lei islâmica. Esse é o mesmo objetivo que qualquer imã pacífico que você conheça (ABC).

EUA: 'Refugiado' muçulmano no Colorado tentou se juntar à organização terrorista.
O promotor federal disse aos jurados que Jamshid Muhtorov, um refugiado do Uzbequistão, havia jurado lealdade à União da Jihad Islâmica. Ele disse a sua filha para rezar para que ele morresse como mártir em uma guerra santa. (denverpost)

O número de ataques jihadistas na Europa mais do que o DOBROU no ano passado, com o risco de mais ataques ainda serem altos, diz a Europol Um total de 33 ataques terroristas foram registrados no ano passado em todos os países europeus. Do total, apenas 10 foram bem-sucedidos, mas 62 pessoas foram mortas. Os números representam um aumento gritante a partir de 2016, quando houve 13 ataques. Mais mortífero foram os atentados a Manchester Arena e o ataque da van de Barcelona. Os relatórios mostraram que a maioria dos ataques em 2017 foram de terroristas 'domésticos' (dailymail)

Tres exemplos recentes da JIHAD GLOBAL 
  • 2018.06.17 (França). Uma mulher vestindo um véu islâmico sai cortando os clientes em um supermercado enquanto grita louvores a Alá. Ela usou um tipo de faca usada para abrir caixas. (frontpagemag) 
  • 2018.06.17 (Afeganistão). Um homem-bomba se explode em uma celebração do Eid, matando dezoito anos.O Eid marca o final do Ramadã. São alimentados de tanto ódio que saem se matando. (tribune) 
  • 2018.06.16 (Nigéria). Duas meninas, usadas como "homens-bomba" se explodiram contra uma multidão que assistia jogo da na Copa do Mundo. Depois disso, outros islamistas lançam granadas contra aqueles que correram para socorrer os feridos. Um total de 43 pessoas foram mortas. Boko Haram. (enca)
Aniversário da Jihad no Aerporto de Glasgow 
A jihad do Aeroporto de Glasgow de 2007 foi um atentado terrorista que ocorreu em 30 de junho de 2007, às 15:11 GMT, quando um Jeep Cherokee verde-escuro carregado com botijões de propano foi acionado nas portas de vidro do terminal do aeroporto de Glasgow e incendiado. Foi o primeiro ataque terrorista a ocorrer na Escócia desde o atentado de Lockerbie em 1988. A polícia identificou os dois jihadistas como Bilal Abdullah, um médico muçulmano de ascendência iraquiana nascido na Grã-Bretanha que trabalhava no Royal Alexandra Hospital e Kafeel Ahmed, também conhecido como Khalid Ahmed, engenheiro e motorista do jipe. O jornal The Australian alegou que uma nota de suicídio indicava que os dois pretendiam morrer no ataque. Kafeel Ahmed morreu de seus ferimentos por queimaduras em 2 de agosto. Bilal Abdullah foi mais tarde considerado culpado de conspiração para cometer assassinato e foi condenado à prisão perpétua com um mínimo de 32 anos. Cinco membros do público ficaram feridos, nenhum deles seriamente. (Wikipedia)




Mesquitas: lugar de oração ou central de operação?

Relatório: 67% dos muçulmanos entrevistados acreditam que existe apenas uma interpretação verdadeira dos ensinamentos do Islão
Leia o artigo no blog.

Descoberto plano de usar mesquitas como ponto-de-apoio para a imigração ilegal de muçulmanos para a Europa
O ministro do interior da Áustria, Peter Werbinger, denunciou o que ele chamou de "a rota das mesquitas" que seria usada para dar apoio aos imigrantes muçulmanos ilegais que invadem a Europa pelos Balcãs. Esta rota incluiria mesquitas situadas na Albânia, Montenegro ou Sérvia, Bosnia-Herzegovina e Croácia. Segundo a denúncia, baseado em material escrito em árabe, esta rota das mesquitas estaria em operação em 2019. (b92)

Suécia: mesquita que pediu para transmitir oração pelo auto-falante promove ódio contra cristãos e judeus
A mesquita em Växjö se ganhou notoriedade ao requerer uma licença para fazer o chamamento público por três minutos às rezas por meio de um sistema de alto-falantes, duas vezes às sextas-feiras. Agora, descobriu-se que o que ela está difundindo aos habitantes muçulmanos locais é a exortação aos muçulmanos a não participarem das comemorações natalinas dos "kuffars" (termo depreciativo usado para se referir aos "infiéis") e os judeus são, como não podia deixar de ser, mencionados como inimigos de Alá. A escola da mesquita usa currículos escolares da Arábia Saudita e encoraja as mulheres a não se vestirem com roupas ocidentais e a ensinarem suas filhas a se vestirem com decência desde a infância. (samnytt)

Muçulmanos desejam Sharia -Exemplos

Paquistão: 67% dos paquistaneses dizem que a Sharia deve ser a única lei
De acordo com uma pesquisa conjunta preparada e realizada pela Gallup Pakistan e pela Gilani Research Foundation (http://www.wionews.com/south-asia/sharia-should-be-the-only-law-say-67-of-pakistanis-141886):
  • 67 por cento da população do país disseram que apoiam a imposição da Sharia como a única lei, sugerindo que o Paquistão se tornou cada vez mais radicalizado,
  • 24 por cento disseram que a Sharia deveria ser a lei, mas não a única lei,
  • apenas 5% dos entrevistados neste ano disseram que não são a favor da Sharia sendo imposta à sociedade,
  • 4 por cento não têm opinião.
Pesquisa semelhante em 2010:
  • 51 por cento dos inquiridos disseram que a Sharia deveria ser a única lei aplicável à sua sociedade,
  • 30 por cento disseram que a Sharia não deveria ser a única lei aplicável,
  • 8 por cento disseram que a Sharia não deveria ser a lei da terra,
  • 11 por cento disseram que não tinham opinião ou opinião sobre o assunto.

Arábia Saudita: Al-Qaeda adverte príncipe herdeiro saudita que seus cinemas e eventos da WWE são "pecaminosos"
Os cinemas reabriram, a proibição de dirigir do país para mulheres deve terminar no final deste mês, e o príncipe até criticou publicamente o establishment religioso da Arábia Saudita como fora de sintonia com os tempos e prometeu um retorno a um "islamismo moderado". . Os críticos do príncipe dizem que as reformas são uma cortina de fumaça para que sua filial da Casa de Saud consolide seu poder.
https://www.independent.co.uk/news/world/middle-east/al-qaeda-saudi-crown-prince-wwe-cinemas-sinful-mohammed-bin-salman-yemen-a8379021.html

Grã-Bretanha: mulher morreu após um enfermeiro muçulmano se recusar a ajudá-la, porque estava orando
A mulher idosa foi deixada no chão de uma casa de repouso por mais de dez minutos porque o enfermeiro estava orando. Um inquérito foi aberto. Enquanto isso, o criminoso negligente continua solto (Telegraph).

EUA: jihadista explica ao juiz e aos jurados o objetivo da Jihad
Sayfullo Saipov, acusado de assassinar oito pessoas em uma ciclovia de Nova York e ferir outros tantos, falou no tribunal na sexta-feira, 22 de junho de 2018. Falando por um intérprete por cerca de 10 minutos, Saipov disse que as decisões de um tribunal dos EUA não eram importantes para ele. Ele disse que se importava com "Alá" e a guerra santa sendo travada pelo Estado Islâmico. “Assim, o Estado Islâmico não está lutando pela terra, como dizem alguns, ou, como dizem alguns, pelo petróleo. Eles têm um propósito e estão lutando para impor a Sharia (lei islâmica) na terra”, disse ele. Saipov agradeceu ao juiz por deixá-lo falar, mas acrescentou em um ponto: "Eu não o aceito como meu juiz". https://pjmedia.com/trending/isis-supporter-murderer-of-8-new-yorkers-in-epic-islamist-rant-in-court/

Uma das maiores instituições de caridade islâmicas do mundo tem laços de terror, fundos dos EUA
Relatório de 36 páginas do Middle East Forum revela como atua o Islamic Relief, um grupo de "caridade islâmica" que atua ao redor do mundo. (dailycaller, MEF)



Perseguição Cristãos: Parte 1Parte 2
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Massacre na Nigéria: até 200 cristãos relatados mortos 


Perseguição Judeus (Boletim de Anti-Semitismo)
"Lute contra aqueles que não acreditam em Alá ou no Último Dia, que não proíbem o que foi proibido por Alá e Seu Mensageiro, e  que não reconhecem a Religião da Verdade (islão), mesmo que sejam do Povo do Livro (cristãos e judeus), até que paguem o imposto tributo jizyah em submissão, sentindo-se subjugados e humilhados. "[Outra tradução diz:] "paguem o imposto em reconhecimento da nossa superioridade e do seu estado de sujeição". (Alcorão 9:29)
Argentina, covarde, cancela amistoso contra Israel
Os jogadores argentinos tomaram a decisão de cancelar o amistoso contra Israel após receber uma ameaça do grupo terrorista islâmico Hamas. Tanto o Hamas quanto a Autoridade Palestina (OLP) festejaram a decisão. Os jogadores argentinos revelaram que são covardes e tremendamente medrosos. (poncheverde, ABC)

'Bombas de camisinhas' são a mais recente inovação da "religião da paz"
Os preservativos (camisinhas) explosivos, cheios de gás hélio, geraram dezenas de explosões no sul de Israel. A mudança para preservativos vem depois de três meses usando brinquedos infantis, incluindo papagaios e balões de hélio. A reação de Israel e Egito veio rapidamente: restrições na entrada de gás hélio na Faixa de Gaza." ()


Ultraje Eterno

Muçulmano ofende aeromoça durante voo ao comprar sanduíche de "presento de perú" 
A arrogancia deste sujeito é assustadora. Ele é muçulmano do Kossovo, mas vive em Londres há mais de 10 anos. Ele comprou um sanduíche de perú em um voo da AirWiz, mas no rótulo dizia ser "presunto de perú." O idiota começou a insultar a aeromoça dizendo que ela estava tentando vender carne de porco para ele de propósito. Ele disse que sabia distinguir bem o gosto de perú com o de presunto de porco. Ora, caramba, se ele é muçulmano, como ele sabe qual o gosto de presunto de porco. (daily mail)
Aprende, energúmeno, presunto de perú é feito de perú!
Esses caras não perdem oportunidade para se fazerem de vítima.

Malásia: mulheres de bermuda levam a fechamento de "mesquita tolerante"
Este é o vídeo que levou ao fechamento da Mesquita Sabah para os turistas, na Malásia. A mesquita ficava aberta para mostrar uma imagem tolerante do islamismo. Mas este vídeo curto, que mostra duas turistas dançando em frente da mesquita, usando "trajes mínimos" fez os diretores da mesquita a fecharem para turistas, além de colocarem guardas em torno dela.  (nst)


Espanha: muçulmanos requentes de asilo jogam fora doações da Cruz Vermelha ... por causa da cruz vermelha
Causou revolta nas redes sociais espanholas o fato dos "refugiados" oriundos do navio Aquarius terem jogado fora o conjunto de roupa provido para eles pela Cruz Vermelha. Muitos dos pacotes nem foram abertos: eles possuiam a "cruz" (o símbolo da Cruz Vermelha). O navio Aquarius faz parte da frota de navios, mantidos por ONGs, que contribui com o contrabando humano de "refugiados." (Voice of Europe)



.➽

Nenhum comentário: